Matra, 1970 | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 29 de maio de 2006 - 17:05F-1

Matra, 1970

SÃO PAULO (Sim, Simca!) – Temos um especialista em Matra aqui no blog, o Caíque, e há séculos estou devendo a ele um espaço para falar dos carros que mais venera no mundo.

Essas fotos, de 1970, devidamente identificadas, foram enviadas pelo blogueiro Rafael Garavelli. Mas deixemos os Matuzas revirarem a memória para matar onde foram feitas, quem pilotava e tudo mais.

40 comentários

  1. Caique disse:

    Ricardo,

    Concordo com você, pois o Post que mandei para o Flavio com a MS 680 era justamente da Largada com o Jarrier no Cockpit. Mas creio que realmente o carro só fez esta corrida. No site http://www.matrasport.dk voce verá esta foto e outras bem recentes com o carro totalmente restaurado.
    Abraço,

    Caíque.

  2. ricardo bifulco disse:

    > Oi Caíque, tudo bem?
    >
    > com relacao a Matra 680 se me permite uma humilde correção, ela largou em Le
    > Mans em 1974 e correu com o Jarier (e se nao me engano o Beltoise compondo
    > a dupla.). O carro estava andando bem, porem, em uma das paradas no box, o
    > Jarier atingiu um porsche da classe Gt e danificou muito a frente do carro.
    > De acordo com o regulamento, ele mesmo teve de fazer os primeiros reparos
    > para que conseguisse completar a volta e retornar aos boxes para que os
    > mecanicos dessem prosseguimento ao conserto.
    >
    > Algum tempo depois o carro abandonou definitivamente a corrida.
    >
    > Estes artigos constam no livro Ano do Automovel 1974-1975 e na Revista Grand
    > Prix tambem tem algo a respeito se me lembro.
    >
    > Se eu conseguir escanear as fotos eu te mando.
    >
    > Um abraço,
    >
    > Ricardo Bifulco

  3. pauloaidar disse:

    Valeu Caíque e Felipe W, tremenda aula..nota 10…os protótipos também eram lindos mesmos e o tom de azul dos carros nunca mais vi..tb hj é tudo vermelho, prata, branco…mesmice. abços

  4. Filipe W disse:

    Não sei Caíque e Lawrence, pode ser que realmente esteja sujo por algum motivo, realmente naquela época não tinham um décimo da preocupação que eles tem hoje, (os de hj parecem mais salas cirúrgicas)mas acho que pelos escapes serem embaixo da asa, eles cozinharam a pintura e mancharam o alumínio.

    link para um velho vídeo de uma arrows 2002, creio, notem como os escapes ficam incandescentes, e isso na marcha lenta, claro que o matra dessa época não devia ficar assim, mas deviam gerar um calor considerável tb.

    http://video.google.com/videoplay?docid=-502317820238902679&q=f1+start

    A propósito é um prazer conversar com pessos como vcs, o Caíque já conhecia de outros posts, e o Lawrence passei a conhecer agora, mas isso que eu chamo de conversa agradável, discutindo e argumentando, cada um colocando seu ponto de vista e fazendo seus adendos sem a histeria e baixo nível que assolou o blig neste fim de semana, que foi realmente assustadora

    Ah Lawrence viu os vídeos da ferrarizinha no site do Pierre ?

  5. Lawrence disse:

    Eu tb achei estranho aquela sujeira toda no aerofólio traseiro…
    Tb não ache que deva ser calor… Tb procurei o escapamento e não vi…
    Derrepente o carro passou em uma poça de óleo ou coisa q o valha…
    Uma coisa é certa… Tem muito óleo naquela asa…
    T+

  6. Caique disse:

    Felipe,

    Realmente o Aerofólio está feio pacas, mas não é por causa da usina de 12 cilindros não, pois os escapamentos eram embaixo da asa. Se fosse num dia de chuva, poderia ser por causa da sujeira que é espirrada (basta ver como ficam os carros em corridas no molhado). Na realidade acho que era porque até 1970, apenas a Lotus tinha o hábito de ter os carros sempre bonitos, normalmente o resto era um lixo no quesito capricho, de um jeito tipo remento encima de remendo, rebites sobre outros rebites. O marketing naquela época era uma palavra desconhecida na F1, pois os mecânicos nem uniformes bonitinhos como os de hoje usavam. O máximo eram macacões de lona (os da Ferrari eram azuis, feios prá cacete). Acho que aquele aerofólio era assim mesmo, mau conservado.

