LEGIONEN URBANEN | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 16 de novembro de 2009 - 17:58Legião urbana

LEGIONEN URBANEN

SÃO PAULO (o autor merece) – As fotos da seção são sempre minhas, mas abro algumas exceções. Foi o Marcelo Ferronato, ex-Grande Prêmio, hoje perto de ganhar o Nobel de Economia, quem mandou, direto de Colônia. “Você gosta de carro velho…”, escreveu, com sua sensibilidade paquidérmica. Mas dou um desconto. Todo mundo já viu que é um Ascona. Mas quero mais detalhes, vamos lá!

ascona

40 comentários

  1. Don Victor disse:

    E esse veterano é automático segundo sua identificação à esquerda!!! Mto doido!!!

  2. Rapha disse:

    Mais detalhes sobre a foto: Tem uma M3 E90 passando na rua. Debaixo do capo uma usininha de 480 cv, V8 de 4 litros. Outro detalhe: tem um Ascona velho atrapalhando a visão da M3. :) Brincadeiras à parte parabéns pelo blog e pelo Limite! Um abraço.

  3. Jangada disse:

    Opel Ascona B, belo carro. Titio do Monza!

  4. RAFA disse:

    O projeto CARRO J!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Assim era conhecido o projeto do monza, que seria uama versão do ASCONA que é um monaaza na europa!

  5. Bianchini disse:

    Meus sais, meus sais, como diria o finado Veloz-HP… Quantas sandices! Os comentários desse post vão virar a piada do mês na próxima reunião do Monza Clube, em 22/11…
    Vamos lá: esse é o Ascona B, antecessor direto do nosso Monza (Ascona C), que tinha uma versão de rali muito interessante chamada Ascona 400, que se a memória não me trai foi campeã com o Walter Rohrl em 81 ou 82, não me lembro bem o ano, mas foi o último campeão com tração traseira, depois só com tração integral. Maiores informações, tem um texto excelente no Best Cars…
    FG, você que andou colocando no mesmo saco Gol quadrado e “Monza velho” em um post sobre “provas” no finado Jacarepaguá, está convidado para o encontro no próximo domingo no Carrefour Tatuapé, mais ou menos lá pelas 10 da manhã.
    Abraço!

  6. Tramontini disse:

    Me da um calafrio só em pensar que até pouco tempo atrás andávamos em carros que a mais de 10 anos tinha sido deixados de fabricar em seu pais de origem, este foi mais um que a General Móvel nos enfiou, hoje os tempos são outros, graças a abertura de mercado.

    • Amigo Tramontini, o que você me diz de Mille, Classic? E do Celta, Prisma e agora o Agile feitos sobre a plataforma do PRIMEIRO Corsa brasileiro? E do Pug 207 que na verdade é um 206.5? E do Vectra que é o Astra que saiu de linha na Europa? Enfim, sem me alongar muito… as coisas voltaram a se complicar…

    • petrafan disse:

      maomêno, né?
      a Ford ainda tem produtos aqui não muito defasados em relação aos de mesmo nome lá fora.
      para a linha VW, isso só vale para os importados.
      a Fiat é um caso à parte’ o que tem lá fora que é igual ao daqui, é porque sai daqui.
      e a GM é a mais atrasada. tirando o “Vectra” GT, a linha GM parou de evoluir em meados dos anos 90, ou seja, há quase 15 anos. uma eternidade, em termos automobilísticos.

    • petrafan disse:

      a plataforma do primeiro Corsa brasileiro, por acaso, é a mesma do primeiro Corsa europeu. plataforma essa lançada em 1983.
      quem já dirigiu um Celta 1.4 a mais de 130 por hora sabe do que essa plataforma (não) é capaz.

  7. MIrax disse:

    O Ascona é o avô do nosso Monza….

  8. Lucas Martin disse:

    nossa… pensei que já tivesse lido, e ouvido, tudo nessa vida… motor chevrolet econômico bateu recorde!!!

  9. Mário Lunardi disse:

    Lendo você sempre no twitter rolei de dar risada em ver você reclamando da sensibilidade paquidérmica de alguém.
    Um abraço
    Mário

  10. Flavio Bragatto disse:

    Ascona é o Monza europeu, ou melhor… o Monza é o Ascona brasileiro. (acho que o nome Ascona não deu certo aqui pq sôa estranho, não acha?)

    O curioso que este carro aí deve ser Setenta e qq coisa… reparem que do para brisa até o vidro traseiro é igualzinho ao ultimo Monza. Vinte anos de plásticas no coitado.

