35 ANOS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010 - 14:07F-1

35 ANOS

GUARUJÁ (de saída) – Ano passado acho que nem registramos aqui a passagem do 35º aniversário do segundo título de Emerson Fittipaldi, mas nunca é demais lembrar. Ainda mais se o motivo for uma foto como esta, enviada pelo Humberto Corradi — que, assim, faz sua estreia em 2010.

1974bracomercial

38 comentários

  1. MSM disse:

    Tinha esse carro igualzinho nos detalhes para brincar, usava 2 pilhas médias e ainda fazia som imitando o fórmula verdadeiro. Belo carro esse, ainda mais pilotado pelo melhor piloto brasileiro de todos os tempos.

  2. Thiago Schauenberg Pereira disse:

    Adorei esta foto! Aonde será que ela foi tirada?

  3. hugo disse:

    Que vontade de tomar um crush….

  4. Paulo Franco disse:

    Lembro desses out doors e de uns “colantes”, adesivos para colar nos vidros de carros internamente, que os postos Texaco distribuiam com o desenho muito bem feito da McLaren do Emerson.
    Pus um no TL branco 72 do meu pai, bem no vidro lateral traseiro que eu costumava viajar.
    Alem dele, o TL tinha um adesivo vermelho da STP na traseira para dar um ar esportivo. Hehehe!
    Mas o melhor mesmo é constatar através das propagandas vistas nessa foto, que o Brasil foi durante uma época, o país do automobilismo!
    Muita, muita coisa mesmo acontecendo, girando em torno do esporte a motor, inclusive em uma época em que nós haviamos acabado de conquistar o tri mundial no futebol.
    E isso aconteceu rápido, com apenas dois títulos mundiais Emerson e mais outros dois pilotos frequentando os jornais esportivos com frequencia.
    Foi a época de ouro do automobilismo, do motociclismo com a 1.a vitória brasileira no Mundial de Motovelocidade através do Adu Celso, quando fizemos um carro de F1!!!, com patrocínios mais fáceis, autódromos cheios, promotores e patrocinadores apaixonados pelo esporte e desencanados em números.
    Enfim, foi quando o Brasil, apaixonado por motores,……. era a Argentina!!

  5. Edson Souza disse:

    Olhando para essa foto, sinto algo estranho em mim.
    Sinto saudades de uma época que eu não vivi. Flavio você não imagina como eu gostaria de ter conhecido São Paulo, minha cidade, dos anos 70. Tenho 26 anos e ouço meus pais dizerem que esse tempo era muito melhor que o de hoje. E não acredito que seja saudosismo do apogeu da vida deles. Eles estão certos. Dei azar em ter nascido na época errada. Mas mesmo assim eu ainda gosto dessa megalopole insana!
    um abraço!

    • Ese disse:

      Não consegui segurar o riso ao ver sua idade. É a mesma que tenho. Ver alguém de 26 anos brilhar os olhinhos e, saudosista, comentar que os mágicos anos 70 eram muito melhores… (certamente relevando o pequeno detalhe da ditadura mais selvagem, afinal, um detalhe, apenas.) me faz, digamos assim, sentir algo estranho em mim. Talvez seja vergonha, mas não tenho certeza.

      Abraços também.

  6. Varlei disse:

    Não sei que tanto lenços o pessoal vendia antigamente, acho que na aquela época o pessoal tinha mais caca no nariz do que hoje,rs, lembram das lenços presidente que patrocinavam os fuscas divisão 3, eu me lembro que tinha corridas de formula 1 os quais os carros corriam sem o nome dos patrocinadores, pois maioria era patrocinada por fabricantes de cigarros e já tinham paises que proibiam estas propagandas, engraçado é a propaganda dos lenços INGA no outdoor, ela pasa a mensagem mais ou menos assim, CHEGUE NA FRENTE COM LENÇOS INGA ou SEJA UM CAMPEAO COM LENÇOS INGA, sera mesmo que se você estivese com um lenço INGA no bolso voce seria vencedor?????, sera que o lenço tinha toda esta influencia sobre ser um vencedor????/, quem não tinha um lenço no bolso era considerado um fracassado??????
    sera que a venda de lenços não estava atrelada ao pigarro dos fumantes????,dai ser tão importante ter um lenço INGA, bom cheguei a conclusão que segundo a publicidade que existia na época o importante era BEBER,FUMAR E LIMPAR O NARIZ SUJO,rs, putz viajei

  7. E o cara de bico, sentado na praça Roosevelt. Aliás, a McLaren do Emerson ficou exposta nessa praça, que então tinha outra frequência, abrigava exposições.

  8. gustavo giroti disse:

    o cara tá sentado na praça rooselvelt???

