MENU

segunda-feira, 9 de abril de 2012 - 0:41F-1

GILLES & JACQUES

SÃO PAULO (nos trilhos) – Legal a homenagem que a Ferrari vai fazer a Gilles Villeneuve no dia 8 de maio, quando do 30° aniversário de sua morte. O filho Jacques vai andar com o carro de 1979, campeão com Jody Scheckter, em Fiorano.

Merecidíssima, a lembrança.

23 comentários

  1. Eu quero dizer a você Flavio Gomes e a Ivan Capelli que alem deste comentario besta que vocês fizeram sobre o acidente de Gilles Villeneuve so mesmo o ato de Jochen Mass de trazer um carro lento para o meio de um traçado de carros rapidos treinando é mais estupido ainda.

  2. Glaucia Vecci disse:

    Vocês são engraçados eu quero ver piloto ser piloto sem carro e se isso for apenas um detalhe para vocês quer dizer que vocês não entedem nada de formula 1 dane se as estatisticas,viva o gênio louco Gilles Villeneuve para sempre.

  3. Mauricio Camargo disse:

    Um dos meus maiores ídolos do automobilismo.

  4. Roberto Martinez disse:

    Quem viu Villeneuve , o Pironi de Ligier também, fazer a curva 1 totalmente flat, com a cara na grade, nos idos 1979 e 1980, com aqueles chassis de liga de alumínio (nem usavam carbono ainda), com aqueles pneuzões , mas com menos aderência dos de hoje, sabe o que é piloto. Não a toa que Gilles, com menos vitória e sem título, é mito , seu filho não.

    • Glaucia Vecci disse:

      Porque falam de Pironi,se ele fosse tão bom como ele reivindicou em 1982 quando se rebelou porque então ele não ganhou em 1981? tinha que ser só carro bom para ganhar de Villeneuve?e ainda sim no começo de 1982 só dava Villeneuve, ou eu estou mentindo?

  5. R.CASAGRANDE disse:

    O pai do cara que hoje tá completando 41 anos era mesmo um dos melhores de todos os tempos. Acho que só Senna e Schumacher foram melhores do que ele em todos esses anos. Eram bons tempos, com ele e Peterson, dois dois melhores, que o destino quis que terminassem a vida fazendo exatamente o que faziam de melhor.

  6. José Brabham disse:

    Gilles vive!!

  7. Kyna disse:

    ele era piloto show, mas não constante o suficiente p ser campeão, a ferrari viu isso e deixou ele como 2o piloto. um cara q pilota assim não será campeão. até o trapalhão mansell conseguiu ser campeão com um foguete na mão mas teve q tomar muito chá de camomila e tranquilizante.
    gosto de pilotos shows, mas no final ainda prefiro aquele que pilota e tem chance de ser campeão. a familia villeneuve não teria lugar na minha equipe, pois um era louco demais e o outro se achava o melhor piloto e a pessoa mais inteligente do mundo (se o filho mantivesse a boca calada até gostaria de ter ele em casa)

  8. Marcelo A F da Silva disse:

    Grande e merecida homenagem a Villeneuve! Época de uma F1 que realmente nos entusiasmava! A F1 atual é muito chata e cheia de piloto fresco!

  9. Marcelo disse:

    Uma correção: Ronnie levou patrocinador para a equipe em 78.

  10. Marcelo disse:

    Grande piloto sem dúvidas, mas Villeneuve também teve que fazer papel de CAPACHO, teve que aceitar um “pedido” de Enzo Ferrari no grid no GP de Monza 79. Foi um “pedido” bem simples, Gilles não podia disputar posição, muito menos a vitória com o companheiro Scheckter. Para o dono da equipe o título de 79 já tinha dono…Scheckter, e a decisão tinha que acabar em Monza pra pachecada italiana fazer a festa.

    Desde a volta 2 até a bandeirada Gilles ficou na “cola” do companheiro sem atacar uma única vez, isso em Monza onde o que não falta é lugar para ultrapassar, na bandeirada a diferença entre foi de apenas 0.46s.

    Curioso o comentário abaixo aos 3:22(deve ser o R.Leme), fala sobre a situação de Gilles na corrida e no campeonato.

    Fórmula 1 1979 – GP da Itália(Rede Globo)
    http://www.youtube.com/watch?v=t9z9dKV9uKo

    Lembrando que, um ano antes Peterson na Lotus também foi capacho de Andretti, o sueco foi impedido por contrato a não disputar o título com o companheiro, e olha que Ronnie levou patrocinador para a equipe em 79.

    Foi uma baita sacanagem da Lotus e Ferrari com Peterson e Villeneuve(muuuito pior que o caso de Rubens na Ferrari), porque o sueco e o canadense mostraram na pista e na pontuação que tinham condições de ser campeões. No caso de Rubens ele nunca fez sombra ao alemão nas provas, muito menos na tabela. Basta observar o início de temporada de cada um! Enquanto o alemão era veloz, preciso e cerebral…Rubinho fazia um monte de cagada jogando várias corridas no lixo, minha mãe é testemunha viva disso:

    “Olha lá o Rubinho fazendo besteira de novo, já danificou a asa do carro, o alemão já vai pra outra vitória, Rubinho não tem chance contra esse Schumacão todo”…essa é a minha mãe, sabe tudo de Formula 1.

    Por outro lado, o que adianta provar na pista e na tabela se vc é “barrado” pela equipe? Foi o que aconteceu com Peterson em 78, Villeneuve em 79 e Reutemann em 81. Esses três pilotos provaram o ano todo que podiam ser campeões. Lotus, Ferrari e Williams décadas atrás não permitiram.

