ÀS MOTOS, MACACADA! | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 - 14:39Motoland

ÀS MOTOS, MACACADA!

SÃO PAULO (equilibrando, sempre) – Avisa o impagável Dú Cardim que, neste fim de semana, teremos as 500 Milhas de Motociclismo em Interlagos, raro evento de longa duração que o Centauro promove. Foram 11 edições já realizadas, a primeira em 1970, a última no já distante ano da graça de 1991 do século passado.

Maiores informações, no site oficial da prova. Já são muitos os inscritos, a largada acontece ao meio-dia e é programa imperdível para os fãs das duas rodas.

15 comentários

  1. disse:

    Pelo que sei.
    Os ingressos estarão à venda na bilheteria do portão 7.
    Arquibancada descoberta 20, coberta 40. Carro 20. Moto c/ 2kgs. de alimento não paga.
    O Centauro não conta com apoio nenhum da CBM, FPM, nenhum fabricante, e muitos patrocinadores pularam fora por causa da “crise”. O legal é voltarem a fazer a prova, e abrirem Interlagos para categorias 135 e 250 nas preliminares, com custos bem menores que de um Brasileiro.

  2. Josaurelio Medina disse:

    Pode me dizer pq ninguém quer dizer qual o preço e onde se podem comprar ingressos? Deve ser medo que tenha público em Interlagos.

  3. Kiko_coyote disse:

    Eu vou assistir… Quem mais vai??

  4. Paulo Franco disse:

    Assim que bati os olhos nas inscrições, vi nomes que conheço bem aqui no sul, alguns que foram nossos alunos ou com quem dividi treinos e que são pouco conhecidos da turma de SP.
    Então resolvi escrever um pouco sobre eles, para que os que apreciam motos, acompanhem o desempenho desses novos valores.
    Nas 1000, a dupla # 51 Cachorrão e Gadão vai andar bem.
    Conheço-os muito bem da Copa APSBK (www.apsbk.com), eles são rápidos e caem pouco.
    O Gadão foi nosso aluno aqui na Grinjets Superbike Racing School e de cara venceu o campeonato para os alunos de escolas de pilotagem, o SBK-Inter Escolas, uma iniciativa da APSBK para formar pilotos e tirar os donos de motos grandes dos rachas de estrada.
    Este ano, Gadão sagrou-se campeão da categoria principal da Copa APSBK, depois de uma temporada muito disputada e difícil, vencendo corridas e andando na frente de nomes como o do veterano argentino Gustavo “Gringo” Rodriguez, Bruno Corano, Danilo Andric, Cidalgo Chinasso e outros.
    O parceiro do Gadão é José Luiz “Cachorrão” Camargo, que foi aluno da escolinha do Cerciari.
    Dono de uma excelente freada, este ano venceu uma prova de forma fantástica em Curitiba, passando dois pilotos de uma vez só para assumir a ponta num traçado improvável, por fora no Pinheirinho. Quem viu, aplaudiu!
    Resta saber se a dupla vai saber administrar o ritmo e o desgaste do equipamento, fundamental neste tipo de prova e qual esquema de apoio montaram.
    Na Hornet, conheço muito bem # 34 Ademilson Peixer, piloto que já foi pole e venceu prova no Brasileiro ainda na época das 600cc e que foi “cria” da nossa escola de pilotagem.
    É muito rápido, excelente na chuva, constante, mas o seu parceiro eu não conheço. Sei que, se tiver um bom chefe de equipe e cair uma chuvinha, “Peixinho” renderá muito bem mesmo.
    Sem numeral ainda, os Mocellin de Maravilha-SC vem de …R6?
    Conheço melhor o Giovanni, que treinou conosco uma vez em Cascavel a bordo de uma Honda CBR1000, moto mais compatível com o “corpinho” do moço.
    É um piloto bem arrojado, porem não tão experiente e as 500 Milhas serão perfeitas para ganhar mais quilometragem.
    Outra ótima surpresa é a participação de # 300 Lucas Mattei.
    Lucas é um garoto de Pato Branco – PR, filho do conhecido mecânico Bodão, que estreou a alguns anos atrás em uma corrida de apoio da Copa APSBK em Cascavel.
    Ele largou, vinha andando bem em segundo lugar, desconcentrou e… caiu na última volta!
    Voltou chorando de susto para o box, mas em dez minutos, já estava pronto para outra.
    Na prova do Brasileiro deste ano em Cascavel, eu pude assistir a primeira vitória do Lucas “Cabritinho” Mattei, nas 250 Jr.
    Confesso que fiquei meio emocionado ao ver a APSBK (Assoc. dos Pilotos de Superbikes) dando seus frutos.
    Dos macacos velhos, nem preciso falar.
    Eduardo “Minhoca” Zampieri, jornalista da revista Moto! e seus parceiros Leandro Panadés e o Pablo “Baratinha” Martins, dois que de vez em quando tambem correm na Copa APSBK, deverão estar entre os favoritos. Ainda mais se o Miguel, pai do Leandro der uma força no esquema.
    A equipe do Murilo Colatreli tambem deve arregaçar, pois seus parceiros são bem experientes.
    Vi muito nome bom desempoeirando os macacões e botas.
    Que pena, o meu orçamento tá no vermelho…
    Por outro lado, que bom que as 500 milhas voltaram!
    Espero que para ficar, como uma grande festa aonde só a participação, já é um prêmio.
    Acho que vou para Sampa este fim de semana, babar um pouco…
    Paulo Franco

