MENU

terça-feira, 6 de março de 2012 - 16:03F-1

GARANTA O SEU

SÃO PAULO (corra) – A organização do GP do Brasil de F-1 avisa: os ingressos para a corrida deste ano começam a ser vendidos amanhã exclusivamente pelo site oficial do evento, que está aqui. A prova está marcada para os dias 23, 24 e 25 de novembro em Interlagos. Informações extras:

Quem adquirir os ingressos durante o mês de março poderá fazer o pagamento em até oito parcelas através dos cartões de crédito MasterCard e Visa. O número de parcelas será reduzido gradualmente a cada mês. Além dos ingressos para as arquibancadas, o site também disponibilizará informações para compra de ingressos para quatro setores de área vip: Premium Paddock Club – Star Lounge, Terrace Club, Interlagos Club e Orange Tree Club, que incluem visita programada aos boxes.

Abaixo, o mapa com os preços. O Setor G é o mais barato, 510 mangos para os três dias.

48 comentários

  1. Victor disse:

    Flávio,
    Qual a diferença entre os sites gpbrasil.com e gpbrasil.com.br? Os dois são oficiais? No gpbrasil.com vc pode comprar pacotes com ingresso+hotel+transfer e no gpbrasil.com.br apenas os ingressos pelo que vi. O que vc diria sobre essas áreas vip? Apesar de caras achei legal pelas visitas aos boxes…
    Obrigado

  2. Alexandre Santiago disse:

    Pior, olha esse setor ‘Star Lounge’ por 10 mil dilmas. Realmente ele ‘está lounge’ da realidade tupiniquim. Afff!!!

  3. Cassius Clay Regazzoni disse:

    Na boa, este é um programa para idiotas, pois, somente idiotas aceitam pagar este preço para serem tratados que nem mendigos…kkkkkkkk

    É a cara da classe média brasileira que compra carro popular pelado a preço de sedã de luxo.

    Certo estão os promotores, que ainda conseguem vender ingressos para estes otários com este preço.

    • Alexandre Santiago disse:

      Bem isso, logo logo se os preços continuarem assim, vai ter consórcio para comprar ingressos.
      Eu já tive a chance de assistir F1 nos EUA em Indianapolis em 2006. Paguei 60 dólares na época para ficar em uma área coberta e quase em frente aos boxes, com uma estrutura muito bacana e com muito mais conforto que na ‘favela’ do setor G aonde eu fui por muitas vezes. Me sujeitei porque gosto demais de F1, mas cansei de toda essa babaquice. Prefiro agora ajuntar grana e assistir a corrida fora do país, infelizmente.
      []‘s

      • ccregazzoni disse:

        Eu também fui na despedida do Schumy e vitória do Massa em 2006 quando não tinha lugares numerados (sentei no fim da reta por pura sorte) e voltei em 2007, cheguei por volta das 11 horas, arranjei briga com vários babacas que roubaram meu lugar (foi a 1ª corrida com lugar numerado), fiquei onde tinha que ficar mas prometi que nunca mais voltava naquela merda.

        Ir a Evento de grande porte no Brasil só sendo muito burro.

        Hoje em dia é muito melhor assistir na Argentina ou Chile, paga-se quase a mesma coisa e lá as pessoas são civilizadas.

        Já garanti meu ingresso para assistir ao Foo Figthers em Buenos Aires (Quilmes Rock). Vou com lugar garantido (na 2ª fila depois do palco) paguei mais barato que no Lolapalooza e ainda comerei uns belo chorizos.

  4. Rodrigo Melo disse:

    Se você planeja assistir a corrida no G, desista, não vale a pena.
    Fiz a burrada de querer economizar dinheiro e fui pro G ano passado, não consegui sentar a menos de 200metros da decida do lago mesmo chegando 3 horas antes por que todos os lugares estavam “reservados”. Um grupo tentou me fazer sentar na escadaria e pagar por isso. Pessoal rasou a revista da acorrida pra jogar papel em qualquer pessoa que passasse, incluindo crianças e cadeirantes, quando a cerveja esquentava, jogavam o copo em quem tivesse passando. Os policiais e bombeiros não se importavam e fingiam que não viam.
    No fim da corrida ainda aconteceu o absurdo de puxaram a bolsa da minha prima, que me acompanhava a corrida, e ROUBAR o seu celular.
    E a cereja do bolo, quando fui reclamar para um policial que estava próximo ele respondeu “O que é que eu posso fazer? Quem vem pro G é pra isso mesmo, se queria ver a corrida devia ter ido pra outro setor.”

