GIRA MONDO, GIRA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013 - 15:49Gira mondo

GIRA MONDO, GIRA

SÃO PAULO (dois temas, hoje) - O ex-respeitado (eu, pelo menos, respeitava até acontecerem algumas coisas na redação do jornal no ano passado) “El País”, da Espanha, teve de mandar recolher milhares de exemplares hoje de manhã. Ontem à noite, o jornal comprou por 30 mil euros, de uma agência desconhecida, uma suposta foto de Hugo Chávez entubado.

Entubou-se o “El País” — que, como muitos órgãos, entidades, governos e gentes, numa demonstração de ausência de caráter, aguarda a morte do presidente venezuelano para soltar seus fogos Caramuru. A imagem havia sido capturada de um vídeo do YouTube. Não era uma foto, muito menos de Chávez.

“O ‘El País’ publicaria uma foto semelhante se fosse de algum líder europeu?”, questionou o ministro da Informação da Venezuela, Ernesto Villegas. Claro que não. A Venezuela, aos olhos da direitona mundial, e aqui no Brasil a patética direitinha liderada pelos ex-grandes jornais e pela ex-revista faz o mesmo, é uma aberração por ter um presidente de traços indígenas, que tirou milhões da miséria e enfrentou uma das elites mais perversas da história da humanidade. “Já pensou se outros resolvem fazer o mesmo com a gente?”, é o que temem direitinhas e direitonas apavoradas.

Quem só se baseia nas merdas escritas pela “Folha”, “Estadão” e “Veja” para formar uma opinião sobre Chávez deveria buscar informação real onde ela existe. Não falo de textos, nem de vídeos panfletários. Falo de informação. Este perfil de Gustavo Cisneros, por exemplo, escrito pelo jornalista inglês Richard Gott, que colabora com frequência com jornais como “The Guardian” e “The Independent”.

Mas, sobretudo, deveriam perder uma horinha de suas vidas bestas para assistir a este documentário aqui: “A Revolução não será televisionada”, dos irlandeses Kim Barlteyl e Donnacha O´Brian, que estavam meio por acaso em Caracas em abril de 2002, quando os canalhas de sempre tentaram um golpe de Estado para derrubar Chávez. Conseguiram por algumas horas. O presidente eleito teve de fugir de Miraflores para destino desconhecido, mas acabou voltando, reconduzido ao cargo pelo povo venezuelano e por parte das Forças Armadas.

Este documentário mostra aquilo que a direitona e a direitinha não assumem: que a Venezuela sempre foi um puteiro das elites dominantes, dos barões da mídia que vivem em Miami e das grandes corporações que enriqueceram barbaramente roubando petróleo do país. Tem no YouTube também, se alguém tiver problemas com as legendas.

Chávez é tratado com desdém e ódio pela ex-imprensa brasileira por conta da má-fé, do desconhecimento, do preconceito. É chamado de “ditador”, mesmo tendo sido eleito várias vezes — essa mesma ex-imprensa não se refere a nenhum sheik árabe que usa Rolex e anda de Ferrari banhada a ouro de ditador; afinal, eles governam coisas lindas como Dubai e Abu Dhabi. Chega-se ao extremo, por aqui, de se torcer pela morte do presidente, que combate dolorosamente um câncer em Cuba.

A estupidez não tem limites.

Ivete_Sangalo_Sobral_SGA_Notícias

Um pouco mais abaixo da Venezuela, já no Nordeste brasileiro, Ivete Sangalo fez um show sexta-feira em Sobral, no Ceará, na inauguração de um hospital. O governador Cid Gomes contratou a cantora mãos-pro-alto-tira-o-pé-do-chão por 650 mil dinheiros nacionais.

É evidentemente uma aberração gastar-se dinheiro público, num Estado pobre, com um show de inauguração de hospital. Por isso mesmo o governador está sendo questionado por um procurador local, e se sai com respostas estarrecedoras. Que arda no fogo do inferno.

Mas de governantes já se espera esse tipo de canalhice (aproprio-me do termo usado, com enorme precisão, por Ricardo Boechat hoje na rádio BandNews). O que não engulo é essa classe artística brasileira despida de qualquer caráter.