  9. Gilberto disse:

    Caraca….. quanto fusca ali na avenida. E repara no out-door do refrigerante Crush…. já tinha até esquecido. Que barato!!!

  10. Rafael disse:

    Simples e perfeita. Sem viadagem.

  11. tiozão disse:

    e o “reclame” da Crush lá no prédio, saudades

  12. Fernando Jakobovski de Souza disse:

    Pois eh as veses ficamos horas falando sobre os Rubinhos e Nelcinhos…..

  13. Edison Guerra disse:

    Vendo ali à direita a Av. da Consolação e um mar de Fuscas,a propaganda da Crush.Só a lembrança do nome,já me trouxe seu sabor inconfundível.

  14. kASSab disse:

    Poxa.. será que é mesmo o fim da consolação? Claro que muita coisa mudou… mas então quer dizer que o elemento sentado está na praça Roosevelt e onde está o anúncio seria a Caio Prado talvez? ou tem alguma rua que sobre do lado da entrada da radial?

    maravilhosa a foto.. e dá-lhe fusca na consolação (acho que um DKW bem no queixo do cara)…

    Abraços

  15. Rogério Magalhães disse:

    Foto tirada provavelmente em frente à igreja da Consolação, na Praça Roosevelt, pegando o início da subida da Consolação. Ali onde sobe o Fusquinha é aquela rua lateral à entrada do acesso pro Minhocão, no sentido Radial Leste… outros tempos, outros tempos, faltavam dois anos para eu nascer…

    Agora, aquela propaganda no prédio lá ao fundo deu uma nostalgia… até senti o gosto bom de laranja da Crush, hehehehe…

  16. Flávio Bragatto disse:

    Nossa!!!

    Quanto Fusca!

  17. ARANHA disse:

    Lenços Ingá….esta foto é Praça Roosevelt, onde aconteceu, por coincidencia, um evento chamado Fittipaldi Motor Show.
    Foi uma mostra de carros de corrida , a Lotus 72 inclusive, que o Emerson organizou após obter seu primeiro titulo mundial.

  18. MARCIO MOMESSO disse:

    “INGÁ” , marca de lenços . Logo acima mais uma propaganda , “CHANCELLER” , marca de cigarro , e saudades do saboroso refrigerante “CRUSH” (à direita , ao alto) . Hoje nenhuma dessas marcas sobrevivem , e se existissem , o “cidade limpa” do “TAXABI” , não permitiria que aparecessem …
    …ahh!!! mas pixações,lixo na rua e alagamentos,isso pode!

  19. Léo Machado disse:

    INGA deve ser a marca de Agua Mineral!

  20. Al Unser Jr. disse:

    A rua estava infestada de insetos!!! A quantidade de besouros que haviam ali era uma grandeza!

  21. carlos disse:

    não gostei da atitude do Emerson de abandonar a GT3, porque a telefonica parou de patrocinar ele, pensei que corria por paixão, fiquei decepcionado.

  22. victor dariano disse:

    a cidade não está muito diferente nessa região, a única diferença é a quantidade de fuscas

  23. Duran disse:

    E a quantidade de fuscas na rua?

  24. Ricardo disse:

    Consolação com Pça. Roosevelt

  25. Mario Mesquita disse:

    E pensar que se ele não tivesse iso pra Copersucar, poderia ter sido tri, já que a McLaren venceu em 76 com Hunt. Nada contra ele ter ido, gesto admirável, mas ele podia ter ido mais tarde, uns 3 anos depois. Dizem que foi cotado na Ferrari na época. Será verdade?

    Mesmo assim, Emerson sempre será lembrado como um piloto cerebral, otimo estrategista e pioneiro da “geração de ouro” dos pilotos brasileiros na F1.

    • Fabao disse:

      Diz a lenda que no dia da pancada do Lauda, o Montezemolo iria ao hospital e o Comendador falou algo tipo deixe o Lauda com os medicos e va buscar o Emerson ja para a proxima corrida!
      li algo do tipo em algum site por ai.

  26. Luiz Carlos disse:

    Muito bem lembrado! Parabens ao Sr Corradi….
    Titulo de um tempo que os pilotos literalmente guiavam as ‘baratas’…..

  27. Wilson disse:

    O Emerson foi lá e fez…… ele não sabia que era impossível alguem do quinto mundo entrar na F1, vencer coridas, vencer campeonatos. Ele venceu, e abriu as portas para outros brasileiros serem campeões também.

  28. Allan Guimaraes disse:

    Logo acima da propaganda do “Emerson”, não é um Porsche 917? O que vinha a ser Ingá?

  29. Alexandre disse:

    E o final da Rua da Consolação, aqui em SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>