MENU

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011 - 22:39Indy, IRL, ChampCar...

FECHOU

SÃO PAULO (no money, no racing) - Ontem Tony Kanaan se desligou da De Ferran Dragon. Hoje a De Ferran Dragon fechou as portas. Durou pouco a aventura de Gil de Ferran como dono de equipe.

Não sei direito o que pensar disso. Para uns, dinheiro parece muito fácil. Para outros, bem difícil. Bem, é o mercado. É assim que são as coisas, creio.

27 comentários

  1. marcio ximenes disse:

    COMO MANDAR MATERIAL PARA VOCE???????????????????????????

  2. ags disse:

    FG..Boa tarde………………..Só espero que o TK não venha fazer nada com com CAMINHONEIROS E OPALEIROS.. fica frio fy..lembremos de Pupo Moreno…sempre fazia umas 6 corridas com um pouco de sorte,,,quem sabe esse ano a MULÉ ZONA DO DARIO FRANCHITTI,,,deixa ele o a marido sem folego..e chamem ai o TONY… em todo caso..não venha fazer besteira de andar de carros bolhas..e nem caminhão…por favor…………………………..

  3. Sergio Andrade disse:

    Interessante este mercado virtual!!!

    Os caras sem a menor cerimônia vão à tv, lançam equipes, contratam pilotos e, de uma hora para outra, desaparecem. Coisa dos tempos modernos ou alguma lavanderia de primeira?

    Confesso que fico mais com a segunda opção!

    É por estas e outras que faço parte de uma Liga de Formula 1 virtual, http://www.rf1brasil.com, que não permite aventureiros, e o o cara não comparece toma muito cascudo!!! kkkkkk

    Agora, é estranho ou não é este comércio virtual de equipes que foram sem nunca terem sido? Coisa de louco!!

    Bom final de semana a todos, e se quiserem correr de verdade em simuldadores, com pessoas comprometidas, nada de arcade, nada de joguinho, corrida da verdade, sem ajudas e 100% de danos, bateu fud…, é só visitar http://www.rf1brasil.com

    É isso!

    Abraços e bom final de semana a todos!

  4. Pedro Wolthers disse:

    olá, esse seu comentário me fez lembrar da ” Equipe Brahma ” na formula Indy e que foi um fiasco.

  5. CARLOS disse:

    Ola, acho que uma boa pedida para o Tony é correr de estoque, alias FG, você nunca mais usou este termo ( ESTOQUE )…………

  6. Marcelo disse:

    Cadê o Rubinho pra segurar o pepino?

  7. luiz disse:

    Olha, patrocínio é um negócio complicado, pq depende do retorno que a empresa tem para fazer-se interessante ou não. A F-Indy é um negócio de americanos para americanos. Dificilmente uma empresa brasileira teria interesse em patrocina-lo. Mesmo pq o modelo da Indy não atrai público fora dos EUA, ninguém exceto os americanos gostam de corridas em ovais, isso é fato. Se fosse o contrário, a BAND exploraria melhor a transmissão, não o faz pq não dá audiência. Ademais, todos os pilotos dizem que nos EUA ganha-se dinheiro mais rápiso e fácil que na F-1. Porra, tantos anos correndo, ganhando provas, o Tony não tem 3mi para se bancar? O Gil, dono de equipe e ex-piloto, não tem para bancar a própria equipe? Duvido, se os dois pularam fora é pq não quiseram investir o próprio dinheiro num negócio que não lhes renderia o suficiente, então, pq outras empresas o fariam??

  8. João Eduardo Zeggio disse:

    Belas respostas…parabens, concordo 99%
    Esse 1% que falta é com relação ao Gil….o cara como dono / chefe de equipe não tá dando certo, começou na Honda….

  9. Vinícius Carvalho disse:

    Pq não chamam o Tony pra correr na Hispania? Atrairia algum tipo de patrocínio, a F1 ganha um nome de peso a mais para 2011 e o Tony pode pensar em aposentadoria sem demora….

  10. 2SIX disse:

    1- Falta grana nos EUA;
    2-

  11. luiz alberto disse:

    Por favor ;alguem que souber poderia me informar?
    Pois tenho a “impressão´´ que a De Ferran na ALMS não estava tão mal,más a mania de pilotos e agora dirigentes de que quando no exterior só querer as categorias de Open Wheel ,desprezando totalmente outras categorias que em centros mais desenvolvidos(1*mundo)até tem mais visibilidade,está acabando com o “emprego´´de piotos brasileiros.
    Seria a total IGNORÂNCIA da maioria dos brasileiros que se dizem entendedores de automobilismo, de ao menos saber que estas categorias existem :ALMS,FIA GT ,ILMC,GRAND AM,DTM,WTCC. Até tu Flavio,pouco fala sobre elas,e olhe que a Jaguar esta com uma dupla mineirinha na GT1,e a Nissan tambem tem brasileiro pilotando um GT-R( carros muito mais proximos de pessoas indinheiradas como o Flavio Gomes,que pode ter um em sua garagem e correr nos racing days ,de que sempre participa).Na verdade só temos um abnegado reprter(tão competente como FG)que nos traz informações sobre estes eventos.
    Flavio Gomes,será que vc tambem não poderia ajudar a formar “cultura´´nestas categorias,com seu conhecimento e estilo jornalistico que tem muitos leitores assiduos como eu ?

