PROCURAM-SE RÚPIAS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 31 de outubro de 2012 - 10:38F-1

PROCURAM-SE RÚPIAS

SÃO PAULO (maçaricos ligados) – A Sauber confirmou Hülkenberg para 2013 e em breve deverá fazer o mesmo com Gutiérrez. O alemão é bom e anda ostentando um belo boné Dekra no coco. Leva algum para ajudar nas contas do fim do mês. O mexicano fechará o orçamento com Telmex, Claro, tacos e nachos. Kobayashi vai dançar.

Mas a Force India procura piloto. Em situação financeira pouco confortável, é destino certo de quem chegar com algumas rúpias simpáticas e numerosas. Boa chance para Bruno Senna, que dessa turma a pé para 2013 é um dos que têm grana para comprar a vaga.

Quem vai concorrer com ele é Petrov, com apoio da Gazprom. A Rússia não se pode dar o luxo de ficar sem um piloto na categoria, já que tem corrida marcada para 2014. A empresária de Petrov vive chorando as pitangas, mas a coisa mais fácil do mundo hoje é arrumar grana em seu país, ainda mais se estiver disposta a fazer algum tipo de engenharia financeira, digamos, mais flexível.

A Caterham é outra que vai leiloar o assento. Razia corre por fora por essa vaga. Bruno não a despreza. O próprio Petrov pode acabar ficando. Ainda tem bastante coisa para acontecer nas próximas semanas.

 

25 comentários

  1. piracetam disse:

    Vamos deixar Williams e Sauber para mais tarde. Falo antes das três nanicas. Não seria nada absurdo que elas recorressem aos pilotos endinheirados para aumentar o orçamento da temporada. Porém, a realidade é que isso não acontece completamente. Em cada um dos três times, um piloto – Heikki Kovalainen na Caterham, Timo Glock na Marussia e Pedro de la Rosa na HRT – até recebe salário para correr sem a contrapartida de precisar descolar um investidor para o time. A segunda vaga nessas escuderias realmente é de quem pagar mais.

  2. Tudo leva a apostar que o México em 2013 terá mais pilotos titulares na F1 do que o Brasil (2×1) e a Venezuela terá o mesmo número que o Brasil (1×1), o que, pra mim, é vergonhoso.

    Nada contra o México ou Venezuela, que investiram pesado em seu automobilismo, mas tudo contra os que comandam o automobilismo por aqui.

    Essa escassez de pilotos de ponta é fruto da má administração da CBA dos últimos anos. É inadmissível que a CBA, que dirige um automobilismo 8 vezes campeão mundial de Fórmula 1, não tenha lutado nos últimos 10 ou 15 anos para manter e criar “categorias-escola” fortes, aumentar o número de autódromos e manter os que existem em condições mínimas de segurança e qualidade.

    É um caso de extrema incompetência! Como dito, são 8 títulos mundiais de F1, uma exposição de mídia enorme em meados dos anos 90, em uma época em que o automobilismo tinha tudo para prosperar (apesar da morte do Senna), em que havia abertura de importações de veículos, novas montadoras se instalando no país, economia se solidificando e nada foi feito à época e nada continuou sendo feito até hoje.

    Como que um país que tem um dos maiores números de montadoras instaladas, um dos maiores lucros-por-veículo do mundo não consegue amarrar parte destes lucros e impostos com investimento neste esporte?

    Desculpem os que pensam que a “figura do carro” está endemonizada, que o povo não gosta de automobilismo porque o povo não gosta de carros… pra mim é balela… o povo alemão é um dos mais cultos do mundo, luta contra aquecimento global e pesquisa novas energias e carros “limpos” e, mesmo pensando assim, meteu mais de 100mil pagantes na final da DTM em Hockeinheim. Por que? Porque as suas montadoras investem no automobilismo de base e tem uma porrada de alemão ganhando em tudo quanto é canto do automobilismo, em especial na F1.

    O povo daqui não está nem aí pra automobilismo por aqui porque não tem brasileiro ganhando e nenhuma expectativa de que uma nova “fera” surja por aí. E isto não se dá porque na CBA 99% das pessoas são incompetentes e amadoras, isso para não levar os adjetivos para um lado mais obscuro!

    Até pouco tempo atrás ninguém sabia que porra era MMA, agora que tem brasileiro ganhando, está bombando! Foi assim com volei, tenis (Guga), futsal e até com a seleção a seleção brasileira de futebol… para de ganhar, para de ser atrativo e não há patrocínio.

