SÓ VENDO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 19 de maio de 2011 - 15:27Autódromos

SÓ VENDO

SÃO PAULO (e apalpando…) - Pois ontem o governo de Goiás anunciou que será construído um novo autódromo em Goiânia. A história é a seguinte: vão vender a área onde está a pista atual para virar condomínio e um outro será erguido na cidade de Senador Canedo, na Grande Goiânia.

O governador Marconi Perillo garante que o terreno só será entregue aos compradores quando a pista nova estiver pronta: 4.500 metros de extensão, “inspirado” no traçado atual, projeto de Hermann Tilke, arquibancadas para 10 mil pessoas.

Custo entre R$ 150 milhões e R$ 180 milhões, que segundo o governo serão obtidos com a venda do autódromo antigo. Prazo de construção de 18 a 24 meses.

OK. O Téo José, que é da área, mora em Goiânia, sentiu firmeza no projeto.

Eu, como sempre, só acredito vendo. O modelo me parece interessante. Pelo que entendi, o governo não vai colocar um centavo de dinheiro público. É conta de português: a grana da venda banca a construção do novo. E por que não reformar o antigo? Isso já não sei.

Daqui a 18 ou 24 meses a gente fala nisso de novo.

34 comentários

  1. Arildo Ramos disse:

    Noticiado no Jornal O Popular, Organização Jaime Câmara, Afiliada Globo:
    04/06/2011 – 02:00
    Mudança do autódromo
    O empresário Lourival Louza Júnior quer saber se o Estado vai mesmo transferir o autódromo de Goiânia para outra área em Senador Canedo e o que pretende fazer do imóvel onde o autódromo está instalado atualmente. Para isso, apresentou interpelação judicial na 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual. A justificativa é que a área de mais de 837 mil metros quadrados foi doada para o Estado pelos pais do empresário, com a finalidade específica de construção do autódromo. O juiz Reinaldo Alves Ferreira, já pediu informações à PGE sobre o caso. O POPULAR já noticiou que o Estado pretende barganhar o imóvel com a iniciativa privada, o que Louza sinaliza considerar indevido.

  2. dyego disse:

    Pq simplesmente sai mto mais caro “reformar um antigo” do que construir um novo. :)
    compensa não..

  3. Edward Fernandes disse:

    Flavio,

    Sou de Goiânia, na minha opinião o negocio é válido da seguinte forma:

    1 – O Governo faz projetos de: novo autódromo e de Hospitais de Urgencia (tantos quantos forem
    necessários para ser igual ao valor da área do atual). Sugiro um no Nordeste; um no Sudeste;
    um no Sul; um no Sudoeste; um no Oeste e um no Norte de Goiàs é claro, por fim mais um em
    Goiânia.
    2 – Avalia a área do autódromo atual oferencendo-o em troca do novo autódromo e dos Hospitais
    de Urgência.
    3 – Promove a licitação na seguinte condição: A entrega do atual autódromo ao vencedor da
    licitação sómente após a conclusão das obras e entrega dos novos Hospitais e do novo
    autódromo ao Govêrno do Estado.
    4 – Isto tudo com divulgação transparencia de todos os momentos da licitação e conclusão do
    negócio.

    Abraços

    Edward
    4 – No local do atual autódromo não poderiam ser construidos Prédios com mais de 2 andares.

  4. Sérgio disse:

    Além do autódromo velho estar em uma área muito valorizada (perto dos alphavilles de lá), está em péssimas condições. Recebi um email da federação goiana (que tem gente séria), e este ano na primeira etapa do brasileiro de motovelocidade estaremos correndo no AUTÓDROMO velho na pista curta já recapeada, e na segunda, no fim do ano no circuito completo todo recapeado. Com a venda do terreno do AUTÓDROMO eles vão construir uma nova pista, contudo a pista velha só será entregue quando a nova estiver OPERANTE!!!! Assim que corrermos lá te conto mais novidades…….. Eu acredito no povo goiano!!!!

  5. Rafael Chinini disse:

    se for contar que tudo é verdade é simples:

    não reformam o antigo, pq não tem dinheiro. por isso vão vender um, pra com a grana fazer outro. não tem como vender ele mesmo pra se reformar.

  6. alexrgb disse:

    O motivo é muito simples: Valor atual da área onde está hoje o Autodromo 500 Milhões de Reais. Valor do novo autodromo 200 MI. Resultado? Sobra muito dinheiro na jogada.

  7. Valmir Passos disse:

    Duvido que saia do papel.

