O HERÓI DE TODOS NÓS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 - 1:37Automobilismo brasileiro, Museus & coleções

O HERÓI DE TODOS NÓS

SÃO PAULO (entrando no fuso) – Paulo Trevisan é um herói. Guardião da memória do automobilismo brasileiro, não para nunca. Seu museu ficou pequeno? Faz-se outro. O acervo cresce a cada dia. Mas de forma organizada e criteriosa. Sabe-se lá onde ele encontra tempo para garimpar carros, levá-los para Passo Fundo, restaurá-los, fazê-los funcionar. E ainda pilota, o sacripanta! E acelera seu Passatão com enorme apetite.

O sempre ótimo portal Maxicar fez uma espécie de entrevista coletiva com ele. Está aqui. Lição de vida, paixão, empenho, abnegação. É uma honra ser amigo desse gaúcho a quem o mundo das corridas deve tanto.

41 comentários

  1. Júnior disse:

    Olá, bom não sei se falo com a pessoa certa…. bom estou falando em nome de Arnaldo Fossá, de Porto Alegre, estavamos conversando e ele perdeu o contato do Paulo Trevisan, entao vi seu blog no Google e o nome do Paulo. Como posso entrar em contato com ele, poderia ajudar? Meu whatsapp é 21980136545 obrigado

  2. Orlando Salomone disse:

    Essas coisas me emocionam profundamente. E as carrocerias Vignale da Ferrari são maravilhosas.

  3. claudio aun disse:

    O verdadeiro herói não faz questão do titulo, exatamente como faz o Trevisan, sabedor da sua dimensaõ,não precisa das medalhas e menções baratas .

  4. Dudu disse:

    Faz tempo que não comento teus posts FG, mas reconheco que só conheci o trabalho desse CARA por sua doação do #96 … Que exemplo de coragem pra “aguentar” esse museu a plena velocidade!

    Abraço.

  5. Claudio Ceregatti disse:

    Faço minhas as tuas palavras, FG.
    E daqui vai um abraço ao Guardião. Que tem uma missão que só ele pode cumprir.
    Em boas mãos está a história.

  6. Barrabás disse:

    A impressão é que não existe nada igual, por estas bandas, em termos de qualidade.
    Os reflexos da superfície são de muita precisão.. Se o Trevisan não aparece na foto ia parecer que ela foi photoshopada.

  7. Very disse:

    Aplausos de pé p/ ele, excelente trabalho de preservação.

  8. ALEX B. disse:

    Confesso: tenho ciumes do Trevisan!

  9. Alexandre Quintão de Araújo disse:

    Quando a imprensa rotula de herói, um desportista de sucesso você prontamente rebate, dizendo que banalizam o termo, no que eu concordo plenamente com você. Agora você chama um colecionador/restaurador de carros de herói. E aí? Aonde está o fundamento do termo e porque você o considera herói?

  10. Lucca Furquim disse:

    Minha eterna admiração a este Gaucho, um homem de poucas mas de preciosas palavras. Pessoa exemplar em tudo e ainda por cima gosta de brincar de carrinho!!!! Abração

  11. Grande Paulo, fui um dos que pode andar nos carros do Museu do Automobilismo Brasileiro graças à generosidade dele.
    O Paulo inova com seu museu com mais de 100 carros de corrida e inova promovendo “andadas” desses carros no autódromo de Guaporé.
    Fora isso é um grande cara e um dos primeiros apoiadores da Formula Vee Brasil.

  12. Milton disse:

    Fui ao Museu antes de todos, esse ano… Pude conhecer o Homem e OS Homens que fazem as baratas tomarem vida…E também as histórias de outros Homens que fizeram do automobilismo seu modos vivendi.

