BRUNO E RUBENS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012 - 12:38F-1

BRUNO E RUBENS

MONTEVIDÉU (pena que acaba) – Afirma Victor Martins em seu blog: Bruno Senna assinou hoje de manhã com a Williams, com a grana de Eike Batista (personagem da mais ridícula capa de revista de todos os tempos, a patética “Veja” desta semana), e será companheiro de Pastor Maldonado em 2012.

Eike, alguns dias atrás, já havia “confirmado” pelo Twitter que Bruno estava fechado. Mas sempre falta o chamego no papel, e o famoso anúncio oficial. Deverá ser feito em algumas horas.

Para Bruno, ótimo, claro. Finca de vez o pé na categoria, na qual começou claudicante em 2010 na Hispania, tendo retomado a trilha na Renault a partir de Spa. Começou bem, dois GPs convincentes, mas depois não fez nada. Agora, terá uma temporada inteira pela frente. E saber-se-á, afinal, do que é capaz.

O anúncio iminente encerra aparentemente a sólida carreira de Barrichello na F-1 depois de longos 19 anos, algumas vitórias, belas provas, regularidade nos resultados. Não sei como será a saída — se em silêncio, discretamente, ou com algum especial para o “Esporte Espetacular” com direito, claro, a lágrimas para que um pedaço possa ser usado no “Jornal Nacional”.

Digo “aparentemente” porque nunca se sabe. Alguém pode ter uma gripe forte e Rubens ser chamado para quebrar um galho e tal. Algo que, sinceramente, eu não recomendaria a ninguém. Depois de tanto tempo correndo, quando percebe-se que ninguém mais o quer seriamente, é hora de parar — independentemente do que ele próprio ache de suas condições de pilotar, que são tão aceitáveis quanto as da maioria que vai disputar o Mundial de 2012.

94 comentários

  1. tito reclama de tudo disse:

    flavio gomes sempre o famoso morde e assopra…”carreira solida”.. so se for solida de dura, de nao se mexer…sempre meteu o pau no cara e agora ta com dó e chutar cachorro morto..esse cara sempre foi um espertalhao, esse tal de barrichello…aceitava ser chamado de rubinho pé de chinelo pelos babacas dos cassetas e no dia que o cqc foi fazer uma com ele, quase matou o reporter com grosseria.. ele gosta é de grana e falar com a glenda…e salve o eike batista, cara que pegou a luma e ta mais rico que o silvio santos!!!!!!

  2. Fernando Cruz disse:

    É preciso lembrar que o Bruno tinha uma grande carreira à sua frente, que foi interrompida pelo acidente fatal do tio. Quando o Ayrton disse “vocês acham que eu sou bom, então esperem pelo meu sobrinho” poderia até estar a comparar o potencial do Bruno com 8 ou 9 anos com aquilo que ele próprio era capaz de fazer na mesma idade. Sem o acidente de Imola o Bruno iria continuar a ter o apoio e os conselhos do melhor do mundo, coisa que o Ayrton não teve na sua infância e juventude. Talvez por isso o Ayrton tenha considerado que o Bruno poderia até vir a ser melhor do que ele. Mas o talento também se trabalha e o que aconteceu em Imola alterou todos os dados. Ao ficar uma década afastado das competições nenhum piloto tem meios para chegar perto do nível daquele que quase todas as pesquisas internacionais indicam ter sido o melhor piloto da história da F1.

    Depois, não bastava já ter começado a carreira nos automóveis tão tarde, teve ainda o azar de chegar às portas da F1 em má altura. Podia ter começado em 2009 com o Brawn e começa verdadeiramente (época completa num carro competitivo) apenas 3 anos depois. Compare-se com Damon Hill e veja-se quem tem melhores resultados nas categorias de acesso, quem merecia mais entrar com um carro competitivo.

    O dinheiro que o coloca agora na F1 foi o que lhe faltou até agora nos últimos anos e entretanto fomos vendo na F1 pilotos com menos potencial e resultados terem verdadeiras oportunidades. Agora escreveu-se direito por linhas tortas, acabou por entrar graças ao dinheiro (12 milhões de euros), mesmo assim uma quantia inferior à de Maldonado (35 milhões de euros). Além disso o Bruno foi sujeito a inúmeros testes (físicos, no simulador e em pista, por parte da Williams) e correspondeu perfeitamente. A Williams viu nele um bom potencial e isso também ajudou, não foi só o dinheiro.

