MENU

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 - 9:00F-1

F2012

SÃO PAULO (afemaria) – Quem achava que era só a Caterham que iria fazer aquela tosqueira de degrau no bico pode começar a rever seus conceitos. Sem a presença da imprensa, porque uma nevasca praticamente isolou a região de Maranello, a Ferrari apresentou pela internet a F2012 agora pela manhã. O nome não causou espanto. A equipe, que a cada temporada se esmera em inventar denominações esdrúxulas para seus carros (ano passado foi a 150° Italia, lembram?), optou pelo F de sempre mais o Ano da Graça de Nosso Senhor, talvez prevendo que se o mundo acabar mesmo em dezembro, os arqueólogos da nova civilização precisarão de alguma referência para determinar quanto tempo durou a nossa.

E se o nome cairá no esquecimento como quase todos os nomes codificados de carros de F-1, o mesmo não se pode dizer da feiura. Vejam lá o degrau no bico. Idêntico ao da Caterham e ao da Force India, que virá no próximo post. Será possível que engenheiros de equipes diferentes em locais distantes tenham exatamente as mesmas ideias? Não haveria, por aí, um certo pool de desenhistas para que ninguém passe vergonha sozinho? Uma sociedade secreta que se reúne num cemitério em Praga para confrontar rascunhos e decidir, em conjunto, por soluções esdrúxulas que levem a crer que são todos igualmente geniais?

Bem, aí está a F2012. Que tem também uma entrada de ar dupla sobre a cabeça do indigitado que vai dirigi-la, além de defletores laterais que parecem ter sido feitos sob medida para inserir o cocozinho do logotipo mais feio de todos os tempos, do banco Santander.

120 comentários

  1. Marcelo disse:

    A crise da Ferrari é muito mais profunda do que projetar um bom carro. É nítido que o Stefano Domenicali não é do ramo. Se for, é muito fraco, não tem liderança, não sabe delegar, fato que se nota inclusive nos pit stops desastrosos que a equipe vem fazendo. Isso é sintoma de equipe mal gerenciada. Outro sinal disso é que após a saída do Jean Todt o time vem num declinio sem volta. Eu, se fosse o Montezemolo, primeiramente pagaria o quando fosse pra tirar Rory Byrne de sua aposentadoria. Em seguida, promoveria o Giuseppe Rizzo para diretor da equipe. Uma equipe do porte da Ferrari não pode fazer experiências ano após ano, tem que vir logo com talentos vencedores em cada setor da equipe. Nos anos em que os carros de Adrian Newey não ganharam títulos, foram os de Rory Byrne que ganharam, exceção se não me engano, ao carro da Brawn, cujo projetista eu não lembro quem foi. A Red Bull contratou o mago dos projetos e colhe hoje os frutos disso, bem como a McLaren já havia feito no passado.

  2. Eduardo Britto disse:

    “O logotipo mais feito de todos os tempos, o do Santander”. Amei!!

  3. Sandro Marques disse:

    Tive a mesma impressão Takawara Nashiota. Pensei que estava livre de ver aqueles carros antigos horrorosos da Indy (o novo me parece bem simpático). Ledo engano, eles foram parar na Fórmula 1. Tenha dó!
    De todos que apareceram com o degrau até agora o da Force India é o mais bonito (ou menos feio).

  4. Mario Sérgio disse:

    “”” Vejam lá o degrau no bico. Idêntico ao da Caterham e ao da Force India, que virá no próximo post. Será possível que engenheiros de equipes diferentes em locais distantes tenham exatamente as mesmas ideias? Não haveria, por aí, um certo pool de desenhistas para que ninguém passe vergonha sozinho? Uma sociedade secreta que se reúne num cemitério em Praga para confrontar rascunhos e decidir, em conjunto, por soluções esdrúxulas que levem a crer que são todos igualmente geniais?””””

    uhauhauhauha Genial!

  5. Roberto Zuquim disse:

    (lerei em seguida os comentários da blogaiada)

    Flávio Gomes se superando.

    Gostei do post, velho camarada!

  6. Antonio disse:

    só queria saber quem inventou e quem copiou esse treco

  7. Querem um bom apelido para estes carros com o degrau no bico: EXTRATOR DE GRAMPOS! Comparem, vão ver que o formato lembra muito esta peça que se usa para arrancar os grampos da papelada…

  8. Moa disse:

    A Dupla de Pilotos para esse carro deveria ser Alan Prost e Kubica!!!! Os narizes combinariam direitinho com o carro!! Rrsss

  9. hugo disse:

    Com esse design, a Hispania tem fortes chances de ser campeã.