Uma cantora trepada na grana como Ivete Sangalo, que tem milhões de fãs e serve de exemplo para tanta gente com suas pernas enormes e seu discurso sou-boazinha-e-somos-todos-felizes, essa moça que propaga, fim de semana sim, fim de semana não, no programa do Luciano Huck, ou quando vai ao Faustão, ou no “Fantástico”, suas qualidades de batalhadora incansável, mãe exemplar e portadora da alegria ao povo brasileiro, não poderia simplesmente dizer “não”?

Não poderia divulgar uma nota oficial informando que se recusou a receber 650 mil reais do povo cearense para inaugurar um hospital? Ou, pelo menos, não poderia doar o cachê integral e imediatamente ao próprio hospital, para deixar o idiota do governador com cara de cu?

Ivetão, como alguns a chamam, ou Ivetinha, como a ela outros se referem, precisa, realmente, tirar 650 mil reais da população do Ceará? Já não faz shows em quantidade suficiente com suas pernonas por aí? Não tem vergonha na cara?

Não, não tem. Nem ela, nem a maioria.

323 comentários

  1. leohora disse:

    Olha Flavio, a ultima noticias sobre o caso do hospital. E Ivete continua “dançando, dançando…”

    http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/apos-questionar-cache-de-ivete-sangalo-mp-e-proibido-de-investigar-gastos-do-governo-do-ceara/

    Passou um mês e ela segue sem comentar nada sobre o ocorrido!!

  2. Caro Flávio Gomes creio que já tenha assistido o Documentário de Oliver Stone Ao Sul da Fronteira (sem querer fazer propaganda, tem a venda na Saraiva ou pode ver tbm no Youtube), que mostra os paises da América Latina se voltando contra o Imperialismo dos EUA, as “recentes” tentativas de golpe, focando-se principalmente em Hugo Chavez. Como um pacato historiador e de esquerda de carteirinha recomendo esse documentário assim como tantos outros, sobre a nossa “imprensa” o imperialismo do Tio Sam e as lutas para acabar com as desigualdades que por eras a população pobre da América Latina vem sendo submetida pelas elites e por um sistema de Governo malfadado a exclusão e ao enriquecimento de poucos

  3. joao disse:

    “Cada povo tem o governo que merece”, como disse Joseph-Marie Maistre. Inclusive nós brasileiros e nossos amigos venezuelanos. Ivetinha tá aí pra mostrar como nós somos.

  4. Paulo disse:

    Temos, que aprender a escolher nossos governantes,,
    Afinal suas atitudes se equivalem a nossa RESPONSABILIDADE na hora de votar..
    Como dizem TODO POVO tem os governantes que merecem. Essa é uma grande verdade

  5. Mariana disse:

    “É chamado de ‘ditador’, mesmo tendo sido eleito várias vezes”

    Pois então, né, o problema está no “várias vezes”. Por mais que se adore Chavez e se acredite que ele levou a Venezuela a maravilhas nunca antes vistas na história do país, é aceitável que ele se reeleja infinitamente? E podemos confiar na honestidade dessas eleições? Muitos desses dirigentes do tipo “árabe que usa Rolex e anda de Ferrari” também estão no poder eleitos muitas e muitas vezes, qual é a diferença para considerá-los ditadores e Chavez não?

    • rossini disse:

      a diferença é que as eleições na venezuela são acompanhadas por órgãos internacionais e consideradas legítimas, inclusive por um ex-presidente americano

    • Minoru disse:

      Mariana,

      Na maior parte dos países do Oriente Médio não há eleições diretas livres; essa é a diferença fundamental e se você se informasse melhor, notaria que uma das consequencias da ausência deliberada da dita “oposição” a Chavez foi essa, a reeleição que, salvo engano, passou pelo crivo de um plebiscito.

      Certo ou errado, foi isso que o povo venezuelano – e que não é restrito às elites – escolheu para eles mesmos e não somos nós a darmos pitacos na casa alheia.

      • Nilton Lopes disse:

        A diferença é o voto oras! E a auditoria da Centro Carter (do ex presidente americano Jimmy Carter) e da OEA. Acho que você se confundiu para falar de eleições desonestas, foi nos EUA que deram controvérsia e não eram auditadas.

  6. Ricardo disse:

    A Sra. Ivete Sangalo se tivesse um pouco de etica e carater jamais se prestaria a fazer um show neste contexto (inauguração de hosptial) e por uma quantia exorbitante como esta. Quanto ao Chávez pelo seu jeito revolucionário, incomoda as elites reacionárias, e a “grande Imprensa” trata de denegrir sua imagem.

