LONDON, LONDON | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 29 de junho de 2012 - 2:24F-1

LONDON, LONDON

SÃO PAULO (lua linda) – Está começando a ficar séria essa história de uma corrida noturna de F-1 nas ruas de Londres. Ontem, o Santander apresentou vídeos com uma simulação do circuito, que teria 5.156 m de extensão e passaria por alguns dos pontos mais conhecidos da cidade. Button e Hamilton são, por assim dizer, embaixadores da ideia. Participam de um dos filmetes do banco espanhol, que patrocina a McLaren. E a Ferrari. E um monte de GPs com seu troféu em forma de cocozinho.

Para ver os detalhes desta sonhada pista de rua londrina, é só clicar aqui. Aqui também tem um desenho legal, com estimativas de custos, necessidades de infra para montar a pista, receitas, possíveis preços de ingressos e tal. Londres está bem na fita. Fará os Jogos Olímpicos neste ano e não parece respirar os ares de crise que varrem boa parte da Europa.

Mas, por enquanto, essa prova está só nas animações de computador. O Santander parece disposto a investir. Não há data, apenas sonhos e planos. É bom ficar atento, porém. Porque se é verdade que o Santander abraçou o projeto, não é menos verdade que o banco não vive seus dias mais tranquilos.

24 comentários

  1. Pedro Paiva disse:

    Flavio, acho que seria uma evento e tanto. Eu moro em Londres e acho que tem lugares bem legais para montar um GP, mas vai ter muita, muita oposição da população. Aqui qualquer coisa na rua precisa de aprovação e mais aprovação, com direito a debate e votação nas sub-prefeituras (councils). Isso pode adiar o GP por anos e anos, até cair no esquecimento. Outro ponto: aqui em Londres a crise pegou sim, não no mesmo nível, mas estamos todos sentido, todo mundo esperando para ver o que vai acontecer. Londres se segura por ser um centro internacional. O resto da Inglaterra está falido, assim como na Europa. Estive em um tour recentemente por Birmingham, Liverpool, Blackpool, Carlisle, Newcastle e Leeds. Em todos esses lugares se vê muita gente na rua sem trabalho e muitos imóveis vazios, principalmente pequeno comércio.

  2. ignacio disse:

    Kamarada a corrida poderia ser até monótona mas Londres e nota 1000, realmente valeria muito a pena… Agora trofeu em forma de cocozinho foi fantástico lol ..
    1 abraço!

  3. gustavo giroti disse:

    quanta produção pra dizer que um circuito de rua é legal, mas não o é…..

  4. Jean disse:

    circuito de rua é um saco, pq geralmente é travado , sem ponto de ultrapassagem. Corridas nesse tipo de pista são um saco de se assistir. Mas infelizmente o que manda é a grana.

  5. Caio Jacinto disse:

    O traçado vai ser este mesmo? Ou só eu que percebi que há um monumento no meio do traçado onde só vai passar um carro por vez já que o outro vão vai ser entrada dos boxes?

  6. Gusz disse:

    Apenas cortina de fumaça pra tirar das manchetes a codenação do Sr. Gerhard Gribkowsky, que recebeu suborno de Bernie Ecclestone na venda dos direitos da F1

    • Bonadei disse:

      Obvio! E no livro dele, isso eh bem frisado. Toda vez q ele se envolve em algum escandalo, ele consegue fazer uma manchete maior, pra imprensa parar de importunar. E SEMPRE da certo

      • Ullisses disse:

        Concordo. Não é a toa que o cara é dono da F1!
        Controlar “aquilo lá” praticamente sozinho (fingindo que tem mais “gente” com ele) é um talento para pouquíssimos privilegiados.
        É um manipulador, um mestre na arte da sedução comercial.

        Quando se tocarem dessa nova cortina de fumaça, ele inventa outra história, se deixa fotografar pelado em Ibiza ….. o cara é um mestre!

  7. Ullisses disse:

    Pois é Flavio. Vou discordar um pouco dos companheiros aqui embaixo.