    E arquibancada para 10.000 é piada. Não paga a conta nem da limpeza.

  8. JJúnior.GO disse:

    O que ocorre, Flávio, é que em torno da área do atual autódromo foram construídos condomínios fechados de luxo e qdo ocorre algum evento no autódromo a reclamação é constante. Assim como os eventos no Goiânia Arena e no estacionamento do Estádio Serra Dourada também. As reclamações ocorrem em função do barulho e, principalmente, do trânsito que fica caótico na região, pois estão todos na mesma avenida, onde os acessos ficam congestionados. Acho que a reforma seria o ideal, mas dizem que seriam gastos na reforma entre 50 e 80 milhões e o governo do estado está quebrado, não tem grana para a obra. Será que eles não sabiam deste problema quando foi construído e vendido os imóveis??? O que me deixa triste neste Brasil, é que tudo é feito para dar boa vida aos que dela dispõem, nada contra eles, desde que nós, meros plebeus, tb pudéssemos contar com estes benefícios. Te convido a dar uma voltinha em Goiânia nos horários de pico e em dias de chuva!!!

  9. Marcello disse:

    Flávio, o autódromo atual fica numa área bem valorizada, perto do maior shopping da cidade (aquele que o doido jogou o avião) ( 16°43’2.80″S, 49°11’30.10″O), Senador Canedo fica mais à leste, já é mais afastado ( 16°42’14.97″S, 49° 6’29.55″O) mas nem tanto, uns 8Km do autodromo atual. A conta é a mesma de sempre, inclusive aqui em Brasília o “gente boa” do Paulo Otávio fez uma proposta parecida, ficava com a área do autódromo e construia um novinho em folha no Gama…. tudo “di grátis”!!!!

  10. Alex disse:

    Só tem um problema que eu não sei ainda como não foi comentado.

    A área do atual autódromo foi doada pelo Sr. Lourival Louza (que também doou a área onde está o estádio Serra dourada e muitas outras). Todos os Alphaviles foram feitos em áreas deste senhor.
    No instrumento de doação, há uma cláusula que determina que, caso a área seja utilizada para outra atividade, o terreno voltaria à sua propriedade.

    O Sr. Lourival Louza já é falecido. Seu filho, hoje à frente dos negócios, que incluem o maior shopping center do Estado, participação nos Loteamentos e diversos empreendimentos imobiliários certamente está muito atento à isso

  11. Renan disse:

    Flávio
    Se a conta terreno-circuito novo for correta(e imagino que seja) a única conta de português seria colocar dinheiro para reforma!
    Penso a mesma coisa do estádio da sua portuguesa! Quanto vale o terreno?? Qto custa para construir um em um terreno próximo a anhaguera ou a castelo?? Será que não conseguiria de permutar o terreno na marginal por um estádio novo, moderno, e que não seja defcitario??
    Ponte preta e guarani lançaram conversas parecidas em campinas!! E olha que se for pensar bem em campinas do de precisa de um estádio!!!

  12. Peterson Mota disse:

    Simples…o governo não arrecada um centavo de IPTU com o autodromo…mas com os condominios…vai arrecadar milhões por anos e anos e anos e anos, e claro…condomínio de luxo …Entendeu Flavio?

  13. Jader disse:

    Por que o Herman Tilke será contratado se o circuito será baseado no traçado atual? Colocasse os pilotos a pensarem numa pista legal e o custo reduziria alguns milhões.

    Até parece que procuram por uma grife, para deixar a notícia ou o projeto mais interessante.

  14. FSCS disse:

    Eu ouvi na twitcam um senhor dizer que cortava fora o bilau se saisse esse novo autodromo.

  15. Sandro Goiano disse:

    Caro Flavio.
    Os politicos de Goiás nào são diferentes dos de SP, RJ, MG, DF, aliás a universidade em bem próxima ou digamos dentro do estado. Conhecida como capital federal.
    O estado não teria como realizar a obra mesmo e nem falar que vai investir para fazer outro, umas vez que esta quebrado. Se o governador fala-se que investiria dinheiro em outro autodromo, aí sim ele estaria mentindo de verdade.
    Tem Adm. Pública envolvida então é BLA. BLA. BLA. BLA. BLA. BLA. BLA……..

