UMA TARDE NO MUSEU | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 7 de maio de 2009 - 15:49Antigos em geral, ESPN Brasil, Museus & coleções

UMA TARDE NO MUSEU

SÃO PAULO (semana que vem no ar) – Fui fazer materinha para o “Limite” hoje no Museu do Automóvel de São Paulo, que pertence à família Siciliano, de Romeu Siciliano, o maior comerciante de carros antigos do Brasil, que morreu no ano passado. O acervo da família é enorme e não dá nem para calcular quanto vale. Esse museu, menina dos olhos do Romeu, ficava num galpão no Ipiranga que era alugado e foi pedido de volta pelos proprietários. Pena, porque o espaço atual é menor. Mas ainda assim merece uma visita. Até porque é privado, não recebe auxílio de ninguém e tem coisas preciosas.

São as filhas Sandra, Mônica e Emília que tocam o pequeno museu e cuidam dos negócios do pai. O outro filho, João, abriu uma loja própria de antigos na Mooca. Concentrei a matéria em dois carros do acervo, esses das fotos. O amarelo é um raríssimo Le Zebre francês fabricado em 1909. Veio para o Brasil comprado pela família de Santos Dumont. Depois passou para as mãos da família que era dona da Cerâmica Sacomã, que deu origem ao bairro do mesmo nome na zona central de Sâo Paulo. Foi encontrado num porão do palacete da família na Via Anchieta, muitos anos atrás, restaurado e preservado. Tem motorzinho de um cilindro, mas o velocímetro marca 130 km/h! Sensacional.

O outro, bem maior, é um Benz 1911 que foi trazido ao Brasil para servir ao cardeal Arcoverde (1850-1930), primeiro clérigo latino-americano a ocupar tal posto na hierarquia da Igreja Católica. Foi o carro que levou o presidente Washington Luís ao exílio depois do golpe de 1930 que deu início à ditadura de Getúlio Vargas. Praticamente uma carruagem com motor. Luxuosíssimo, enorme, cheio de detalhes, motor de quatro cilindros com bomba de gasolina e o escambau.

São peças que não têm valor. Fica feita a sugestão para quem quiser visitar o museu. O ingresso é quase simbólico, 5 reais, e vale a pena.

20 comentários

  1. André C. Cruz disse:

    Ei Flávio, se sobrar uma $$$ dá um pulo em Canoas/RS e ve como tá o Museu do Automóvel (que é ou era administrado pela Ulbra) afinal a instituição Ulbra, se vocês não sabem, está falida! com muitas dívidas, não paga funcionários e tá pra fechar o hospital da Ulbra!

  2. Batista Lara disse:

    Por favor Flavio, informe o endereço.
    Abraço.
    Batista

    RESPOSTA DO FG:

    Por favor, Batista Lara, clique no link do museu que o endereço está lá! Ô, preguiça!

  3. Guilherme Talala disse:

    Flavio, entrei no site do museu e lá diz que o valor do ingresso é R$ 10,00 e não R$ 5,00 como você informou.

    Parece ser bem interessante o acervo e estou muito propenso a visitar. Porém o horário de funcionamento do Museu complica, pois em horário comercial, estou trabalhando (assim como grande parte dos visitantes em potencial). Seria interessante sugerir aos administradores do museu que possibilitem a visitação aos sábados pelo menos.

    Até!

  4. Juan disse:

    Opa!

    O museu só funciona de segunda a sexta???? Em horário comercial? Aí fica complicado. Só nas férias!

    Juan

  5. Juan disse:

    Flávio,

    Acabo de voltar para Sampa, depois de 9 anos em Brasília e nem sabia da existência desse acervo. Vou lá sem falta e haja megapixels (ou mega pixeis ou mega-pix…. deixa pra lá) para tanta foto.

    Juan

  6. Marcio disse:

    Fiquei com vergonha agora. Visitei o museu do automóvel em Reno, NV e sequer sabia da existência de um museu desse tipo aqui em São Paulo.

