MENU

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 - 18:33#69

BOLETIM MÉDICO #1

SÃO PAULO (ainda pulsa) – Dr. Finotti acaba de emitir o primeiro boletim médico sobre o estado de saúde do Meianov. O virabrequim não quebrou. Quebraram os parafusos que prendem o volante do motor. Serão necessários parafusos novos, mais resistentes. O motor será aberto para avaliar possíveis danos.

Novo boletim médico está previsto para ser divulgado amanhã.

37 comentários

  1. Inacio disse:

    Ficarei em oração….pelo pronto restabelicimento da saude do motor do #69….amém

  2. ALEX B. disse:

    Barbaridade! Que noticia boa, cara! Atualize-nos!

  3. Wagner disse:

    Acho que os parafusos foram sabotados pelos Yankes, ou então são do mesmo lote daquelas peças que deram problemas no ano passado daqueles, dois Fiats vermelhos que correm o mundialzinho que anda em crise.

  4. Fernando Carvalho disse:

    Xiiiiiiiiiiiiiiiii! Chamou o escriba- mor( com hifem ou sem hifem ? o Commendatores Claudio Ceregatti de ” pé leve e fominha ” …..Onde isto vai parar ? Senhores a vítima está no hospital e voces já brigando pela posse do rebento ??? Que o rei Saloma faça justica : Corte a trapizonga no meio e que cada um deles tome conta de sua metade …..
    Agora são dois um Moscovita e um Carbonário….aiiiiii Sibéria de novo !!!!
    Agora as análise : Se o parafuso(R$ 0,00000000) quebra imagina o resto … FG que tal um Volga , um Saab ???? Um Toyota (Uiiiiii Sibéria não ….!!!! )

  5. Eric disse:

    Olha Cerega….vc está meio enferrujado de tração traseira….

  6. Pé de Chumbo disse:

    Ainda acho que um motorzinho reserva caía bem, pra evitar essas desistências…

  7. Cristiano, o ruivo disse:

    Isso que dá comprar peças de preparadora da Estônia. Não teria acontecido se tivéssemos conseguido um motor de Laika aqui em Londrina, ano passado. Fico só pensando, se o tiozinho que mexe nos Niva tivesse um sobrando na ocasião…

  8. Harry disse:

    FG,
    Tadinho do Doguinho…ops do #69,,,,Imagine a 150 km/h quebrar o volante…a males que vem para o bem!
    Abraço
    Harry

  9. Carlos Rossette disse:

    O parafuso deve ser Fiat, não aguentou a tecnologia russa!

  10. André Buriti disse:

    Parafusos degolados? É como disseram antes, melhor irem os parafusos do que um virabrequim, veja lá hein?

  11. Claudio Ceregatti disse:

    E Eric, nem pensar.
    Vou ignorar sua proposta indecente.
    Tenho muito mais horas de voo, Meianov é minha praia. E um dedinho só de experiencia já arredonda pra setenta, faz toda a diferença.

  12. Claudio Ceregatti disse:

    Na ideologia não passo não, FG. Só colando.
    Embora ache que um Stalin em nosso congresso iria se divertir com os expurgos porém… Aqui é Brasil, vai montar o Gulag onde? Lá no frio mansinho de Santa Catarina? Além do que esse nome não pega bem, nem Santa, nem Catarina.
    Quanto ao pé pesado, não entendi a intenção…
    Já falei mil vezes: Não é força, é jeito. Não é pé direito, é cabeça.
    Além disso, não é sé meu pé pesado, mas todo o meu corpo atlético. Tudo pesa: pé, perna, abdomen ultra-desenvolvido, consciencia… essa a mais pesada de todas.
    Proponho que se coloque em votação, no partidão.
    E que o Veloz HP lá no céu dos pilotos interceda com Marx, Engels, a velha guarda da Portela, a pilotaiada transferida, Alvarenga, Ranchinho, Elis & Tom.
    Ceregatti para piloto de testes!
    Nick B. para presidente da CBA!

  13. Bianchini disse:

    Regi Nat Rock, se precisar de mais alguém (mesmo que não tenha muito tempo livre) para engrossar o coro “Cerega test driver”, é só falar. Se necessário, levo a Isabel para chorar junto (o choro vai ser de cólica ou de dentinho nascendo, mas a gente fala que é para ver vô Cerega testando).
    Abraço!

