ARRASADOR | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 17 de maio de 2011 - 16:38Automobilismo brasileiro, Stock Car

ARRASADOR

SÃO PAULO (sobra para todo mundo) - Douglas Soares, que passou pela F-Renault, F-Atlantic, F-3 e estava correndo na Montana, desistiu do automobilismo. A entrevista que deu ao Felipe Paranhos, do Grande Prêmio, é um murro no estômago dos que conduzem o automobilismo brasileiro. Merece ser lida de cabo a rabo e deveria servir como ponto de partida para uma reflexão sobre o que está acontecendo nas pistas do país. Especialmente para o pessoal da Estoque & Satélites.

Entre muitas outras coisas, ele diz que domingo, no Velopark, de novo não dava para enxergar nada dentro dos carros da divisão menor, que já fez uma vítima fatal neste ano.

Ninguém faz picas. O cara para de correr, um a menos. Assim é.

44 comentários

  1. Clenio Azevedo disse:

    Eu já havia dito que o que estava errado era com o carro e não com a curva em Interlagos. Agora vão gastar dinheiro para fazer área de escape e as p….. destes carros continuarão com a falta de segurança par competir! Sempre assim nêste país grande e bôbo…

  2. Douglas Soares disse:

    Boa noite, Flávio.

    Agradeço o espaço cedido pelo site para expor os motivos pelos quais desisti de correr.
    Tenho plena consciência que nada vai mudar, não é de hoje que o automobilismo brasileiro enfrenta esses monopólios….
    Mas espero que pais de futuros pilotos realizem sobre o que seus filhos irão passar, antes de comprar macacão e capacete para o pequeno, pensando ser esse, o próximo Ayrton….

    Grande abraço!

  3. Paulo Franco disse:

    Mas Matheus, não precisa ir para a Europa para voltar falido.
    Vc viu os custos para se correr no Brasil?
    Viu as comparações entre a Montana Cup e a F- Atlantic?
    Do jeito que está, o cara vai a falencia por aqui mesmo, já no Kart!

  4. Rogevilson disse:

    Apesar do Douglas ser um piloto medíocre desde os tempos que corria no Paulista de Kart, tenho que dizer que é uma pessoa com bom senso. Boa sorte na nova empreitada !

  5. Mário Gasparotto disse:

    Pelo menos este teve o tempo de escolher se para ou continua…

  6. Dyego disse:

    Automobilismo Nacional é uma verdadeira VERGONHA! Começando por essa Stock chata, e terminando por ela mesmo, já que é a única categoria que tem alguma “visibilidade” aqui no Brasil..
    Uma categoria chata de se ver, mal administrada, que não forma piloto algum, com péssimos carros (isso nao sou eu quem digo, mas sim os proprios pilotos).. etc etc etc..
    Uma VERGONHA!

  7. Luiz disse:

    Sobre o comentario do Roberto Lacombe…ele foi um piloto de merda e é metido a jornalista de Automobilismo no qual é um bosta .quem é essa figura para desmerecer qualquer piloto. outra coisa ele faz parte da curriola da CBA….era só o que me faltava….abração Flavio…pau neles..

    • Roberto Lacombe disse:

      Luiz seu ‘palhaço’, bosta é tu que não se identifica, seu cagão de merda!

      Pelo menos eu tenho coragem de assinar o que escrevo não sou covarde como tu.

      Tenho 25 troféus na estante com vitórias e pódiums em provas de baterias e 12 horas, quantos tu tens?

      Desde quando fiz parte de ‘curriola da CBA’ seu cagalhão?

      Fui Diretor Desportivo de Kart do ACRGS por um ano em 1900 e bolinha e mais nada, graças a Deus.

  8. Augusto Maximo disse:

    Se é que alguém vai dar importância aqui para o meu post, mas vou arriscar.

    Num momento do automobilismo nacional, onde, com razão, as críticas são diversas, vejo um “mundo paralelo” se criando. Digo “mundo paralelo” porque parece que limitamos o automobilismo nacional à Stock Car, Copa Montana e Mini Challenge, que não é referência para nada.

    Neste ano, vimos a criação da Mercedes-Benz Challenge, a DTCC (dos Audi A3), o Campeonato Brasileiro de Marcas (da mesma Vicar – apesar de ser fotocópia autenticada em cartório da Stock). Vemos também a consolidação cada vez maior da GT Brasil, e o crescimento pequeno, porém gradativo da Trofeo Linea, sem contar a consolidada Formula Truck.

