Vestibular das antigas | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 20 de março de 2006 - 14:14Automobilismo brasileiro

Vestibular das antigas

SÃO PAULO (o #96 original) – Celso Santoro, “dekawezeiro” como eu, manda essa foto linda, o Fitti-Porsche com o #96 original de Norman Casari ao fundo. Alguém sabe onde e quando? Mãos à obra!

23 comentários

  1. Loris Sirna disse:

    A carretera KarmanGhya V8 do Nelson Marcilio era,na verdade,a antiga nº 38,Ford 34 coupe com que o Nelson competia,porem ‘VESTIDA” com uma carroceria do KG ,com o maior espelho retrovisor interno já visto(ocupava toda parte superior do parabrisa.Se não me falha a memória,ela tinha tambores de freio aletados do Alfa Romeu,diferencial do Mercury 51 e outras invenções do Totó Marcilio,pai do Nelson e um dos maiores mecânicos que conheci.
    Quanta saudades do circuito do cemitério da 4ª Parada

  2. Tony Speed disse:

    O Napoleão matou mais uma vez! Jacarepaguá, 67. Lembram dos eucaliptos, ao fundo……??

  3. Paulo R. Guedes disse:

    Linda foto, deve ser em Jacarepagua

  4. Filipe W disse:

    Valeu Carlos,

    Andei fuçando pela internet e acabei encontrando uma foto do KG V8 do Marcilio, doidera pura, até mandei uma cópia pro Gomes quem sabe ele publica no blog.
    Por mim bem que o Gomes podia congregar a galera a mandar fotos dessas invencionices da decada de 60 e 70 e postar tudo aqui para galera discutir e tentar obter mais informações.

  5. joaquim disse:

    Ao Jovino/DF
    Corretíssimo, meu caro. O carro liderou os Mil Km de Brasilia versão 68, quando travou o câmbio na 38a. volta. Pilotos : Emerson Fittipaldi e Lian Duarte. Dava pena ver o esforço dos pilotos pra fazer o carro funcionar. Mesmo assim, depois de 12 horas de corrida, terminaram em terceiro atrás do Bino do Lusinho/Pace e uma Alta GTA do Piero Gancia. Depois foi vendido pro Pedro Victor, que o utilizou pra instrução na sua Escola de Pilotagem Delamare. Mais tarde, foi comprado por Sérgio Magalhães/Mauricio Paes de Barros e andou participando de algumas provas em Interlagos, já com motor VW 1800. Foi então vendido pro Toninho Martins, de Brasilia, que andou utilizando o carro em algumas provas regionais no DF. Sim, vc está correto – a última aparição do carro, já com a frente bem modificada, foi num Festival do Batom, dirigido pela esposa do piloto brasiliense Paulo Guaraciaba. Daí, desapareceu, escafedeu-se…

  6. Carlos Eduardo disse:

    Karmann Ghia V8 que eu saiba não ganhou corridas.

  7. jovino disse:

    Tive o prazer de em 68 ou 69 empurrar este Fitti-Porsche nos mil quilômetros de Brasília, quando o mesmo rodou e eu mais algumas pessoas o empurramos durante muito tempo até ele pegar. Este carro estava em Brasília na década de 80 quando havia provas da corrida do baton, que logicamente, era pilotada por mulheres de propriedade de uma pessoa da cidade satélite de Sobradinho. Depois disto, nunca mais ouvi falar desta preciosidade.

    Jovino/Brasília

  8. joaquim disse:

    Ao Napoleão Ribeiro,
    Pô, Napoleão, aí é sacanagem, matou todas. A propósito, essa corrida foi a única vitória do Fitti-Porsche, salvo engano. Prá complementar, O Malzoni do Norman ao fundo foi posteriormente vendido ao piloto goiano Neuder Motta, que andou vencendo umas corridas lá por Goiás, no final dos anos 60. Abraços.

  9. Toty disse:

    Lindo, lindo, lindo… Fitti-Porche… Fantástico!!! E o “96″? Malzoni? Acho que não mas… E os monpostos ao fundo, Formula-V?
    Essas fotos são impagavéis!!!

  10. Filipe W disse:

    Ao antigo,

    Leva fé que é jacarepagua sim.

    Quanto ao fusca de motor v8 entre eixos, loucura total, pelo jeito não devia terminar uma corrida, afinal só o torque do motor (ainda mais de f-100) devia ser umas 4 vezes maior que o cambio vw devia suportar, moendo todas as engrenagens, mas o legal dessa época era justamente o pessoal inventando essas trapizongas maravilhosas.