    Um sujeito Impar, que sabe compartilhar com muitos as suas proprias alegrias. Não fosse assim, não montava um Museu, e sim uma garagem; e mais que isso, não deixaria as baratas disponíveis para outros, tão “moleques” quanto ele, sentirem as emoções que ele próprio poderia ter somente para si, como pilotar carros unicos e raros.É o extremo oposto do egoísmo, e mais que isso: é um conhecedor da matéria “automobilismo” como muito poucos no mundo.

    Compactuo com o coro do povo: Trevisan na CBA. Ponto.

  13. Du Carmo disse:

    De longe, o melhor post deste ótimo blog!
    Parabéns Flávio Gomes e um MUITO OBRIGADO a PAULO TREVISAN.

  14. João Cesar disse:

    Fantástica Reportagem… Parabéns ao Paulo Trevisan. Exaltar e elogiar o trabalho feito por ele é chover no molhado. O Museu é inacreditável, o acervo é incrivel. Já disse para o Paulo, eu poderia morar dentro do museu e trabalho de graça na oficina. Cada vez que vou lá, não tenho vontade de ir embora. Abraço

  15. Helio Mendonça disse:

    Vida longa a este grande brasileiro…

  16. Eric disse:

    O Sr Trevisan é simplesmente “sem palavras”….eu também tive o prazer de ir DUAS vezes ao Museu e ouvir as histórias maravilhosas contadas.

    Fora o privilégio de andar em vários carros do seu acervo.

    Muito obrigado.

  17. Ricardo Piva disse:

    Esse cara é sem precedentes. Exemplo de vida útil. Que tenhamos um pouca da determinação do mesmo, e, o mundo seria muita mais interessante..

  18. CLAUDIO AUN disse:

    Trevisan ,
    tem uma cultura automobilística maravilhosa, e o que é melhor não guarda só para si.
    Fui recebido com tapete vermelho em seu museu, se mostrou incansável ,e quando acabou o acervo me levou até a oficina para mostrar o que estava no forno.
    Muitos dirão mas peças de museu são só para serem vistas, não com o Paulo, em dezembro juntou um monte de pé de breque e vai para Guaporé ver se as maquinas ainda tem sangue nas veias.
    Só posso dizer grato Trevisan pela oportunidade que deu ao meu filho Rafael de pilotar carros que fizeram parte de toda uma vida de seu pai.
    PODEMOS DEIXAR AO MUNDO OBRAS ,DINHEIRO ,FAMA ,MAS NADA CONSEGUIRÁ IR MAIS LONGE QUE AS EMOÇÕES

  19. Fernando Stockler disse:

    Caro ´Flavio, gostaria de enviar algumas fotos e não sei qual o caminho, solicito a gentileza de me orientar como proceder.

  20. moacir disse:

    Pois eu protesto: o Paulo tinha de ter feito o museu em Canoas, que é aqui ao lado, e não em Passo Fundo, que fica a 72 pedágios de Porto Alegre!

    Fora isso…

  21. regi nat rock disse:

    Caramba Seabra.
    Arrasou.
    Fui outro dos privilegiados convidados para o evento.
    E a descrição do Seabra é absolutamente fidedigna.
    Qualquer pessoa naturalmente se agrada com elogios, mas qualquer que se faça ao Paulo é recebido com um equilíbrio de quem tem têmpera sólida e os pés bem plantados.
    Agradável para um papo, criterioso em suas opiniões, modesto além dos limites e, certamente um amigo que não me canso de elogiar e um ser humano raro, muuuuito raro que sabe o que faz, se orgulha do feito mas reconhece que não é só isso que ‘faz’ um homem.
    Longa vida meu querido amigo. Que seu exemplo frutifique aos 4 ventos…

  22. fagner andre disse:

    a foto diz tudo

  23. L.Georg disse:

    Eu ainda tenho que ir visitar o Museu.
    Sobre o Trevisan acho que tudo já foi dito, mas a idéia da CBA é excelente !
    Façamos um lobby !