  7. Lawrence disse:

    Felipe W

    Já vi do site do Pierre Scerri, dessa vez eu acertei!!! Rs…
    Eu quero uma oficina daquelas para mim!!! Mas para fazer carros em escala 1:1!!! A gente chega lá!!!!
    Tô baixando o 1 vídeo… O servidor é lerdinho, mas estamos aguardando anciosamente!
    Abraços

  8. Filipe W disse:

    Valeu pelas dicas Caíque, qualquer coisa eu te perturbo hehehe.

    Aproveito para perguntar, vc notou a primeira foto do post, que o aerofólio traseiro, está meio chamuscado ? ou e impressão minha ? imagino que seja o calor da usina, que não devia ser pouco.

  9. Eduardo Macedo disse:

    Ô Flávio, o Simca é o mesmo da música?

  10. Caique disse:

    Felipe, tenho da Minichamps (F1 MS 80), da John Day (F1 MS 120 em kit que foi excepsionalmente montado), Ixo Models (MS 670, 670B e 670C), JPS (MS 630), Tenariv (MS7, F3), Bizarre (MS 650) e Provence Moulage (MS 620). Os melhores modelos são os da IXO, dão de vinte na Minichamps.
    Se você quer em escala 1/24, procure os da Profill 24 (francesa) ou da Fisher Models Pattern (americana), aí você encontrará os 630 e 670, mas se prepare para gastar em média US$ 150,00 cada kit, que são para montar e pintar, de preferencia com tinta automotiva.
    O que você precisar de fotos e de fabricantes destes modelos, é só perguntar.

  11. Filipe W disse:

    Fala Caíque,

    São da minichamps ? são as melhores miniaturas 1/43, na minha opinião.
    realmente as 1/43 são melhores de guardar mas como já iniciei a coleção com as 1/18 acabei tornando essa a unidade padrão da coleção.
    dê uma olhada no site da exoto que tb tem modelos muito bons, extremamente bem detalhados, oque pega é o preço..

    http://www.exoto.com

    mando tb o link do site da minichamps caso ainda não o conheça.

    http://www.minichamps.de//

    abraço

  12. Filipe W disse:

    Lawrence,

    esse carrinho sem dúvida é um dos mais, se não a mais perfeita reprodução já feita, ainda mais levando em conta os desafios técnicos de construir todos os sistemas em escala reduzida, imaginar fazer as molas das vávulas com a força correta, metal não é das coisas que aceitam bem reduções de escala, caso interesse acesse o endereço do Pierre Scherri.

    http://www.mps-sportproto.com/en/

    Lá tem uns vídeos com o modelinho, aumenta o som e aproveite.

  13. Lawrence disse:

    Bola fora… Quem fez a Ferrari 312PB foi realmente o Pierre Scerri…. Mike McCarthy é o reporter!!!
    T+

  14. Lawrence disse:

    Felipe W

    Não costumo comentar os posts sobre os antigos pq conheço pouco e fico só apreciando mesmo….

    Mas quando vc falou na Ferrari 312PB 1/3 me empolguei!!!

    O cara reproduziu tudo!!! Motor que chega a 13000 RPM e gera 8bhp! Caixa-de-marchas, tudo funcional!!!

    A alavanca de mudanças realmente funciona!! Sem contar no conta-giros funcional!

    O Mike McCarthy é fera! Tô aqui folheando a minha Classic and Sportscars de Julho/94 e matando as saudades! Tem 5 páginas descrevendo tudo!

    Se a galera quiser peço para o meu irmão scannear!

    Saí completamente do assunto mas foi por uma boa causa!!!!

    Abraços!

  15. Caique disse:

    Felipe,
    Em se tratando da Matra, eu tenho quase todos os modelos, exceto a MS 640 (que nunca correu porque foi destruída num treino em 69) e a MS 660, porque ainda não adquiri. O resto tenho todas até F3, só que em escala 1:43.

