one comment | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 13 de junho de 2008 - 13:39Sem categoria

one comment


Não se fazem mais pilotos como antigamente… O quarteto aí se encontrou hoje cedo em Brasília.

34 comentários

  1. jose disse:

    Esse pessoal deve estar arrepiado com o automobilismo brasileiro.

  2. Zé Maria disse:

    Já disseram tudo!!
    Quatro lendas vivas do automobilismo, independentemente do sucesso alcançado por cada um!!
    Dois assim por dizer injustiçados, Tigrão e Alex, dois vitoriosos, Emmo e Nélsão (pena que o Júnior será para o pai o que o Edinho foi para o Pelé!!)

  3. MSM disse:

    Pena que o Piquet e o Moreno ficaram de fora ,mas na próxima etapa, o quarteto estará disputando curva a curva a GT3. Aguardo até setembro aqui no Rio. Cadê a equipe portuguesa com o Aston Martin?

  4. Joao disse:

    Nesta foto aí não falta ninguem.

  5. ailton alves disse:

    ai uma boa oportunidade para entrevistar piquet campeao,pergunta quando o piquet ruizao volta pra casa

  6. Antonio Jose disse:

    Essa foto é, desde já, historica. Com exceção do Senna, aí estão os nomes que fizeram nossa historia na F1 e outras categorias lá fora. Nomes valentes que foram vitoriosos em ciscunstâncias completamente diversas e difícieis em relação ao que temos hoje. Tenho profunda admiração e respeito por todos eles. Alguém citou aqui nos comentarios o Wilson Fittipaldi chamando-o de herói. Concordo, é uma homenagem justa a quem dedicou esforços inimagináveis para tentar contruir um F1 competitivo. Na verdade todos eles são os nossos heróis. Fizeram o melhor possível, encheram o nosso ego Tupiniquim de glorias e títulos e agora estão aí de novo, prontos para andar com o ‘pé lá embaixo’ como sempre. Obrigado por tudo Alex, Nelson, Emerson e Wilson.

  7. Tatú disse:

    Prezado Lucena. O Nelson Piquet também venceu nos 22,8 Km de Nurburgring em 1981, na prova dos 1000Km em dupla com o Alemão Hans Stuck. Pois é Carlos, seria bom ver também o Michael Schumacher ( o maior numa visão quantitativa ) na foto. Poderia também o saudoso Graham Hill ( o maior qualitativamente ) também compor a foto. Bem como Juan Manuel Fangio, Jim Clark, Niki Lauda, Jackie Stewart… A lista é longa.

  8. Demerval Caixeta Jr disse:

    O Carlos aí de baixo me lembrou o Galvão Bueno. Não perde uma deixa para lembrar do graaaaaaaaaaaaaande Ayrton Senna.

  9. Ronaldo Reis disse:

    O meninão aqui foi até lá e tirou fotos com Wilsinho e Ingo. Apesar dos meus muitos aninhos de experiencia de vida, confesso que fiquei emocionado.
    Fotos aí no link.

  10. Carlos disse:

    O maior infelizmente não está na foto. Mas tem mais vitorias na Formula do que os 4 juntos .

    Icrivel a forma fisica do Emerson.

  11. Gustavo Lucena disse:

    Só cara fraco na foto.

    Alex Dias Ribeiro foi o único piloto brasileiro a vencer uma corrida no lendário circuito de Nuburgring de 23km. Pena que ele não teve uma chance real na F-1, onde levou calote de Max Mosley.

    Fittipaldi e Piquet dispensam comentários.

    Wilson Fittipaldi foi um herói no Projeto da equipe brasileira da F-1. Se a Fittipaldi tivesse dado certo, seguramente a indústria automobilística brasileira poderia ter outra cara.

  12. Luca disse:

    Foi a primeira geração de pilotos que ganhou de “algum à muito dinheiro”. Antes deles, o que a turma ganhava, tinham que por de volta para correr…….que é a história de Luiz Pereira Bueno e cia.

  13. Nico Contreras disse:

    Todos grandes vencedores, cada um do seu jeito e oportunidades, uma foto que me emociona tabém é aquela em 1977 do Nelson agachado ao lado ao Alex no March F1 de 6 rodas.
    Naquele época Nelson estava na F3.
    quadro anos depois ganharia seu primeiro titulo.