  24. Paulo Aidar disse:

    Tive o privilégio de conhecer e conviver com o Paulo Trevisan na sua cidade onde fomos convidados para um grande final de semana de muito papo, visitas, aceleradas, etc.

    Um gentleman , se fosse ingles seria condecorado na Câmara dos Lordes. Grande abraço a ele.

  25. SAMUEL OLIVEIRA disse:

    Cara, amo muito esse carro na foto com ele, engraçado que o carro se parece com ele ( talvez loucura minha) , mais quando temos um relacionamento intimo com alguma coisa nos parecemos com ela.
    Muito bacana a entrevista.

  26. Zé-Taubaté disse:

    Sensacional, Flávio! Sensacional.

  27. Nosso Herói… Esse sim…
    Paulo para presidente….

  28. Allan Jurk disse:

    O que seria dos amantes do automobilismo se não existisse Paulo Trevisan…

  29. disse:

    O amigo de todos nós. Poucas pessoas conheci na vida com tanta personalidade e determinação. O Trevisan é pá e bola.
    Logo estará acelerando por aqui tbm., mas não anda tudo isso não hahah!
    Vida longa ao Paulo.

  30. Lucas Martin disse:

    Não sei se está sabendo, mas está ocorrendo um congresso da SAE no expo center norte, estive lá ontem e tem um DKW em um dos estandes, uma jóínha!! Mas ninguém me disse o porque dele estar ali… aposto que apenas como diferencial no mundo de silicone.

  31. OLIVIER disse:

    E ai Flavio !!!!! Que Tal o Sr Paulo no comando da falida CBA…. O nosso automobilismo ainda sobrevive gracas ao pessoal do sul … Parabens ao Sr. Paulo Trevisan ainda quero conhecer este acervo … O passado do nosso automobilismo esta em boas maos Parabens Abraco…..

  32. antonio seabra disse:

    Complementando aqui o que escrevi no portal Maxicar, conheci o Paulo num evento em Passo Fundo para o qual tive a honra e a sorte de ter sido convidado.
    Os breves dias de convivencia por lá me fizeram compreender melhor que o fantastico trabalho que ele vem realizando em prol da memoria do automobilismo de competição do nosso Brasil (infelizmente um pais, em muitos aspectos, quase sem memoria), não se resume ao exercicio de uma grande paixão por carros de corridas.
    O Paulo aliou sua paixão a uma dedicação impar, a um grande senso de realismo e um enorme profissionalismo, de forma a tornar perene seu esforço de preservação da historia do nosso automobilismo de competição. E isto fica claro nas respostas que ele deu as boas perguntas dessa entrevista.
    Podemos aqui desfilar um rosario de elogios ao Paulo, por tudo o que ele já fez, esta fazendo e ainda vai fazer pela preservação dos carros de corrida que um dia roncaram fortes seus motores pelas pistas desse pais, de seus pilotos e de seus construtores. Esses elogios (mais do que merecidos) não teriam a força de fazer com que o Paulo, apesar do orgulho que tem de seu trabalho, deixasse de ter seus pes firmemente plantados no chão !!! O homem não se dobra ao elogio facil, não faz concessões quanto a suas crenças e opiniões, e não perde o foco em seus objetivos !!!
    Saí de Passo Fundo com uma admiração por essa pessoa fantastica muitas vezes multiplicada .
    Mas o que me impressionou, de verdade, foi quando o Paulo, depois de dar algumas voltas na pista de Guaporé com um Escort amarelo muito bem preparado, “mandando uma bota de respeito”, desceu do carro e tirou o capacete: dava pra ver nos olhos dele o brilho indisfarçavel da alegria de quem acabara de exercer, na plenitude, a sua imensa paixão pela velocidade. Naquele momento, o homem serio, dedicado, profissional, tinha virado menino de novo, contaminado pelo prazer de andar no limite.

    Paulo, voce tem em mim, alem de um admirador irrestrito, um amigo.

    Grande Abraço

    Antonio Seabra

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>