    Muitos irão criticar, dizendo que a categoria das Mercedes e Audi são para os mais abastados, a tal “gentleman drivers”, que o custo é assim, assado. Não é segredo que automobilismo é esporte de elite sim, e que quem a ela se submete, deve partir do princípio que ali não vai ganhar dinheiro, a não ser casos raríssimos, dos tais “pilotos profissionais”, que na verdade, já são pessoas vindo de famílias de excelente condições financeiras.

    O ponto que eu quero chegar é: será que não estamos supervalorizando a Stock Car (e subsidiárias) pelo fato dela ser “apoiada” (tem que ser entre aspas né) pela Globo, e com isso, desviamos os focos de outras excelentes opções?

    A ultima etapa da Linea garantiu excelentes pegas, muitas disputas, uma igualdade grande, destoada pelo talento dos pilotos, que fazem a diferença vir no braço. A GT Brasil é muito emocionante, e ali sim, permite a criação de torcidas, por pessoas que amam a Ferrari, que admiram as Lambo, que vibram com o ronco dos Fordão GT-40, a tal “multimarcas” que as pessoas recorrentemente imploram, e que tanto comparam com as categorias argentinas.

    Sem contar que o custo do Trofeo Linea é muuuuito abaixo da Copa Montana, e acredito que o custo da GT Brasil (em suas duas categorias – GT3 e GT4) deve no máximo emparelhar com a da Montana.

    Será então que não seria hora de fazermos crescer as outras categorias, apoiando e participando delas? Não podemos limitar o nosso automobilismo a Stock, que já perdeu muita a graça, e deixamos de aproveitar as outras boas alternativas que estão por aí.

  9. Clauke disse:

    Galileu
    Parece que seu telescópio esta embaçado ou você tem o rabo preso com a Globo ou é ingênuo mesmo. Ela tem culpa no cartório da estoque sim, porque ela para ganhar $$$ doura a pílula, ainda mais que o todo poderoso Diretor de Automobilismo da emissora tem o seu filinho correndo na categoria e este ano ele também recebe para falar com todas as letra$ nas transmissões da F1 o que ele só dizia RBR no ano passado. Que coincidência não é mesmo!

  10. zeabreu disse:

    Não defendo nem acuso ninguém, mas vejam o texto que saiu no Total Race dia 12 de maio:

    “Para a corrida deste fim de semana no Velopark, os modelos JL-09 da Copa Caixa Stock Car terão uma série de mudanças.

    Serão cinco alterações principais: a pintura da parte interna do carro com tinta resistente ao fogo, uma nova saída de ar para deixar a temperatura mais amena para os pilotos, novidades no freio (que terá discos e pastilhas maiores), uma nova entrada de ar no teto dos carros e o uso obrigatório de para-brisa com desembaçador elétrico na corrida.

    As mudanças vêm prontas da JL, mas os mecânicos das equipes demoraram cerca de 30 horas para fazer a instalação. Segundo a Officer ProGP, a alteração mais importante diz respeito à instalação dos novos discos traseiros de freio, que agora tem diâmetro de 330 mm, ou seja 34 mm a mais que a medida anterior.

    Para fazer a instalação foi necessário retrabalhar alguns itens, como o discbell (peça que suporta o disco de freio), e empregar adaptadores na manga de eixo para evitar contato entre a pinça de freio e a roda. Com os discos maiores nas rodas traseiras o acerto dos carros levará em conta os novos valores de transferência de carga nas frenagens.

    O custo do pára-brisa obrigatório construído em vidro laminado é de R$ 1.650,00, sendo que as equipes ainda pesquisam sobre fornecedores na versão construída em material sintético derivado de plástico.

    Segundo Zequinha Giaffone, diretor da JL, as mudanças irão acelerar o processo de evolução do carro da Stock Car. “A busca por novos elementos, sobretudo visando segurança, é uma constante no automobilismo, em todas as categorias, do kart até a F-1. Vamos sempre trabalhar em conjunto com as equipes, pilotos, CBA e Vicar para seguir nesta evolução. É um trabalho que não para nunca e vamos seguir sempre trabalhando nesta direção.”

