MENU

quarta-feira, 22 de setembro de 2010 - 1:34F-1

O MITO

SÃO PAULO (ganhamos!) – Comendattore Ceregatti mada o vídeo. “É o FD04 testando em Interlagos”, informa. Vejam o público. O Ingo segurando o guarda-sol. O Divila comendo marmita. Que coisa espetacular… Alguém aí já sabe qual é o ano?

38 comentários

  1. Fernando C.Villafranca disse:

    Mais um comentário sobre o Emerson

    Alguns amigos comentaram acima que o Emerson levava muito público a Interlagos quando corria.
    Isso se comprovou durante a disputa da Copa Brasil de carros esporte protótipos onde o Emerson correu com uma Lolinha T 210 e venceu. Algumas etapas foram disputadas durante a semana e o Autódromo de Interlagos simplesmente lotou para ver o Emerson corrrer e vencer.
    E felizmente eu estava lá.

  2. Fernando C.Villafranca disse:

    Olá Flavio Gomes e amigos apaixonados pelo automobilísmo como eu.
    Descendo de uma família de pilotos de competição.
    Minha página sobre automobilísmo de minha família é
    http://www.autofocus.com.br/villafranca/
    O filme em questão é meu, as imagens infelizmente não são de grande qualidade, pois é de fime Super 8mm.
    Eu montei esse filme para um festival de cinema em Super 8 mm da Fotóptica em Santos, guardo os origináis até hoje e a música é do Filme Gran Prix de Maurice Jarre.
    Fico felíz que estou partilhando esse documento histórico com todos que admiram o Emerson, que para mim foi o maior piloto brasileiro de todos os tempos.
    Fiz um comercial para os Relogios TIMEX com o Emerson e o Luisinho Pereira Bueno dublou o Emerson usando o capacete e o macacão do Emerson.
    Lembro que durante os intervalos das gravações, estava um calor infernal e o Emerson dentro do carro e com macação de competição que é grosso, respondia perguntas em Inglês para um sr. que estava lá em Interlagos e não parava de fazer perguntas, o Emersom sempre umilde e educado respondia a todas as perguntas e me dirigiu um olhar, como dizendo estou de saco cheio, mas não demostrou isso para o sr. e continuou respondendo as perguntas. É UM GRANDE CAMPEÃO.
    Um abraço a todos em especial a você Flávio Gomes.

  3. luiz caconde disse:

    EMOCIONANTE. NÃO ERA DIA DE SEMANA E SIM UM DOMINGO.2M45S ERA O TEMPO POR VOLTA. MOLEQUE, NA ENTRADA DO BOX, SORRIDENTE E COM CABELOS. 6,04 DA FILMAGEM. HOJE COM 50 ANOS MAIS AMANTE DO AUTOMOBILISMO COMO SEMPRE. PENA NÃO TERMOS MAIS PILOTOS COMO EMERSON , WILSON, PACCE. O VIDEO E UMA HOMENAGEM A COPERSUCAR, EMERSOM E MUITOS Q FORAM DENEGRIDOS PELA IMPRENSA DA EPOCA. MAS FIQUEI FELIZ EM ME ENCONTRA NESTE VIDEO E PUDE MOSTRA A MEUS FILHOS QUE DESDE MOLEQUE EU ESTAVA LA TORCENDO.

  4. Claudio Ceregatti disse:

    Pô, FG…
    Te mandei e só vejo agora, caramba.
    Dá muito trabalho “ficar sumido”, uma pena.
    Só pra contar: Eu estava lá, pra variar.
    Não tenho certeza, faz tempo, mas acho que não perdi nenhum teste de F1 no Templo.
    Não só da Fittipaldi, mas tambem da Ferrari e da Renault.
    Sou um rato chato de box profissional, voce bem sabe…
    Mas agora envelheci e sumi.
    Sorte a tua.
    Já pensou se me aboleto pra Londrina? Ou então caio de páraquedas no Velopark?
    Do jeito que me odeiam, melhor sumir e te mandar esses torpedos históricos.
    A propósito, FG, já que estás nesse momento a caminho de Londrina, e para não perder o costume:
    - Na dúvida, o da direita. No pedal da direita. O do meio, esquece.
    Como sempre digo (e agora voce também!): Vá ser feliz, rapaz!!!

  5. Virgo disse:

    Grande Cerega, e suas paixões perenes.
    Sinto saudade de nossos farnéis e de nossos papos. Toda vez que veja alguém entrar errado no S do Senna lembro do Commendatore fazendo aquela cara de pouco caso que lhe épeculiar e me dizendo ‘.. ea pilotaiada continua fazendo o S errado…” Grande Cerega.
    E grande lembrança do Rato, que realmente merecia muito mais homenagens do que aquelas que recebe…

