BAÚ DO TEO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sábado, 18 de fevereiro de 2012 - 20:13Indy, IRL, ChampCar...

BAÚ DO TEO

SÃO PAULO (matando as saudades) – Olha que legal o Teo José colocou no blog dele… A vitória do André Ribeiro no Rio em 1996, na primeira corrida da Indy disputada no Brasil. Foi mesmo um grande evento. Estive lá, pela Jovem Pan. Eram oito brasileiros na corrida, quase todos muito bons. Mas ninguém apostaria numa vitória do André. A entrevista feita pelo Azenha no final é engraçada. Vejam quem aparece de papagaio de pirata… Bons tempos do Rio, de Jacarepaguá, da Indy, do automobilismo brasileiro.

41 comentários

  1. MARCOS ANDRÉ RJ disse:

    Estive nessa corrida tbm..inclusive treinos. Fui praticamente a todas as corridas da indy no RJ. Exceto uma por motivo de trabalho.

  2. Nicolas disse:

    Os carros eram lindos, mais lindos que os atuais, sem dúvida. E a música de tema da vitória da de 10 na da band atual… fica a dica para a Band “copiar” a mesma… rsrsrs…

  3. Ricardo Sarmento disse:

    Essa corrida deve ter sido um espetáculo, pena que eu só tinha 5 anos na época, minhas memórias da Indy são a partir de 1999.

    É vendo vídeos como esse que percebo como o automobilismo no Brasil já foi forte. Quem sabe um dia volte a ser dessa forma.

    com paciência, dá para garimpar umas corridas completas no youtube. Consegui achar as corridas da Indy no rio de 98 a 2000. E ainda os GP’s do Brasil de 91 e 93.

  4. Braynner disse:

    Bom dia Flávio;

    Vendo este vídeo sobre a vitória do Andre me deparei com um vídeo sobre o ultimo Opala produzido no Brasil. O link esta aqui http://www.youtube.com/watch?v=A05QNKh6aog&feature=player_embedded

    Grande abraço;

    Braynner

  5. Sandro disse:

    Até ai esse babaca do Timóteo aparece, é brincadeira.

  6. Vanderlei Silva disse:

    O André Ribeiro foi um que foi pro lugar certo na hora errada. Foi para a Penske, sonho de muitos, mas justo num ano que ela foi pro meio do grid com aquela ideia idiota de fabricar os próprios motores. Resultado, o cara desanimou tanto de ver as Chip Ganassi anos-luz à frente, que largou as pistas ao final de 99 se não me engano. Aí foi só o André sair, o Roger Penske adotou os motores Honda e aí foi várias vezes campeão com Gil de Ferran e Sam Hornish Jr.

  7. Fernando Giti disse:

    Eu estava lá. Uma das maiores emoções que senti até hoje, com certeza. Estive em todas as corridas da Indy no Rio. mas essa primeira foi realmente de arrepiar. Saudades de Jacarepaguá.

  8. Rafael JC disse:

    Tem tudo p/ acontecer denovo, a Indy está voltando a ficar legal, com novos carros, a chegada do Rubinho, etc… A F1 está ficando cada ano mais sem graça, tomara que esse ano a maioria das transmissões sejam feitas ao vivo.

  9. Nelson Fernandes disse:

    Caro Flavio !!!

    O história triste disso tudo …
    É que acabaram com um dos autódromos mais lindos do mundo, com certeza a corrida em que a unanimidade entre os pilotos era a maior dentre todo o calendário.
    Eram 2 autódromos em 1.
    Mas um dia quem sabe, iremos ter políticos honestos e dirigentes capazes.
    Pq publico, gente que gosta de ir e que prestigia nós temos, não só aqui no RJ, mais em todo canto do Brasil.
    Vc que é um cara bem informado, um dia procure publicar pq perdermos a F1 aqui no RJ.

  10. Danilo Silva disse:

    imagina se o Rubinho ganha esse ano no anhembi…. vai ficar pequeno aquilo…

  11. JP disse:

    Muito legal esse GP. Lembro que no final houve uma bandeira amarela e quem estava atrás do André Ribeiro era o temível All Unser Jr.

  12. Minoru disse:

    Concordo com o Capelli, ele foi o melhor aluno de Marketing da escola iniciada por outro piloto de Formula 1 e levou isso a um patamar inédito, tanto que depois dele ninguém chegou tão alto na arte de encarar a câmera e se fazer de bom moço!

  13. Ernesto Longhi disse:

    O papagaio era o Aguinaldo Timóteo!!! KkKkK! Cara, que bagunça mais legal!

  14. jose carlos disse:

    ja morava aqui em minas e a minha ultima corrida em jpagua como comissario de pista foi na F1 DE 1991 por sinal a ultima do rio,meu filho nasceu em 91 e resolvi parar com atividades junto ao rio motor racing club.nesta corrida de 1996 eu trabalhava como executivo de com ext de uma empresaaqui de mg e no dia da corrida eu estava indo de confins para miami porem por estar lotado os voos para usa,a american airlines colocou uma escala no rio e saimos de bh com 30 passageiros e completamos o 767 no rio com o pessoal da indi.posso afirmar que ate hoje possuo alguns amigos nos usa que conheci nesta viagem de retorno ,grande epoca onde quem estava no automobilismos estava por ideal e nao pra aparecer na revista caras
    jc 7l

  15. PAULO MOREIRA disse:

    Essa corrida foi realmente emocionante. Tinha 16 anos e vibrei muito com essa vitória do André. Pena que depois a carreira dele não foi tão brilhante como merecia. Mas não só de vitórias nas pistas, vive um piloto.