  12. Paulo Emilio disse:

    Mas o Rubens Barrichello não falou que iria emprestar o dinheiro ao amigo baiano, caso fosse necessário ? Agora eu quero ver !

  13. Valmir Passos disse:

    Olha, não é fácil realmente juntar dinheiro para um esporte caro como esses. Mas que essa história está muito mal contada, ah isso está.

    Abs

  14. Fabio Amparo disse:

    Gosto muito da Indy, acho que eles mantém um pouco da tradição garagista das corridas. Mas é cada vez mais difícil não depender do maldito $.

    Tomara que Tpny consiga se manter em alguma corridas esporádicas.

    Abraços

  15. Kirk disse:

    Concordo com os que dizem que o problema aqui nao era o time do Gil, mas a indy em geral e a falta de exposicao no Brasil. Em outras categorias como a ALMS o time do Gil tinha patrocinio e era bem competitiva, entao nao era por falta de confianca na equipe, e com um piloto como o Tony esse equipe era uma otima oportunidade de pagar pouco e em algumas corridas como as Indy 500 ter chance de ganhar e consequentemente mais exposicao.

    Dificil de entender essa, mas aposto que se o Tony fosse pra Nascar arranjava a grana facil pra competir o ano todo.

  16. Rodrigo disse:

    Noite 69!!
    Uma pena, esse mundo vai de mau a pior Gomes!! tantas empresas no Brasil, e nego colocando din din em corrida de Bat Stock….

  17. César disse:

    Gil e Tony são talentosos e competentes. No final das contas, infelizmente isso é o que menos conta :-(

  18. Maurício Stork disse:

    Flávio Boa noite,

    Não tenho seu email por isso mandei por esse espaço aqui mesmo…. voltando o assunto daquele “piloto imbecil” que anda a 300 olha esse video, após o acidente o cara da R1 quebrou a clavicula e o da Falcon teve que amputar o pé.

    Abraços

    http://www.youtube.com/watch?v=-Pq6kN8pyJc&feature=player_embedded

  19. PH di BH disse:

    Alguns pontos de vista:
    1) Tony, Gil e quem ficou a pé na Indy por ñ ter patrocinio, podia levar a conta para a Band, a “emissora” oficial. COrridas mostradas pela metade ou compactos de 4, 5 minutos. Que empresa vai investir?
    2) Pelo blog do Vitonez, eles precisavam de US$ 3 mi. Os grandes bancos brasileiros (Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco, Caixa, Santander, Safra, Banrisul e BNB) lucraram R$ 44,7 bilhões no ano passado. LUCRO! Porra, nenhum quer exposição nos EUA?? Por “míseros” US$ 3 milhões?
    3) Unilever (Knorr), Honda, Guarana Antarctica, Fiat, Niely pagaram R$ 16,9 mi para bancar o BBB. Nenhuma delas queria exposição lá fora, e durante o ano todo, e pra um pilotodo “calibre” do Tony??

    Juro pra vc q se sair meus 6 numerinhos na Mega no sábado, eu ligo pro Gil e pro Tony na mesma hora…

  20. Alex Moreira disse:

    Uma pena mesmo!

    Aposto que se a Globo transmitisse a Indy, conseguiriam alguma coisa com as empresas daqui…

    • Janus disse:

      É, mas com a Band transmitindo meia-dúzia de VTs, às 23h30, (mais ou menos como o esquema da Globo com suas “transmissões” meia-bocada Stock), fica complicado mesmo, dá pra entender perfeitamente a falta de trouxas, digo, de investidores dispostos a bancar.

  21. galileu disse:

    as coisas são mesmo assim, no mundo de hoje, o que importa é o poder do dinheiro, é um,a pena ver o tony desempregado, e aí me parece que o rubinho quiz ajudar financeiramente, ele poderia ter se associado ao gil para manter a equipe, e assim estaria garantindo um lugar na indy quando se aposentasse.
    Flavio te mandei uns videos, temmum de uma velhina num laika , o unico lugar para onde consegui mandar foi para o warmup,
    e pessima noticia, voce perdeu o almoço quew eu ia lhe pagar na Lusa, o dalton fechou o restaurante.

  22. Thiago Barbosa disse:

    Na Indy arranjar dinheiro é dificil pra todos, creio que o dinehiro escasso na Indy não seja apenas reflexo da crise, o maior problema é a falta de exposição, afinal, quem (além dos trouxas que investem na stock) vai gastar milhões pra sua marca não aparecer? Infelizmente essa e a realidade da Indy, então ou o cara tem bagagem como Roger Penske e Chip Ganassi, ou vende vagas como Jimmi Vasser e Dale Coyne.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>