  10. Pedro Moral disse:

    Em tempo, dois comentários que já circulam por ai sobre o novo bico:
    Bôto e “saca-grampos”.

  11. E tinha gente achando feio o Indy da KV Racing…

  12. Osvaldo Franklin disse:

    Eu achei irado, tem cara de carro vencedor… acho que este ano o Massa vai bem com este carro. abraço

  13. eduardo disse:

    Flávio,
    Os engenheiros se reunem em Bohemian Grove (20601 Bohemian Avenue, in Monte Rio, California). Lá fizeram um pacto com o Coisa Ruim e desenharam isso.
    Abs,

  14. Diego disse:

    Nossa. As equipes deveriam desligar seus túneis de vento e demitir todos os seus projetistas e substituir por uns leitores desse blog. Tem um monte de “gênio” por aqui. Se pelo menos 4 equipes (a Sauber já admitiu que também vai usar) desenvolveram uma mesma solução em seus carros, independente da beleza, a explicação simples.Primeiro: o regulamento pra esse ano mudou e o bico do carro terá limite de altura. Segundo; por mais que uma equipe tenha projetado um carro do zero, a referência será sempre os dados do carro anterior, e a explicação do carro da McLaren não ter bico de ornitorrinco é que o do ano passado já tinha o bico baixo, por isso não foi preciso fazer modificações extravagantes. Terceiro: em TODAS essas equipes há um projetista chefe com muitos anos de experiência na área, e mais centenas de pessoas qualificadas auxiliando, isso sem contar com os túneis de vento, e os centenas de milhões de dólares (ou euros) que demanda construir esses carros. Por fim, raramente uma equipe de F1 comete erros graves em seu projeto (como a Williams ano passado e a Ferrari nos últimos), o que costuma acontecer é um projeto ser mais bem-sucedido que os demais, e isso é um tipo de coisa imprevisível. Se os carros de todas as equipes cumprissem todas as suas expectativas, todos os carros do grid iam receber a bandeirada ao mesmo tempo.

  15. Ron disse:

    Pelo amor de Deus!
    Será que todo mundo vai andar assim com essa “coisa” na frente? Pode até ganhar corrida ou campeonato por outras características, mas nem digo que é feio, é horroroso!
    Pelo menos a McLaren ainda tem bom gosto ou juízo.

  16. João Carlos Bifulco disse:

    Que “M”..

  17. Trezeguetchi disse:

    O Kaspersky em questão é o antivirus? Bem a calhar, porque a Ferrari ultimamamente anda mais lenta do que computador com virus….

  18. joel smaniotto disse:

    Perceberam que pela primeira vez em muitos anos as rodas da Ferrari não são BBS. São OZ.
    Rodas fazem muita diferença num carro. Diferença estética, claro. Mas nesse não ajudou muito a mudança. O carro é feio pra baralho!

  19. Diego.zomer disse:

    Sei lá, te falar que eu até achei bonito… me lembra um pouco as estranhezas (neologismo?) da década de 80

  20. Roberto disse:

    O bico parece a cabeça de um boto cor-de-rosa, rs…

  21. Takawara Nashiota disse:

    O degrau não lembra o carro antigo da Indy!?!?

  22. Wiston Leandro C. Angelo disse:

    Com certeza é a geração de carros mais feias de todos os tempos.

    A McLaren é um oasis nesse deserto criativo, espero que a RedBull/Adrian Newey prove que bom gosto casa com desempenho.

  23. Eduardo Melo disse:

    Independente do regulamento, fluxo de ar, engenharia aerodinâmica (tem muita gente arriscando palpite, a f1 tá parecendo futebol, todo mundo entende), engenharia espacial, engenharia nuclear e outras justificativas técnicas, tenho apenas uma opinião a oferecer: são os carros de fórmula 1 mais feios que eu vi nestes meus 44 anos de vida (e pelo menos 34 anos vendo formula 1). Haja paciência para aguentar estas soluções miraculosas por causa de regulamento. Viva a McLaren…

    • Sergio SP disse:

      Eduardo, também tenho 44 e uns 34 anos de F1. Assino embaixo do seu comentário.

