BUS STOP | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 13 de novembro de 2012 - 16:33Bus Stop, Caminhões, Encontros

BUS STOP

SÃO PAULO (droga) – Não me perdoo por ter: 1) perdido; 2) não ter avisado vocês aqui no blog. A exposição “Viver, Ver e Rever” aconteceu no último fim de semana no Memorial da América Latina, em São Paulo. O Kaio Castro, presidente do Primeiro Clube do Ônibus Antigo Brasileiro, mandou a reportagem da TV Gazeta. De encher os olhos.

9 comentários

  1. Brankko disse:

    Meu, a reporter chamou o fofão de cabine dupla!!! Faltou uma pesquisa mais aprofundada pois o fofão não era cabine dupla (alias alguem conhece no mundo algum onibus cabine dupla?) e sim Double Decker ou dois andares. Não só foi testado como rodou de 1987 à 1992 fazendo várias linhas regulares, sendo uma das principais a 5111 – Term Sto Amaro – Pça da Sé e passava por vias como a Av Sto amaro, Brigadeiro Luis Antonio, cruzava a Paulista, Pça Clovis e etc, e ela vem dizer que ele foi tirado de operação por conta das dificuldades de operação…A administração do “PT” da dignissima Erundina enterrou as operações deste icone do transporte coletivo da cidade de S. Paulo.

  2. Alexandre - BH disse:

    Tem poucos eventos do tipo por aí. Uma pena. A Gontijo tem um museu na sede, em BH, mas não é aberto à visitação… Como assim? (espero que o Sr. Abílio Gontijo não responda como o Flavio: “Os ônibus são meus, não seus”! Rsrs!)

    http://classicobus.blogspot.com.br/2010/12/acervo-da-gontijo.html

  3. JP disse:

    Faltou divulgação por parte dos organizadores. Sou louco por ônibus antigos. Lamentável…

  4. Batista Lara disse:

    Flavio, tive um amigo já falecido, que era apaixonado por onibus e caminhões… O cara era tão fanático, que quando viajava, comprava sempre a passagem da poltrona número 4, para ir monitorando todas as ações do motorista. Um dia, viajávamos juntos, e rachei o bico de rir, quando, naqueles sinais característicos de “colegas de empresa”, dois ônibus da mesma empresa se cruzaram na estrada e os dois motoristas dão seta para a esquerda e correm a mão aos lábios, simbolizando que tudo está ok à frente. Ele não aguentou e também correu a mão aos lábios, fazendo o mesmo sinal que os motoristas…… Eu estava presente nesse dia, foi muito engraçado… Rimos demais depois….

  5. Wilson disse:

    Flávio, na suas vindas a Londrina você já esteve na Viação Garcia? Eles tem vários onibus em exposição com manequins com roupas e malas da época.

  6. Mauricio disse:

    Outro aqui remoendo a raiva por ter perdido essa feira…

    PQP Flávio!

  7. sérgio castro disse:

    O Portal Maxicar avisou a gente…
    Muito legal, apesar de poucos veículos, mas duas coisas me chamaram a atenção, a primeira foi um caminhão GMC com um super motor diesel ligado e em marcha lenta por horas, mais parecia o ronco de um FNM e a segunda foi ver tanta gente especializada em onibus, incrível quanta informação e detalhes essa negada possui, são apaixonados pelos buzões…

  8. Rogério Magalhães disse:

    Também me penitencio, não pude ir à VVR de novo, já é a 3ª edição que perco, tá embaçado. Mas pelos relatos do Adamo no blog dele – http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2012/11/13/exposicao-de-onibus-e-caminhoes-antigos-se-torna-uma-aula-de-historia – foi bem legal. Ônibus “novos” (em exposição, não no tempo) à disposição para deleitar os olhos. Principalmente o Flecha restaurado e a SPTrans ter liberado o “dois andares” da CMTC, que só tinha encontrado uma vez em exposição no Ibirapuera.

    Matéria legal na Gazeta, só uma leve correção na ordem do nome da exposição, porque é “Viver, Ver e Rever”.

    Mas bom mesmo é saber que a cada ano a VVR ganha força – já entrou até no calendário oficial turístico do estado – e se consolida. Perde uma edição, no ano seguinte tem outra. Pra gente que é adepto dos “ônibus que tanto amamos”, é importante isso. Todos os parabéns ao Kaio, abnegado que faz a coisa acontecer cada vez melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>