    Então amigo, se você é apaixonado por corrida como eu é melhor não economizar dinheiro indo pro G, não com essa administração decadente atual.

  5. Renato F1 disse:

    A turma da minha rua e eu já combinamos o seguinte:

    1. A sala de um dos integrantes é grande;
    2. Tem uma TV de LED de 40″;
    3. Tem sinal digital;
    4. Vamos comprar umas boas poltronas;
    5. O banheiro é de fácil acesso;
    6. Todo ano compramos salgadinhos e bebidas.

    No final das contas, cada um deve desembolsar uns R$ 200 (isso por causa da compra das poltronas; sem ela dá uns R$ 20), e temos conforto e segurança nos fins de semana de corrida e de futebol. Aliás, antes disso tem o jogo de futebol e depois disso vamos para o jogo de corrida!!!

    Pagar R$ 510 num ingresso: sem noção!!!

  6. LBM disse:

    Nenhuma esperança de mudança no traçado …

  7. Pedro Navalha disse:

    Tudo é caríssimo em Interlagos justamente para garantir que um monte de vagabundos e babacas possam receber credenciais gratuitas e sair por aí falando bem dessa merda que é o GP Brasil…

    Parte dessa dinheirama toda pelo menos poderia ser usada para trocar aquelas telhas Brasilit que estão na entrada do autódromo desde que o Emerson Fittipaldi começou a correr lá de Fórmula VEE. O lugar parece uma favela.

  8. Pedro Jungbluth disse:

    Bom ver que o movimento pela melhora do setor G adiantou um aumento no preço.

  9. Fuel disse:

    A cada ano está mais difícil sustentar meu vício. Fui a primeira vez em 2003. Lembro que paguei R$ 280,00 por um ingresso no setor A. Hoje o G está R$ 510,00. Estão todos loucos. Fórmula 1 é um baita programa. Pena que a gente sofre tanto no G.
    Banheiro químico e mal organizado demais. Lembro do quanto a minha irmã sofreu porque não isolaram os banheiros femininos dos masculinos e os marmanjos usavam os femininos. Houve um ano em que se preocupavam em colocar os femininos isolados dos masculinos com segurança na frente. A boa notícia de 2011 é que se tornou possível ir de metro e trem e parar a 500m da entrada do setor G.

  10. bira disse:

    Pra quem tiver os 10 mil reais do vip e querer ver a F1 eu recomendo ir pro Canada.

    Da pra pegar o vip lá que esta em 5000 reais e ainda sobra dinheiro pra passagem e algumas comprinhas. O unico problema mesmo seria agilizar o visto :)

    • Lio Campos disse:

      Detalhe qualquer GP do mundo é mais barato que os ladrões da Prefeitura do Kassab cobram aqui ..até GP de Monaco é ais barato…este Prefeito é doido Ele põe um coisa na cabeça e não tira…acha que quem ia na Formula 1 tinha dinheiro então aumentou tudo..preço do ingresso,assaltos,desleicho pelo bairro…desconforto nas arquibancadas..não tem lugar para estacionar,comer..nada ..os imóveis cairam 1.000 mil % Nas entrevistas o Rubinho tinha até vergonha de falar que morava em Interlagos…Eu não pago mais desde que o Kassab entrou …saudades do Maluf que entende de carros e gosta de Formula1 e os ingressos eram iguais aos de outros Países …eleições estão ai é a oportunidade de tirar esse cara …

  11. Carlos Santista disse:

    O blog poderia sortear uns ingressos.

  12. Fabio disse:

    O problema é o entorno, fui de trem, a estação é longe e perigosa, vi uma tentativa de assalto bem perto, não tinha policia perto, vi cambistas, achei bem zoado, bem chato o trajeto de ida e volta e não tem muita opção, pois o trânsito também é bem ruim.

  13. Regys Panceri disse:

    Flavio….Qual seria pra vc o melhor setor….tenho uma vontade gigantesca de ir, mas tenho duvidas quanto ao setor! se puder me ajudar….valeu!!

    • Flavio Gomes disse:

      Gosto do T e do V. Os dois juntos também é legal.