  11. PH disse:

    O nosso Chevette é que parece o Ascona, afinal é uma mistura do Ascona e do Kadett do início dos anos 70, feita pela engenharia da GM brasileira. E interessante ver como o Chevette saiu aqui antes de ser lançado na Alemanha, coisa que já não se vê mais.
    Outra coisa que se via era o DNA dos carros mantidos em diferentes gerações, coisa que Mercedes e BMW (e até a VW européia consegue…) mantém até hoje.

  12. João disse:

    Esse não é o Ascona 2? O bicho tem tração traseira e deu origem a um dos cupês mais bonitos da história da Opel, o Manta.

  13. Alexandre disse:

    Motor 1.9 diesel?

  14. Carlos Mattos disse:

    Se eu não estou enganado, este nada mais é do que o Monza Europeu, acredito que ano 1970, isso antes de chegar ao brasil em 1982 com o estilo que conhecemos. Lanternas traseiras do nosso Chevette “tubarão” e as dianteiras dos Kadett C (o nosso chevette)…

  15. Earth Dreams disse:

    O vidro traseiro é de Chevette e a porta traseira junto com os defletores de plástico é o que mais lembra nosso Monza.

  16. Ronei disse:

    Um lindo Ascona B , tração traseira, 90CV …esses Opels são lindos…Chevettte , Opala , Kadett…., bons tempos. Hoje é Celta, Agile ….

  17. Leandro disse:

    A origem do velho e ótimo motor monzatec, aquele que dá pau nesses ultra-mega-plus-hiper-fodásticos motores japas, que andam menos e bebem igual.

  18. Clezio Soares da Fonseca disse:

    Esse Opel Ascona deve ser 1977 ou 1978 primeira fase antes de ter sido adotado o motor 2.0 com injeção Ljetronic, e apesar de ter inspirado o Monza, esse tinha tração traseira.

  19. leandro tullii disse:

    parece um chevetão com lanterna de kombi!!

  20. Clezio Soares da Fonseca disse:

    P.S.- A lanterna do mazda parece aquela feita pela nossa ARTEB.

  21. Rodrigo disse:

    Off Topic….

    Tenho umas fotos para mandar para você de “carro velho”, que tirei na Argentina e na Alemanha caso queira colocar no blog para a galera. Como faço para te mandar?

    Abraço.

  22. Pedro dos Opalas e do Kadett disse:

    Engraçado. Olha como são as coisas: o Ascona nasceu com cara de Kadett C (Chevette para os intimos), depois ganhou uma cara nova (virou o nosso Monza) e veio pro Brasil. Daí o Chevette de 83 tentou voltar a ficar parecido com o Ascona (Monza)… prestem atenção como são parecidos! Tanto os antigos quanto os “novos”

    • André disse:

      Sim!
      Mais do mesmo…
      A história é bonita.
      O problema é q a mecanica dos GM brasileiros ainda é a mesma…
      30 anos depois!
      Será q não dá pra pelo menos trocar o bloco de ferro fundido por bloco de aluminio?

  23. Joel Gayeski disse:

    É um Ascona B, pelo logo tipo, é de 1978 em diante.
    Teve uma versão de homologação (a 400) que era muito interessante.

  24. Osmar disse:

    tá, mais detalhes……vou dar um importante: FEIO PRA CAR#!O

    • Rodrigo Abreu disse:

      Feio é você! Carro lindo, em excelente estado, e a cor ajuda também (parece o bege jamaica da linha VW 79).

      Conheci um Ascona B desses aqui em Porto Alegre, ano 79, carro de consulado, muito bonito e bem acabado, era verde com o interior caramelo, estava à venda numa agência. Isso foi nos anos 90, não faço idéia que fim o mesmo teve…

  25. Eric disse:

    É o nosso Monza,porém na primeira geração.A segunda é igual ao que cansamos de ver por aqui.

  26. petrafan disse:

    impressionante a cara de chevetão vitaminado que os primeiros Ascona têm.
    e ainda vemos os mesmos motores, com uma alteração aqui e outra ali, a equipar os GM nacionais – mais de 30 anos depois de concebidos.

  27. Daniel R disse:

    Esse ai e o antecessor europeu do Monza,o melhor carro que o Brasil ja fabricou…olha a saida de ventilacao na coluna traseira…parece um “Chevetao”.

  28. Alfredo Gehre disse:

    É parente do MONZA…? Veja que a lateral é muito parecida com Monza 4 portas. O nosso é mais bonito, sem dúvida !
    Alfredo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>