MUITO RARO DEMAIS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012 - 23:54Automobilismo internacional

MUITO RARO DEMAIS

SÃO PAULO (não me leve a mal) - Raríssimo, e é claro que é achado do Humberto Corradi. Um pequeno vídeo pré-Guerra colorido de uma corrida em Pescara. Mostrando carros da Mercedes e da Auto Union, Nuvolari, Rosemeyer, Caracciola, Neubauer… Absolutamente fantástico, embora o áudio me pareça meio fajuto em alguns momentos.

26 comentários

  1. Sam Spade disse:

    Fantástico o caralho, isso tipo de coisa é espetacular, inacreditáaaavel.

  2. Eduardo Melo disse:

    Que tal a técnica para fazer a curva derrapando nas quatro? Espetacular.

  3. ALEX B. disse:

    Parabens ao Corradi! Sensacional! Tem saudação nazi/facista (o que prova ser pré-segunda guerra), mecanico lambendo vela e trocando pneu a marretada! Lindo!!!

  4. Flávio Colorado Campeão de Tudo disse:

    Flávio, essas imagens não são daquele antigo programa da Sportv, o Motorsport Gold?
    Esse programa foi exibido entre 1996 e 1998 aproximadamente. Gravei em VHS, e tenho as fitas, muitos episódios deste programa tais como Le Mans (década de 50, o ano do acidente da Mercedes), algumas corridas na Inglaterra (festivais) e outras imagens. Ainda não passei para DVD, espero fazer isso no futuro.
    Agora acho que a escola dos mecânicos deste época foi no fusca, ao menos no protótipo pré guerra, pois as ferramentas para o trabalho são: “cuspe”, “arame” e chicletes.
    Saudações Coloradas.

  5. disse:

    É a história. Chique a coisa, macacões, capacetes novinhos.
    Como esse da vitória do Landi Bari 1952. http://www.youtube.com/watch?v=dkWK3aC4Qsc&list=UUiTz8dJN-19xYNYf3dpaxFg&index=22&feature=plcp

  6. Roberto Valle disse:

    Achei fantástico o mecânico testar uma possível falha dos cilindros: cuspe!

    Quanto ao audio, é bem característico de documentários dos anos 50/60 onde o áudio era dublado no estúdio porque provavelmente a captação original era bem ruim.

  7. Cacá disse:

    Esse é um trecho de uma coleção com mais de 10 DVDs, chama-se “A gentleman’s motor racing diary” (disponível aqui: http://www.amazon.co.uk/s/ref=nb_sb_noss?url=search-alias%3Daps&field-keywords=gentleman%27s+racing+diary&x=0&y=0).

    Qual a história? John Tate era um cinegrafista apaixonado por corridas. De 1953 até meados dos anos 1970, ele cobriu tudo quanto era prova, anotando tudo o que ocorria em seus diários. A Duke Video juntou as imagens com as anotações e voilà, eis uma bela coleção.

    E sim, a maioria dos filmes é originalmente mudo, então o áudio é todo pós-produzido em estúdio.

  8. Massao disse:

    Flavio, só agora descobri o que é “sensor lambda” (1:04).
    Fantástico!!

  9. G. Geremia disse:

    Flavio

    Tu sabe da existência de algum vídeo on board na antiga interlagos?

    Pra quem é guri como eu, seria uma coisa espetacular conhecer melhor o antigo traçado…

    Abraço!!!

  10. jean pierre veronese disse:

    Flávio,
    aqui também tem umas boas imagens:
    http://www.youtube.com/watch?v=NCP_GJ8JBOE&feature=player_embedded
    Abracos.

  11. LBM disse:

    Incrivel o contraste da tecnologia de teste do funcionamento dos cililndros (SALIVA) …

  12. Zé Maria disse:

    Como folgar a porca da roda trazeira…
    Vericador de temperatura do coletor com o dedo molhado de saliva…..
    KKKKK

  13. Alex disse:

    Sensacional, o “cano” do abastecimento, o cara tirando a roda na porrada, mas o melhor é o cara verificando a temperatura do motor molhando as pontas dos dedos e tocando o mesmo, da mesma forma que a minha mãe verifica se o ferro de passar roupa está quente. Muito legal mesmo.

  14. Leandro R Ferreira disse:

    Muito bacana. O que chama a atenção é a delicadeza do cara no pit stop. hahaha

  15. Fernando Rodrigues disse:

    A segurança era um par de luvas,capacete,óculos e uma camisa polo rsrs. Muito raro demais mesmo!

  16. Daniel Magnani disse:

    O que mais gostei, foi o mecânico testando no cupe se todos os cilindros estavam queimando corretamente. Alta tecnologia!!!!!

  17. Diego disse:

    Interessante. Engraçado são os pit stops que eram demorados e o mecânico tinha que mrtelar pra tirar os pneus, mexiam no motor e ainda passavam uma flanela no carro. E ainda por cima os pilotos não usavam capacete, apenas uma óculos e uma touca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>