    A Inglaterra é um país imperialista, capitalista, professora dos EUA quando o quesito é diplomátcias de império … etc etc etc!
    Mas, se esse GP acontecer realmente, será um espetáculo!
    A pista me pareceu boa, com retas longas e alguns pontos de ultrapassagens bem interessantes.

    Acho que esse GP acontece.

  8. Flavio Francisco disse:

    E Silverstone?
    Sobe no telhado?
    Esse puto do “Berne” deve ter subornado a Morte. Já não passou da hora dele não, heim ô?!

  9. Burrinho Batiquebra disse:

    Quanto menos pista de rua, melhor. E, vendo a animação (muito bem feita, diga-se de passagem), reforcei ainda mais minha opinião. É daquelas pistas longas com trocentas curvas de 90º, todas iguais. Um verdadeiro saco, tirando uma sequência de esses de alta que até poderia ser interessante. E que coisa ridícula é aquela passagem para 1/2 carro no final da volta?

    • Ullisses disse:

      Concordo Batiquebra. Mas é necessário tirar aquele “engenheiro” que “assina” os autódromos novos no mundo todo. Esses últimos são de lascar! Não passam de grandes kartódromos com estruturas de shopping center.
      Não sou contra conforto de espectadores mas, o traçado dessas pistas poderiam ser muito melhores.

  10. Lucas S.A. disse:

    Não gostei. Babaca ao extremo, esse Bernie Ecclestone. Quer demolir tudo que a F1 tem de mais tradicional pra encher os bolsos. Os únicos circuitos ingleses que deveriam ter autorização pra receber são Silverstone e Brands Hatch (esse último, na minha opinião, podia voltar ser o GP da Europa). E digo mais: deveriam restaurar o traçado de Silverstone pra voltar a ser o mais rápido possível; o de 92, acho que ainda dá pra usar; com um pouco de boa vontade, de repente podiam até fazer um “bypass” naquelas curvas mais lentas antes da reta dos boxes.

  11. Carlos disse:

    Quanto mais eu rezo, mais assombração me aparece. Eu querendo que acabem com aquela chatíssima corrida de Mônaco e os caras tentando inventar outras maneiras de botar carros construídos e projetados com tecnologia aeroespacial pra andarem nas mesmas ruas e avenidas em que circulam ônibus e caminhões. A tal badalação do tal jet-set internacional em Mõnaco pode ser legal pras negas deles, mas a corrida é um pé na idéia! A gente querendo mais Spas-Francochamps (sei lá como escreve) e Eaus-Rouges e o cara tentando inventar mais uma corrida de rua.
    PS – já, já me aparece um dizendo que a Ferrari é vermelha por exigência de algum ancestral do “Schummy”.

  12. O Bernie odeia qualquer coisa que lhe faça sombra. É só chegar época de olimpíada que inventa alguma coisa para garantir um ‘espaçosinho’ na mídia. A história das medalhas nas corridas não cola mais, então, mesmo com um contrato longo assinado com Silverstone e às beiras do GP britânico, se sai com mais esta. Esse cara tá ficando patético ao extremo.

  13. Léo Engelmann disse:

    Mais uma procissão?

  14. Felipe Goltz disse:

    O Santander está parecendo aquele sujeito da grã-finagem carioca ou paulista falido que só ele, que posa de terno Giorgio Armani e anda de carrão importado. Mas não paga conta de água e luz, pendura no boteco da esquina e deve para a metade da cidade. Imposto de renda? Nem pensar. Tanto que os rumores da venda das operações do Santander no Brasil são maiores a cada dia. Dizem que quem vai comprar é aquele bancão situado em Osasco, que tem o jingle mais chato e sem graça que já vi. Presença, presença, algo assim.

  15. Ricardo Arcuri disse:

    Flavio, acabei de deixar um comentario no blog do Victor a respeito e nao to afim de copia-lo. Se quiser, da um zoio la. Agradeço!

  16. Marcelo disse:

    Se no “normal” GP da Inglaterra os ingleses já tentam manipular resultados na cara dura para favorecer piloto inglês, imagina o que não vão fazer correndo justo em Londres na frente da rainha? No GP da Inglaterra em 94 estavam presentes várias celebridades da Inglaterra, a príncipal era a príncesa Diana! Claro que D.Hill teria que vencer a todo custo para a festa ser completa.