    • Diego VB Teixeira disse:

      Boa Eduardo, concordo completamente contigo, tenho apenas 24 anos, porem estes novos carros especialmente o da Ferrari e Caterham são horripilantes, já o da Force India é menos feio pois o esquema de cores acaba chamando mais a atenção (ao meu ver), e como sempre a McLaren fez uma evolução (em termos de design) do modelo utilizado na última temporada, ficou mais limpo o carro sem tantas ondulações.

  24. Flavio Costa disse:

    O que está acontecendo com os projetistas? Perderam a capacidade de criar belos carros? Muito bizarra essa Ferrari! Tomara, que pelos menos, essa desgraça ande…

    • Carlos disse:

      O objetivo dos projetistas não é criar carros bonitos, mas sim carros vencedores.

      Dito isto, eu tb não achei bonito, mas creio ser apenas uma questão de costume. Se o novo design trará algum diferencial no desepenho, só o tempo dirá.

  25. Danilo A. disse:

    Os caras que fizeram o regulamento desse ano trabalhavam na Honda nos idos de 2007, 2008…

  26. Takawara Nashiota disse:

    Flávio Gomes,

    Estou impressionado com a quantidade de Aerodinamicistas que frequentam o seu Blog! O pessoal bate o olho e já avalia a performance aerodinâmica no carro! Esse pessoal da F1 é muito burro em ficar gastando dinheiro com túnel de vento, já que existem diversos gênios aqui que fazem melhor e apenas batendo o olho em uma foto!

  27. Simão disse:

    FG
    realmente pavorosa essa traquitana aerodinânica que inventaram este ano !!!! Ou os caras não sabem guardar segredo ou vc tem razão tem alguem desenhando de baciada pros otários que pensam em ” revolução aerodinâmica”. A F1 tá sempre inventando (tudo bem que é qu que se espera nesse nível de competição) mas vamos combinar … medonho esse carro !!!!!!!!

    Abraço
    JCS

  28. M4RC10 disse:

    Para os que não gostaram do formato “ornitorrinco” do bico, confiram a minha versão abaixo…

    http://2.bp.blogspot.com/-2HS3yEVF1xw/Tyv8MJqjfBI/AAAAAAAAAWo/vqYVXgTWeHo/s1600/ferrarif2012.jpg

  29. Raul disse:

    Bico de Lego: Agora as crianças podem fazer seu F1 preferido em casa!

  30. Marcão disse:

    Bom que tá estranho tá !!!
    Mas!! Esse negócio de dinamica de fluidos, aerodinamica cx, e tudo mais tem lá suas explicações pra esse degrau..
    Baixam o bico e permanece reta a frente do carro, em duas etapas… Se pegarmos esse “degrau aí de 7 cm. e suavisar durante o percurso do bico quase será impercepitível e o efeito continuará.. Então por força das regras e do aproveitamento da geometria fizeram esse degrau.. O efeito será o mesmo nos dois casos.. O certo foi o que a McLarem fez, baixou a linha de corte de seu carro todo, colocou até o piloto mais deitado. Esse será a questão que os projetistas vão contestar lá na FIA. Pois Parece que o regulamento fala em linha de corte com o limite de altura do carro no geral, não no corte á partir do castelo do carro…
    É preciso ver os carros da Red Bull Toro Rosso e Mercedes pra se definirem as informações..E depois ver qual equipe que acertará no carro e nas regras.. Por enquanto ganha a McLarem nos carros.. Nas regras a coisa ainda pode pegar….Ela baixou todo o centro de gravidade de seu carro, e ainda tem o bico duplo pra reduzir a turbulencia gerada pelos caros da frente..
    Com bicos altos, os carros pegavam a parte ruim da turbulencia bem antes da linha de vácuo, baixando o bico essa distancia diminui concideravelmente.. Porem perde-se e muito quando vc tem um bico inclinado que cria turbulencia e arrastro logo na área de ataque frontal do ar…A McLarem uniu os bico alto e reto, com o bico baixo e curvo, só que pras laterais.. Resta ver o que acontece com os carros andando, pois esses efeitos da linha mais baixa e do bico reto começam a fazer efeito em aprox. 180 km/H e o do bico baixo já á 80 é percebida a aderencia na suspenção dianteira…
    Mas vamos ver o que acontece…Se o FIA vai julgar dentro das regras, se esse bico com degrau ou a linha de corte mais baixa da maclarem.. Outra polemica que a maioria das equipes estão escondendo por enquanto é a saida dos gases de escapamento, na altura e posição colocados atacam o ar frio direcionando ar quente e misturando bem no ataque da linha de horizonte dos aerofólios trazeiros, boa parte desse ar também direciona não para os pneus e sim para os freios, e esses pela turbulencia constante gerada pelo movimento da roda acaba transferindo o ar quente dos escapamentos e os do próprio freio para as entradas laterais do difusores….Fazendo com que o ar passe mais rápido por baixo do carro.. Só que isso tudo é apenas teoria. E pra tudo isso funcionar é preciso ver os compostos que a pirelli junto com a FIA determinaram… Pode ser que os pneus precisem só de ar mais fresco pra inciar o processo de “cicletar” a pista. É preciso esperar os testes pra saber. Afinal a FIA criou essa regra de bico baixo e o fim dos difusores aquecidos pelos gases de escape junto com a fabricante de pneus…Vamos ver..
    Mas que tão esquisitos estão… Tão parecendo muito de longe com os aviões concorde quando aterrisavam…

