BUENA, HERMANOS! | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 13 de setembro de 2011 - 19:00MotoGP

BUENA, HERMANOS!

SÃO PAULO (vamos todos!) - E a MotoGP volta à América do Sul em abril de 2013. Na Argentina, claro, porque lá eles têm autódromos. O palco será a pista de Las Termas de Rio Hondo, um circuito belíssimo no norte do país. Foi construído entre 2007 e 2008 e segundo a Wikipedia custou só US$ 10 milhões. Menos do que a Prefeitura de SP gastará neste ano com a F-1, exatos R$ 30 milhões.

A MotoGP esteve na Argentina pela última vez em 1999. Em terras sul-americanas, em 2004. No Rio. Naquele autódromo destruído, lembram?

Inveja? Que nada. É só pegar um avião e ir. Capaz de sair mais barato do que se fosse aqui, com ingressos via internet, áreas VIP e HCs.

16 comentários

  1. Paulo Sanz disse:

    muito bom mesmo, pessoal, gostaria de saber como faço pra comprar os ingressos aqui no Brasil em São Paulo – SP, fui em 2004 no rio, pena que o autodromo ficou devendo e muito. se tiverem alguma informação escreve ai.

  2. Ulisses disse:

    E não é só corridas, daqui a pouco a passagem vai custar menos que uma vaga de carro em SP, um jantar em um restaurante, uma reunião em um bar aqui em SP estão com preços absurdos. Não ligo de pagar caro (quando posso) existindo qualidade e serviço bons, mas, ser otário não!
    Viva “los hermanos”, vamos ver o GP lá com certeza, depois um belo jantar acompanhado de um bom vinho a preços com certeza muito mais honestos.
    Faço questão de ir e assistir nas arquibancadas de lá, lá serei melhor atendido e menos explorado, por mais incrível que isso possa parecer!

  3. Fernando Kesnault disse:

    Que legal….eles merecem…tem mais de 24 autodromos e circuitos urbanos…tô com vontade de ir nesta prova de motos….muito bom…e creio que o Brasil irá perder o seu GP de f-1 também por falta de autodromos decentes…não temos nenhum bom …tudo antiquados e desatualizados..

  4. Mauro Batera disse:

    Gostei muito desta notícia!
    Os Hermanos são Feras mesmo, e dão muito, mas muito mais valor ao esporte a motor que nós brasileiros!
    E olha que a F1 e a Indy não passa por lá a alguns anos!
    Imaginem só, se um dia estas duas categorias voltarem ao país!
    Verdade Flavio, se bobear, fica bem mais em conta pegar um avião e ir assistir a este GP!
    Abraço!

  5. Adriano Reis disse:

    Parabéns aos argentinos. Eles têm TC 2000, Potrero de Los Funes e agora MotoGP em Termas… a pista é extensa, mas tem poucas curvas e parece pouco técnica. Mas parece segura. E, de fato, com 10 milhões dá pra fazer muita coisa – que precisa – melhorando sua estrutura, que é mínima. Agora, todo ano a Prefeitura de SP gastar uma fortuna com a F1 é algo que precisa ser esclarecido…
    São Paulo é engraçado… o empresariado exalta o capitalismo e a iniciativa privada pujantes do Estado mas adora contrato com o governo, como no escandaloso caso das assinaturas de determinados jornais e revistas sem licitação…

  6. Ricardo Arcuri disse:

    Pudera custar so 10 milhoes… o circuito nao tem NADA! Nada contra, acho legal que se gaste pouco, mas usa-lo como parametro é meio que covardia…

    Mas que venha a MotoGP. Sempre bom ter eventos assim para alavancar as coisas por estes continentes. Ate pq, se depender de moto no Brasil…

  7. André disse:

    Esse circuito de Las Termas é do cacete!
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

  8. carlos disse:

    concordo! Além do que eles tem infraestrutura turística melhor que a nossa por incrível que pareça, boa pedida!

  9. Luis Albertyn disse:

    Oba, vou de moto!

  10. galileu disse:

    não ha o que comentar
    los hermanosm levam a coisa à sério, muito sério, lá qualquer coisa da panelaço.

  11. Gustavo disse:

    É isso mesmo Flávio. Garanto que sairá mais barato do que qualquer evento no Brasil, e sem filas, esquema de ingresso para empresas, cambistas, etc…. E tomara que a F1 volta pra lá um dia.

    • Guilherme Bauru-SP disse:

      E com certeza, vc não irá ser tratado como lixo, como aqui em Interlagos, onde tudo é super faturado, desde uma simples garrafa d’agua, até um mísero sanduiche, pelo menos no caso da f1, é assim que somos tratados.

  12. Alexandre Zamariolli disse:

    Só faltava a corrida ser em Rio Hondo e a Yamaha ganhar…

  13. Mateus Daitx disse:

    Eu estive lá em 2004, fui de Porto Alegre à SP de avião e dali de carro para o RJ acompanhado do meu pai e do meu irmão, uma baita viagem para se fazer, voltei cheio de histórias e feliz da vida de ter conhecido Jacarepaguá. Triste fim deram à Jacarepaguá, um belíssimo autódromo. E definitivamente pra quem mora no Sul do país sai mais barato ir para a Argentina do que para o RJ ou mesmo SP. Nos restou a F1 mesmo, porque os hermanos já tem WRC, Dakar, MotoGP, um campeonato de carros turismo de verdade e agora um autódromo decente que não custa os olhos da cara.

  14. marcão disse:

    Esses 30 milhões de dinheiros!!

    Vc sabe onde serão gastos exatamente??

    Nós os bloqueiros gostariamos de saber!

    Obrigado..

  15. Roberto Fróes disse:

    Aqui no Rio, num determinado ano, o pessoal da Moto GP disse que não viria, pois “a Prefeitura queria dinheiro demais”. Deram uma insinuada de que tinha que rolar algo por baixo do pano… Foi no tempo de Cesar Mala.
    Os caras nem esquentaram… foram correr em Goiania.
    Depois querem pilotos de ponta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>