  7. Minoru disse:

    O mais irônico disso tudo (e Flavio, me corrija se eu cometer algum engano) é que o Chavez foi apenas uma consequencia da ganância da própria elite venezuelana, que meteu os pés pelas mãos e quando com total apoio dos Estados Unidos, que é o maior dependente do petróleo venezuelano, tentou “reaver” o poder via golpe de estado, o tiro saiu pela culatra e se deu mal.

    Depois numa eleição seguinte, essa mesma elite – agora chamada de “oposição”- resolveu não participar e qual foi o resultado disso?

    Apenas que Chavez simplesmente emplacou a quase totalidade do Congresso Nacional e com isso simplesmente emplacou todas as leis que quiz e, no meu entendimento, não cabe chamá-lo de ditador porque houveram eleições diretas, a oposição perdeu de novo e os Estados Unidos tiveram que engulir novamente em seco, pois tenho a certeza que, se realmente fosse uma ditadura os americanos sequer pestanejariam em entrar lá para garantir os seus interesses mas derrubar governos eleitos pelo voto não pega bem nem mesmo dentro dos USA.

    Talvez, e isso é mera especulação minha, se tivessem esperado o final de seu mandato daquela vez em vez de tentar derrubá-lo, as coisas hoje poderiam ser diferentes mas os poderosos são apressados em seus interesses, vide como o Hawaii virou um “estado” americano, Guatemala e as bananas da CIA, Cuba que era p..eiro da máfia americana, Vietnam que não tinha peso nenhum no mapa mas serviu para mostrar que nem sempre o mais forte ganha, Panamá do cupincha Noriega, Irã dos Contras, Iraque de Saddam que de amiguinho virou o homem mau da humanidade e o Afeganistão dos talebãs lutando ao lado de Rambo, para dar só alguns exemplos.

  8. LH disse:

    Flávio, 3 perguntas que vão incomodar:

    1. Você já morou na Venezuela nesses anos de Chaves?

    2. Você tem algum parente lá com quem você frequentemente conversa para saber das condições de trabalho, sobre o regime de mérito para promoções, sobre confisco de poupança, de passaportes e da proibição de receber dinheiro enviado pelos filhos, daqui do Brasil?

    3. Você acredita que Chaves ainda está vivo? Baseado em que? Nas declarações de Maduro? Acha democrático esse nevoeiro de informações e a população nem saber se tem ou não um presidente vivo?

    Não estou defendendo as canalhices daqui, das quais tenho repulsa. Mas essa sua crença pueril nos Chaves, Morales, Correas, Kirchners, Castros, Puttins… é bem conveniente para posar de reacionário e fazer alguns admiradores.
    Não consigo crer que você, tão competente, também não saiba apurar, ouvir o outro lado e então dar um parecer isento…

    Mas, o blog é seu e lê quem quer. Não quero ofendê-lo e sobre automobilismo ninguém escreve melhor no Brasil do que você. Como amo os carros, continuarei leitor, apesar da perplexidade com o seu radicalismo cegante.

    :-)

  9. pires disse:

    Não deveriam, então, os jornais, rádios(band do boechat inclusive) e tvs devolver toda a bolada gorda(GOOOOORRDAAAA) que recebem dos governantes municipais, estaduais e federais???Brasileirão, formula 1. estaduais
    etc etc etc,petrobras, caixa, BB e tantas outras GRANDES SOMAS MILIONARIAS que abastecem a impresa livre (LIVRE!!!kkkk)

  10. Hélio disse:

    Os absurdos da imprensa nacional , sao diários . E preocupante o quanto sao parciais e partidários.

  11. Flávio, com questão a ser a favor/contra qualquer governo, não podemos opinar. Até mesmo no Brasil tem gente satisfeita, existe os dois lados. Mas com relação à falta de seriedade dos veículos de informação, isso é uma vergonha que não acabará. Quanto à Ivetinha… não sei quem é pior, ela, o governador ou os imbecis que irão felizes à inauguração porque o governo lhe está oferendo um show “gratuito”. Vai Brasil!

  12. Ricardo Bigliazzi disse:

    “A Estupidez não tem limites”.

