MENU

segunda-feira, 5 de dezembro de 2005 - 15:17Kombi & cia.

LESA-KOMBI

Vejam só que graça… Como podem querer colocar um radiador numa belezura dessas? Proteste! Motor a ar não gasta água, o mundo está ficando sem água, li isso em algum lugar.

9 comentários

  1. Eduardo disse:

    Não existe issso de motor refrigerado a ar esquentar, seu tio é xarope e vc ignorante em falar que é um motor genuniamente brasileiro, porra a VW é genuniamente alemã, o Ferdinand Porshe acho que era austriaco, Nunca vi tanta merda escrita junta, depois de tantos anos preciso protestar contra esse comentário.

  2. Beto disse:

    O motor VW a ar é muito durável sim. Tive um fusca 1300 ano 80 a gasolina e fiquei com ele por 19 anos e rodei mais de 300 mil Km sem abrir. Vendi para um parente que ficou mais uns 2 anos e depois não tive mais notícias dele… O problema da Kombi é que o pessoal carrega muito mais peso do que realmente ela foi projetada e com isso força muito o motor dela mas se for usada com moderação vai longe.

    • rafael disse:

      ela naõ dá muito problema naõ porque si naõ el vou levar ela motor está zero kilometro pnel novo bancos bom tem ar condissionado naõ pode pizar muito nela naõ pq sí naõ naõ vai naõ né

  3. Daniel Gilberto disse:

    é uma pena a volks fazer isso, mas eu estou indignado mesmo é que o golf europeu não vem para o Brasil, pior,já mandei e-mail pra volkswagen sobre esse assunto e eles me ignoram…é pra ficar muito puto né

  4. Pablo Vargas disse:

    Depois que eu fui, em plena infância, em meados dos anos 80, de Sorocaba a Ilha comprida (ida e volta !!!) trancado na traseira duma Kombi Diesel – Na frente, meu pai, mãe e irmã – particularmente sofro de uma fobia de ver Kombi com radiador na frente.
    Ah, sacrilégio !!!

  5. Ricardo Marx disse:

    Sei não… dia desses falei com meu tio, que é torneiro, mecânico, soldador e, o que ele não for, improvisa.

    Ele disse que está muito feliz com essa notícia. Disse que esses motores VW a ar são um lixo. Disse que os motores esquentam muito e por isso tem uma vida útil (ou seria inútil) reduzida.

    Daí eu disse, “mas tio, é o primeiro motor genuinamente brasileiro!”. A resposta dele: “é por isso que não presta!”.

  6. Eric disse:

    O charme da kombi era o motor refrigerado a ar…

  7. Carlos Trivellato disse:

    Além de saudosista é teimoso! Trabalhei muito com Kombi’s, tivemos por aqui quatro na versão camionete, nem a Ford F-1000, um verdadeiro caminhão, aguentou o que esses “pães-de-forma” aguentam, mas nem por isso acho que o anacrônico motor deve continuar. Flávio, você que é um cara viajado, já deve ter visto na Itália o Fiat Panda com motor refrigerado a ar, um horror! Depois que abandonaram aquele motor, o carrinho ficou até simpático! Um abraço!

    Carlos Trivellato

  8. PedroJungbluth disse:

    Não vou discordar.
    Teve um amigo meu que preparou um fuscão, tirou o motor a ar e colocou um de santana…
    Reclamei um monte, ele destruiu a alma do bichinho.
    Tem uma fábrica nacional que está vendendo réplicas do Porsche 956, o Super 90, e ainda tem motor a ar. Será que ano que vem continua?

    Soube que entram novas regras de poluição ano que vem, e o motor a ar, mesmo com injeção eletrônica multiponto, não consegue obedecer.
    Assim, temos que engolir o fim dessa máquina pensando no meio ambiente…
    Kombi com radiador?? Eu tenho especiais recordações de uma Diesel, acho que chega a me doer o estômago de ver uma na rua, tamanho os sufocos que aquela me meteu…

    Outra coisa: Lembra dos Fuscas da era itamar?? pois bem, se ao invés de fuscas tivessem colocado o motor a ar no gol (como o gol BX) e nele tivessem aplicado o desconto de imposto popular, aposto que estaria até hoje.
    E pense bem, um nenhum motor 1.0 é tão popular quanto o a ar. Ele tem baixo nível de potência, mas tem torque em baixa. os atuais “mil” chegam aos 80 cvs, são ruins em baixa, consomem muito, duram pouco e são caros para construir (só valem a pena por terem desconto de IPI).
    Me alonguei, mas acho que a política de motores no Brasil precisa de uma revisão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>