Fim de feira | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 30 de março de 2006 - 0:05Indy, IRL, ChampCar...

Fim de feira

RIO DE JANEIRO (Barra é Rio?) – Cristiano da Matta assinou com a Dale-Coyne, uma espécie de Minardi da F-Mundial, ou Champ Car, ou seja lá o nome que tem isso (oficialmente, Bridgestone presents não-sei-o-quê).

Há dois anos, era titular da equipe com o segundo maior orçamento da F-1. Sempre gostei muito de Cristiano. Pessoalmente, um sujeito sensacional, divertido, franco, sincero, espirituoso, inteligente.

Mas entre meus inúmeros enganos jornalísticos, Da Matta foi um dos maiores. Achava que iria longe. Não foi a lugar nenhum. Se estiver feliz e mantendo o humor, porém, que importância tem em não ter dado nada na F-1?

27 comentários

  1. Renato disse:

    Pra se ver como o mundo dá voltas: acabaram de ejetar o Mike Gascoyne da Toyota. Ou ele mesmo se ejetou, sei lá.

    O ponto é que quem fala o que quer e quando quer, quem é cabeça dura tem vida difícil na F1.

    Por outro lado, tem um mineirinho dando risada do lado de cá do atlântico :)

  2. Eduardo-RJ disse:

    Ele foi destaque na sua primeira temporada da F1, liderou com a péssima Toyota por inúmeras voltas na frente de carros indiscutivelmente muito mais velozes e só perdeu a liderança nos pits.

    O mal do Da Matta é falar a verdade. Na F1 vc só pode falar a verdade se já tiver um título na mão.

    Ele tanto tinha razão que pedia uma coisa pra equipe e ela ignorava, se aborreciam com ele por reclamar do carro e dar palpites e faziam outra coisa. No que deu a Toyota ? Só em fracassos.

  3. Aliandro Miranda disse:

    Só pra ser chato:
    Bridgestone Presents Champ Car Powered by Ford

    Hehehe…

  4. LAGO disse:

    Por partes:
    1 – Ganhar uma grana preta e dirigir baratas velozes mundo afora com um monte de meninas, lindas, te achando o ” cara” … Fracasso???
    2 – Ganhar, com estilo, o, a época, segundo mais importante campeonato de fórmulas do mundo … Fracasso???
    4 – O cara, sem dúvida, é um baita piloto, e a nós, público distante, até que parece legal…
    Então, se aos trinta e pouco, pode passar o tempo tocando guitarra e correndo do que quer seja por aí, only having fun, se não milionário, financeiramente ad eternun resolvido, não é sinônimo de sucesso, que imagem o mundo tem deste pobre coitado aqui… Ah! meu Deus!!!!

  5. vitão disse:

    Sem contar que a Toyota tomou uma baita esfrega em Le Mans, investiu muito e não conseguiu nada. Acho que eles levaram o mesmo time de engenheiros para a F-1.

  6. Marcato disse:

    Toty, seu babaca: PARA DE ENCHER O SACO!!! Vc é muito imbecil…

  7. Rodrigo disse:

    Sabe porque ele saiu da F1 porque ele não tinha culhoões falava o que o pensava, igual ao Piquet, o que hoje em dia é uma heresia na F1.bom ele é isto eu não tenho dúvidas e outra coisa o que adianta ter o segundo maior orçamento e patinar como sempre patinou?

  8. Rogerio BH disse:

    Nós aqui de BH tínhamos uma grande esperança nele. Mas ele se queimou por ser sincero, o que na F1 é proibido.
    Mas não podemos julgá-lo um fracasso. Afinal, ele foi campeão de algumas coisas, e foi titular da Toyota na F-1.
    Se ele foi um fracasso, o que podemos dizer de Ricardo Rosset, Tarso Marques, Enrique Bernoldi, Ricardo Maurício, entre vários outros….
    saudações celestes

  9. Luiz disse:

    O cara é bom piloto e tem personalidade. Foi culpado porque exigiu da equipe? Porque não aceitou ser subjulgado? Ah se um certo brasileirinho tivesse a mesma postura do Cristiano…
    Definitivamente, o mundo da F1 não é nada justo.

  10. Ana disse:

    Eu já disse aqui algumas vezes que adoro o DaMatta. Desde a época que ele corria aqui por Minas e depois foi para os EUA.No início da carreira dele a empresa de café que meu pai trabalhava chegou a patrociná-lo e todo mundo daqui de casa torcia por ele com se contribuíssemos para o seu sucesso.
    Mas o tempo foi passando, meu pai foi demitido, o DaMatta ganhou a F-Mundia, foi pra F1 e eu fiquei super feliz. Da mesma forma que fiquei decepcionada com sua saída. Concordo com o Flávio, o importante é que o DaMatta esteja feliz é isso que desejo pra ele.
    Bjim

  11. Maximo disse:

    Cristiano andou quase sempre na frente do Panis, que nao era isso tudo, mas ficou um tempao no Formula 1.
    Cristiano provou que era do ramo, chegando a liderar corrida, so que na F1 todo mundo tem que dizer que o carro eh bom, o pneu tb e etc, pq senao queima o marketing…
    ai ele nao aguentou e o Mike Gayscone rifou ele… e mostrou que ele estava certo.
    E como comentaram, lamento pelo Trulli, pq o Gayscone vai enterrar ele tb

  12. anselmo disse:

    cristiano toca muita guitarra alem de pilotar muito bem
    flavio, boa sorte nesta etapa da classic

  13. Flavio Chinini disse:

    O Cristiano da Matta é um ótimo piloto de Fórmula 1. Ele foi simplesmente limado. Estaria fazendo papel melhor que o Ralf Schumacher ou Jarno Trulli.