    E ainda tem pacheco no Brasil que diz que nos anos 80 não existiam ordens de equipe! Oras, basta ver o GP do BRA 81, IMO e FRA 82 nessas provas houve ordem de equipe. Se Reutemann, Pironi e Arnoux não acataram a ordem e venceram, é outro caso, mas o fato é que teve ordem de equipe.

    http://autoracing.virgula.uol.com.br/reportagens-autoracing/f1-os-pilotos-que-desafiaram-as-ordens-de-equipe

    No vídeo abaixo outro momento que a Ferrari manipulou o resultado, novamente a placa “slow” era mostrada para os pilotos, era apenas a quinta corrida na temporada, a Ferrari não permitiu que Johansson vencesse a primeira corrida na carreira.

    F1 1985 FIA Review 05 Canada
    http://www.youtube.com/watch?v=sH6cNwEF5fY

    Abaixo, três momentos que Coulthard entrega a posição ao companheiro de equipe, foram 3 vitórias a menos na carreira. Não me lembro de Hakkinen devolver tamanha gentileza, Schumacher pelo menos compensou a vitória perdida na AUT a Rubens, entregou a vitória ao companheiro no GP do USA do mesmo ano, Rubinho não faz muita questão de lembrar disso, mas minha mãe se lembra muito bem.

    Líder Coulthard entrega posição a D.Hill-GP PORTUGAL 1994
    http://www.youtube.com/watch?v=yqY9_JSa5BU&feature=youtu.be
    O escocês foi até na parte suja da pista para facilitar para Hill.

    F1 1997 European GP: Hakkinen pass Coulthard and Villeneuve
    http://www.youtube.com/watch?v=3RMX9NiBZd0
    Notem que era para David vencer, ele estava a frente de Mikka.

    David Coulthard allows Mika Hakkinen
    http://www.youtube.com/watch?v=aHd8n1D4wkM
    Era a primeira corrida do ano, que PAPELÃO Mclaren…

    E por favor, não me venham com esse papo-furado de acordo de “cavalheiros” entre os pilotos da Mclaren no GP da AUS 98. A conversa abaixo via-rádio no GP da EUR em 97 prova que Coulthard era baita capachão.

    Mclaren:
    _Mikka P3, perto, David abra para Mikka passar na reta dos boxes.

    Repita por favor.

    _Abra para Mikka na reta dos boxes!

    Desculpe não entendi.

    Nessa hora o fudidão pega o microfone e dispara!!!

    _PQP David, aqui é R.Dennis, se vc não dx Mikka passar nessa volta, será DEMITIDO, ficou claro?

    Williams:
    _Jacques, Hakkinen passou para P2, esta muito rápido, ajudou muito. Jacques, Hakkinen P2 ele quer ganhar(e O David não?), ele foi muito prestativo, lembre-se disso.

    _Última volta Jacques, Hakkinen esta bem atrás de vc! Não me decepcione, conversamos antes sobre isso. Hakkinen esta colado em vc, lembre-se ele foi prestativo!

    Em seguida J.Villeneuve deixa Mikka passar e vencer, e depois deixa também Couthard passar…barbaridade!

    Duas equipes rivais se unirem para derrotar outra(Ferrari), tenha dó, tacaram fogo na ética da F1. A equipe italiana esta sozinha na competição, tem razão de fazer o que bem entender dentro da equipe.

    • Burn, Baby Burn... disse:

      Pachecos a parte Marcelo, o que você tão esmeradamente postou não é novidade alguma, sempre existiu existirá o segundo piloto nas equipes de Formula 1, mas adorei os vídeos, além de serem uma volta ao passado interessante, são igualmente relevantes para este fim

      Simples assim.. não requer pratica nem tão pouco habilidade, se entrou como segundão, o cara não tem o direito de reclamar.. mesmo que pilote muito mais que o primeirão, o que as vezes acontece..

      Valeu..

  11. rubens fernandes junior disse:

    Com certeza esse era o cara . Outro igual , dificil , como já disseram ele corria com o coração , cada corrida comse estivesse disputando um título.
    Eternamente Gilles.
    Sou seu fã.

  12. Esse corria, com bico , sem bico, com pneu no osso, ultrapassava aonde não tinha espaço. Mais que merecida a homenagem.

  13. alberto disse:

    uma homenagem só é pouco. Nossa, esse cara andava sem o bico do carro, corria com 3 rodas, sem aerofólio traseiro, não tinha medo de nada. Era do cacete assistir corridas com ele nas pistas. Não importava a posição. O cara corria disputando cada corrida como se disputa um título. Acho que ele merecia ter pelo menos conseguido um título. se o corpo dele não fosse ejetado da ferrari, ele teria sido campeão. Mas virou mais que isso. Virou uma lenda

  14. Fabio disse:

    Em Fiorano ?! ..bem que podiam deixar pro GP da Espanha no dia 13.. mais público.. mais TV..
    Alias, o pessoal do site do Grande Premio trocou as bolas lá no “Calendário Formula 1″ :
    GP da Europa – Silverstone
    GP da Inglaterra – Valência (?)

  15. Joca disse:

    Nesta época, tinha pilotos, este é um exemplo, esse era bota.

  16. Tiago disse:

    Esses pilotos tinham 3 bolas, no mínimo!
    Olha o nível da caranga! Aposto que até a Classic Cup tem mais segurança que um carro desses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>