  13. Antonio RIco disse:

    Lembra da Maria Bethania e seu blog que recebeu 1.300.000,00 do Governo Lula ?
    Assim gira o mondo. São todos iguais.

    • Flavio Gomes disse:

      Você é burro ou desinformado? Ou apenas um bobo? Ela conseguiu autorização para captar recursos (privados) pela Lei Rouanet. E depois voltou atrás. Não seja idiota. Não saiu um centavo dos cofres públicos. Não tem o que dizer, não diga nada. O silêncio é valioso.

      • Junior disse:

        Desculpe, mas não vejo diferença nenhuma para o caso da Bethania, e os 2 são moralmente absurdos, embora as duas estejam dentro da lei.
        1) É ilegal a Ivete cobrar os 650mil dinheiros? Assim como no caso Bethania, acredito que não.
        2) A Bethania teria desistido do dinheiro se não fosse a polêmica e a imagem ruim que isso geraria para ela? Esta eu tenho certeza que não, ela teria “abocanhado” este dinheiro, afinal foi ela que solicitou ele.

      • Speed Racer da Mooca disse:

        O problema não é o artista “cobrar” o valor que for. O problema é “pagarem” por ele. O caso da Bethânia não merece comentários, pois não se consumou. Os empréstimos que a Globo faz via BNDES também me deixam “deveras insatisfeito”.

  14. Farad disse:

    Gostei do texto, apesar de não concordar muito com ele. Tenho amigos na Venezuela e os dois tem posições bem distintas quanto a Chávez, um apóia o governo dele (professor de Direito) outro repudia. No texto parece que um cara é um herói, coisa que está longe de ser. Não é o satã que pintam, mas como já disseram aí, não conseguiu trazer mudanças relevantes para o país, ainda faltando o básico. Apenas isso. Eu pessoalmente não gosto de opiniões radicais, ou coisa do tipo, direita = ruim, esquerda = bom ou vice-virsa.

    Também não sou fã da Folha, Veja, etc, mas nem tudo que é publicado lá é uma grande farsa. Cabe a cada um avaliar o que lê. Só acho meio ridículo retratar todos aqueles que lêem estes veículos como “inocentes, alienados manipulados pela direita malvada”. Quando eu tinha uns 16 anos eu acreditava nisso.

    Quanto a parte da “Ivetinha”, concordo plenamente.

    Bom, continuem discutindo numa, isso é bem proveitoso, desde que feito com respeito.

  15. Roberto M Almeida disse:

    Flávio, faz tempo que vc não escreve sobre política, poderia postar um texto um por semana, assunto é o que não falta, veja a reação da direitinha sobre a redução de tarifas de luz e ou sobre cortes de juros.

    • Julio disse:

      Vamos parar com essa bichice de direitinha/esquerdinha. Isso é coisa para bolchevique e malufista. O mundo mudou, amigo. O muro caiu faz tempo. Tá parecendo rivalidade clubística das mais baratas…

      • Nilton Lopes disse:

        Podemos falar então de massas vs massas cheirosas como disse Eliane Cantanhede na convenção do PSDB? Ou fedidos e cheirosos, ou povão e elite, fodido e dominador e por aí vai. O muro caiu, mas o conceito de esquerda e direita se renovou através das disputas de classe e privilégios.

  16. Mnm78 disse:

    Poderia ter divido o post em dois: a ex-imprensa e a cantora maos-pro-alto-tira-o-pe-do-chao.

    Sao duas filha da putagem distintas.

    Mas é verdade a despeito das celebridades, falta-lhes carater. Eu nao tinha refletido sobre isso.
    É dinheiro maldito. Essas cantoras de Salvador sempre mamam nas tetas do poder publico por meio de shows de aniversario, mas numa inauguracao de hospital se superou.