  14. Marcelo disse:

    Quero acrescentar apenas que o Da Matta talvez tenha sido o melhor piloto em termos de cabeça que chegou a F1, porém não era rápido o suficiente. Se o Pizzonia tivesse a estrutura emocional dele talvez, digo talvez, tivesse arrumado um lugar ao sol ao contrário do que acontece disputando uma única prova na CHamp Car ou seja lá o que for.

  15. cassio souza disse:

    É um pena que o final da carreira do Cristiano seja desta forma .
    Sinceramente era minha última esperança de ver um brasileiro brilhando na Formula 1 .
    Fora ele vamos esperar o quê daqui pra frente ???
    Nelsinho ? Di Grassi ?
    Acho melhor torcer para cair uma vaga boa no colo do João Paulo de Oliveira ( o que acho dificil ).
    Senão ……..

  16. Julio disse:

    Ótimo piloto que merecia melhor sorte.Pô na f mundial bem que podiam dar um carro competitivo para ele.
    Ele é melhor que o Bruno Junqueira quê tá na newman haas,lugar que ele nunca deveria ter saido.

  17. Askjao disse:

    DaMatta tá longe de ser “O CARA”, mas tbm não é fraco não… infelizmente, na F1, ou se tem um bom carro para se dar bem, ou então só dando uma de louco para chamar a atenção!!!

  18. Edgar SC disse:

    AH mais acho que ja foi bem tambem… não foi esse desastre todo… Convenhamos que falou demais na toyota, mais olhando pra toyota hoje….

  19. edu disse:

    uma pena ele naum ter dado certo na f1… injustica…

  20. Al Unser Jr. disse:

    Sobre o Cristiano, um pequeno comentário: ELE PROVOU QUE A TOYOTA ESTAVA E CONTINUA ERRADA!!! Somente que ele se Fud…, ao dar uma de bocudo!!!

  21. Toty disse:

    Me desculpem, não é o forum (sem falar a repetição). Mas a “Coluna Warm Up” atual, do FG “http://ultimosegundo.ig.com.br/paginas/grandepremio/materias/361501-362000/361985/361985_1.html” é ótima, o primeiro parágrafo então…

  22. Toty disse:

    De tudo um pouco do que foi dito até aqui faz sentido. Por incrível que pareça, com certa ressalva ao grande escriba FG. Mas minha humilde e constante equivocada opinião não me autoriza a qualquer juízo. Mas estamos aqui para democraticamente palpitar:
    _1 – Chegar aos 30 na F1, principalmente na atual, não é “comum” nem faz o “modelito”. Mas é alguma limitação técnica-física?
    _2 – O cara era o pupilo da Toyota quando conseguiu o primeiro título da japa no abastado EUA. Seu pai, o legendário piloto Toninho da Matta, vivia entre os dois países carregado de amigos convidados bancados pela Toyota, o que além de refletir o espírito amigo dos Da Matta, também o tanto que a Toyota estava feliz. Pena que nunca fiz parte da turma.
    _3 – Bateu de frente com o cabeça-dura do Mike Gascoine. Após a saída do Cristiano, ficou provado que tinha razão. Como insistia, refizeram a suspensão e assoalho traseiros e o carro melhorou. O Zonta sabe.
    _4 – A incompetência da Toyota já entrou para a história da F1. Ainda vai degolar o Trulli (pena) e o Ralf (ôba). Sorte do Zonta que está no banco.
    _Voltar para a Fórmula “Mundial/Champ/Indy/HotDog…” numa relativa “Minardi”? Sacanagem…

  23. Lucas disse:

    Pobre Christiano… Bem, pelo menos foi campeão em 2002 pela Newmann-Haas. Mas é impressionante como a glória pode ser passageira (para alguns). Tudo ia bem para ele até topar com o carro da Toyota de 2004 e com a besta do Mike Gascoine. Só digo uma coisa. Cada vez me alegro mais por essa equipe não chegar a lugar nenhum e Gascoine chegar cada vez mais perto da porta da rua.
    Abraços!

  24. _rb disse:

    Duro foi a frase “Dale tem produzido bons carros com freqüência”. Ah, por favor. (www.estadodecirco.net)

  25. blah Blah disse:

    e o pessoal teima em falar mal do RB!!! como disseram antes, queria eu, um dia chegar no meu campo profissional onde chgaram o da matta… no posto do RB entao… nem se fala!!

  26. Renato disse:

    “Dar em nada” é relativo.

    Sem querer ser falsamente condescendente, se no meu campo de trabalho eu chegar ao equivalente do que o Cristiano chegou no automobilismo, acho que eu ficaria feliz, e chamaria isso de uma boa carreira.

  27. Claudio Lacet disse:

    Já q veio aqui pro Rio podia dar uma esticada até o Maraca pra ver o Madureira ser campeão…rs…
    O Da Matta é muito bom piloto. Mas teve uma carreia meio enrolada… Brasil, Europa, EUA, Europa, EUA… chegou com 30 anos na F1. É meio tarde…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>