MENU

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011 - 23:39Brasil, Caminhões

ESTARRECEDOR

SÃO PAULO (desanima) - Recebi o vídeo acima do blogueiro Tiago Starke, de Porto União (SC). Parece que foi gravado na BR 153, mas não tenho certeza. Também não sei em que trecho da estrada, que é uma das maiores do país. Vai de Marabá, no Pará, a Aceguá, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai. O motorista do caminhão que está filmando vibra com a insanidade do cara da frente, fazendo o que se chama de “quebrar asa”. Não estou familiarizado com os termos, portanto me perdoem os mais íntimos das coisas dos caminhoneiros.

Dá para ler, na carroceria do cara da frente, a inscrição “COSTEIRA”. Não serei leviano aqui a acusar a primeira Costeira que encontrar. Fui ao Google e achei mais de uma, o nome não é dos mais incomuns, o país é imenso.

Tem uma em Manaus, outra em Pernambuco, há endereços em São Paulo e no Paraná, se ficar buscando, vão aparecer outras. Mas o dono dessa Costeira do vídeo certamente saberá identificar seu caminhão. E a polícia, sei lá qual, deveria ter aberto uma investigação. Se não abriu, que abra. Esse cara tem de ser preso.

Este blog tem uma certa audiência. Gostaria muito de receber mensagens das diversas “Costeiras” do Brasil para que possamos identificar o criminoso.

129 comentários

  1. Eduardo disse:

    Pessoal, vi esse vídeo a vários dias e imediatanente mandei um e-mail para a transportadora Costeira falando da minha indignação e enviando o link do mesmo…Estou até hoje esperando receber pelo menos uma resposta informando que estão tomando as procidências!!! Mas sei que nada vai acontecer!
    A alguns anos tive uma experiência aterradora na Rodovia dos Imigrantes sentido São Paulo. Quando voltava do litoral, uma carreta da Rios Unidos começou a cruzar a pista em zigue-zague não permitindo a ultrapassagem de nenhum veículo. Isso aconteceu por quase 10km e só conseui ultrapassar o ANIMAL já no trecho urbano próximo ao Ipiranga! Anotei os dados da careta e mandei um e-mail para a empresa e estou até hoje sem nenhuma resposta!
    As empresas só começarão a nos dar atenção quando esses vídeos começarem a pear no seu caixa!

    Abraço a todos!

  2. galileu disse:

    caras, às vezes é melhor ser surdo, comentei esse video com uns amigos e um deles me saiu com essa perola: antigamente os carreteiros tiravam todo o sistema de freios das carretas, deixando apenas o sistema do cavalinho, diziam que era p ara economizar no preço das lonas. se alguem já ouviu ou presenciou esse fato, diga-nos, a supressão do freio traseiro, mesmo que parcial poderia provocar o famoso L ou a quebra do pino rei fazendo com que a carreta cortasse a cabine ao meio, como alguem em sã conciencia guiaria um negocio perigoso desses?, o cara jura de pés juntos que é verdade.não sei até onde isso é verdade, vendi o peixe como me venderam.

  3. galileu disse:

    caras, às vezes é melhor ser surdo, comentei esse video com uns amigos e um deles me saiu com essa perola: antigamente os carreteiros tiravam todo o sistema de freios das carretas, deixando apenas o sistema do cavalinho, diziam que era p ara economizar no preço das lonas. se alguem já ouviu ou presenciou esse fato, diga-nos, a supressão do freio traseiro, mesmo que parcial poderia provocar o famoso L ou a quebra do pino rei fazendo com que a carreta cortasse a cabine ao meio, como alguem em sã conciencia guiaria um negocio perigoso desses?, o cara jura de pés juntos que é verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>