    • Diego Renato disse:

      Perfeito o comentário.
      Quando proprio Ayrton falou isso do sobrinho ele sabia exatamente, qual era o potêncial do Bruno no futuro.
      mesmo tendo passado 10 anos sem correr teve resultados muitos bons, mesmo sem ter sido campeão chamou atanção do mundo por pelas corridas, e vitórias principalmente em baixo de chuva
      Boa sorte Bruno Senna

      • Marcelo disse:

        É isso aí! E, no meu ponto de vista, acho que ele fez o que pôde na temporada passada com o Lotus Renault. Andou bem enquanto o carro permitiu, fez algumas classificações de largada à altura da capacidade do carro, enfim…foi bem.

  3. Marcelo disse:

    É, parece capa cômica de caceta e planeta. Impressionante esse mundo. Veja? ah não vejo!

  4. J.Carlos disse:

    Flavio Gomes, vc tá ficando muito chato com estas tuas tiradas petistas, vc agora mistura tudo, personagens do automobilismo e seu comportamento com partidarismo politico. Calma, porque “patética” Veja? Vc aproveita este espaço pra falar mal de todo mundo, O teu sonho deve ser correr de Lada nas ruas de Havana, ganhando, e sendo homenageado pelo jornal Gramma num artigo assinado pelo Zé Dirceu. Vc é novinho, ainda tem tempo de pensar na vida. Calma Ab.

  5. Mario disse:

    Flavio, como será a pintura do Williams do ano que vem, com todos os novos patrocínios???
    Será que tera uma pintura como foi a do tio Ayrton?

  6. Antonio Falcao Neto disse:

    Ola FG,
    Na história recente da F1, algum piloto pagante virou piloto pago ?
    A pergunta é séria. Não to questionando o mérito de pilotos e equipes.
    Grato,
    Neto Falcao

  7. Romeo Nogueira disse:

    Em 2007, Barrichello, na Honda, não marcou nenhum ponto! Talvez esteja aí um dos poucos exemplos da “regularidade nos [maus] resultados” que você cita… Para mim, um piloto regular. Com esparsos lances de genialidade, como em Hockenheim, 2000. Durante sua carreira, o que eu sempre detestei foi a mania que ele tem de apresentar desculpas esfarrapadas em tudo. Poucas, poquíssimas vezes costuma admitir, ou, ao menos, falar sobre o real motivo dos fatos! Sobre sua aparente aposentadoria, vejo como melancólica. À revista Alfa, em dezembro, revelou que não pensa em pendurar o capacete. “Ainda quero fazer algo pelo Brasil”, disse. E pode! Pode enfim reconhecer que não deveria ter aceito a árdua missão de tentar substituir Senna, em 94 – carga que colocaram nas suas costas, diga-se -, e que a grande chance de se tornar campeão aconteceu em 2009.

  8. Luiz Oliveira disse:

    Trocaram o “6″ por “meia dúzia”……Um sem talento por outro com talento zero……A Williams vai continuar na mesma decadência

  9. Ricardo Bigliazzi disse:

    Como diria o poeta Galvão Bueno: “Eu já sabia…”

    Com a grana do Eike daria para entrar até na Mclarem (pena que eles não estão pedindo grana aos pilotos).

    Segue o jogo… que a Williams faça um carro espetacular (Brawn GP II – A Missão) e que o Bruno faça um campeonato daqueles que transformam um piloto normal em piloto especial.

    Abraços
    Imperador

  10. tevez disse:

    GG Rubinho….

    Fez uma estupenda carrera como piloto..

    A Pachecada foi com certeza seu maior pesadelo….Quem não vence não presta para alguns..

    Alguns nascen para tocar outros para dançar…

    Porem sem os que tocam não teria baile…..

    19 anos guiando F1 não deixam dúvidas Rubinho foi com certeza muito bem sucedido, ficou rico e esta inteiro agora vai curtir a vida mano…

    Bem puxado Parabens

  11. Tom SemFreio disse:

    Justiça seja feita, o Bruno pelo menos tem os dois pés no chão e não parece o Peter Pan do Rubens. E finalmente o Eike vai perder dinheiro…

  12. Eric disse:

    FG, gostaria de reler um post seu onde fala sobre essa fama de “acertador” de carros do Rubinho ser meio duvidosa…e que ele num é tão bom assim como vendem.