  16. Michel - Goiânia disse:

    Respondendo a sua pergunta Gomes: o Governo Estadual alega não ter os 30 milhões de dólares necessários para executar a reforma do circuito antigo então, por meio de licitação, irá vender a área para a construtora pelo lance mínimo de 150 milhões de reais (sendo que o terreno vale no mínimo 300 milhões já que fica ao lado dos dois bairros de metro quadrado mais caro de Goiânia – (Alto da Glória e Jardim Goiás). Dessa maneira, pelo termo assinado ontem pelo governador, a construtora vencedora só vai poder construir algum empreendimento no terreno quando concluir a obra do novo circuito, na cidade de Senador Canedo (seria o equivalente a Guarulhos para o município de São Paulo), em uma área que pertence ao Governo Estadual e que o valor de mercado é muito inferior ao do atual circuito. No final, o novo circuito vai ser privatizado com todas as benfeitorias entregues pela construtora vencedora a licitação.

    Na teoria, se eliminam três problemas: 1º um autódromo a três quilômetros dos melhores (e mais inchados de prédios) bairros da cidade no qual o Governo não dispunha de recursos para reformar; 2º os condomínios de alto padrão, que ficam a 200 metros do muro da pista, ficam livres de vandalismos, rachas e atos obscenos em festas clandestinas no velho autódromo; 3º esse que eu considero o principal: apenas onze quilômetros de Goiânia veremos um circuito moderno em que a turma do automobilismo e do motociclismo poderá utilizar se arriscar suas vidas mais do que necessário por estarem usando um asfalto cheios de buracos e com enormes cupinzeiros nas zonas de escape.

    Mas estou com você Flavio: só acredito vendo. Eu moro aqui e sei como as coisas funcionam com nossos políticos locais.

  17. Davi Ribeiro disse:

    Depois dos últimos 234 anuncios (factoides) de construção de novos autódromos no interior de São Paulo, Brasilia, Belo Horizonte, entre outros, eu também só acredito vendo! Não sei por qual motivos ficam criando estes factóides, que nunca são confirmados.
    Salvador – onde moro – precisa de um autódromo, mas fica com a pista armengada do CAB para uma corrida da Stock por ano. E com o foco atual voltado para a copa 2014 – se é que vai sair no Brasil, devido ao atraso generalizado das obras – vai ficar bem difícil sair um investimento do governo – seja estadual ou federal – para a construção de um novo autódromo.

  18. Fabio Amparo disse:

    Sou devoto de São Tomé…. Portanto, só vendo.

    Abs

  19. Askjao disse:

    Respondendo, não reformam porque iram lucrar mais com a venda do que com a reforma.

  20. Danilo Candido disse:

    Pode até ser que saia mesmo um novo autódromo (não acredito muito, mas…). Agora, podem ter certeza: o valor de venda do terreno certamente será muito maior do que o gasto na pista nova. E para onde irá este saldo ?????????????? Hmmmmmmmmmmmmmm…..

  21. Alan Magalhaes disse:

    Também tive essa dúvida ontem, mas o Teo tratou de esclarecer. Ora, não há 1 centavo para reformar o atual, então, nada acontecerá por ali. Mas seu terreno é valioso. Com o valor dele, constrói-se outro autódromo, num local não tão valorizado para se fazer um condomínio. Assim há grana para manter o automobilismo goiano com uma praça utilizável e de excelente nível. Não deixa de ser conta de português também, mas sem dúvida é a única forma de algo acontecer naquela saudosa capital de tantas e tantas corridas e coberturas jornalísticas inesquecíveis. Muito legal isso. O que incomoda é que o pessoal começa a misturar outras obras inacabadas, coisas de que não gostam na cidade, tendências partidárias e a velha tentativa de transformar tudo em discussão política. Besteira. A verdade é que você tem uma casa caindo aos pedaços num terreno valorizado, mas não tem grana nem para desemperrar o portão. Alguém aparece e te propõe de construir uma novinha, bala, só que num terreno que não está tão bem localizado, mas perto dali. Claro que qualquer um toparia e é isso que parece que vai acontecer em GYN. Parece… Mas torço que sim.

    • Zé Zanine disse:

      Se os governos do Rio, estadual e municipal, tivessem adotado este tipo de troca, o Rio de Janeiro teria um autodromo!
      Agora não vai ter em nenhum lugar como foi confirmado pelo FG aqui bo Blog!

      E o autodromo de jacarapagua vai desaparecer totalmente com os megalomaniacos projetos para as Olimpiadas!

      Melhor trocar um terreno valorizado com a casa velha em cima, por outro mais longe com uma casa supermoderna…do que dormir ao relento..!

  22. Bruno Mantovanelli disse:

    Esse Herman Tilke tá em todas.
    Se preparem, lá vem mais um kartódromo.