  16. Marcelo disse:

    Ih cara! Desta vez você deu uma de Zé Mané.. RS! (sem ofensas….RS!). Você pergunta quem é o cara que está guiando esta máquina, mas se esquece que a resposta está no vídeo da vitória de Emerson em 1970 que você postou logo abaixo. (mais rs!!!). De qualquer sorte quero dizer que leio o seu blig quase todo dia. Não concordo com algumas opiniões, mas as respeito. Desejo que continue o sucesso do “site” e reitero que a brincadeira acima foi sem intenção de ofender. Um abraço.

  17. João Valim disse:

    Na primeira foto, Beltoise no GP da França, Clermont-Ferrand. Na segunda, é o GP do Canadá, em Mont-Tremblant, tendo em vista que é o Denny Hulme ali atrás!

    Abraço!

  18. Filipe W disse:

    Valeu Milton e Caíque,

    taí um fato que desconhecia dessa do Beltoise não dobrar o braço.

    Vitão, como os matra v12 alêm de berrar muito, era uma verdadeira esponja metálica tai eles só faltarem botar gasolina dentro do santo-antônio.

  19. milton disse:

    Valeu Caique,
    Vc. deve ter lido, tbém a biografia dele, a minha (que era do século passado) sumiu…
    Abraços

  20. Filipe W disse:

    Fala Caíque,

    realmente os Matra 650 são dos mais bonitos sport – protótipos já feitos, eu tinha uma miniatura desse modelo, feita pela Corgi, e era uma das que mais gostava, hoje em dia procuro o mesmo modelo em escala 1/18 para compor minha coleção dos grandes sport-protótipos.
    Acho que vou mandar um email para o Pierre Shcerri que fez uma miniatura totalmente funcional da Ferrari 312 PB em escala 1/3 para ele dar um tempo nas ferrari e começar uma do matra 650 hehehe.

  21. Caique disse:

    Mi8lton,

    O Beltoise não dobrava o braço esquerdo. No acidente que sofreu, e antes da cirurgia, solicitou que o braço fosse “colado” de modo que pudesse continuar a pilotar. E o Azul realmente era Lindo.

  22. milton disse:

    Oi Flávio,
    Nunca houve um azul como o desta equipe, nem os Ligier.
    J.P. Beltoise era um belíssimo piloto, que além de ser cunhado do CeVert, não dobrava um dos braços(não sei qual) devido a acidente.
    Um pouco de cultura inútil.
    Não desista disso jamais.

  23. Caique disse:

    Vitão,

    Já enviei as fotos da MS 680 e da 650 com o Jean Todt. Vou enviar agora o carro sendo reabastecido com bujões na maior falta de segurança e o Beltoise dentro.

  24. Vitão disse:

    Grande Caique, para completar , manda aquela foto em que o mecanicoestá abastecendo o tanque suplementar, que ficava em cima das pernas do piloto. Até o LAP duvidou !! Consumo e segurança ZERO !!

  25. Vitão disse:

    Completando: tem gente que gosta de tomar carona no sucesso e trabalho alheio. Vào criar o seu próprio blog e ver se conseguem atrair um pequena parte da audiência do FG .

  26. Vitão disse:

    FG, cuidado que daqui a pouco vão criar o MSB – Movimento dos Sem Blog. Será que é difícil o pessoal entender que ao visitar a a casa dos outros devemos respeitar o dono?
    Pra dizer a verdade, acho que a carga de agressão ocorreu por um descuido seu; você deixou a coisa correr solta e o pessoal abusou. Por mim você pode aplicar o AI-5 do blog sempre que necessário. Incluindo “nimim” .

  27. Caique disse:

    Paulo Aidar e Felipe W,

    Segundo o Cronista da Autosport Inglesa, Nigel Roebuck, o som dos motores matra foram os mais bonitos que ele já ouviu, o que eu concordo. Dos Esporte-Protótipos, o mais bonito foi o MS 680, que embora tenha alinhado em 1974, não largou. O carro era bem diferente dos 670, principalmente na posição dos radiadores. Eu gostei mais dos 650 cauda longa que correram em 1970 e teve como um de seus pilotos de Fabrica um baixinho poderoso hoje em dia, um tal de JEAN TODT. Vou mandar para o Flávi a Foto deste carro com o nome dele.

