DEMOROU | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 29 de abril de 2010 - 17:50Automobilismo internacional

DEMOROU

SÃO PAULO (e precisa tanto tempo?) – A BMW avisou que em 2012 volta ao DTM. Vinte anos depois de sua última participação, portanto. Bem, antes tarde do que nunca. Acho ridículo um campeonato tão espetacular quanto o alemão de Turismo ter apenas duas marcas na pista, Audi e Mercedes, num país que tem ainda Opel, BMW, Porsche e Volkswagen instaladas. OK que três delas são mais ou menos a mesma coisa, Audi, VW e Porsche, cheias de ligações e ações trocadas, mas o DTM precisa encher o grid com uma verdadeira disputa entre montadoras. A Alfa Romeo também já esteve por lá. Poderia voltar.

Agora, cá entre nós… Será que as decisões de BMW, Honda e Toyota (além da Renault, que está, mas não está) de deixar a F-1 por causa da crise não foram precipitadas? Era só uma marolinha, uma crise de merda, e saíram todos pela porta dos fundos.

Fujões.

52 comentários

  1. geraldo nunes disse:

    Quando vi a foto, pensei que o Kamarada Gomes havia trocado de carro para a próxima etapa da Classic Cup… (brincadeira, FG!!!)

  2. antonio stricagnolo filho disse:

    Realmente quanto mais marcas para tomar pau da Audi melhor!
    Quanto a marolinha a realidade é que o Sr presidente chamou o recuo das aguas antes do tsunami de marolinha.

  3. Moy disse:

    Bons tempos que a “Tv Manchete” transmitia os VT’s com a narração do Edgard de Mello Filho.

  4. Fernando Kesnault disse:

    Não Flávio, elas fizeram o certo. A F-1 já não tem tanto atrativo assim e é só despesa pesada para pagar o Sr. Ecclestone e Cia. Em qualquer outra categoria o título tem o mesmo peso ou talvez até mais, pois ser campeão em categoria de turismo ou esporte protótipo, assimila mais o produto a ser vendido com o público consumidor e torcedor, mais que um mero monoposto.

  5. A.Baggio disse:

    Nós tivemos no Brasil na decada de 60 e 70, algumas corridas competitivas onde varias categorias corriam ao mesmo tempo e se via Bmw, Ferrari, Lola, Lotus, Porsche, Mercedes, Dodge, Ford, Chevrolet, Prototipos, Carreteiras, Fuscas e outros, tudo na mesma volta, como se fosse uma mil milhas ou 24horas, claro que as avaliações eram separdas por categoria, depois que as categorias foram se separando. Qual marcas nos fabricavamos aqui, nem um quarto das que corriam nas pistas! Hoje em dia o que impera é o marketing empurrado direto para o consumidor para um modelo especifico, tornando um pouco mais monotona a observação das corridas e tambem a tecnologia do proprio veiculo e do back stage supera o proprio piloto. Tivemos modelos de BMW correndo por aqui, similar ao da foto acima. Saudades dos arames e caixa de porcas e parafusos extras. Para se ter uma ideia dessa epoca é só ir a um treino livre no meio da semana nos autodromos.

  6. Andre Decourt disse:

    Junto com a 3.0 CSL a BM mais linda de todos os tempos……

  7. @celsovedovato disse:

    E a Honda ainda viu o carro que projetou ser campeão na F1, com o nome do seu engenheiro. Aliás na Brawn só não tinha o nome Honda, o resto era igual. Essa foi mais indigesta que sushi estragado

    • leandro 440 magnum disse:

      Nem nome ,nem motor

    • jackie chan disse:

      A grande diferença foi o motor Mercedes. Aliás, não ter um motor competitivo, e sem possibilidade de desenvolvê-lo (por causa do congelamento) foi o motivo do insucesso da Honda. Eles vacilaram nos anos anteriores ao congelamento, e acabaram com um motor inferior ao dos rivais, e congelado. Bobeou, dançou…

  8. Legal a volta da BMW. Mas, de verdade, gostaria de ver mais apoio da mídia, com transmissão ao vivo, se possível, das provas do nosso automobilismo de base.

  9. Paulo C Perin disse:

    parabens p os alemaes q tem mais estrutura e profissionalismo q nós tupiniquins, e até na argentina existe campeonato de marcas com toyotas, civics, linea, vectra e peugeots correndo juntos…sómente aqui no brasil temos q ver essas provas de carros iguais como a stock ou marcas com fuscas, gol e voyages (monte de calhanbeques) correndo onde não tem graça nenhuma….

  10. ricardo lima disse:

    é flavio num pais como a alemanha que tem as fabricas que mais investem em tecnologias automotivas um campeonato nacional so ter duas marcas é um cumulo,eu ainda assisto aos videos da epoca que a opel corria com os calibras,pena ela nao participar mais,abraços

  11. Ricardo Abreu disse:

    Vejo com bons olhos a volta da BMW ao DTM. Concordo com o Flávio quando ele fala que é lamentável tão poucas montadoras em um campeonato tão importante. torço para que outras empresas sigam o mesmo caminho, incluindo ai a Opel (afinal do fã da GM). também torço para que aconteça o mesmo na Stock Car aqui em terras tupiniquins. Quanto maior for a disputa, melhor para a categoria.