  5. Acho que não vai ter o mesmo brilho dos bons tempos, mas é melhor do que nada.
    Parabéns a quem deve estar ralando muito para fazer isso acontecer.

  6. Alex Moreira disse:

    No site, só pra variar, não consta nenhuma informação para o público, sobre ingressos, entrada e etc.

    Depois ninguém entende por que as corridas não tem público…

  7. Marcelo Maris disse:

    Boa tarde, Flávio.
    Acompanho seu trabalho a um bom tempo e diariamente acesso seu blog. Sou fã de automobilismo e dos seus textos. Aqueles sobre a crise financeira atual são ótimos!
    Mas por uma distração sua, escreveu “Maiores informações”. Não ficaria melhor (e correto) “Mais informações”? Desculpe pelo atrevimento em corrigi-lo.

    Um abraço.

    RESPOSTA DO FG:

    Uai. Eu dei informações pequenas. “Maiores”, no site…

  8. Milton disse:

    Caracas, tocar 800 km de FAZER, perto de caras de 1000 cilindradas… só se for as FAZEr 600… pq senão, haja coração…

    E, se o Eric for de Burgman, eu vou d mobi-dream(para quem não conhece, era uma solução um tanto ilegal, imoral e arriscada, de montar uma traquitana com quadro de mobilette e motor de honda Dream ou honda Biz…)

    PS: era tão estavel que, como dizem meus amigs que andavam nessas trambuzanas, ninguém conseguia passar dos 80 km/h, pq o quadro elástico torcia inteiro, e a roda traseira tentava ultrapassar a dianteira…

  9. Eric disse:

    Vou me inscrever de Burgman 125.

    Chego no final tranquilo……e dou trabalho nas retas para as YBR……hahahhahahahahahah

  10. paulada disse:

    tinha bastante inscriçao de YBR no site.

  11. Danilo disse:

    Não quero ver o atraso em relação à entrega das pizzas, e nem o estado delas no fim da corrida. A muçarela (é assim que escreve mesmo) vai sair toda logo no “s”

  12. Fabio Poppi disse:

    SE for coisa de moto-boy ( epa nao tem mais o hifen).
    Ai os mano vai corre com o bau na garupa?

  13. Cássio Missiroli disse:

    Paulada,
    Não é YBR, é RDZ 135. Bem preparadinha deve descer a reta oposta a quase 200 K/h e é bem mais divertida que a Twister.

  14. Paulada disse:

    legal a iniciativa, mas correr 500 milhas de YBR deve ser triste. Coragem desses caras. ou sao motoboys que adoram o que fazem :D

  15. disse:

    Valeu FG, o Eloy Gogliano manda um abraço pra vc.!!!!!!!!!
    O Zé, Osmar e Cia. na maior correria para fazer a coisa virar novamente.
    Cássio, se desce! Mas terão provas separadas. Nas 500 Milhas só de 500 cc. pra cima. Vai ser legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>