  17. Diogo disse:

    Boa noite Flávio,
    Concordo integralmente com a segunda parte do texto, relativa à cantora Ivete. Mas como ela, tantos outros, como você mencionou, fizeram o mesmo. Basta olhar para o histórico de festinhas da família Khadafi na Líbia. Tinha de tudo, menos de sujeitos bem intencionados. E, como na Líbia, acontece em todo planeta. Bahrein, Omã, sem falar naqueles países africanos miseráveis que pagam milhões por seleções estrangeiras, inclusive a brasileira.
    Mas não concordo com o texto relativo ao Chávez. Posso até reconhecer certa negação de parte da imprensa brasileira com relação ao mesmo. E não é verdade que a Venezuela viva, por exemplo, um estado de bem-estar social já profundamente integrado à sociedade cubana. Em Cuba, ao invés do bem-estar social de alguns estados europeus, o que se divide é a pobreza. Mas é bem dividida. Nada do básico, básico mesmo, falta, como educação, saúde e moradia. E a história é fantástica, basta ler a biografia escrita por Jon Lee Anderson do “Che”. E Cuba ainda tem um agravante histórico, coisa que a Venezuela, não abertamente, sofre: o embargo. Ao contrário da China, que tem uma população economicamente ativa gigantesca, e potencial consumidor naturalmente – além de ter sucumbido sobremaneira às práticas ocidentais, Cuba é um país muito pequeno, nada. Então, apesar de todos os “poréns”, por não ser democracia (em Cuba também há eleição, mas em geral a chapa é única) – o que resume basicamente todos os “contras” que disso provêm, é sempre louvável admirar todos as benesses oriundas da revolução de 59 (a priori, nacionalista). Em Cuba, também, não há muito dinheiro para roubar, então o partidão agrega poder, sobretudo, em relação à posse da terra (foi aberta recentemente a possibilidade de negociar apartamentos).
    Na Venezuela, ao contrário, isso não acontece. Chávez está no poder há mais de uma década e pouquíssima coisa mudou, sobretudo em relação a questões fundamentais, como regulação fundiária – e aqui falo de reforma agrária (sem ser populista, reforma séria) – segurança pública (o tráfico é forte), saúde e questões econômicas fundamentais, como inflação (que sempre irá penalizar o mais pobre). Não tenho dúvidas que a Venezuela, assim como a Bolívia, Equador e a maioria dos países latino-americanos, tem uma elite cretina, e varrer esses vagabundos do mapa é ato sumário. Mas sem girar o capital, sem parcerias com setor privado sério, é impossível fazer o que se pretende. Além do que a corrupção come solta, a diferença é que a notícia jamais chegará ao ouvido/olhos do povo.
    Em suma, Venezuela, assim como Cuba tinha A URSS, possui o dinheiro jorrando do chão. Mas a história já deu oportunidade ao Chávez de mudar. E o que aconteceu até agora, se aconteceu, foram mudanças muito tímidas na base do iceberg.

  18. Jammal disse:

    Acho que você poderia escrever mais sobre política….

  19. Rodrigo Antunes Moreira disse:

    Fantastico o texto parabéns.

  20. JP disse:

    A questão aqui não é posição política. É pura e simplesmente a sacanagem de um jornal de um país fanfarrão (Espanha).

  21. Denilson Maciel disse:

    Flavio, parabéns pelo texto, gostaria de observar como professor de geografia, que passo por isso todos os dias, sempre tento passar uma ideia masis clara e real do mundo para meus alunos, e isso não significa ser de “esquerda”, mas sim ter uma visão mais clara do mundo, observar que o jornal nacional não é dono da verdade e o jornal do sindicato também não, então buscar a informação de forma neutra, clara é de suma importancia, para a construção da verdade, mas isso signica também trabalho, e muitos não querem, é mais facil ler veja, observar o texto, e ai ter uma “opinião” critica sobre o mundo, mas vamos em frente, mais uma vez parabéns pelo texto.

  22. Luiz Carlos disse:

    Flávio tem tanto comentário aqui que não sei se já te passaram a notícia abaixo (segue o link também):

    “O Ministério Público Federal do Ceará ajuizou Ação Civil Pública nesta quinta-feira (24/1) em que pede que o governador do estado, Cid Gomes, devolva aos cofres públicos os R$ 650 mil pagos de cachê à cantora Ivete Sangalo pelo show de inauguração do Hospital Regional Norte, no município de Sobral. O evento foi no dia 18 deste mês. Na ação, o MPF pede que a restituição seja feita com os recursos financeiros do próprio Cid Gomes.”

    http://www.conjur.com.br/2013-jan-24/mpf-governador-ceara-devolva-valor-pago-ivete-sangalo

  23. Amazing disse:

    A direita governa para a direita, e a esquerda para a esquerda. Assim foi, assim é, assim sempre será.