  11. Napoleão Ribeiro disse:

    Prova Almirante Tamandaré disputada no autódromo de Jacarepaguá, RJ, em 17/12/1967.
    Carro 7 – Fitti Porsche (Wilson Fittipaldi Jr.)
    Carro 96 – DKW Malzoni (Norman Casari/Celso Gerbassi)
    Atrás nos boxes (era um horror, com aramações de madeira montados sobre um piso de areia) das que disputaram a prova preliminar de Fórmula Vê – motor 1200 cc):
    nº 84 – Fitti (Pedro Victor Delamare) o outro (coberto por um pano vermelho) é um Aranae nº 33 de Totó Porto Filho.

    Um abraço

    Napoleão Ribeiro

  12. antigo disse:

    Acho que a turma tá viajando, não tá parecendo Jacarepaguá, não. Teve umas corridas em Niteroi, em que andaram F-Ve, mas não me lembro se o Fitti andou por lá.
    Ao Felipe W, conhecí um Fusca, com motor V8 entre-eixos, não tinha o banco de trás, a caixa era Volks, invertida, e quebrava pacas. O motor era o Ford, mas da pick-up F-100, olha só que antigo…

  13. fitti disse:

    Este Autodromo é o de Jacarepagua sim, e eu estava lá em 68, quem pilota neste momento não lembro, mas o Emerson andou nesse dia.

    FITTI, CAMPEONATO CARIOCA, CARRO #63, MARCAS, EQUIPE SPEEDRJ.COM.BR

  14. Filipe W disse:

    Valeu Carlos,

    esse KG do Sgarbi eu já conhecia, mas esse do Nelson Márcilio, só tinha ouvido falar vagamente sobre ele.
    O bichinho devia andar muito com um motorzão desses sabe se ele chegou a ganhar alguma coisa ?

  15. Carlos Eduardo disse:

    Karmann-Ghia V8 teve um com motor dianteiro de galaxie, n. 38 feito pelo Nelson Marcílio, piloto de Carretera do tatuapé, aqui em são paulo. O Sgarbi teve um com motor 6 cilindros boxer traseiro do Chevrolet Corvair

  16. Filipe W disse:

    Veloz-HP

    Tranquilo, reparar e lembrar estes detalhes é difícil, eu tb tive que recorrer a minha biblioteca para para saber com mais precisão o ano.

    aproveito para perguntar, já que vc é das antigas, se vc já viu ou sabe de detalhes de um Karmann-ghia V8 ?

  17. VELOZ-HP disse:

    Caro Felipe, você tem razão, o ano é 1967.
    O problema é que eu tenho mais idade que esses carros então, o compartimento da memória no cérebro já não está funcionando tão bem.

  18. Filipe W disse:

    pena que a maioria desses carros se perdeu no tempo e no descaso, só agora é que o Paulo Trevisan está terminando de motar um museu para essas preciosidades da nossa história.
    Por falar nisso alguem tem mais informações a respeito de há quantas anda esse museu ? já inaugurou ?

  19. Filipe W disse:

    Veloz – HP,
    essa versão da foto ainda não tinha essas alterações, por isso não seria em 67 ?

  20. VELOZ-HP disse:

    Jacarepaguá em 1968 nas 3 Horas de Velocidade da Guanabara.
    Essa foi a primeira versão do Fitti-Porsche que foi desenhado pelo Emerson. Na segunda versão modificações foram feitas nas tomadas de ar para os radiadores de óleo, ao lado da janela, que foram ampliadas e também a colocação de uma capota, tornando a caranga mais aerodinâmica e veloz em reta.
    Notem também, atráz do Malzoni do Casari, dois Fórmula V que eram construidos também pelos Fittipaldi e o carro nº 84 é do grande piloto Pedro Victor DeLamare que tinha uma escola de pilotagem em Interlagos em sociedade com o Wilsinho onde era também o instrutor lider e professor.
    Quanta saudade, meu Deus do ceu.

  21. Alexandre Reis disse:

    Qual Fittipaldi que guiava esse carro lindo ein?

  22. Filipe W disse:

    não sei ao certo, mas acho que é em jacarepagua no 500 KM da guanabara em 67.

  23. Edgar SC disse:

    Bah Batmóvel rosa é doído…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>