  14. Tatú disse:

    Dois vencedores de Nurburgring e um vencedor em Indianápolis. Grande foto.

  15. João Kohl disse:

    O Brasil poderia ser também celeiro de ótimos pilotos, pois exemplos nós temos e aí estão alguns. O que falta? Falta grana e quem tem só põe se sentir que há competência, então lembro da CBA… E sinto pelos muitos Fittipaldis, Sennas, Buenos, Piquets, Ribeiros, Barriquellos e outros tantos, que não terão o previlégio em sentar num bólido e nos mostrar o artista que é, nos dando o prazer em vê-los ao volante.

  16. ferreirovitch disse:

    Que bom rever Alex “Cristo Salva” Dias Ribeiro. Velho amigo do Piquet em rachas nas madrugadas de Brasília. O Wilsão tambem. Nostalgia pura.

  17. Irapuã disse:

    Maravilha de oportunidade para estes rapazes trocarem figurinhas sobre carros, tempos e curvas.
    Flávio, só não me acostumo com as palavras antigamente e nostalgia que acompanham esta turma. Continuo curtindo isto como sempre. E me entusiasmando!
    I’m getting old…

  18. Roberto Martinez SBC disse:

    Emociona…Esses foram os pilotos – ídolos (os do meio…)

  19. Julio Cesar Manfredi disse:

    Bela foto. Da esquerda para a direita: Alex (um dos pilotos mais injustiçados da F1), Piquet (o maior de todos os pilotos brasileiros), Emerson (o pioneiro tanto na europa quanto nos EUA) e Wilson (um dos melhores da época romântica do automobislismo nacional).

  20. Vantoil Lima Jr. disse:

    O de óculos é o Alex Dias Ribeiro.

  21. Ciro Margoni disse:

    Calma, Reginaldo. Quem sabe vc não encontra, de repente, estas quatro feras no IV Encontro em Outubro.

  22. Victor Serrão disse:

    Faltou o Senna nessa foto… :(

  23. Aliandro Miranda disse:

    Estes, sim, eram doidos. São mais que pilotos, são sobreviventes de uma era onde o automobilismo era mil vezes mais perigoso do que hoje.

    Aplausos!

  24. Souza disse:

    Se nem o Piquet consegue fazer um piloto como os de antigamente, quem conseguirá ? O Emersonn está com um filhinho. quem sabe

  25. Eric disse:

    O unico problema está sendo a ferrugem.
    E é claro que não é nos Porsches.

    Vamo treinar mais Emmo!!!!!!!

    Mas é um quarteto e tanto.

  26. Rodrigo Mattar disse:

    Mas que foto!!!!! Algo mais precisa ser dito?!?

  27. Ignorante disse:

    Quem é o de óculos?

  28. Fábio Aguilera disse:

    A diferença é que antes os pilotos “aconteciam”, hoje eles são feitos. A técnica tomou o lugar do “quase empirismo” dos dinossauros (que na época não eram dinos), os erros foram sumindo, o sangue que fervia fácil, foi esfriando e estamos aqui, vibrando com corridas que têm 5 ultrapassagens com 20 carros.

  29. Liduardo disse:

    É mesmo um quarteto de fazer qualquer um reverenciar…

  30. Lena disse:

    Tirando a “simpatia” do NP……….parabéns aos demais.

  31. disse:

    Olha o Bruno lá nas nuvens! Sensacional.

  32. reginaldo nat rock disse:

    Eu sou um privilegiado.
    Semana passada, abraçado “pendurado” no pescoço do Bird e do Peroba.
    Tricotando com o Alex.
    Só faltava estar em Brasilia pro evento.
    Aí seria a glória, junto com Piquet e Emerson.
    Tem nada não, eles virão pra sampa.
    O legal é vê-los juntos e sorridentes.

  33. CARLOS PIMENTA disse:

    Tava lá agorinha há pouco (09:30 hs), vi essa rapaziada aí da foto, o negócio tá bonito, bonito também é o GT 40 do Nelsão, placa JGT0040 -

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>