  24. Samuka disse:

    É isso aí FG. Concordo 100% !

  25. Mário Benoni disse:

    Interessante chamar o Hugo Chavez de democrata apenas pelo fato de ter sido releito diversas vezes. José Eduardo dos Santos de Angola está sendo “reeleito” desde 1979, Yoweri Museveni, de Uganda, desde 1986 e o melhor deles, o Muammar Al-Gaddafi foi “reeleito” diversas vezes em 1969 e 2011. Grandes pessoas, humanas, respeitadoras do povo e democratas! Existem outros exemplos de “democratas” por aí. É só pesquisar.

    • Flavio Gomes disse:

      Burrice também não tem limites.

    • FRANCISCO PUCCI disse:

      Com a diferença de que a última eleição de Chavez (a mais provável de ser corrompida) foi alvo de intensa fiscalização internacional, aceita e favorecida pelo próprio Chavez. Todos e, especialmente, um ex-presidente dos EUA, afirmaram que não houve nada que colocasse sob suspeita a lisura das eleições. Isso faz a diferença.

    • Gabriel disse:

      Muammar Al-Gaddafi tinha traços de um bom governante pro seu povo, ele investia bem o dinheiro do país e não deixava seu povo na merda, tenho a impressão de que Chávez e vários outros considerados ‘ditadores’ pela mídia, inclusive entre os q vc citou aí e outras figuras conhecidas, como o próprio Fidel Castro, pro vezes conduzem seus países melhor que vários populistas desgraçados que nem sabem o que significa ‘democracia’

    • Renan abbadin disse:

      Gostei do comentário de Mário, bom argumento, ARGUMENTO é fundamental!

    • Nilton Lopes disse:

      Só faltou você dizer que a da Venezuela foi auditada, mas tudo bem, só faltou você conhecer melhor do assunto.

  26. Marino disse:

    Flavio, sou leitor diário desse blog. Sigo seus comentários sobre corridas, autódromos e aprendo muito com eles.
    Agora, quando voce se posiciona politicamente, com todo o respeito a suas posições, não dá….Eu discordo, e sou obrigado a comentar.
    Quer dizer que o Hugo Chavez é “o cara”? Quer dizer que lá em Cuba tudo é maravilhoso?
    Vai morar lá. Em Caracas ou em Havana, Escreve seu blog desde Varadero. Será que os donos da ilha deixam publicar pelo menos 1% do seu pensamento?
    Quanto à Ivete Sangalo, Governo do Ceará, Sarneys, Renans, Temers, Lulas, etc. etc. falar o que?????? Se um sujeito julgado, condenado e o cacete pelo SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, literalmente CAGA E ANDA pra essa decisão, e assume um cargo de Deputado Federal, sem ser eleito, sim porque os 92 mil e tantos votos dele não foram suficientes para elege-lo. O cara era “SUPLENTE”. Nessa altura a Sangalo é uma santa….Segundo orientação da PRESIDENTA, somos dois grupos: “OS A FAVOR” e “OS CONTRA”. Eu sou do “CONTRA”. Sou a favor da MORAL, DA ÉTICA, DA EDUCAÇÃO.
    Só gostaria de um dia ver TODA A MÍDIA mobilizando a população para os desmandos e a imoralidade deste pobre Brasil, com a mesma força que mobiliza para a COPA DO MUNDO.
    150 milhões em ação…..só que não vou viver tanto tempo pra ver isso

  27. MARCELO ALVES PEREIRA disse:

    Tenho amigos que moraram por anos na Venezuela, mais de um e de origens bem diferentes, ambos criticam muito o país, sua elite e seu governo (entenda-se Chavez), mas que o problema não é SÓ ele, o país já tinha problemas e continua tendo problemas, gasta mal o dinheiro do petróleo e não distribui renda coisíssima nenhuma, que a corrupção rola solta em todos os níveis da sociedade e que ser de direita ou de esquerda não ajuda nem atrapalha, mas o dinheiro sim faz diferença. Então não me convence nenhum tipo de discurso político, de nenhuma origem.

    Já a Ivete acho que é o menor dos problemas, ele tem um preço, foi lá e fez seu trabalho, o problema é quem contratou seus serviços. Sei que ela faz suas filantropias por aí e tem uma preocupação social; mas com certeza nessa questão é a que tem menos culpa, beeeem menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>