    Então “Dona CBA”, se vira! Dê seus pulos! Mexa seus pauzinhos! Lute junto ao governo e montadoras para que estes revertam alguns poucos % de seus lucros e impostos decorrentes da venda de carros para a criação de novas categorias de base e manutenção e criação de novos autórdromos. Mesmo que as montadoras acabem jogando este custo nos carros, brasileiro em geral é trouxa e gosta de pagar caro em tudo, nem vai perceber que o carro que custava 30.000 agora custa 30.500 por causa do automobilismo, “vai financiar em 48x mesmo, né?”.

    Só investindo na base hoje que teremos pilotos vencendo daqui a 10 anos e chamando os patrocinadores de volta para o automobilismo.

  3. Leonardo Lago disse:

    O Petrov conseguir uma vaga na Force India, enquanto o Kova tem que aguentar mais um ano de Carteham, é incompreensível.
    Não que o finlândio (o UOL usou “noruego” ontem, então vou possar a utilizar “finlândio” a partir de hoje) tenha feito muito por merecer, mas tem (pouco) mais talento que o russo. E perder uma oportunidade numa equipe melhor por causa de uma petroleira privatizada à FHC é uma puta de uma sacanagem.
    Depois dessa, a Gazprom poderia mudar o nome para Gazporn (Rá!).

  4. Mauricio disse:

    Duas equipes que irão cair muito de produção ano que vem: Lotus e Force Índia por conta de seus problemas financeiros. Isso é quase uma certeza.

    Infelizmente as vagas que restam na F1 só serão preenchidas por quem levar mais dinheiro. O resto é conversa mole.

  5. Joe Machado disse:

    O Bruno Senna provou mais uma vez que “não é do ramo”. DNA apesar de indicar vínculos de familia não transferem qualidades / defeitos. O nome Senna não siignifica que ele tem as qualidades do tio. Se alguém do Brasil vai colocar dinheiro em patrocínios, melhor fazer com pessoas viáveis como o Grassi, Nasr porque com o Senna é queimar vela com mau defunto.
    O piloto Valteri Botas, ainda que agenciado por Toto Wolf tem provado suas qualidades no simulador e nas vezes que substituiu o Senna no primeiro teste das sextas feiras. O dois pilotos da Sahara Force India ganham para pilotar. Pouco mas ganham. US$20 pela vaga do Hulkenberg me parece meio elevado, porem seja como for Jaime Alguersari é comprovadamente melhor que o Senna. Mesmo se aplica ao Adrian Sutil que já esteve na equipe mas não est;a impedido de voltar. Senna deve começar carreira na Stock Car, que é o ninho dos “já foram” da F1 no Brasil.

  6. Daniel disse:

    Para o Kobayashi, a F-Nippon ou o Super GT parecem boas alternativas. A Toyota tem ampla participação nestes campeonatos e bem que poderia “repatriá-lo”, sem falar que o DTM e o Super GT irão compartilhar regulamentos técnicos no futuro.

    Ver o Kobayashi no WEC com a Toyota também seria bom.

  7. Antonio disse:

    É vamos ver quem vai ficar ou quem vai sambar..

    Senna
    Kobayashi
    Sutil
    Bottas
    Petrov
    Kovalainen

    Se eu fosse trocar o Senna da Williams, colocaria o Kovalainen. Esse merece um carro melhor e a Caterham precisa de grana. Acho que seria uma boa troca. Não acho que esse Bottas honre o nome. Mas se for a grana importa, deixaria o Senna mesmo.

    Já o Sutil parece que pode voltar para a Force India. O que deixaria o Razia sem equipe.
    Poderia ser o piloto reserva pelo menos.

  8. Marcelo Molento disse:

    É, cada vez mais o dn. fala mais alto!!!!
    Petrov, Bruno Senna e Gutiérrez . Só injetando muito dn mesmo para ficar na F1.

  9. ALEX B. disse:

    Poor, poor, Koba-San, o mito! A F1 tende a ficar mais chata sem ele…

  10. Martinho disse:

    A Ferrari não já fez isso uma vez? Contratou o Massa e colocou-o na Sauber para ganhar experiência….

  11. Ronaldo disse:

    Esse cara não parece o James Hunt?

  12. Mika Salo "clone-cutuca" disse:

    “Boa chance para Bruno Senna, que dessa turma a pé para 2013 é um dos que têm grana para comprar a vaga”

    Deus que me livre Bruno Senna ao lado de Di Resta em 2013! Pai afasta de mim esse cálice!!! Ao lado de Maldonado o sobrinho já toma surra, imagina se pegar um piloto mais forte.