  12. vitão disse:

    tudo um bando de executivos cagões . No primeiro espirro correm todos. Vão testar a versão híbrida? ou aquele papo de ecologia é tudo papagaiaida ? ou é porque tão tomando couro da Daimler e da Audi ?

  13. Rafael Vieira disse:

    Que são fraquinhos não há sombra de dúvida, pois estive analisando a questão e os reais prejuizos dessa crises economica e infelizmente o esporte a motor foi penalizado mais uma vez, pois deixaram de ser empresas familiares e hoje uma série de donos mundo afora reinvindicam seus milhõezinhos ao final do ano fiscal. Imagine como deve estar o Senhor Honda em seu caixão. Deve estar se revirando em ódio por ver o Board da sua tão amada empresa amarelar, por seus engenheiros que já fizeram motor campeão, ter que se redimir ao motor alemão e ver aquele que deveria ser o Honda compeão, ganhar com um nome de um cara inglês. Idem para o Sr. Toyota e Renault, que estaria colocando seu dinheirinho sim nessa tal F1, mas o tal fucking Board não quer, pois preferem o cascalho no Bolso.

    Fazendo uma analogia a isso, como estariam os senhores Daimler e Benz em seus caixões? Acredito que orgulhosos né? 2 títulos seguidos, motor mais respeitado da categoria, equipe própria. Devem estar rindo atoa dos pipoqueiros japoneses e do faz de conta Francês.

  14. LBM disse:

    Não era uma marolinha não : tem país falindo na Europa…

  15. machinist disse:

    Marolinha aqui no Brasil.
    Lá fora acho que ainda tá pegando. Espanha, por exemplo, tem 20% de desempregados…

  16. Edgar Viana disse:

    Que carro lindo dessa foto….
    Essas bms da década de 80 e comecinho da de 90 é de morrer…

  17. Jonas Martins disse:

    Esse modelo da BMW era irado!

  18. João Vitor disse:

    Olha Flavio, a Honda, a BMW e a Toyota entraram lá, gastaram uma grana preta e não viram resultados, isso é incrível, principalmente quando você vê uma Red Bull lutando pelo campeonato ou mesmo uma Force India andando na frente dos Williams, dessa forma gerou aquele desânimo e quando deu uma dificuldade eles pularam fora. A Renault fez o que deu, acho que ainda interessa a F1 pra ela, então venderam o que deu pra continuar. Mas, elas voltam, tenho certeza. Acho que de todas a BMW foi a mais covardona, ela teve menos tempo e mesmo assim foi muito bem em 2008, errou a mão em 2009 e tchau, no primeiro ano difícil foram embora.

    Quanto à DTM, acho que é um exemplo para a Stock, claro que a indústria automobilística alemã é superior e etc, mas aqui poderíamos ter mais do que bolhas diferentes em carros iguais.

  19. Antonio Vieira disse:

    Pois fez muito bem a BMW… F1 não é automobilismo faz muito tempo. O problema é que o DTM também não é lá grande coisa atualmente, já que os carros estão divididos em duas grandes “equipes” e tem muita sujeira durante as corridas. Lembram que a Audi abandonou uma corrida, acho que em 2008, depois que seus principais carros foram tirados da corrida por pilotos da Mercedes? Tomara que a BMW mude o cenário e nos devolva o velho DTM do começo dos 90. Tá faltando alguém novo por lá, a Audi já deve estar cansando de ganhar da Mercedes… tri-campeã!

  20. Muller disse:

    Norisring. Um dos circuitos mais emocionantes pra quem está na platéia, principalmente NESSA curva onde foi tirada a foto. Quem já assistiu corrida de qualquer coisa que tenha motor lá passou por uma experiência única.

    Sim, mas… eu sempre defendo aqui o DTM, e lógico que comemorei quando vi no newsletter a decisão da BMW. Só achei estranho porque eles já participam do WTCC, o que pode indicar uma saída da categoria. Vamos esperar (1 ano e meio) pra ver.

  21. Eu acho essa BMW M3 Evolution DTM ou a versão de rua mesmo, uma das mais bonitas até hoje.

  22. Fabricio disse:

    Para falar a verdade BMW, Montadoras Japonesas, Renault e as demais montadoras que fugiram do esporte a motor são todos uns Loosers. Uns franguinhos, atitude fraca. Por isso que na lista de carros que compro, essas empresas estão fora.

  23. MSM disse:

    Que saudades da DTM na época que passava na Manchete com o impagável Edgar de Mello Filho, tinha Opel Calibra, Ford Mustang, Alfa 155, Mercedes. A Porsche, que eu saiba não participava deste campeonato, pois os carros são de outro nível. MAs é triste ver o que aconteceu durante os anos e de ter apenas duas marcas e corridas chatas. Vamos ver se com a entrada da BMW, o campeonato volte a ser interessante para nós e para outras marcas.

  24. Spada disse:

    Adorava ver na década de 90 as corridas da DTM, com os Alfas, BM’s, Merças, Calibras e ainda mais, sendo narrado pelo Edgard Mello Filho.