    • Rogério Magalhães disse:

      Eu sempre vou no setor A, por causa da visão da pista, que te permite ver bastante. De preferência, a vista mais legal está mais ali pela altura do fim do grid, tipo posições 22, 23, de onde se vê a porção final da reta oposta, curva do lago, laranjinha, pinheirinho, bico de pato, mergulho, junção, subida do café e boa parte da reta, fora entrada dos boxes e movimentação dos primeiros boxes… o que não dá para ver, como o S do finado e curva do sol, tem um telão mais perto do Café que permite ver o que acontece.

  14. Daniela_Rio disse:

    Oi pessoal !
    Me dá umas dicas aí..quero muito assistir a corrida esse ano, mas não faço idéia do melhor lugar,hotéis próximos ao autódromo essas coisas… nunca estive em interlagos…será que vcs podem me ajudar ??
    Desde já agradeço as dicas…

    • Cyro De Cicco disse:

      O setor A é o meu preferido. Tem um ótimo campo de visão se não o melhor de todas as arquibancadas do autódromo, por proporcionar a possibilidade de se enxergar a maior parte possível do autódromo. O preço é o segundo mais em conta que se encontra. O setor A fica posicionado na reta dos boxes (da subida até o ponto do grid onde os últimos carros alinham). O ideal é sentar na parte superior, pois se tem uma ótima visão do miolo dessa forma. A arquibancada é de concreto (compre almofadas que vendem na fila) e leve capa de chuva e protetor solar pois não é coberto. Leve um rádio com fones de ouvido para ouvir a transmissão. Para ir no A e ficar bem posicionado, deve-se chegar cedo, o que quer dizer estar na fila entre 03:30 e 04:00 a.m. no domingo. Na sexta e sábado tranquilo. Realmente a coisa é pauleira e está longe de ser um primor de qualidade. Tem um banheiro fixo grande que não dá conta e várias cabines químicas que após algum tempo ficam daquele jeito. Uma série de stands das equipes vendendo itens e alguns stands que vendem bebidas e churrasco/hamburguer. Tem um Hotel Ibis que fica ao lado ou junto do Shopping Interlagos que fica na Av. Interlagos, a mesma do autódromo. Dalí pro autódromo leva 5 minutos de taxi. Não preciso nem falar que deve ser difícil conseguir reserva pra data da corrida. Setores como os M, B e D por exemplo são cobertos e acredito que não te obriguem a chegar tão cedo assim, pois são setores menores. O campo de visão não é tão grande quanto o do A, mas propiciam detalhes como ver a movimentação nos boxes ou as disputas de ultrapassagem no S do Senna na sua frente, porém são bem mais caros. Dê um look nos vídeos do setor A:
      http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=6rXlaiuv_U4
      http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=vyqQYPJSbD4
      http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=p5JsdUwPi_c

    • Cyro De Cicco disse:

      Daniela, no site oficial, http://www.gpbrasil.com.br tem foto em 360 graus de todos os setores.

    • Manoel disse:

      Eu sempre fico no setor A. Quanto ao Hotel, fico no Hotel F1, da Consolação. Fica próximo/junto a av. Paulista, metrô e etc. Para Interlagos vc pode pegar o ônibus especial que sai na frente do MASP, na av. Paulista. Vai direto para o autodromo (linha exclusiva). Vc compra passagem de ida e volta. Na volta, pega o mesmo ônibus e desce no MASP. Fácil, Fácil.

    • Valesi disse:

      Eu també sou rato do A, considero a melhor visão da pista. Sempre chego na fila lá pelas 04:00, tanto para conseguir lugar quanto pela festa propriamente dita, pois já consegui bons amigos por lá. Não espere conforto: é coisa prá aficcionado.

      Quanto a hotel, consegui este ano um preço bom no Transamérica Congonhas. Procuro ficar perto do aeroporto, pois não é tão difícil o acesso ao autódromo e facilita na hora de ir embora no domingo à noite. Mas não sei se você consegue reservas ainda…

  15. professor disse:

    Se o governo banca a corrida por que ingressos caros? Vai estar cheio de políticos, celebriadades, mosas de padarias, menos quem gosta de corridas…ir nos setores “lupem” não rola…queria ver os carros (de perto) e não tenho 3 mil (ou mais) para dar em um ingresso…tenho certeza que meu aluno, filho de senador vai está lá (todo ano ele vai de graça, lembra do caso do governador que foi na indy 500 e que recebeu de presente uma puta e estava preparando um assalto de 1 bilhão, pois é, o filho do escroto é meu aluno, vai direto nessas festinhas, ups, corridas)… não concordo com festas patrocinadas pelo governo com ingressos tão caros…deve ser dor de cotovelo ou inveja minha!!!rsrsrs…rir para não chorar.