  14. Alfredo Gehre disse:

    Caro Flávio,
    Ainda bem que foram os parafusos. Melhor quebrarem os parafusos do que as peças unidas por eles – sempre mais caras… – no caso virabrequim e o volante.
    Espero que não tenha refletido em mais nada…

    Não economize nos parafusos. Coloque parafusos com classe de resistência de no mínimo 12.9 ( tem que ser material de liga…e não de aço puro…)
    Parafusos com pouquíssima folga no diâmetro e furo. Se forem passantes colocar porcas de torque ( também classe 12 ou no mínimo 10 ). Não aplicar torque excessivo para não alongar o parafuso, pois aí mora o perigo se trabalhar com deformação plástica !
    Bem , se tiver dúvidas me consulte, pois sou parafuseiro de mais de 30 anos,,,

    Abraços ,

    AG

  15. L.O. disse:

    Ô Fláviô, vamos mais na manha com o pé esquerdo???

    A Lada faz carro, jipe, mas não faz milagre… O bicho tem data de nascimento antiga!!!

    Smoothness please!!!

  16. Acarloz disse:

    Deixa o Comendattore sentá a bota lá . . . .

  17. João Cesar disse:

    originalmente são 4 parafusos ? tem como acrescentar mais 2 ou 4 ??? No virabrequim de curso do meu fusca, são 8 parafusos … Que disco de embreagem vc tá usando? Se usa disco especial de competição, corre o risco de quebrar o virabrequim ou cambio, principalmente na arrancada…. Eu uso o disco e plato da kombi 1600 que é mais resistente que o do fusca e que funciona como fusivel nas arrancadas, pois o esforço extra fica concentrado nessas peças que custam 150,00 o jogo, enquanto que o virabrequim custa quase 1000,00 … Abraço

  18. disse:

    Vitão, viu só? Se nem o 69 deu conta………..
    Coitado do vira.

  19. Renato RRE disse:

    Meu chapa,

    Enquanto isso o 96 segue firme e forte na sua estadia em terras meridionais.
    Escutam-se risadas vindas do sul!

    Sds

  20. Luiz Guima disse:

    FG, a causa pode ter sido uma bela destracionada…
    Já ví acontcer com meu filho, quando corria de Passat na Turismo “A” .

  21. Varlei disse:

    Tenho alguns motores de Lada usados aqui se precisar de peças, POR FAVOR ENTRE EM CONTATO PRECISO DESOCUPAR LUGAR URGENTE, rs.

  22. Phil disse:

    pensa positivo que tudo vai dar certo !
    se não deu certo é pq não chegou ao fim.
    Vida longa ao Lada.

  23. rubem rodriguez gonzalez disse:

    Por que quebraram? essa é a pergunta a ser respondida. A boa análise técnica busca exatamente não confundir causa com consequencia, tem que ser feito uma varredura para saber se os mesmos cizalharam em condições normais de uso ou algo mais conmtribuiu para tal, um exemplo clássico em motores a combustão interna são bielas desalinhadas ou paralelismo de biela, tem que ser medido a deflexão do eixo virabrequim para ver se o mesmo não está empenado, pode não ter partido mas ainda assim pode ser a causa do mal, e por ultimo verificação dos calços do motor e da caixa além da correta montagem do conjunto de embreagem, assim como o correto alinhamento da transmissão, todos esses itens são causas que podesm sozinhas ou junta colaborarem para a referida quebra ´, só depois de analizar todos estes itens é que se deve trocar os parafusos por outros mais resistentes, corroborando o que o amigo Rafael Marin disse acertadamente, pode ser que os mesmos atuaram como “fúsiveis” do sistema, trocando em miúdos é o elo mais fraco da corrente e também o mais barato.
    É claro que isso tudo são “elocubrações” a distância, bom mesmo era ver o bicho “estripado” na frente, aí te garanto o diagnóstico saia redondo….

  24. Eric disse:

    Que bela paulada no cambio hein….ainda bem que o vira esta inteiro…..a conta sai bem mais barata…..

    E se quiser um piloto de testes,conheco um cara que anda de fusca azul em interlagos que manja…e ainda por cima,regular nos tempos….