  25. Mauricio disse:

    A BMW decidiu abandonar um simulacro de esporte (F-1) para voltar a participar de um esporte a motor de verdade.
    Parabéns!!!

  26. Moncho disse:

    “Marolinha” foi só aqui no Brasil, por conta da economia colocada nos eixos desde o Plano Real e alguma desobrigação fiscal do atual governo. Europa amargou (e amarga) desemprego, queda absurda de consumo, de vendas, em especial na construção civil, parada, com desemprego galopante. Na Espanha, os imóveis vinham numa bolha de supervalorização e financiamentos absurdos sem qualquer previsão de risco, como nos EUA. O quadro aqui era bem outro…

  27. Ernesto Brock disse:

    Só uma coisa.. posso tah errado mas pelo que sei a DTM atualmente é tudo a mesma coisa.. só muda a “bolha” assim como a nossa Stock Car… então na verdade não se teria grandes investimentos da BMW pra correr lá… não é como nos anos 80 e 90 onde as montadoras gastavam rios de dinheiros pra ter o melhor carro..

  28. Marcio Vieira disse:

    Essa coisa de F1 ser laboratório para o futuro dos automóveis é papo furado. Laboratórios, aos montes, as montadoras têm.

    F1 é encontro para milionários realizarem negócios, porém, há um espaço nas arquibancadas e TV para pobres (literalmente) mortais.

    Na primeira fumaça, todos aqueles que dependem de faturamentos, projeções e metas caíram fora porque ninguém bebe Red Bull só porque viu na F1, quiçá comprar um Corolla, Clio, etc.

    • jackie chan disse:

      Realmente, F1 não é laboratório para tecnologias de carros de passeio. Ponto. Pode até ter sido, no passado distante, mas não é mais. Basta pensar um pouco. Praticamente todas as tecnologias de ponta presentes nos carros de ruas de hoje, como por exemplo, air bag, ABS, V-TEC, CVVL, CVVT, injeção direta, propulsor híbrido, dual clutch, CVT, 4WS, etc., etc., muitas delas ainda ausentes nos carros “nacionais”, não vêm da F1. Sem falar nos motores diesel altamente eficientes dos europeus, que menos ainda tem a ver com F1….

  29. RafaAPH2010 disse:

    Esse Johny Cecotto foi o primeiro colega de equipe de Ayrtom Senna em 1984, e essa curva é em Norisring! Dtm incrível!

    • Luis Albertyn disse:

      Cecotto é um dos meus ídolos máximos, ao lado do John Surtees! O cara derrotou ninguém menos que Giacomo Agostini em 1975, isso aos 19 anos, pra ser campeão mundial de motovelocidade nas 350cc. Depois da F1 fez muito sucesso no turismo, sendo campeão alemão, italiano e inglês. O cara é fera nas 2 e nas 4 rodas…

  30. RafaAPH2010 disse:

    Mesmo só com duas montadoras a Dtm ja é legal, agora vai ficar ainda melhor. A Bmw foi a primeira campeã em 1984 com Volker strycer que na década de 90 foi diretor da opel até 2005.

    Detalhe, O Volker Strycer foi o primeiro campeão em 1984 sem ganhar nenhuma corrida, essa categoria é a que eu mais gosto de assistir, é incrivel!

    Vejam o video no youtube do final da prova de Norisring em 2002 e 2009, que pega!

  31. Luis Albertyn disse:

    A Toyota deve ter pensado: se mesmo levando sucessivos couros e andando lá atrás conseguimos nos tornar a montadora nº 1 do mundo em vendas, passando a GM depois de décadas, DE QUE DIABOS ADIANTA TORRAR FORTUNAS NESSA F-1?

    Estou tentando pesar com a cabeça dos japoneses, não é o que eu penso, claro. Quero mais é que todas as montadoras invistam no automobilismo, mas acho que tinha que rolar um “back to basics”, uma diminuição de custos em categorias top como DTM, WRC, F-1 e motovelocidade (essa com minguados 17 pilotos depois que aposentaram as 2 tempos e surgiram as caríssimas 4T…). Isso certamente traria de volta muitas dessas marcas.

    Bom, e quanto à “marolinha”, pergunte aos nisseis que estão voltando do Japão pro Brasil, aos gregos, aos portugueses, aos espanhóis, aos islandeses, aos irlandeses…

  32. gleitef disse:

    Tem muita promessa para 2012… depois do fim do
    mundo.

  33. marcelo ivo disse:

    Ótima notícia pro Augusto Farfus Jr…

  34. GERALDO CASSELLI JÚNIOR disse:

    Tempos atrás a rede Manchete chegou a transmitir várias etapas . Klaus Ludwig , Alessandro Nannini , Bernd Schneider , Keke Rosberg & Cia ! Grandes pegas !!!

  35. Danilo Candido disse:

    Quem sabe até a Lada não estenda seus “tentáculos-capitalistas” por lá !

  36. Aliandro Miranda disse:

    A crise foi uma desculpa para sair.

    Como já bastante comentado, o investimento na F-1 é pequeno em relação aos gastos totais das companhias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>