    Na última corrida em 93, Prost largou a frente do pole Senna na volta de apresentação, ninguém da FIA fez “carnaval” por isso.

    Australian Grand Prix 1993
    http://www.youtube.com/watch?v=mnqbQj2Jk5w

    Na primeira corrida em 1994, Schumacher também ultrapassa o pole Senna na volta de apresentação, ninguém se manifesta sobre o assunto, claro sequer existia regra pra isso. Vamos se coerentes a corrida sequer começou, no máximo uma advertência com multa estaria de bom tamanho! Nessa corrida Galvão alertou que Schumacher estava a frente de Senna antes da largada, mas com sua sabedoria-milenar de F1 não destacou que isso estaria fora do regulamento. Se estivesse a Williams seria a primeira a reclamar.

    GP do Brasil 1994 p3
    http://www.youtube.com/watch?v=6C2M5mmjZbc&feature=relmfu

    Com a morte do brasileiro em Imola, e a dipsuta ficando entre Schumacher x D.Hill, os cartolas-pachecos-ingleses da FIA vendo o alemão dominar, só esperaram uma boa oportunidade para ajudar D.Hill. Evidente que devem ter observado alguns detalhes na volta da apresentação:

    “PQP…como vamos brecar o alemão em 94, o cara só chega em primeiro ou segundo, já reviramos o carro e nada de controle de largada ou tração, o que fazer?”. Oras…basta inventar punições no meio da temporada.

    Chega o GP da Inglaterra e lá vai Schumacher ultrapassar o pole Hill na conhecida volta de apresentação…

    E o mais curioso…NINGUÉM DA FIA SE MANIFESTOU, claro D.Hill estava a frente na corrida!!! Hill liderou a prova por várias voltas, mas quando Schumacher assumiu a ponta…Putaquepariu começaram um verdadeiro “carnaval”, alguém da FIA se manifestou que o alemão tinha desrespeitado as regras na volta de apresentação.

    Ahhhhhhh me ajuda aí Gomes!

    A punição apareceu do NADA para Schumacher! Ninguém entendeu nada porque até então, não havia regra para punir quem largava a frente do pole na volta de apresentação. Depois de tanta confusão, Schumacher foi para o boxes cumprir um stop-and-go, voltou a corrida e chegou em um ótimo segundo lugar, a posição foi confirmada pela FIA!

    Mas o cartola inglês Max Mosley não ficou satisfeito com o stop-and-go, queria mais punição a Schumacher…depois de tanta briga o alemão foi desclassificado no GP Inglaterra, e também impedido de disputar DUAS corridas!

    Mansell em 89 também de bandeira preta, jogou o carro em cima de Senna, provocou um forte acidente… e tomou apenas uma corrida de punição. Schumacher correu algumas voltas em bandeira preta(obrigado por Briatore que brigava com a FIA durante a corrida), perdeu um segundo lugar e mais duas corridas. Bom, mas Mansell era inglês…isso explica muita coisa!

    Enfim, os ingleses da FIA conseguira achar uma forma de ajudar Hill a diminur a enorme distância na pontuação! Bom lembrar que, Schumacher só foi desclassificado tecnicamente apenas uma vez em 1994 no GP da Bélgica, caso do assoalho fora de medida, mas até então, isso não era coisa inédita na F1. Senna mesmo foi desclassicado no GP da AUS 87, por causa da entrada de ar dos freios estar fora de medida.

    “Ahhhhhhh, mas o carro de Schumacher estava fora do regulamento com controle de largada e tração”

    Quem veio com esse papo-furado foi o Senna depois da surra que tomou em Interlagos e AIDA(isso foi desculpa de mal perdedor, Senna estava desesperado vendo o novato vencer duas corridas, e ele cheio de problemas no carro), mas o carro Benetton já tinha quebrado recordes de pista na pré-temporada. F.Williams foi o primeiro a reconhecer que a Benetton vinha forte em 94, pra piorar admitiu que Senna tinha sérios problemas com o carro.

