Assim era | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 25 de maio de 2006 - 18:44Automobilismo brasileiro

Assim era

SÃO PAULO (rolam as pedras) – Noto a grande curiosidade de todos por imagens antigas de Interlagos. Faz sentido: o autódromo está lá, mas não está. Ou: aquele antigo não está. Mas era lá. E por se tratar de sítio histórico, é muito interessante saber como era.

O melhor dessas centenas de fotos que tenho recebido é que elas são instantâneos tirados por frequentadores do autódromo daquela época. Fotos guardadas em antigos álbuns, condenadas ao esquecimento e à poeira, amadoras de tudo.

Esse voyeurismo automobilístico faz bem para a alma. Interlagos em estado bruto, pelas lentes de velhas Agfa, Rolleyflex, Kodak. Algumas em P&B, outras desbotadas pelo tempo.

Os arquivos não acabam nunca, e aos poucos vou colocar o que der aqui. Hoje, a pedidos de um simpático blogueiro, André Fornaziero, que pede um abraço para o irmão Bruno, fanático por Interlagos. Um abraço ao Bruno, pois. E um presentinho, essas fotos tiradas pelo Ingo Hofmann, que não é aquele, é outro.

Matusas, mãos à obra. Quero ver quem sabe quem estava pilotando esse DKW que ficou moído no barranco.

13 comentários

  1. Marcos disse:

    Preservar a história faz parte da cultura de todos os povos. Exceção em nosso país, onde muitos, e bota muitos nisso, esquecem-se e enterram facilmente o passado. Parabéns por esta iniciativa e continue nos alimentando com o passado automobilistico de nosso país. Gostaria muito de ver fotos antigas das corridas dos anos 60 realizadas no Rio.
    Abraços

  2. LSalomão disse:

    Na panca do DKW, pode ser o piloto Bruno Barracano, segundo minhas fontes…abs a todos, isso que é desafio…

  3. Milton de Mello Bona disse:

    Olá Cesar,
    Mark1 da Willys?
    Não que eu tenha visto. (Eu tenho quase certeza de ter assistido todos os “Limite”)
    Vídeo do programa?
    Que tal tentar no Site da Espn Brasil?

    Um abraço.

  4. Cesar Costa disse:

    Milton:
    E eu não vi!!!!! Argh!!!! Ele já mostrou o Mark I da equipe Willys tb? Tem um aqui no Rio…
    Tio Gomes:
    Tem jeito de colocar o vídeo aqui no blog??? Tem??? Tem???

  5. Claudio Ceregatti disse:

    FG:
    Voce que tem essa montanha de contatos, não conseguiria que a Carretera 18 participasse da Superclassic?
    Ia ser um show, pois se temos carros históricos, esse é um deles.
    Se não corresse, que pelo menos fosse o carro-madrinha…
    Tem jeito?

  6. Milton de Mello Bona disse:

    Valeu Ingo Hofmann. Obrigado pelo esclarecimento.

    Cesar Costa: A carretera do Camilo já foi apresentada no Limite pelo Indiana Gomes.

  7. Cesar Costa disse:

    Qdo o Indiana Gomes vai achar a carreteira do Lobo do Canindé? Há um tempo atrás ela estava com o filho dele…

  8. Ingo Hofmann disse:

    Só para tirar a dúvida do Milton. Nesta prova foi invertido o sentido da corrida. Foi adotado o sentido horário, contrário ao que sempre se praticou e continua se praticando em Interlagos. Naquela época não era tão raro assim isto acontecer, só não me perguntem o porque?
    Abraço a todos.

  9. pedro pessoa disse:

    normam casari falecido recentemente…. i guess

  10. joaquim disse:

    A primeira foto, não tenho a menor idéia quem seja. A segunda, dá prá ver o contorno de um Malzoni. Já a terceira, sem dúvida, a carretera de Camilo Christófaro, ainda em suas primeiras versões, com aqueles pneuzões diagonais de caminhão.

  11. Roberto Valle disse:

    Ei, deve ser o FG, num é um 96 ali na porta…

  12. Rozen disse:

    ZERINHO!

    O mais interessante, desculpe, Flávio, não é quem pilotava o intrépido DKW. É saber quem era o proprietário dos Elásticos Miki.

    Isso sim é desafio!!

    Abraços

  13. Milton de Mello Bona disse:

    Ué, na segunda foto, têm gente na contramão ou é impressão minha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>