    Valeu pela dica!

  7. M disse:

    Cerâmica SACOMAN, que emprestou o nome ao bairro do SACOMAN.
    Hoje estão escrevendo errado o nome do bairro. Mas o nome de família e da empresa deve ser preservado.

  8. JOSÉ CARLOS disse:

    Conheci o museu quando ainda éra na rua 1822 no Ipiranga.Uma ação do velho Romeu que conheci em 1997 quando comprei dele um Super 90 vinho.Desejo sorte aos seus filhos para que sejam felizes e que consigam dar sequência no comércio criado pelo pai a mais de 40 anos.

  9. sergio disse:

    ao Fernando D angelo,não sei se foi vendido,mas alguns anos atraz,eu achei que era o carro mais bonito do museu e me disseram que nos EUA ESSE CARRO ERA RARO e que ofereceram muito dinheiro,para que voltasse para para lá

  10. Luis Filipe disse:

    realmente é um passeio e tanto !!!

    preciso voltar lá !

  11. Sandro Auzani disse:

    Muito legal, enquanto isso aqui no sul o Museu da ULBRA está lacrado pela Justiça com todos os carros penhorados para pagar os professores da Universidade que não recebem o salário a meses. Dizem que vão a leilão e o lote todo poderá ser arrematado por miseros R$ 3 milhões. Uma barbada.
    FG dá uma boa pauta para o Limite.

  12. ALEX B. disse:

    Beeelezzzaaa, Indy Gomov, estou ansioso pra ver no LIMITE!
    Putz, eu li mal ou te compararam ao Madson do Santos FC???
    Que gente mais cruel!!!!

  13. Fernando D'Angelo disse:

    Flávio, ouvi falar que a família vendeu alguns exemplares. O Ford Crown Victória 55 ou 56, com metade do teto em acrílico está lá ainda?

  14. Flavio ALmeida disse:

    Legal, coloque o endereço do museu….fica mais facil.

    A algumas semanas, passei a vc um email ref ao museu do automovel, aquele que esta abandonado, não sei sevc chegou a fazer materia por lá mas seria egal, além do mais existe um Tucker lá o unico do Brasil. Isso sim é legal.

    Abraços

    Paraens

  15. Jaison disse:

    Show de carros! esta máteria promete.
    até terça no Limite!

  16. Guilherme Gomes disse:

    Estórias a parte, são duas jóias do acervo nacional.
    http://antigosverdeamarelo.blogspot.com/

  17. iago villar disse:

    já visitei mais faz tempo e esse le zebre não estava.

  18. Rogério Magalhães disse:

    Esse Le Zebre que foi do Santos Dumont lembro que esteve exposto no Clássicos de Competição, em 2007, lembro de tê-lo visto lá. Simplesmente lindo, o detalhe da serpente de boca aberta por sobre os paralamas dianteiros…

    Que bom que o acervo continua bem guardado e aberto para todos verem… show!

  19. Eric disse:

    Poutz…sensacional…eu nunca fui no museu mas estudei com todos eles no Cardeal Motta….me lembro direitinho o Sr Romeu levando os filhos de Mercedes,Cadillac,Buick……só carro andando e impecável….a amizade começou quando meu pai me levou um dia com a 911 1971 verdinha…aí já viu né…..
    Vou um dia lá no Museu,quem sabe encontro elas de novo.
    Acho que elas vão se lembrar….e eram muito bonitas…olhos verdes……

    FG, o Sacoma é sub distrito do Ipiranga,zona sul de SP.

  20. disse:

    FG. Isso está ficando bom demais.
    Achei maior roubada o post da mãe do filhos do dono da boate Gallery. Boate mesmo!
    Creio que seu blog, é interativo, e imagino a parada que foi analisar uma cacetada de comentários.
    Voltemos ao norma.!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>