DING-LING | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 4 de junho de 2009 - 2:36Indústria automobilística

DING-LING

SÃO PAULO (é a vida) – Depois de a Lada comprar parte da GM, sei lá qual parte, tantas são as partes da GM, uma empresa chinesa que faz equipamentos para construção de estradas está comprando a Hummer, aquela dos jipões que nasceram para a guerra e foram parar nas ruas.

Nada mais idiota do que um Hummer, um carro com DNA bélico que não cabe numa garagem de gente normal, é enorme, gasta muito, atrapalha o trânsito e só serve para neguinho achar que é soldado. Uma estupidez sobre rodas, ainda mais nos tempos de hoje.

Aliás, comprar a Hummer é a cara dessa nova China, que não tem graça nenhuma.

19 comentários

  1. roberto navarro disse:

    nem tudo é 100%, este comentariozinho destoa, algumas coisas não são para muitas pessoas ai da isso ai.
    obs: ñ tenho um hammer!

  2. petrafan disse:

    os Hummers “civis” (H2 e H3) tem DNA Chevrolet – ou GM, se preferirem.

  3. MSM disse:

    E ainda tem uma versão limusine, parece 2 ônibus juntos.

  4. E.Martinez disse:

    Hummer??? Eu quero saber quem vai comprar a marca Viper…

  5. Hummer Popular 1.0 disse:

    Não sei, não…
    Já pensou?
    1,5 bilhão de chineses com 1 Hummer cada 1?
    Em 1 mes eles invadem a Rússia.(e pegam os Ladas todos como espólio de guerra)
    No mes seguinte escolhem…prá esquerda, Europa…prá direita, Japão (o Hummer é anfíbio? se não for, ele encara o mar assim mesmo…

  6. Augusto disse:

    Curioso. Certa vez viajei 250 km só pra ver uma palestra sobre o projeto da suspensão desta “nhaca”, num daqueles “congressos Tração Total”, promovidos pela SAE seção Rio de Janeiro, em resende, RJ.

    Cheguei, sentei, e chorei. Não é que o responsável pelo desenvolvimento do projeto da suspensão do Hummer para o exército americano, um tal de Tjong T. Lie, era um chinês radicado no texas?

    Além do inglês macarrônico do cara, que não entendi patavinas, ele mostrava slides e se vangloriava das imagens dos ” rigorosos testes de suspensão” da jaca…passeio de domingo com a esposa e filhos pra qualquer jipeiro …

    Um belo instante dois caras atrás de mim levantam e vão embora deixando o comentário:

    -”Manda estes gringos virem correr um rali dos Sertões pra aprenderem o que é teste de suspensão”…

  7. YPVS disse:

    A China já teve graça algum dia?

  8. A. CESAR PARDINI disse:

    Quem tem mania de grandesa, e gostaria de ter um Hummer, ficaria mais satisfeito comprando um cavalo mecanico, na versão formula de corridas, bem rebaixado, preferencialmente um com motor Detroit Diesel. Pelo menos, teria de ficar de fora em circular em vias destinadas a automóveis.

  9. Mark Kweirotz disse:

    Eu vou remar um pouco contra a maré…

    Concordo que os Hummers são exagerados e, até mesmo, meio irracionais.

    Mas que eu gostaria de dirigir um H1 eu gostaria sim. O H2 e H3 é coisa de rapper e jogador de basquete, mas o H1 tem lá seu charme.

    Aproveitando o assunto, Ford F-Series e a Chevrolet Silverado são as lideres em vendas no mes de maio nos EUA (http://autoestrada.uol.com.br/interno.cfm?file=analise&id=42).
    É aquela história, passada a histeria “da crise”, tudo voltará a ser como era antes.

    Culturas não mudam da noite para o dia e a humanidade é assim mesmo, dois passos pra frente, um pra tras, alguns para o lado, e a vida continua.

  10. JOSÉ CARLOS disse:

    Flavão….

    Não fala assim.

    Quem garante que daqui a 30 anos,quando estiver com 90 nas costas, você não estará guiando um Hummer na Classic e com o número 69 na porta?

  11. Bugre disse:

    Os americanos devem estar com muita raiva de ter que comprar seus mega-carros “Proudly made by chinese guys”

  12. Alexandre Armani disse:

    Hummers à parte, eu que gosto muito dos 4×4, e sou um ex-dono de um Niva, ainda terei, um dia, um Engesa 4, meu sonho de consumo e que, salvo as devidas proporções, se enquadra nas descrições que você fez do Hummer.

  13. Rogério disse:

    Na escola em que meus filhos estudam tem uma rotatória dentro da escola, logo após o portão. A gente entra com o carro no meio da rotatória, deixa o pimpolho e aí é só seguir e sair pela mesma direção em que entramos. O raio da rotatória é pequeno, afinal é dentro da escola, mas a rua é larga, dá para dois carros ficarem lado a lado sossegado. Um dia apareceu um Hummer e o dito cujo não conseguiu fazer a rotatória. Teve que ficar manobrando para conseguir sair. Realmente, é muito sem noção esse carro.

  14. LBM disse:

    Um carro enorme no trânsito de Pequim não chega a ser um erro, porque é um carro enorme no maior estacionamento do mundo (a cidade de Pequim).

  15. Guga. disse:

    Eles vão usar os Hummers pra andar naquelas valas enormes que são feitas para estaquear aqueles enormes, e horrorosos, shopping centers! Venderão alguns também para fazer turismo pela região da falsa Shangri-lá, perfeito!

  16. Raphael Silva disse:

    Com todo respeito FG discordo completamente de seus argumentos sobre a compra da Hummer pelos Chineses.
    Quer ver, me responda:, quantos chineses cabem em apenas 1 Hummer? Está vendo? o negócio não será tão ruim assim… rsrs

  17. Celso Silva disse:

    Faz sentido comprar essa montadora, eles devem ter um bom estoque de carros que não foram vendidos, vai ter ferro pra derreter por um bom tempo.

  18. Engrosso o coro do “fora Hummer” fácil.
    Sendo um pouco mais radical, o bom mesmo hoje é transporte de massa… Ou, no máximo, motocicleta.
    Mas aí você também não vai querer ir tão longe.

    []´s

  19. Leonardo disse:

    Detesto os Hummers. O H1 é estupidamente sem sentido, já que é um veículo de guerra. O H2 é um insosso Tahoe e o H3 é carro de jogador de futebol.

    Jipe é Land Rover.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>