BRUNO E O DTM | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 18 de março de 2009 - 17:56Automobilismo internacional

BRUNO E O DTM

SÃO PAULO (novos rumos) – Bruno Senna vai mesmo investir, e com razão, em seu relacionamento recém-iniciado com a Mercedes Benz. O primeiro-sobrinho, que perdeu a vaga para Barrichello na Brawn, andou hoje pela primeira vez com um carro do DTM, o Campeonato Alemão de Turismo, em Hockenheim. Amanhã treina de novo.

O teste acontece duas semanas depois de Bruno experimentar o protótipo Courage-Oreca que vai correr em Le Mans. Ele não decidiu (nem equipe alguma por ele) se vai correr as 24 Horas, ou se participa da competição tedesca levando a estrela de três pontas no macacão. Mas, parece, está determinado a correr de alguma coisa neste ano.

E de onde vem essa “cola” na Mercedes?, alguém pode se perguntar. Possivelmente de Domingos Piedade, amicíssimo de longa data da família Senna, jornalista português que comandou durante anos a AMG. Junte-se a ele o relacionamento com Ron Dennis, por motivos óbvios, e é uma ótima forma que Bruno tem de se manter perto da F-1. Afinal, no ano que vem (como neste) serão seis carros com motores Mercedes no grid. Um pode sobrar para ele.

O DTM pode ser uma opção, claro. É um campeonato forte e Senninha ficaria em atividade, e perto de seus novos tutores. Mas é uma pauleira.

58 comentários

  1. Ricardo Maia disse:

    Para mim é muito estranho ninguém dar muita atenção ao duelo que teremos neste ano:

    Senna X Prost

    Vejam só:
    http://www.lemans-series.com/en/s51_participants/s51p04_liste_pilotes.php

    Trata-se do filho do Prost contra o sobrinho do Senna. O pai e o tio foram os atores de alguns dos maiores duelos da história da F1 (dentro e fora das pistas). E não vi ninguém falando deste duelo….

    Flavio, acho que vale divulgar… No mínimo muito curioso (pra não dizer saudosista)

  2. O comentário está atrasado mas imagine o Senninha andando atrás do Schumachinho? Vai queimar o filme, mesmo que o filme seja o sobrenome. DTM é foda, acho mais combativa que a GP2 e CHEIO de gente que tá cagando pra sobrenome.

  3. MSM disse:

    O problema é que correr de turismo é totalmente diferente de um fórmula. Acho difícil que ele consiga fazer um bom campeonato logo na estréia deste tipo de carro, porém, vamos aguardar. Pode até ser que mesmo que não faça um bom campeonato, ele consiga uma vaga em 2010, já que Trulli, Fisichella, Barrichello (pela idade) e Kovalainen (pelo desempenho) não corram no ano que vem.

  4. Leo Trenhago disse:

    Para o primeiro sobrinho ir para a F1 vai ter que andar na frente de outros pilotos Mercedes que ambicionam vaga na McLata, Brawn e Caminho das índias, e nesse grupo de pilotos estão o Bruno Spengler, Paul di Resta e Gary Paffett, todos jovens, todos com vitórias no DTM, e todos já foram vice-campeões. Sinceramento não acredito que o Senna vai conseguir andar na frente desses pilotos e isso me causa dois sentimentos, o primeiro é de desilusão pelo estado das categorias de base aqui no Brasil, mas o segundo é de um certo alívio por não ter que aguentar o Chatão Bueno só falando do primeiro sobrinho e do Primeiro Tio e esquecer que a F1 é mais do que os dois. Se o primeiro sobrinho chegar a F1 possívelmente será pelo apelo comercial e graças ao Santo Pai posso assistir F1 no mudo e escutar a narração pela internet. E tem outra, na McLata a Mercedes vai colocar um alemão, e se for o Vettel vai ter campeão colocando o rabinho no meio das pernas, para bom entendedor é só lembrar que Tio Ron não está mais lá.(Tem o Nico Rosberg também, mas acho que até o Keke está desistindo dele, aquele jeito todo afrescalhado é estranho, e seria mais estranho ainda na McLata. Que vá Vettel, com os sonhos de traçar a Jenna Jameson e seus comentários sobre o peso das bolas.).

  5. Dudu disse:

    Arranca o Senna dai, turismo é furada pra ele. Além de que se for pra correr numa categoria turismo “interessante” e “não ficar parado”, venha para tc2000. Já pensou que doidera ia ser um Senna correndo na argentina?

    Abraxx

  6. José C. Guimarães disse:

    A família Senna vendeu a parte dela, 49% , para a Audi Brasil

  7. E assim como no caso do Berger e Toro Rosso o Pìedade ex maneger do Emerson conseguiu com a ajuda do Senna um lugar pro Pedro Lamy na Lotus, uma vez que o piloto nao dispunha de patrocinios pesados pra andar na Lotus . Talvez seja ate uma retribuição e isso sem falar no nome Senna .

  8. Marcio Vieira disse:

    A DTM é muito forte.

    Tem um outro Bruno, o Spengler, canadense de também 24 anos que poderia um dia ir para a Formula 1, pois tem idade e capacidade.

    Mattias Ekstrom já está velho para almejar um volante de F1. Enfim, é uma competição de alto risco: se o Senna se destacar, tem enorme chance de pilotar na categoria topo. Do contrário, já era para o sobrinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>