  11. Matheus disse:

    ao animal que disse que Se nada mudar também viraremos um Pais de “Fangios” e que caminhamos a passos largos no mesmo caminho já traçado pelo Automobilismo Argentino, tu nao conhece nada do automobilismo argentino né? la eles tem um automobilismo muito tao forte que nao perdem tempo torrando grana para tentar a sorte na europa e depois voltarem falidos. Nao ficam preocupados se vai ter um piloto argentino na f1, mas claro, aqui, no brasil para um piloto ser reconhecido só se for campeao da dificílima f1, com seus botões de ultrapassagens e suas asas moveis.

  12. Fábio disse:

    Só sei que “alguém” deve tá enchendo o rabo de dinheiro com o automobilismo do jeito que tá.

    O cara parou de correr, sim mas e aí? tem uns 20 que querem e com a graninha do papai p gastar, a CBA sabe disso e tá se lixando.

    É por isso que o automobilismo no Brasil tá morrendo, pilotos sérios saem e entram moleques endinheirados que enchem a cara nas baladas às vésperas das corridas.

    Muito triste td isso…

  13. Roberto Lacombe disse:

    Bla, bla, bla… mi,mi,mi…

    Essa história é mais velha que ‘mijar pra frente’!

    Piloto desiludido com o automobilismo porque é difícil conseguir ‘$obreviver’ no esporte ou porque o colega morreu?

    É ele e a torcida do Flamengo…

    Já dizia Chico Landi:

    - PILOTO NÃO TEM QUE GOSTAR DE CORRIDA, TEM QUE SER UM APAIXONADO COMO EU!

  14. Lott disse:

    Por coincidência li essa entrevista que o Toninho da Matta deu no ano passado:

    http://www.nobresdogrid.com.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=303:entrevista-toninho-da-matta&catid=56:nobres-do-grid-entrevista&Itemid=93

    Diferentes gerações, pensamentos iguais. Automobilismo brasileiro com os dias contados!

  15. Fabrício Jabur disse:

    Estava tentando assistir à corrida, tentando pq deu sono, qdo inicio a chuva, parecia que ia ficar inbreressante. Ai me vem os fiscais e metem pace car. A única coisa boa é que o Lito Cavalcanti meteu o pau na CBAm chamando-os ao vico de incopetentes.

    Que saudades do Limite….

    Hj pra mim ESPN = Globo

  16. Rodrigo Assis disse:

    Boa noite Gomes 69,
    Rapaz, do jeito que a coisa vai, não vai ter piloto nem nessas categorias da turismo.Isso, é uma vergonha sem tamanho.

  17. Bob Biker disse:

    O kart viveu isso primeiro, e caiu num buraco negro. Só tá começando a voltar (engatinhando lentamente) agora. Mesmo assim graças a esforços isolados de particulares e a mentalidade de redução de custos. O automobilismo brasileiro não enxergou, e tá caindo no msm buraco. A longo prazo será bom (quando a carniça acabar, os abutres vão debandar), mas vai demorar muito, muito mesmo. A ganância de grana e poder matou o esporte. O que esse cara falou nessa entrevista, eu vivi no kart a 15 anos atrás. EXATAMENTE A MSM COISA.

  18. Marcelo Trindade disse:

    Não lí nada de novo na entrevista. Principalmente considerando todos os posts sobre o tema já publicados aqui no blog. A situação deste piloto é simples: não tem ou não está disposto a continuar gastando uns 50 mil por mês para brincar de correr de carro. Oferece qualquer cadeira elétrica de graça e aposto que ele não vai pensar duas vezes.
    A situação no Brasil de Scagliones, Pinteiros, Nuzmans, etc está braba, é verdade. Mas correr de carro nunca foi barato nem seguro.

  19. Rodrigo Moraes disse:

    Os pilotos são as moscas e nosso automobilismo é uma merda. E é a primeira vez que eu vejo as moscas cansando da merda…

  20. Luiz Dranger disse:

    É Flávio, muito triste, mas a entrevista é fiel ao que acontece. Seria tão mais barato e divertido usarem carros de linha com preparação leve (chips, comandos, etc). Adoraria ver Hondas, Toyotas, Fiats, GMs, VWs etc correndo. As equipes poderiam ser menores com custos reduzidos. Mas aí, a mamata da Vicar, do fabricante de chassis, importador de motores etc iria acabar e provavelmente fechariam as portas. Já acompanhei pilotos de perto e sei do sufôco que passam com patrocinadores etc… Se por algum motivo a Globo tirar o time, a categoria acaba ! Sorte do Douglas que continuou os estudos e tem opções, o que é raro entre os pilotos em atividade.