  23. tplayer disse:

    O governo falou que não tem condições de arcar com os 50 milhões necessários para reformar o antigo.

    No fim foi uma boa idéia vender o antigo para a empreiteira que irá construir o novo.

    Só resta saber se não teremos algum rolo no meio de tudo isso.

  24. Pescadinha disse:

    A única coisa que justifica essa transposição é uma diferença absurda de valor m² entre uma área e outra… Não conheço Goiânia, mas se o terreno atual vale mais que R$ 150 milhões, é um bom negócio do ponto de vista imobiliário. Se não levar em consideração acesso ao autódromo novo e etc, um “ring” zerado pode ser melhor que um reformado. Mas aí não se põe na balança a história…

  25. Frederico Maia disse:

    A idéia é boa! O autódromo atual está rodeado por condomínios Alphaville e já faz um tempo que os moradores reclamam do barulho e as construtoras sonham com o o terreno pra contruir mais condomínios. A pista atual está acabada e toda a infraestrutura muito ruim, quansabe uma nova pista dá uma renovada no automobilismo de Goiás. Senador canedo é na mesma estrada do autódromo atual uns 10km pra frente. Agora resta saber se vão entregar o terreno somente quando o novo autódromo ficar pronto ou vão fazer como no Rio de Janeiro.

  26. maurício morais disse:

    Flávio, se o Tilke vai se inspirar no autódromo antigo dá pra entender porque só 10 mil lugares. É que no autódromo atual você para o carro num estacionamento, abre a tampa traseira, se for perua e assiste a corrida. Lembro de meu pai me levando pra ver corridas assim, ele parava a Brasília de ré e fazíamos o pic nic em meio à barulhada do retão. Isso nos longíncuos anos 70.

    • Alex disse:

      Desculpa Mauricio, mas a Formula Truck coloca mais arquibancadas, e sobra ainda esse espaço para ficar com os carros e tendas particulares, e coloca mais de 60.000 pessoas lá, pelo menos é o que eles anunciavam antigamente. E tem uma otima visibilidade do traçado em qualquer lugar que voce estiver, se não me engano chega a 70% de visibilidade.

  27. KID OTA disse:

    Flávio, aqui em Goiás estão parados o Zoológico, Parque municipal, Centro de Excelência (inclusive o antigo estádio de Futebol foi demolido), Estádio Serra Dourada caindo aos pedaços, Centro Cultural Oscar Niemayer, Teatro Goiania, pontes caídas e o funcionalismo só recebe 80% do salário, etc etc etc.

    Vocês acham que isso vai acontecer? JAMAIS EM TEMPO ALGUM. É só mais uma promessa
    pra enganar os trouxas. Esse governador prometeu reduzir o imposto dos combustíveis durante a campanha e fez exatamente o contrário, temos a maior alíquota e pauta dos preços dos combustíveis do Brasil.

    Um detalhe, não sou PT, PMDB, PSDB, PCB, PH, PP, DEM….

    SOU BRASILEIRO!!!

    • Guilherme V Hirata disse:

      Kid, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa…vamos por partes. Dos locais e fatos que você citou:

      Teatro Goiânia, Parque Municipal(seria o Mutirama?), e Zoologico. Estes são responsabilidade da prefeitura de Goiânia e um vai muito bem, o Mutirama, recebeu verba do ministério do Turismo e vai se tornar o maior parque de diversões publico do Brasil. O Teatro vai se arrastando de uma maneira longe de ser ruim, mas que também não é boa. E Zoo vai muito mal, ninguem consegue explicar o porquê. Emitindo uma opinião própria, sou apartidado, mas vejo algum empenho da prefeitura de Goiânia.

      Já todos os outros, Centro de Exelencia(não sai do papel), Centro Cultural Oscar Niemayer (60 milhões até agora), estádio Serra Dourada, rodovias precárias e atraso nos salários são um problema do governo do estado, o governador ja foi um cara de mais compromisso, e ja foi uma pessoa em que acreditei, hoje infelizemente não acredito mais.
      Depois do centro de exelencia, que é um grande canteiro de obras eterno, no centro de Goiania e do abandono do nosso autodromo que começou no governo dele, haja visto que ate 1998 o autodromo tinha condições aceitaveis, não tenho esperanças de ver esse projeto concretizado(e olha que o autodromo vai ser vizinho do meu condominio de chacaras, eu deveria ser o primeiro a ter fé, comprei por um preço e pode valorizar bastante)

      Mas no final das contas,

      To com voce Flavio! So acredito vendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>