    Vc pode me enviar por favor por email ou algo assim?

    É que surgiu aqui a velha discussão aqui por causa da contratação do Senna…

    Abraço!

    Eric

  13. DMC-12 disse:

    A pior capa da Veja é a do José Serra! Tá uma fofura!!! É revista mais imparcial do quinto dos infernos.

  14. Abner disse:

    O cara ja estava fazendo treinos no simulador da equipe desde antes do natal, conhecendo o volante e seus engenheiros. Confira o video http://www.williamsf1.com/

  15. Pedro Bueno disse:

    Em que pese a contribuição de Rubinho à F1 e sua competência como piloto, acho que o mesmo poderia ter comprado sua vaga na Williams e não ter mendigado por patrocínios, fato que o levou a ficar sem o carro.
    Em 19 anos de F1, o Rubinho sempre foi muito bem remunerado e é possível que sua fortuna seja bem elevada e suficiente para comprar uma vaga, montar uma equipe, enfim, manter-se na categoria pelo tempo que achasse necessário.
    Porém, o fato de não querer por o próprio dinheiro, leva à conclusão de que o próprio Rubinho não confia seu dinheiro em seu talento ou não confia na Williams.
    Assim, acho que o Sr. Eike agiu correto ao dar a oportunidade para um piloto mais jovem, que está iniciando na categoria.

  16. Gerson disse:

    Tem gente que critica o Eike Baptista pq nunca se manifestou pra bancar o Barrichello na F1. Mas o cara não ficou bilionário por investir onde não dá retorno. Infelizmente, a realidade é que brarrichello não dá retorno, porque ficou associado á imagem de perdedor e chorão.

    E vai investir em Bruno não porque é um piloto acima da média. É porque tem mais garantia de visibildade da sua marca em alguém na F1 com um sobrenome com imagem oposta de barrichello, no mundo inteiro.

    E se Bruno for um fiasco este ano, em 2013 a grana SERÁ CORTADA!

    Não se enganem.

    Barrichello ainda é jovem para outras categorias do automobilismo. Se fosse menos teimoso e mais ambicioso na imagem que pode deixar, inclusive para seus filho, estaria negociando com a Indy (aonde seria campeão fácil em 2 ou 3 anos) ou outra categoria (turismo) na europa…

    Quem sabe, ele “se manca” agora.

  17. ALEX disse:

    CAMPANHA BARRICHELLO NA INDY!!

  18. Andre disse:

    Picareta e ridículo este Eike para garantir a vaga do Bruno ele tem grana, recuperar a destruição que deixa em MG , a grana some.
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/924155-empresa-de-eike-e-acusada-de-poluir-agua.shtml

  19. Antonio disse:

    Bem que o Eike poderia bancar a vaga do Rubinho na Caterham também.
    Assim o marketing dele seria perfeito e teríamos três pilotos na Formula 1.
    Disseram aí que a fortuna de Rubens chega a 1 bilhão. Será mesmo ?
    Se for tá , ele mesmo poderia pagar do bolso hehe.

  20. Burn Baby Burn.. disse:

    Sinceramente,acho que o Rubens já estava naquela fase de correr com os retratos dos filhos colado no cockpitch com os dizeres; “não corra papai”

    ter mulher e filhos é algo complicado para quem pilota bolidos.. e que muitas vezes deve fazê-los com a faca entre os dentes. o risco a possibilidade de dar uma panca e bater as botas, e perder tudo o que amealhou dirante a vida e tempo que é bom..não vira.. e isto é fato. Bom ele teve a sua época, correu at´´e de ferrari, o que é para poucos. e com certeza agora poderá se dedicar a outras categorias e com sua experiencia irá tirar proveito disso.

    Quanto ao 1o sobrinho, incógnita total.. o carro não é ruim de tudo, para ele será a sequencia de sua desesperada e desabalada saga para aprender o ofício, depois de queimar tantas etapas no passado. Será interessante observar como vai se desenrolar na equipe.

    E claro teremos também o Massa na sua derradeira temporada..

    Logo.. É o que temos para o jantar meus amigos em nivel de pilotos nacionais na F1 atualmente..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>