Ao batente, queixudo! | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 15 de dezembro de 2005 - 15:20F-1

Ao batente, queixudo!

É, o trabalho enobrece o homem. Depois de anos passando as férias na Noruega, Schumacher teve de pegar no batente neste fim de ano. Interessantes seus tempos de hoje em Jerez, andando de V8 na frente de todos os outros, inclusive os V10 limitados.

Muito cedo para qualquer prognóstico, porém. A única certeza: o alemão está a fim de trabalho. O que para os outros pilotos é uma péssima notícia.

29 comentários

  1. Rangel disse:

    A “Scuderia” teve um ano ruim em 2005, alguém se lembra do passeio de 2004 ??, pois é não faz tanto tempo assim não, como afirmar com tanta certeza que o Alemão entrou na curva descendente ??

  2. Christian Spoto disse:

    O Schumi é o melhor de todos em todas as áreas e em todos os aspectos. Se 1005 foi ruim “quem sabe” não foi o carro. Ele não está no fim de carreira, pode estar até cansado de correr, mas sua capacidade para pilotar continua intacta e se a Ferrari lhe der uma carro bom o suficiente (o que parece que vai ocorrer) ele será novamente campeão do mundo. Estou aceitando apostas…

  3. Luiz Fernando disse:

    Ok, o PROST encerrou a carreira como campeão do mundo. My mistake.

    Luiz Fernando

  4. Luiz Fernando disse:

    Faço questão de retificar minha opinião abaixo, excepcionando PELÉ e MICHAEL JORDAN, que terminaram bem a carreira.

    Luiz Fernando

  5. Luiz Fernando disse:

    O Schumacher está naquela encruzilhada que os grandes esportistas enfrentam: a proximidade do fim da carreira.
    Basta lembrar de Pelé, Muhamed Ali, Maradona, Alain Prost, Zico, Romário, Michael Jordan, Garrincha, Kareem Abdul Jabbar, Mike Tyson … todos esportistas espetaculares, que obtiveram muito sucesso em suas áreas, mas que ficaram devendo pelo menos a uma geração de torcedores que só assistiu o fim da suas carreiras (convencer meus sobrinhos de que Romário foi um excelente atacante é tarefa quase impossível …).
    Na ma