MENU

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 - 14:51Foto do dia

FOTO DO DIA

GP da Argentina de 1978. Lugarzinho aprazível era a Argentina naqueles anos… Quem mandou foi o Humberto Corradi.

22 comentários

  1. emenelsen disse:

    Nesse GP, o Piquet foi prá corrida com o BT46 (e no Brasil largou com o peso-pesado BT48) e se envolveu num acidente logo na largada; Lafitte ganhou com um Ligier,….projetado pelo Ducarouge, que anos depois faria uns Lotus meia boca pro Senna e um horrivel para o Piquet (1988).

  2. edu disse:

    era argentina mas poderia ser no Brasil tambem a macacadinha de hoje nem imagina como foram esses anos na america do sul

  3. André Moro disse:

    Mais que Brabham maravilhosa, o motor era ALFA ROMEO !!!

  4. JCMATTIOLI disse:

    … como eram chinfrims os uniformezinhos desses milicos! Os capacetes se parecem com aqueles de plástico, que Saddam Hussein dava para seus soldados enfrentarem os americanos.

  5. Orlando Salomone disse:

    E não ganha não, p’ra ver uma coisa, “seu” Carlos Reutmann. Nem lembro se ele corria nessa época.

  6. Fábio Aguilera disse:

    Ah, quanta saudade do meu FAL… amanhã irei ao quartel para matar a saudade!

  7. Roberto Valle disse:

    FN FAL, igualzinho o daqui…

  8. Paulo F. disse:

    Esta Brabham é maravilhosa. Outra equipe que podia voltar, oops é do Bernie a marca….

  9. Joaquim disse:

    GP da Argentina de 1978, barra pesadíssima sob o tacão da junta militar – Jorge Rafael Videla (que posaria depois de presidente), Emilio Eduardo Massera e Orlando Ramón Agosti – que havia deposto Isabelita Perón que por sua vez havia sucedido como vice presidente seu marido, o caudilho Juand Domingo Perón.

    Dois anos após assumirem o poder, a situação politica e economica na Argentina ainda fervia, com os peronistas de um lado e os Montoneros (grupo extremista de esquerda) de outro, fazendo a agitação popular.

    neste cliamd einceretza é que foi realizado o GP da Argentina de 1978, mais uma tentativa da junta militar em demonstrar uam certa “normalidade” no país. Vitoria de Mário Andretti e sua Lotus 78, depois de Juan manuel Fangio errar a bandeirada e encerrar a corrida com 52 voltas das 53 regulamentares.

  10. tevez disse:

    Sim…..tinha 17 anos e morava lá naquela época….A gente era descida na porrada do onibus ou te paravam na rua para te pedir documentos, tudo bobeira, porque eles nem sabiam o que procuravam, tinha dias que acontecia 3 vezes e se saia a noite era mais duas, sabe os tornozelos inchados de eles te chutar pra abrir grande??….ou o cara te tirar o dinheiro que tinha no bolso…era assim…

    Mudei em 1979 pro Brasil após tomar um puta de um cagaço que me fez decidir ir embora no outro dia, nunca mais me pararam na rua pra pedir documentos, nunca mais tive medo…

  11. FERNANDO MONTEIRO disse:

    Vamos falar a verdade, não perdemo nada, a F1 está monotona. Está chato, ninguem passa ninguem, e se ´passar é por uma ordem de equipe ou por milhões de regrinhas. Circuitos chatos, motores fracos, corridas bobas. A emoção se foi há muito tempo. Ainda querem tirar Spa do calendário. Mesmo sendo uma unha do que era, ainda assim é um circuito apaixonante. A F1 É UM VIDEOGAME, E TUDO QUE ACONTECE EM UMA CORRIDA DE VIDEOGAME É DECIDIDO POR UM PROCESSADOR. EU DETESTO VIDEOGAME.DETESTO COISAS VIRTUAIS.

    PS: ESPERO QUE ESSA NOVA FEBRE JAPONESA DE SHOWS COM CANTORES VIRTUAIS NÃO CHEGUE POR AKI.APLAUDIR ALGUEM QUE NÃO EXISTE??? ARHG!!!!!

    ABRAÇO A TODOS

  12. G. B. disse:

    A máquina de moer carne dos militares argentinos estava a pleno funcionamento. Talvez o autódromo fosse próximode um Centro Clandestino de Detenção…

  13. Valmir Passos disse:

    Pois é….e apesar da ditadura absurda, Argentina e Brasil nunca tiveram seus GP`s cancelados por motivos políticos por assim dizer. O mesmo vale para Kyalami na Africa do Sul. Confesso que fiquei surpreso com o cancelamento do GP do Bahrein….melhor assim. Seria melhor que nunca mais ocorresse.

    • Roberto Borges disse:

      Algumas diferenças entre o Bahrein e a América do Sul podem ser estabelecidas:
      a segurança do “circo da F1″ nunca esteve ameaçada por aqui;
      a principal, o investimento da F1 nunca esteve ameaçado por aqui!

  14. sérgio castro disse:

    Motivo pelo qual os peruanos entregaram aquele jogo da copa aos donos da casa, vergonha…

  15. TOM SEM FREIO disse:

    Nessa época na America do Sul, o negocio era BRAVO………….

  16. Filipe disse:

    O que tinha, e tem, de comunista nessa Fórmula 1… vai saber, todo cuidado era pouco. Os generais deviam ter calafrios só de pensar nos sovietes de Maranelo. Aqueles carros vermelhos gritão a comunismo até hoje.

    Idiotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>