    Oras, conta quantas vezes Schumacher largou mal em 1994, se tivesse com esses controles isso não aconteceria, já na primeira corrida no Brasil Schumacher largou mal, isso prova que o carro não tinha controle nenhum. O que fazia aquela Benetton voar sobre trilhos era o espetacular desenho no assoalho que fazia o carro grudar ao chão nas curvas(desde 1991 a Benetton apostava no bico alto + assoalho), isso também ajudava o carro a economizar pneus…ainda tinha o talento do alemão ao volante que não errava. Senna no Brasil rodou e jogou a corrida fora, em AIDA largou mal, se largasse bem não se envolveria em acidente na primeira curva, outra corrida jogada fora, o piloto estava extremamente pressionado! Quando todos descobriram o segredo na Benetton já era, só restou copiar o bico alto da Benetton pra 1995, todo grid sacou que o segredo estava embaixo do carro. O que mais a FIA queria era ferra Schumacher, nunca acharam nada sobre tais controles no carro, para os ingleses isso seria um sonho! E se o caso do filtro foi pego no carro de Verstappen, Schumacher não tem nada com isso. O alemão no GP Brasil tirou 5 segundos de Senna e depois na liderança botou mais 8, deixar de usar um filtro de gasolina pra ganhar 1 segundo no boxes não faz sentido porque a Benetton ao lado da Ferrari era a melhor equipe no trabalho de boxes.

    Tem que ver se isso não ocorreu só com o time de Verstappen, ele estava uma arara por levar pau do alemão, pode ter tentado essa manobra na Alemanha pra acompanhar Schumacher, e deu no que deu. Verstappen meses atrás atacou dizendo que suspeitou que o carro de Schumacher estava irregular em 94…mas o dele também estava correndo fora das regras por causa do caso do filtro. Como podem ver…todo mundo quer levar vantagem!

    Não existe “santinhos” na F1, a FIA vivia sacaneando Schumacher em 94…então que ela também aguente as consequências!

    Schumacher vendo um favorecimento descarado da FIA em cima de Hill apenas esperou apenas a chance de dar o troco, mas sem colocar em risco o título…a chance veio na última corrida. Muitos metem o pau no alemão por causa da manobra em cima de Hill, mas ninguém lembra das SACANAGENS da FIA pra favorecer Hill em 94. Não basta ser disparado o melhor piloto da temporada, às vezes pra ser campeão, tem que dançar conforme a música.

    Schumacher que nunca foi trouxa, não pensou duas vezes em jogar o carro em cima de Hill, e o fez com muita razão. Os ingleses bem que tentaram impedir o primeiro título alemão na F1, mas Schumacher calou a cartolagem inglesa! A temporada de 1994 poucos perceberam, a briga também era fora da pista entre Alemanha x Inglaterra, quem conhece a “rixa” entre esses países dentro e fora do esporte a motor, saber que os ingleses nunca iam facilitar a vida do alemão em 94.

    Em 2002, Schumacher dominou a temporada, desesperada a FIA mudou várias regras para brecar mais um título alemão, não deu certo, Schumacher foi campeão em 2003. Curiosamente em 2011 a FIA(ou os ingleses), novamente tentaram ferrar outro alemão na F1, dessa vez era Vettel que dominava a temporada, justo no GP da Inglaterra a FIA muda as regras justamente em cima do carro da RBR, era uma tentativa de ajudar pilotos ingleses a vencer esse GP em casa, e o melhor…mudar o rumo do campeonato…não deu certo, Vettel foi bicampeão.

    Existe muitos interesses dentro da F1, quem pode mais chora menos, Schumacher não chorou em 1994, saiu dando risada.

    Esse GP em Londres na frente da rainha…é uma ótima chance pra FIA, inventar…

  17. Carlos Trivellato disse:

    Foi o que imaginei ao ler a notícia. Se a crise está tão brava por lá, como é que vão financiar uma bobagem dessas?

  18. ao mesmo tempo que essa notícia sai, na alemanha parece que vão indiciar o senhor ecclestone.

    um timing muito bom essa campanha do santander do senhor ecclestone, nao?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>