MENU

quarta-feira, 21 de março de 2012 - 19:13Ladaland

O OUTRO

SÃO PAULO (igualmente belo) – Relutei anos em falar do Volga aqui, por tratar-se de encarniçado concorrente da Lada, mas é preciso reconhecer sua beleza. Alguém me mandou o link, e como estou correndo demais hoje, não sei quem foi e dou apenas a dica para que vocês conheçam o esplendor da indústria soviética. Vejam aqui.

12 comentários

  1. Mineiro em SP disse:

    Um feliz proprietário de Lada nos Estado Unidos.

    http://www.ladausa.net/

  2. Pensei que não era seu estilo de carro…o Volga é imponente, um czar mesmo, lembro de ver ele nas “Carros de todo o mundo” de 1994 da Quatro Rodas. Até hoje me adimira meu tino por carros exotios tão cedo :p, uns cinco anos depois fui atras do meu primeiro Lada, tinha 15 anos e via ele parado na rua, quando passava de onibus voltando do cursinho. Convenci meu pai a ver ele, chegando lá ele estava aberto procurei o dono e perguntei se estava a venda, a resposta foi “um lada está sempre a venda”. Donos de Lada tem um veio humoristico, sempre. Não deu jogo, o que eu faria com um Laika naquela época? Meu pai foi só pra matar minha curiosidade de conhecer o caixotinho. Enfim, meu Lada veio 12 anos depois. Faz mais de ano que não ando com ele, mas sempre que o vejo tenho um sorriso na cara. Se está a venda? Sempre está! Se vender compro outro, sem Lada não fico.

  3. Afranio Castelo disse:

    Já tinha dado essa dica em um post antigo, mas aproveitando a ocasião, tem um filme russo sobre um Volga equipado para voar, uma aventura bem legalzinha. Taí o link para quem não tem medo de afrontar a CIA e o FBI na cruzada deles contra o compartilhamento free na internet:
    http://www.crocko.com/6F73781E3A5040F6B9D8066B7A5B3C01/Trov-Neg_By_QPA….zip

  4. Afranio Castelo disse:

    Flavio

    Já tinha comentado em um post antigo sobre o filme russo “Trovão Negro”, que é sobre um Volga velho que voa, obra da gloriosa ciência soviética, descoberto ao acaso por um quase adolescente. Agora entendi porque vc parece não ter notado a dica cinematográfica….
    Mas como vc teve uma recaída, tai o link para baixar o filme:
    http://www.crocko.com/6F73781E3A5040F6B9D8066B7A5B3C01/Trov-Neg_By_QPA….zip
    Se vc tiver escrúpulos com a ofensiva da CIA e do FBI contra o compartilhamento free na internet, e não quiser baixar o conteúdo, é só assistir online em algum sites desses de filmes.
    Abraços.

  5. Daniel Soares disse:

    Meu cunhado é casado com uma russa. Moram no Brasil. Mas os pais dela ainda moram em Moscou. O pai é feliz proprietário de um Volga.

  6. Durvaldisko disse:

    Studbacker Farina,circa,1954? Prefiro o original…

  7. Beto Carpini disse:

    É bem estilo norte americano…

  8. victor freire disse:

    belo carro. minha namorada adorou a pintura saia e blusa.

  9. PauloZ disse:

    No Rio de Janeiro dos anos 60 havia alguns destes carros. Creio que a embaixada soviética, que ficava em Botafogo, tinha uns dois ou três destes carros. Os Volga ‘cariocas’ não tinham uma pintura tão alegre quanto o da foto, todos eles eram pintados de cinza (claro ou escuro). Creio que a embaixada da Theco-Eslováquia também tinha um.
    Como já foi dito acima, a aparência de um Aero-Willys não fazia que os Volga fossem muito notados naquela época.

  10. Rovilson disse:

    Grande Volga! Realmente não é tão perfeito quanto um lada, mas é quase.
    Se eu tivesse dinheiro…

  11. Jeambro disse:

    Parece um Aero-Willys da primeira fornada.

    • Minoru disse:

      Pensei exatamente a mesma coisa pois me lembro de uma propaganda dos carros da Ford que saiu numa Quatro Rodas dos anos sessenta e que ficou na minha memória, e nela tinha um Aero-Willys com uma pintura bem parecida, saia e blusa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>