    • Mauricio disse:

      A solução da Maclaren é a mais acertada e com o resultado final menos aberrante.
      Quanto ao seu comentáro do ar do escape, é visivel de longe que irá mesmo para a area da asa traseira e dos difisores logo abaixo.Alguém esta tentando trapacear a nova regra. A Maclaren nesse quisito é a mais descarada!

  31. samucaSDMF disse:

    Um salve pra McLaren que fez um carro bonito,aliás,o próprio Button destacou que o carro era bonito e muitos dos que nós veríamos não seriam.Espero que a mercedes siga pelo caminho da McLaren e não pelo da Ferrari.Um carro tão feito quanto este da Ferrari não merece vencer (rsrs).

  32. Lalo disse:

    Muita gente criticou os carros da Indy quando foram lançados, os carros de F1 estão muito feios, por enquanto apenas a Mclaren se salva.
    Os carros da Indy parecem carros de corrida, como muitos disseram a Ferrari parece feita de Lego, quero ver estas coisas não andarem bem e todo mundo voltar atras.

  33. Leonardo disse:

    É lamentável que os projetistas não tenham a MÍNIMA preocupação com a estética …. a categoria necessita urgente de uma chacoalhada geral !!! circuitos insípidos, carros bizarros, mais feios que F-Indy …..para quem é fã por toda uma vida, a F1 acabou .

  34. Formiga disse:

    Acho que a questão do bico é o programa que usam para fazer as simulações. Devem estar usando um otimizador que está dando como resposta o degrau. Um professor meu de Hidráulica afirmava que uma estrutura hidráulicamente e aerodinamicamente eficiente tem que ser bonita.

    Se o Newey fizer um carro sem esse bico utilizando um novo conceito, as outras equipes vão ter que comer o pão que o diabo amassou para correr atrás e de novo outro campeonato Redbull.

  35. anchor disse:

    Cada vez mais feios os carros atuais. Deviam as equipes fazer uma acordo de cavaleiros para evitar que carros como esses sejam lancados. Deviam colocar um adesivo de algum patrocinador bem ali no degrau, bem ou mal todo mundo vai olhar ali.

  36. Elmer disse:

    Esse logotipo do Banco espanhol é realmente uma merda!!!

  37. Thiago Sabino disse:

    Daí eu vejo a foto do Rubens andando no DW12 ali embaixo, e digo: que carro bonito!

    É….acabou a era de carros bonitos, coloridos como a Williams de 86,87…..

    2012, o ano dos carros bizarros.

    E PQP, será que esse degrau não gera arrasto? Conceitos como área plana equivalente não mudam….basta colocar a mão pra fora do carro….por mais que se faça o escambau, vai gerar arrasto. Não sei se aerodinâmica, hoje em dia, tem tanto segredo assim, ainda mais com uma coisa relativamente tosca……tá mais é com cara de erro de interpretação de regra, conservadorismo……e nisso, a McLaren foi bem. To vendo as flechas prateadas sumindo na dianteira com as Red Bull, e esse carro enterra a passagem do Massa na Ferrari.

  38. Felipe F. disse:

    - As equipes estão fazendo o bico com desnivel de 7 cm a partir do cockpit por causo de uma nova regra do REGULAMENTO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>