CAPOTOU, LEVANTA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

domingo, 10 de junho de 2012 - 13:54Automobilismo brasileiro

CAPOTOU, LEVANTA

SÃO PAULO (é assim) – Ontem a Fórmula Vee viveu seu momento mais dramático nestes dois anos de vida, com o acidente entre Raphael Soares e Fernando monis na largada da prova. Felizmente os dois pilotos estão bem (Monis machucou a mão foi só). O carrinho mostrou segurança e o atendimento foi perfeito, rápido e cuidadoso. Acontece, corrida é assim. A prova foi interrompida, claro, e depois realizada dentro da maior normalidade. O vídeo foi feito pelo Rodrigo Daprá. Lá no Blog do Saloma tem mais detalhes. E esperamos pelo relato da corrida do Comendador Ceregatti, que largou em 13° e ainda não sei em qual posição terminou.

Aqui tem um on-board do carro do Monis, que escapou na zebra e acabou estilingando para dentro, batendo no Raphael.

22 comentários

  1. Acompanhei todo o resgate, do outro lado da pista, da saida dos boxes. Rapido e eficiente. Perfeito. Piloto super bem atendido. Parabéns a todos da equipe de resgate.

  2. Marcel disse:

    Mas que o bico do carro do Moniz passou a centimetros do capacete do Soares, passou.

  3. Fabio Souza disse:

    Chegaram rapido mesmo, mas me pergunto se esse carro não é aquele “pace-car” que costuma seguir no fundão em algumas largadas de categorias. Já vi fotos da f-classic se não me engano com um fiat desses lá no fundo seguindo a patota.
    Não que isso desmereça o atendimento, muito pelo contrário.
    De qualquer forma foi uma sequencia de fatos e atitudes corretas como bem deve ser em se tratando de automobilismo. Todos de parabéns.

    • Edu H@rmel disse:

      Essecarro é o chamado “Medical Car”. O médico vai a bordo justamente acompanhando a primeira volta, que em geral é a mais propensa para acidentes envolvendo mais de um carro. É procedimento padrão e foi rápido por isso mesmo. Essa é a razão de ser do Medical Car…

  4. gianfranco carvalho disse:

    bom o que me deixou impressionado,foi que parece que o capacete do piloto saiu da cabeça dele…e foi longe….sera que nao estava bem preso?

  5. LUCARO disse:

    Carrinho resistente, piloto ok (além do susto) Medical e Resgate impecáveis. Diretor de provas também correto pela interrupção. Parabéns a todos.

  6. disse:

    Pá e bola. Nota 10 o Ferreirinha deu para o Crash Test real. Quero ver os “entendidos” falarem que o carro é isso e aquilo…

    • O Ferreira, o Minelli e o Enricone ajudaram e muito orientando o projeto do chassis do Formula Vee e o Monis Pai na construção e desenvolvimento.
      Não gostei nem um pouco, mas muita calma nessa hora, os dois saíram ilesos a menos do punho do Fernando e o carro resistiu galhardamente, pedi para o Rodrigo Daprá, o mesmo autor do vídeo tirar fotos de todas as soldas do Santo Antônio e nenhuma foi afetada, resta verificar dimensionalmente o chassis para checar deformação. Aparentemente está intacto a menos do Santo Antônio raspado e levemente torto, descolou apenas 5 mm para a frente, tem que medir para perceber.
      O acidente está sendo analisado por quem de direito e se precisar todos os envolvidos serão chamados, tem mais uns cinco vídeos que não serão publicados que nos ajudarão nessa tarefa. Corrida de monoposto é coisa séria.
      O Dr. Wagner chegou em 7 segundos e ao verificar o estado do carro examinou o Raphael e decidiu que não havia necessidade alguma de pressa, ele estava bem, consciente e não estava preso. O retiraram com o maior cuidado, o Dr. Wagner na pista mesmo fez os exames iniciais e o removeu para o ambulatório onde foi novamente examinado nada se constatando. Por precaução o Raphael foi removido para o São Luiz e o Dr. Renato Faermann que corre de Passat na Clássicos o acompanhou e cuidou de tudo, nada como ter um médico amigo e experiente como o Dr. Renato para resolver as coisas em um hospital. Saímos do hospital de noite quando após todos os exames o Rafael recebeu alta e já está em Salvador onde reside. O Fernando teve o pulso aparentemente luxado, foi enfaixado no autódromo, mas depois foi ao hospital onde se constatou um fratura e foi engessado. Acidente é assim mesmo, nunca se sabe o que vai acontecer.

  7. Antonio Luiz Siqueira disse:

    Foi um susto danado……mas entre suspensões tortas e bico arrancado, nada de mais sério aconteceu com o baiano…….se não foi o big one tão comentado já foi uma prévia ou então um meio big (ficou ruim essa), mas como você disse, o carro resistiu bem, menos mal.

  8. Carlos Santista disse:

    O atendimento foi Puntoal … não lembro de ter visto atendimento tão rápido que nem esse nem na F1

  9. Murilo Murr disse:

    ooo Flavio, com faço pra correr na F-vee ??? como faz inscrição ?? custos ?? etc ???

    valeu!!!

    abração!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>