  16. Glauber disse:

    André Ribeiro era ‘o cara’ em circuitos ovais, coisas difíceis de entender pra quem teve formação em circuito misto. E esta corrida foi fantástica. E mais, lembro até hoje dele falando do Ayrton… bons tempos da Indy…

  17. Verde disse:

    “Eram oito brasileiros na corrida, quase todos muito bons.” – Chora, Marco Greco.

  18. Flavio Bragatto disse:

    Ele disse:

    ” Ainda vamos dar muita alegria para o Brasil ”

    Não foi por falta de oportunidade, mas a C.B.A……….

  19. Bruno Costa disse:

    No ano de 2000 a DirecTV transmitiu a corrida, em sinal aberto, para os assinantes, através de 6 canais. Um canal transmitia a classiicação e os tempos de volta, outros 2 revezavam as câmeras on-board, um passava a transmissão em conjunto com o SBT e mais dois revezavam câmeras ao redor do circuito. Transmissão pioneira na TV brasileira.

  20. Maurício Fregonesi Falleiros disse:

    Época boa mesmo. A Indy sempre foi divertida.

  21. Allan Ferreira disse:

    Sem contar que esses carros da Indy dos anos 90s eram lindos.

  22. Francisco Libânio disse:

    Teo narrando, mesmo com alguns arroubos pachequistas (normais nas transmissões dos tempos de SBT) era fantástico. Aliás, os anos em que a Indy passava no SBT eram geniais. Finzinho de gente graúda como Al Unser Jr, Rahal e Emerson e uma turma legal vindo Gil, Christian, recém saído da F1, Villeneuve. Além da transmissão ser mais responsável e compromissada. O cara que curtia Indy, tipo eu, contava com a emissora do Patrão pra assistir e nào se decepcionava.

    Quanto ao Timóteo, eu costumo dizer que a culpa de tudo é da Angela Maria. Se ela o mantivesse como seu motorista, nada disso teria acontecido. Infelizmente, ela achou que ele cantava legal e deu no que deu. É deprimente ver o quanto ele luta pra negar o óbvio. Sai do armário, caceta!

    • enko disse:

      o agnaldo mata até o pai e a mãe para aparecer em baile de orfãos.
      foi expulso do velório do wando pela filha do cantor pois falou mal do pai dela em um programa de televisão
      é um tremendo cara de pau.
      até hoje não sei o que levou o andre a abandonar a carreira onde teria condições de ser campeão, preferiu ser sócio dos negócios do roger penske no brasil.

    • Roberto Fróes disse:

      O que o Agnaldo Timóteo tenta negar? Sempre esteve fora do armário, e só ameaçou fingir que era homem quando virou político. Figuraça…

  23. Eu tinha 10 anos e tava com uma íngua dos infernos na virilha direita. Acompanhei o final de semana inteirinho. Eu torci pro André Ribeiro e meu pai dizia que o Gil de Ferran, que viria a ser meu grande ídolo no automobilismo, ganharia a corrida.

    O tema da vitória da Indy, esse do vídeo, eu acho mais legal que o da F-1. Sou doido pra achar o arquivo em áudio em algum ponto da web por aí, mas até hoje nunca consegui.

  24. Antônio disse:

    eu tava la.
    foi legal

  25. Marcelo disse:

    “Formiga tanto… a gente vai ter que conversar mais tarde”.

    Suspeito, muito suspeito…

  26. Cyro De Cicco disse:

    Lindas as palavras do André na entrevista pro Azenha. Palavras sensatas, mas uma sacanagem que o automobilismo brasileiro esteja tão em baixa atualmente.

  27. Cyro De Cicco disse:

    Somente estive duas vezes no Rio e a primeira foi justamente neste domingo de 1996. Fiquei próximo da freada da curva 1 e foi demais!

  28. Marcelo disse:

    E o Agnaldo Timóteo foi taxativo e ficou muito macho no vídeo abaixo:

    “Não sou não, não sou não”

    http://www.youtube.com/watch?v=86-NXaP37Pc&feature=youtu.be

    PQP, que situação justo em canal aberto!!!

  29. Marcelo Araujo disse:

    Eu estava lá na arquibancada da curva 1, no final do retão. Era absurda a velocidade e o som dos carros para a freada na entrada da curva.

  30. Capelli disse:

    Esses discursos do André Ribeiro olhando direto pra câmera, falando pausadamente e dando piscadinhas… nunca me convenceram.

    Bom piloto, mas um mala sem alça. Podia ser político.

  31. Mauro Batera disse:

    Esse GP foi um tesão!!!!

    Infelizmente nesta temporada de 1996, tivemos o grave acidente de Emerson em Michigan e o acidente fatal de Jeff krosnoff em Toronto.

  32. Rubem disse:

    Aqui flavio a corrida completa em portugues,vai seguindo a sequencia no canal do cara
    http://www.youtube.com/watch?v=1ARKg6pAAT0
    Bons tempos de jacarepagua,se voce passar la hoje vera um autodromo largado,um gigante adormecido,uma pena que esse tempo não volta mais

  33. Rodrigo Moraes disse:

    Timóteo babacão! E que pulta pista tinha em Jacarepaguá, que enfiaram no nariz…

  34. Danilo Candido disse:

    Agnaldo Timóteo mala…esses dias foi expulso do velório do Wando, querendo aparecer mais do que o morto.
    Flávio, aqui tem a corrida de 2000 da Indy/Cart em Jacarepagua na íntegra:

    http://www.youtube.com/watch?v=jqlly2kMtlE

    Essa de 1996 foi sensacional !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>