  28. Guilherme Behmer disse:

    Coisa mais feia!!!
    Pelamordedeus!!! O que é aquela bocona aberta na frente do carro???
    Esses pneus são de autorama, né? Tenho vários desses e tenho daqueles laranjas também!!!

  29. Caíque disse:

    Flávio,

    Obrigado pelas fotos, em ambas o piloto é o Beltoise e esse modelo o MS 120 é o carro de F1 que mais gostei desde que vi uma de saus fotos, especialmente os MS 120C que foram os de 1972 , pilotado pelo Chris Amon. Os das fotos são os MS 120 de 1970, quando os pilotos da Equipe eram o Beltoise e o Pescarolo, já as pístas não sei quais são. O legal destas fotos é que podemos verificar que para cada prova a numeração dos carros era diferente por causa da inscrição em cada corrida, os numeros só começaram a ser os mesmo a partir de 73. Legal também o Video sobre a Vitoria do Emerson.

  30. Claudio Ceregatti disse:

    Gostei, FG.

    Já tem alguns predadores se manisfestando…

    Falando de censura, anos de chumbo e outras referencias…

    Certamente não viveram aqueles tempos. Não teriam sobrevivido.

    A frase “não a censura. O Blog é seu mas o espaço é de todos” é lapidar.

    Mostra claramente o tipo de canalha que este país produz. Pena que te dá um tremendo trabalho, filtrar.

    Relaxe. Com o tempo eles desistem.

  31. Filipe W disse:

    Oi Paulo Aidar,

    sim, confere o primeiro Ligier, tinha o sonoro motor matra v12, quanto aquela entrada de ar monstruosa, dizem que tinha aquele tamanho pq o projetista tinha vindo do mundial de esporte protótipo e não tinha nenhuima experiência com monopostos e acabou fazendo daquele jeito, e devia provocar um arrasto enorme, tanto que algumas provas mais tarde ela já havia encolhido para padrões mais “normais” .

  32. Cesar Costa disse:

    Na primeira foto é o Beltoise e a pista parece Jarama, na Espanha. Na segunda não consegui identificar o capacete, mas atrás é o Hulme mesmo, que morreu feliz. Infartou dentro de um carro de corrida.

  33. marcos andre disse:

    VALEU FG….
    DEIXANDO DE LADO OS RECALCADOS E POSTANDO BELAS FOTOS COM TEXTOS DIVERTIDOS….
    ESTRESSE E COISAS RUINS E VIOLENCIA GRATUITA JÁ BASTA O Q VEMOS NAS RUAS ….

  34. Mãe Dinah disse:

    A pista nem eu acerto…chuto Nurburgring a primeira e Zandvoort a segunda…

  35. Salvador Costa disse:

    Pô, Flavio, identificar a pista por uma nesguinha de asfalto não é pra Matuza, é pra adivinho…

  36. pauloaidar disse:

    E o ronco do motor então..o mais agudo e lindo que já vi até hoje..se não me engano a primeira Ligier que tinha uma entrada de ar enorme acho que de 76 usava este motor, alguém aí me socorra, é isso mesmo ?

  37. ricardo bifulco disse:

    Olá !!

    Eu tambem sou apaixonado pela Matra, porem, os modelos esporte-prototipos da decada 60 até 1974!!!.

    O meu modelo preferido é o MS670 de 1972 cauda curta que Graham Hill e Henri Pescarolo ganharam as 24 horas de Le Mans 1972. (Mesma corrida que o Jo Bonnier morreu na Lola 280).

    Um abraço,

  38. Fabio Brasil disse:

    E o ano é 1971, confere?

  39. Fabio Brasil disse:

    O piloto era o Jean-Pierre Beltoise. Na 1ª foto, perece Nürburgring, não é? Na 2ª, não sei onde ele está, mas ele está na frente de Denny Hulme.

  40. Askjao disse:

    Lindo os carros… e veja só como era bom aquele tempo… dava pra identificar os carros pelos números… Acho que a FIA devia acabar com essa palhaçada de numeração em série… desde que me entendo por gente, as Ferraris eram 27/28… McLaren 7/8, etc, etc,etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>