  6. Varlei disse:

    Vi o copersucar quando era pequeno andando em interlagos nos treinos talvez 1975, vi tambem a ferrari do Niki Lauda, até hoje não vi nada igual de tão perto, pareciam aviões passando no chão a poucos metros do alambrado, as borrachinhas dos pneus lembro que grudavam nos nossos rostos o barulho infernal, o cara para andar nestas cadeiras eletricas tinha que ter diploma de macho de parede, rs, não era mole não dirigir estes carros, por isto os Fittipaldi tem de ter o maior reconhecimento no Brasil pelo que já fizeram e fazem pelo automobilismo, e viraram na época motivo de piada por quem não entendia nada de carro e automobilismo, lutaram até o fim para manter um carro proprio nas pistas, coisa de grandes brasileiros que infelizmente hoje não aparecem mais, se fosse hoje na época atual com a garra que eles tinham com certeza seriam umas das equipes de ponta da f1, fora o Divila que era um projetista ousado e criativo, quem não conheceu a equipe tenham um pouco de paciencia e leiam no arquivo de quatro rodas as reportagens e vão entender o que estou dizendo, a proposito acho que a caixa de direção do copersucar era de chevette???? alguem confirma, rs

  7. MARCIO MOMESSO disse:

    Já existia marmitex !

  8. Alan Magalhães disse:

    Fantástico. Parabéns, pela garimpagem e publicação. Realmente eram tempos legais, românticos, todo mundo sem camisa, o marmitex do Ricardo, enfim, ótima sacada, parabéns Flávio. E nas arquibancadas, mais gente para ver um treino do que uma corrida do Paulista. Realmente outros tempos.

  9. Lionel disse:

    Agora PARABÉNS ao Flavio que sempre mostra para a nova geração quem foi Emerson Fittipaldi….acho que os ingleses tem muito mais matérias e filmes que Nós brasileiros…e cultuam Emerson Fittipaldi mais que Nós brasileiros..é uma pena por que quando Emerson atuava …levava uma multidão ENORME de fãs tanto aqui no Brasil com lá fora…este filme é de um dia da semana e apenas um TREINO e estava com mais da metade da lotação de fãs….imagina nos dias de corrida…ERA LOUCURA TOTAL…ERA EMERSON NA VEIA.. deixava 300 mil pessoas na LOUCURA …a saida do autodromo era coisa de LOUCO ..quase todo mundo saia no PAU…Emerson era CONTAGIANTE…só quem viveu pode falar…PENA QUE NÃO TINHA TANTA MIDEA COMO HOJE….hoje o piloto é MEDIOCRE e faz sucesso…naquela época o cara tinha que ser MUITO BOM para fazer sucesso …MUITO BOM ….Emerson era sozinho a midea…ESSA MULTIDÃO que se vê no filme era tudo fruto somente de Emerson…não tinha canal de TV , nem radio.nada para avisar se ia haver treino numa quarta feira que todo mundo TRABALHAVA . normalmente .e mesmo assim QUASE LOTAVA …para ver um carro somente e para ver EMERSON FITTIPALDI …..e apesar dessa ENORME FAMA …tratava todo mundo igual .dava entrevista ..autografos…para TODOS…aquela multidão após o treino que acabava lá pela 4 ou 5 da tarde iam TODOS para os boxes…e ficavam perguntando as coisas para o Emerson e Êle cansado após andar o dia todo mais de 70 voltas…explicava e repetia TUDO para todo mundo até o ultimo sair dela …coisa que ocorria lá pelas 8 da noite…ERA INCRIVEL…O AMOR que a TORCIDA tinha por Êle e Êle pelos fãs…..

  10. lupahp disse:

    a música é do filme grand prix, o melhor ate hoje sobre a formula 1.sensacional o video

  11. É 1976.
    Sou fã de carteirinha do Emerson, mas esses filmes da década de 70 estão piores do que os filmes da primeira guerra mundial. ! É brincadeira !

  12. Thiago Pereira disse:

    A musiquina de fundo é a mesma da Rádio GP. Finado podcast que faz muita falta…

  13. Paulo Coimbra' disse:

    É…, quanta saudade!
    Divila como sempre, Fantástico, que cara Simples e bacana!
    Nas arquibancadas…, mais pessoas do que essas corridinhas que a CBAsinha põe a mão…hahaha!

  14. Ricardo Soares disse:

    Maravilha… que belo macacão do Emerson.
    Como já falaram, foi no final de 1975 ou início de 1976…
    Deveriam fazer um filme sobre ele…enredo tem, e muito!!!

  15. Armando Vieira disse:

    Isso aí foi em 1976, o primeiro ano do Emerson em sua própria equipe. Primeira versão do FD-04, que andou muito nos treinos e na tomada de tempo, ficando muito tempo em 3º e largando em 5º. Pena que nunca mais repetiu a performance.

    Época muito boa, pena que não volta mais.

    Abraços

  16. Paulo F. disse:

    Tenho um blusão oficial da Copersucar Fittipaldi F1 Team. Esta como novo. E não vendo, não dou e não empresto! E já esta comprometido em herança ao meu herdeiro! Eram os tempos de pais do futuro que talvez, de certa forma, está chegando agora!

  17. Celio Ferreira disse:

    Ano 1976, estive na corrida de F1 , daquele ano , e com saudades que revemos estas imagens, pouco dinheiro mas muito amor no que faziam

  18. TOM SEM FREIO disse:

    Bons tempos. Isso foi no ano de 1976, quando Emerson , comecou no Copersurcar. Todas as vezes que tinha treino, eu ia. Nao falhava em nenhum.