  21. Ricardo Bigliazzi disse:

    Realmente temos um problema sério no Automobilismo Brasileiro… caminhamos a passos largos no mesmo caminho já traçado pelo Automobilismo Argentino.

    Se nada mudar também viraremos um Pais de “Fangios”.

    Me desculpem os situacionistas… mas o nosso Brasil anda mal das pernas em quase todos os setores onde é necessário o minimo de dignidade e seriedade.

    Segue o jogo… temos os governantes (e seus derivativos) que merecemos.

    Imperador
    “Assustado com muita coisa que esta sendo orquestrada nesse Pais… que faz os Militares de 60/70 parecerem Noviças de um Convento Carmelita”.

  22. Milton Eller disse:

    Grana, Grana, Grana, é o que interessa aos “dirigentes” da CBA e Globo, os pilotos ,que se F…., grande entrevista de um cara corajoso e amante do esporte. Infelizmente nosso automobilismo chegou a este ponto, uma pena… Flavio tomara que a categoria dos classicos nunca acabe, pois assim veremos gente que realmente gosta do esporte e faz tudo com profissionalismo e amor.

  23. Maurício MV. disse:

    Joguem logo a pá de cal no finado automobilismo nacional.

  24. Vander Romanini disse:

    É, pois é!!!!
    Como é que fica?
    Acho que deveria fazer uma espécie de greve!!!!!!!!
    Pára todo mundo, não corre ou faz a volta de apresentação e recolhe o carro para o box!!!!!!!!
    É o que eu acho.

    • Mário Sérgio disse:

      Mas Vander, uns dos argumentos iniciais que ele cita na entrevista é a falta de união que existe entre as equipes.
      Nunca mais essa categoria andará pra frente. Só há preocupação com os VIPs , e suas alas VIPs, com as festas VIPs e aqueles endinheirados patrocinadores [hiper-VIPs].
      Quanto aos pilotos, agora são fantoches, os carros compõem o figurino e o autodromo é o palquinho. Virou uma grande encenação (muito perigosa, diga-se).
      Já a CBA… bom, a CBA é enganação mesmo.

  25. marcão disse:

    Muito, mas muito esclarecedora a entrevista do piloto Sr. Douglas Soares…..

    Será possível que nesse esporte “ainda” impere o “aqui quem manda sou eu?”

    O cara correu 15 anos, em várias categorias! Sabem o que é quinze anos de estrada? É uma vida, no mínimo experiencia o cara tem, sabe bem o que está fazendo e principalmente o que está falando!!!
    Essa Vicar tá merecendo um esculacho dos grandes, pelo que eu entendi todo mundo perdeu o seu patrocinio pessoal!
    E os caras ainda continuam arrotando caviar?
    Isso tá falido, desde o ano passado que temos visto os sintomas da decadencia. Ainda vendem o apelo principal , e os caras tiram essas despesas todas de onde? Do rabo?E mais um dizendo, afirmando, convencendo de que o carro é uma “merda” alem de caro…
    Palavras de quem esteve lá dentro, não somos nós que estamos supondo, não, agora é uma afirmação, e grave, gravissima por sinal..
    Esses caras da vicar estão pondo vidas em risco, a troco de mais um monte de dinheiro!
    Depois ficam os problemas para os familiares, e para os outros, menos pra eles…
    Esses caras tem que ser responsabilizados pelo que estão fazendo. A vicar por ganancia sem limites, o fabricante por pura omissão, e a Confederação, atravéz dessa coisa que se diz se humano o Sr. Valduga. Por ser conivente com tudo isso que estamos assistindo hoje.. Tem que responsabilizalos mesmo, A morte dos pilotos é um crime …. Está provado, o carro é inseguro, perigoso, antigo, ultrapassado…. Tem que haver uma punição e exemplar para os organizadores, punição daquelas mesmo…
    Tá certa a globo de não passar mais, a rede TV tambem não deveria passar mais.. Quem sabe assim a ficha desses ai cairia, e a bola tambem murcharia…