  16. Zeno disse:

    Quero ir, mas os comentários me desanimam…

  17. Benício disse:

    Tá barato, tá barato!!! kkkkk.

  18. Paulo Travaglini disse:

    Flávio,

    Você pagaria prá ir, se não recebesse credencial?

  19. Roberto Fratelli disse:

    Pagar essa fortuna pra ficar empuleirado horas (vc tem que chegar 6am lá), sem infraestrutura nenhuma (refeições horríveis e extremamente caras, sanitários precários, etc..) nao mais. Fui 6 anos seguidos em vários setores, só temos precos aumentando e a infra é sempre precária.

    Vou na sexta (comprando de cambista, pois voce não consegue comprar ingresso de 1 dia pelo site), ouço o ronco dos motores, volto pra casa e vejo a corrida da TV.

  20. RENE FERNANDES disse:

    Uma incognita futura e cara pra carvalho!!! Cerveja quente, sanduba mulambo e banheiro químico…uma pechincha!!

  21. Valesi disse:

    Os preços são maiores ainda. Confira o site, Gomes, eles anunciaram uma coisa e praticam outra. Os três dias no A estão por quase mil mangos.

    • Rogério Magalhães disse:

      Não, esse link passado no post do FG é o site oficial, por onde eu compro ingresso todo ano e que estava consultando direto justamente pra saber quando abririam as vendas.

      Problema é que tem um outro site espertinho, que só tira o “.br”, que faz algum tipo de mutreta, talvez funcionando como “cambista virtual” tipo os T4F ou Ingresso Fácil da vida, enfiando mais valores em cima do que já é naturalmente alto, por isso o absurdo do Setor A por praticamente mil reais (ano passado, comprando no site oficial, com taxas de conveniência, de entrega e outras porras, paguei 700 reais no mesmo setor). E aí teve gente da imprensa esportiva e de portais que saiu comprando essa informação desse site espertinho, que dá ar de oficial, como oficial.

      Por isso que tem de ficar esperto quando se recorre ao tio Google. Pode-se pagar bem mais do que já é salgado ao cair em site que não é o oficial, que tenta se passar por tal.

      • Valesi disse:

        Rogério;

        Você e o Flávio Gomes têm razão. O pior é que sempre compro meu ingresso pelo site oficial, e simplesmente não me toquei disso.

        O preço é caro, sim. O serviço, ruim. Quem não gosta, ou acha que não vale, está exercendo seu direito. Mas eu acho que mereço me dar esse prazer todo ano. Em novembro, vocês me acham de novo no A.

  22. Antonio Luiz Siqueira disse:

    Aceita em 727 vezes….no chequinho?

  23. Alex disse:

    510 reais….os caras só podem estar de brincadeira! Acho que eu não pagaria nem 50.

    • André Giordano disse:

      Não vale a pena mesmo!!!
      Você paga caro no ingresso que, por incrível que pareça, é o mais barato (R$ 510!) e não tem conforto algum.

      Os lugares não são marcados e idiotas que chegam às 4:00 da manhã, quer dizer, alguns idiotas, porque a maioria deles fura a fila alegando que seus ‘manos’ estavam guardando o lugar.
      Inclusive o ato de chegar as 04:00 da manhã não é exclusividade dos menos favorecidos do setor G. Pagando 500 ou 2500, nenhum local no autódromo é marcado.

      Comida cara, pessoas que não respeitam as mulheres do recinto e só são valentes porque estão em bando e ausência de um telão para acompanhar a corrida só fazem você se arrepender, até o fim de seus dias, por todo tempo perdido ao assistir a F1 em Interlagos.

  24. Se o meu salário aumentasse usando o índice que a Fórmula 1 usa em seus ingressos eu tava feito.

  25. Theokoles disse:

    Caro demais. Deve ser legal ver ao vivo, mas por esses preços abusivos, nunca irei.

  26. Danilo Cândido disse:

    F1 em Interlagos ? Nunca mais, não vale à pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>