  19. Thiago Sabino disse:

    GRANDE Emerson, GRANDE Wilsinho….
    FD04, o Copersucar mais ’70s deles todos…..e o mais bonito também.

    Ídolo de todos nós aqui.

    Esse sim é O CARA.

    Belo achado!

  20. Ricardo Bigliazzi disse:

    Deve ser em jan/fev de 76.

  21. Os anos setenta foram inigualáveis. Essa trilha sonora ajudou a formar minha paixão pelo automobilismo, me arrepia até hoje. O filme é histórico, uma preciosidade. Ótimos filmes sobre automobilismo foram Grand Prix e 24 horas de Le Mans. O do Stallone, me desculpe, é uma merda. Aliás, este cidadão, p’ra mim, deixou de existir, depois das merdas que falou a respeito do meu país. Ele que vá malhar as cagadas do país dele. E por falar em macaco, acho que é um ótimo presente p’ra ele, assim vai ter com quem conversar.

  22. ags disse:

    FG..Esse Divilla,sempre vai ser um figura de muto respeito……………….vce bem que poderia fazeer no seu programa….algo que possamos saber..mais do que ele anda fazendo no lado oriental…………esse merece um lugar de respeito……………..abraços…..

  23. Bento disse:

    Pô! O que o Sylvester Stalone (de camisa laranja e óculos escuros) está fazendo ao lado do Emerson? Pesquisa antecipada para seu maravilhoso filme sobe corridas que ele faria no futuro?

  24. Granito disse:

    Sensacional, documento hiatórico, um treino da Cpersucar levando mais público a Interlagos que muita corrida.
    Ano 76 , piloto bicampeão na equipe brasileira , equipes de F-1 treinando no Brasil. Outros tempos , tempos duros mas na F-1 “tavamo” com tudo….

  25. Arlei Vieira disse:

    MARAVILHOSAS CENAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Não é a toa que os irmãos Fittipaldi, e principalmente o Emerson, são meus grandes idolos no automobilismo.
    A ousadia empreendedora do Tigrão e o talento nato do Emerson, trabalhando juntos………é uma pagina do nosso automobilismo que durante muito tempo ficou virada, esquecida, subestimada mesmo por muitos, inclusive e principalmente imprensa que não tardou a malhar os irmãos pela falta de resultados……..

    Enfim, que bom que o tempo tem resgatado esta maravilhosa saga dos Fittipaldi !
    Um brinde e vida longa aos Fittipaldi !

  26. O FD 04 e o 01 foram os carros de F1 mais bonitos que já vi.

  27. GERALDO CASSELLI JÚNIOR disse:

    Grande Emmo , com direito a bunda suja e tudo ( que diferença com os de hoje , tão” limpinhos” , pelo menos estéticamente ) . Final de 1975 , após a apresentação oficial .

  28. Ricardo Bigliazzi disse:

    Muito bacana… quando é que voce vai sentar com ele e escrever a “biografia técnica” de nosso Maior Piloto de Corridas de todos os tempos??????

    A minha vida é repleta de momentos especiais… e a cada dia consigo ver o quanto eles foram legais… o meu Pai (sempre ele) sempre arrumava um tempo no trabalho para nos levar a esses treinos da Copersucar (e das outras Equipes de F-1 que vinham ao Brasil em Jan/Fev) durante o meio de semana… momentos bem legais… guardados na memória.

    Abraços

    Imperador
    “Ainda a espera da “Biografia Técnica” do Grande Emerson Fittipaldi. Fica acertado que na noite de autografos eu terei preferencia.

  29. Mauro José Santana Júnior disse:

    Imagens preciosas e fantásticas!!!!!!!!!!!!!!!!

  30. Eduardo Furtado disse:

    Que sonho!!! Que orgulho!!! Por isso é que digo: Quão grande poderia ser o Brasil, sem governantes…

  31. Que maravilha. Um verdadeiro achado. Parabéns ao Cerega!

  32. Acarloz disse:

    O Filme fala em 1976

  33. Roberto Martinez disse:

    Boa Ceréga, o sumido !
    Eu assisti a alguns treinos do FD04 entre dezembro/1975 e meados de janeiro/1976 .
    Época fantástica, carros muito mais simples, com essência de carro de corrida, onde se vê a mecânica, os lubrificantes, além do cheiro…
    Hoje, aliás, há algum tempo, os box da F1 parecem mais uma hospital.

  34. Emerson Moraes disse:

    Ptz…. muito legal as imagens…..tive um autorama com o mesmo copersucar cinza de Nº 30…o ano deve ser 74/75. bons tempos de interlagos e da familia Fitipaldi.
    abraço.

  35. Roberto , Vitoria ES disse:

    Acho que é 1977 . Na epoca estudava no Senai Suiço Brasileira ( Santo Amaro) e , nos dias destes testes rolou um boato que tecnicos da Coopersucar estiveram na escola para tornear uma peça que estava apresentando problemas , pois o maquinario da escola era de precisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>