    Lamento pelos “camisa 12″, mas como é ruim esse Bruno Senna!

    Vídeo do “camisa 12″
    http://www.youtube.com/watch?v=nJsqxzZpNkg

    Batalha de Grid: Maldonado 13×4 Bruno(no “relógio” esta 15×2 para Maldonado, Bruno só bateu o companheiro na pista em duas classificações, nas outras(MON/ITA),dependeu de punições de Pastor pra largar a frente). Batalha pelo “Q3″ Maldonado 10×1 Bruno(Pastor se classificou entre os seis primeiros no grid, em 5 oportunidades. Cadê Galvão e R.Leme nessa hora para destacar batalha de Grid?). Vitórias: Maldonado 1×0 Bruno, Poles: Maldonado 1×0 Bruno, Pódios: Maldonado 1×0 Bruno.

    Colocação atual no Mundial:
    15º)Maldonado,33 pontos.
    16º)Bruno,25 pontos.

    Dos melhores times do meio do pelotão(Sauber,Williams e F.India que se equivalem), Perez conseguiu durante o ano: 2º,3º,6º,2º. Kobayashi fez: 6º,5º,4º,3º. Di Resta fez: 7º,6º,7º,7º,4º. Hülkenberg fez: 5º,4º,7º,6º. Maldonado fez pole e venceu um GP(em classificação sempre surpeeendeu). Também se destacou em várias provas, o problema foi controlar a ansiedade, coisa que vem fazendo desde Monza. O problema agora de Pastor chama-se…azar, é uma zica atrás da outra.

    Já Bruno Senna(no geral), é o que tem os piores resultados, o máximo que fez foi 6º,7º,7º(não levei em conta de 8º a 10º porque isso já é obrigação entre Sauber, Williams e F.India). Até pra superar os pilotos da Toro-Rosso o sobrinho sofre nas corridas.

    Meteram tanto o pau no Maldonado, mas Bruno em 2012 se “enroscou” várias vezes: AUS(2x),MAL(1),CHN(1),ESP(2x),EUR(1),ALE(1),ITA(2X),CIN(1),JPN(1)…muita coisa! Fora as pixotadas em treinos-livres e classificações. Em Cingapura foi um show de besteirol, Bruno chegou a bater no mesmo lugar por 3 vezes, na corrida tocou no muro, dessa vez de pneu.

    O tio deve esta se revirando no túmulo(hoje eu apanho), estamos falando de uma campeonato mundial, o piloto já tem que chegar preparado(abaixo alguns exemplos). Não tem esse papo de “eterno ano de aprendizagem”.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Paul_di_Resta

    http://en.wikipedia.org/wiki/Nico_H%C3%BClkenberg

    http://en.wikipedia.org/wiki/Valtteri_Bottas

    Pachecada metem o pau em piloto “pagante”, mas sorte do sobrinho que existe isso, senão ele nem estaria na F-1. O problema não é ser piloto pagante(muitas vezes ele conseguiu patrocinador porque é muito bom, leva crédito). Fangio foi bancado pelo governo argentinho, da mesma forma que Maldonado foi bancado por Hugo Chavez, a diferença fica mesmo no talento. Quem mostra serviço logo pula para um time de ponta e afasta a sina de pagante. Quem não tem talento diferenciado fica na F-1 até a grana acabar, simples…

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Bruno_Senna

    E não adianta fazer dramas, vindo de um país que se lixa para o esporte a motor, Felipe Massa e Bruno Senna estão de bom tamanho. Palmas para a Alemanha que investiu em seus pilotos de base, o resultado esta aí na pista com Vettel, Rosberg e Hulkenberg(os dois últimos em carro de ponta vão dar trabalho).

    Podem começar o apedrejamento…

    • Marcos Gonçalves disse:

      Marcelo com outro nome nãããããão.

    • Ney Alencar disse:

      Extremamente lúcida sua análise. Com fatos e dados, comprovando matematicamente suas afirmações. DNA não conta no automobilismo: alguns com sobrenome famoso serão bons, mas a maioria fracassará. Para um Damon Hill e um Jacques Villeneuve, haverá dezenas de Paul Stewart, Nicolas Prost, Thomas Scheckter, Mathias Lauda, Greg e Leo Mansell, etc.