    Tá na hora, não, desculpem, já passou da hora de uma remodelação total nessa categoria que já foi uma das grandes do Brasil… Hoje não é mais, e nem nunca mais será.Filosofia onde se pode tudo e acima de tudo e de todos já saiu da moda faz um tempão.. Só os trouxas é que caem nessa ainda….
    Essa Dolly também não tá me cheirando bem não, tem coisa errada ai.. Vamos apurar????
    A cada dia novas denuncias e desabafos envolvendo o esporte a motor, cada hora é uma coisa! E em todas tem os dirigentes envolvidos, e a CBA parece que gosta de confusão mesmo, quando não está diretamente está indiretamente ligada a esses escandalos…Esse ministro dos esporte tem a obrigação de dar uma olhada “com muita atenção”” Nessa corja da CBA e suas federações… E no envolvimento de seus funcionários em categorias do esporte.. Isso não pode acontecer, a CBA e seus comandados teria que ser imparciais e sem nenhum tipo de envolvimento com equipes pilotos categorias e patrocinadores… Só ai já tá errado.. Fora o monte de escandalos que a gente leu no ano passado e no incio deste….
    Essa CBA hoje é mesmo um caso de policia, não tem jeito.. A gente ainda teima em dar um voto de confiança mas não adianta nada, vira e mexe e os caras estão aprontando de novo… Por que será? Pelo poder? ou pela grana?

    Sr. Douglas Soares, parabens, o seu dinheiro, seu tempo e sua vida não são capins!!!
    É liquido e certo que nas suas palavras francas outros pilots se juntarão, pode ter certeza disso… Vc fez acoisa certa, o plano “B” seu, ainda pode mudar, se essa corja instalada aqui no Brasil que se diz trabalhar em nome do esporte aos poucos está sendo desmascarada.. Logo logo , o esporte retoma as rédeas dessa situação absurda e sem propósito que estamos assistindo hoje….
    E, mais coisas vão aparecer, muito sujeira ainda vai sair desse ralo entupido, e junto com essa podridão toda os nomes ainda vão aparecer… É autodromo sendo desmantelado, custos de preparação altissimos, categorias são criadas só pra tirar dinheiro dos que gostam da velocidade. Tiram dinheiro de patrocinadores, destroem regras no meio do jogo!
    Que coisa…. Será que os bandidos mudaram de profissão? Uma categoria que está sendo esvaziada toda hora, ainda conseque ter custos tão altos assim? Um carro defazado já não deveria ser tão caro.. Ai tem, se procurar vai achar….
    Parabens, por mais essa reportagem esclarecedora, e parabens ao piloto por tido tanta coragem em abrir o jogo…..E também pela coragem em ter um plano “B” depois de 15 anos de estrada…

    • Roberto Mota disse:

      Lhe aplaudo de pé,amigo.Brilhante.

    • galileu disse:

      marcão, hoje o dono da vicar está fazendo exatamente o que fizeram com ele na época em que corria de omega.
      por um desacerto nos preços do hospitalit center, (sei lá acho que esse é o nome ainda, enfim, aquela parte reservada aos patrocinadores em cima dos boxes), ele perdeu o patrocinio0 de uma grande empresa de ferramentas.que patrocina até a nascar, vendeu o carro, ( o comprador correu com o patrocinio da gaviões da fiel, com escudo corintiano e tudo na porta), resolveu ser dirigente, manobrou nos bastidores com a GM,chegou a fazer um bom trabalho, mas hoje o que vemos é isso aí. apenas 2 empresas ganham dinheiro de verdade na stock, a vicar e a jl

    • marcão disse:

      Galileu vc é uma pessoa que sabe bem do que fala e não fala tudo o que sabe, por razões óbvias…
      Eu respeito isso, foi legal vc falar que só duas “”empresas”” ganham dinheiro com a Stock…
      Não sei se é só, mas ainda acho que a globo também leva algum…
      Agorta, com certeza nós todos sabemos que um montão de “‘pessoa física”‘ leva grana a cada corrida , na maioria das vezes esse dindin é passado por baixo do pano, e nem a receita federal fica sabendo das artimanhas……
      É isso também que precisa ser resolvido de uma vez por todas.. Esse caminhão de dinheiro que é movimentado na surdina nas etapas das corridas!!! Acabando om o dinheiro fácil, 80% dos “”espertalhões”” caem fora rapidinho….