  25. Carl disse:

    É muita potência despejada no virabrequim do Lada para ele quebrar os parafusos do volante (ou as peças do Lada são um lixo, o que é mais provável…). Chumba o bagulho…

  26. Rafael Marin disse:

    Só tem de ver se os parafusos nesse caso não funcionam como fusíveis…

    Se você colocar parafusos com maior resistência e eles não quebrarem antes, corre o risco de outra coisa mais cara quebrar…

  27. regi nat rock disse:

    Eu me proponho a levar os cronometros na prancheta para registrar os tempos do Ceregatti. E monto as planilhas para conferencia.
    Se eu precisar passar na prova de ideologia to ferrado.
    Ter ganho um passeio pra Chechenia, cortesia da Lada Motors pesa a meu favor?

    Lancemos o grito torcida organizada !!!!!

    CEREGATTI PARA PILOTO DE TESTES!

    Nem irá gastar com uniforme. o Cerega tem tudo e se tiver que tingir, ‘xá com nóis’ que fazemos td direitinho seguindo a cartilha do partidão.

    Alias, fazemos (quase) qualquer coisa pra alegrar esse italian/descendente louco por hãããmnnnn, Ladas.

  28. Alexandre Rodrigues de Oliveira disse:

    Flávio, temos um representante #69 na SpeedCar, aquela “Nascar das Arábias”. Trata-se do ex f1 Johnny Herbert. a conferir no vídeo http://br.youtube.com/watch?v=5XhkHa8CDec.

  29. Milton disse:

    Ele sobreviverá, tenham certeza…

    não é o fim do mundo, e coisa mais grave aconteceu ao #96…e ele correu muuuuuitos anos…

    Good Luck Meianov
    Get well soon

  30. Velhão disse:

    Ahahaha! Imagino o seu sorriso de satisfação ao saber que o virabrequim resistiu à quebra!
    “É russo porr@! Não quebra à toa!!”

  31. Claudio Ceregatti disse:

    Veneno brasileiro + parafusos russos = Alegria desfeita.
    Insisto, FG: Tem que treinar, subir de nível passo a passo justamente para acontecer no treino livre (sem compromisso) o que ocorreu no oficial.
    Carro de corrida é assim, sempre. Um equilíbrio delicado entre resistencia e desempenho, que só muita quilometragem equaliza.
    É minha visão de engenheiro e de apaixonado.
    Agora minha visão prática:
    Voce trabalha demais, e não consegue treinar. Seus horários são complicados, e os do Nenê Finotti tambem.
    Desta forma, proponho oficialmente e em público que euzinho mesmo teste o carro para o bem de todos. Dentro de um programa de desenvolvimento pré-definitido, buscando o melhor benefício de desempenho com o menor investimento possível.
    Faço esse sacrifício, e nem precisam me pagar nada.
    Como dizem, “xacomigu”.
    Te entrego o Meianov virando 2min10 sem suar, e suando perto de 2min08.
    Pense na proposta.
    Além do que, que equipe russa é essa que tem logotipo, macacão personalizado, plano de negócio, transmissão ao vivo, camiseta, adesivo, alguem para tirar o pó, uma russa vermelha como carro de apoio, torcida organizada, representante no céu dos pilotos e não tem piloto de testes?!?!?

    RESPOSTA DO FG:

    Ah, não é assim fácil, não. Tem todo o processo de interrogatório, antecedentes políticos, prova de ideologia… E pé pesado, que acho que acabará eliminando V.Sa.

  32. Carmem disse:

    Saúde, saúde, saúde!!!!

  33. Edu Harmel disse:

    Aparentemente é boa notícia, e dia 15 já está perto, então é bom Dr. Finotti providenciar uma junta médica e apresentar o laudo o quanto antes…

    Aliás, Dr. Finotti estava todo pimpão (desculpem a expressão mas é que eu já estou com uma certa idade) participando da prova de Regularidade com o Topolino…

  34. Ary Leber disse:

    Meu amigo! Deve ter sido um barulhão danado, espero que o 69 saia logo da UTI.

  35. regi nat rock disse:

    Posso imaginar a qualidade dos parafusos.
    Mas, o melhor é saber que provavelmente, o estrago será bem menor que o previsto .

    Longa vida a esse russo teimoso, mesmo que necessite de um upgrade capitalista.
    Qual o problema?
    Não fazem isso direto, por lá?

  36. cleodemir martins disse:

    Acenderei uma vela… estarei em orações

  37. Fernando Carmona disse:

    Flávio

    Fica mais barato?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>