  13. Fernando Cruz disse:

    Hulkenberg parece ser neste momento o melhor dos pilotos novos e acho que pode fazer ainda melhor do que Perez se o carro de 2013 for igualmente competitivo. Gutierrez e o pagante que tira a vaga de um piloto com provas dadas como e o Kobayashi. Entra por ser mexicano e ter o apoio da Telmex. Pode ter muito valor para entrar mas por merito desportivo a dupla da Sauber seria Hulkenberg e Kobayashi. Mas pior foi em 2009, quando o unico estreante a entrar de inicio na F1 foi o Buemi, apenas 6.º na GP2, enquanto Bruno Senna foi segundo e ficou de fora. E certo que o Campeao foi Pantano mas esse foi campeao apenas no 4.º ano na categoria (como Maldonado mais tarde) e como ja tinha estado na F1 e nem sequer tinha grandes apoios nem sequer foi considerado como candidato a uma vaga na F1. O mesmo deve acontecer a Valsecchi, campeao apenas no seu 5.º ano na GP2.

    Quanto ao Bruno, pelo que tem feito nas corridas se perder o lugar nao sera certamente com base em criterios puramente desportivos. Ja mostrou potencial para lutar de igual para igual com qualquer piloto e normalmente e sempre mais rapido e consistente do que o colega, que esta na equipa ha mais tempo e tem ainda a vantagem de estar sempre no carro enquanto o Bruno perde o FP1 em quase todo o lado. E tambem por isto que as suas qualificaçoes nao tem sido boas mas tenho a certeza que ele vai melhorar, ate porque ja provou no passado que e um piloto rapido tambem em qualificaçao. Mas claro que e importante melhorar ainda este ano.

    Os problemas com os pneus (que o impediram de fazer uma epoca melhor) tambem um Campeao como Button os teve. O que fez Button de melhor em 2000 e 2001 que o Bruno nao tenha ja feito neste ano e meio com a Lotus e a Williams? Absolutamente nada! Ate nas formulas de promoçao o Bruno tem um CV melhor e e preciso lembrar que Button ganhou a sua primeira corrida na F1 na sua 7.ª temporada. O Bruno vai na sua primeira completa com um carro decente e mesmo assim em desvantagem relativamente aos outros por perder 15 FP1! Tem sim de lutar muito (na pista e fora dela) para ter uma verdadeira oportunidade para desenvolver-se na F1, em 2013, em condiçoes de igualdade com os seus adversarios. Na situaçao atual isso so se consegue com bons apoios financeiros e nao ficando na Williams a Force India e sem duvida a melhor opçao.

  14. Arthur disse:

    Contrato só para 2013? E o Massa também (claro que seria arriscado mais que 1 ano)?

  15. Pdr Rms disse:

    Não basta ser bom, tem que levar patrocínio.

  16. claudio aun disse:

    Segundo ouvi na coluna do Edgarda situação financeira da Force Indian não é boa seu proprietario não iria particpar do GP da India com risco de ser detido por dividas

  17. Glauber disse:

    Sinceramente não acho que fez tão bom negócio, olhando a situação de hoje. Nas últimas corridas, estão andando bem em todas, e a Sauber tem sido um tanto inconstante. Creio ser mais negócio a Force India. Mas não sabemos como ficarão as coisas daqui pra frente justamente pela falta de grana do indiano.

  18. Adailton disse:

    Flavio,andei pensando aqui e gostaria de saber sua opnião.Ninguem tem cogitado a possibilidade de Maldonado e seu caminhão de dinheiro tambem pleitear uma vaga na Lotus,visto que Grosjean ainda não foi confirmado,consequentemente Sir Frank ficaria sem dinheiro e Bruno começaria ate a mijar de porta aberata la em Grove.

  19. Juca disse:

    Fico pensando se realmente o Bruno terá grana para comprar a vaga, não sei quanto a Gilette injeta de patrocínio mas o Eike está bem mal este ano, suas empresas estão perdendo muito valor de mercado e sua principal, a OGX registrou um belo prejuízo no último trimestre. Gostaria muito de ver o Bruno Senna na Force India, ficarei na torcida!

  20. LUZ PRATA disse:

    bom dia Gomes e galera.

    realmente o muleque …Hulk …e muito Bom…em seu primeiro ano na FI/MB esta 5 pontos a frente do tambem otimo …Pau no Resto …no seu 2 ano de FI… outra…seria perfeito para o Bruno Senna assumir um assento na FI / MB…valeu.

  21. Armando Figuelras disse:

    O lugar certo para o primeiro-sobrinho é na Estoque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>