  26. Dionisio disse:

    Acompanho o Automobilismo tem 45 anos. E tudo continua exatamente igual, falta dinheiro e correr é perigoso porque os carros não seguros o suficiente. São outros tempos, outros personagens mas isso não muda, porque corridas são assim.

  27. Fabio Souza disse:

    Flavio,

    Realmente, o automobilismo está em situação que nunca pensei que chegaria. E o pior, não existe o menor indício de que isso posso se reverter. Enquanto a grana estiver enchendo os bolsos daqueles que estão na direção da CBA (e suas sedes regionais), para que se preocupar, não é? Acho que nem espera 2012 para o fim…

    Agora, só como dica (é bem provável que você conheça), segue o endereço de um site que tem muitas coisas legais (vai lá na parte de “curiosidades”, para ver quantas fotos legais, inclusive de postos antigos): http://www.carroantigo.com/

    Abraço

  28. Fabio Amparo disse:

    Mais esclarecedora impossível.

    Tomara que este murro chegue à boca do estômago da Globo e da CBA.

    Abraços

    • galileu disse:

      porque da globo? CBA, Vicar e a JL que fabrica e comercializa os carros em sistema quase de monopólio, hoje 80% é fabricado,ou fornecido por eles, daí os custos elevados.
      eles sim deveriam tomar socos na cabeça e irem a nocaute.
      são eles que matam a categoria e nossos pilotos.
      na ânsia de correr e mostrar serviço para o patrocinador, muitos pilotos se arriscam mais do que o necessário, colocando em risco sua vida e a dos outros pilotos, às vezes um totó, uma batida tem mais imagem vinculada que uma ultrapassagem no final do grid que a televisão não mostra.
      um excemplo, na stock opala, havia um piloto, que só largava pelo premniode largada, ´não treinava, saia em último, dava umas 5 voltas, abandonava, recebia o cheque e não tava nem aí.
      na corrida de brasilia, soube que iria perder o partrocinio da Vasp, o que fez?: mandou colocar um outdoor com o nome da empresa, combinou com o diretor de prova a volta em que ele sairia da pista atropelando a propaganda na curva da bruxa, e não deu outra, renovou por mais um ano

  29. Rafael (Rafal101) disse:

    Li e ……cara dá a sensação de nó no estomago…..que relato do descaso e falta de respeito que estes bostas que organizam fazem com quem realmente está afim do automobilismo: pilotos, equipes e suas estruturas.
    Digo novamente : GREVE GERAL!
    Experimenta parar uma ou duas etapas para ver se esses bostas não começam a respeitar um pouco mais as coisas.
    Estamos vivendo uma época de inversão de valores e isso é foda…contamina e cega o bom senso.

  30. disse:

    O cara é Foda c/ PH. Mandou na lata. Será que vão ligar para ele xingando?

  31. Rogerio M.S. disse:

    Nunca fui piloto, mas confesso que deu vontade de parar…

    • galileu disse:

      eu pareim faz tempo, e olha que naquela época não, era nada assim,havia seriedade no automobilismo nacional
      hoje eu tambem pararia.
      àrabéns pelas decisão. Douglas Soares, acima de tudo um, piloto ou ex piloto com ATITUDE.
      se todos fizessem o mesmo quertia ver se as coisaS Não mudavam na cba e afiliadas.
      para iniciar uma viagem basta dar o primeiro passo, Douglas deu o dele.

    • galileu disse:

      corrigindo. parei, ´parabéns, queria, não revisa o texto, faz duas vezes.

  32. moacir disse:

    Resumindo, esporte para filhinho de papai……..

  33. Danilo Candido disse:

    Essa declaração do Douglas é a que mais chama a atenção na entrevista:
    “(…) Esse carro mais moderno, o novo, até que é legal, mas o da Montana, pelo amor de Deus. Guiei na Atlantic, lá fora. Não sei o comparativo exato, mas, cara, se custa R$ 400, 500 mil pra correr de Montana, lá custava US$ 500 mil, só que a gente andava 6 mil km por ano. Aqui a gente anda 1.800 km. Custa mais caro andar de Montana do que era de Atlantic (…)”. “Mas o da Montana, pelo amor de Deus”…para um piloto dizer isto…à que ponto chegamos !
    Mais do que nunca torço para que esta porcaria de Stock, juntamente com sua filha mal-nascida Copa Montana, acabem, para o bem do automobilismo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>