ENCHE O TANQUE – ESPECIAL | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 27 de setembro de 2012 - 23:38Arquitetura & urbanismo

ENCHE O TANQUE – ESPECIAL

SÃO PAULO (queremos o inverno de volta!) – Vocês devem achar que estou louco. “Enche o tanque” sem foto? Pois é. Vocês é que terão de ajudar. O Nelson Oliveira (nelsonk@kajinmotos.com.br) mandou a seguinte mensagem:

Salve galera! Aluguei um imóvel no Rio de janeiro na Praça da Bandeira onde existia um postinho de gasolina da Shell. Ele ainda preserva sua arquitetura original. Será que alguém tem fotos do posto para que eu possa deixar o imóvel igual ao que era na década de 40?
Já consegui um letreiro igual ao do posto, mas se tiver fotos posso deixar mais original. Vai ficar muito bonito depois que as obras estiverem prontas, pois tudo ali será moderno e só vai restar o postinho de arquitetura antiga.
Grato.
Nelson

Vamos ajudar o Nelson? Fotos para o e-mail dele, com cópia para mim, claro!

6 comentários

  1. Andre Decourt disse:

    O Nelson entrou em contato comigo também ( http://www.rioquepassou.com.br/2006/07/13/posto-de-gasolina-standart-oil/comment-page-1/#comment-25122 ) Fotos eu não tenho mas a informação é que o posto ficou assim intocado pois além de pequeno tamanho seu antigo proprietário era avesso a novidades, tanto que em plena fase do pro-alcool ele se recusava a vender o combustível e só o fez já no final da década de 80. O posto era famoso por ter uma das melhores gasolinas da cidade. Infelizmente uma obra viária o isolou do tráfego de passagem da Praça da Bandeira e ele acabou fechando, mas o imóvel usado como oficina foi pouco descaracterizado. Aqui está ele http://showmystreet.com/0-dn1yv_-pq8xj_g73_13

  2. Márcio Haddad disse:

    Cara, tenho um amigo que tem comércio nessa praça ai no Rio. Acho que ele está a anos ai… Mas parabéns pela iniciativa. E faça as tomadas não na altura normal, e sim mais alto, pois pelo que ele me conta essa praça é a que tem enchente todo ano.

    • Claudio La7 disse:

      Fica um pouco abaixo do nível do mar. Era uma pequena lagoa, que recebia a água de alguns rios vindos do Maciço da Tijuca, antes da malha urbana da cidade chegar e dragar tudo. Então…

      • Marcio Santos disse:

        Concordo que realmente fica em uma região que recebe todo o volume de chuva do maciço da tijuca, mas se fosse abaixo do nível do mar, não daria ‘retrocesso’ através do canal da francisco bicalho e do rio maracanã, já que estes ligam a região à Baía de Guanabara?
        Mas eu acho que realmente o pessoal do site ‘RIO QUE PASSOU’ poderá ajudar o Nelson.

    • Rodrigo disse:

      O Paes jura de pé junto que as obras de piscinões e reservatórios que ficam prontas no fim do ano vão dar jeito nessas enchentes, mas só acredito vendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>