LUTEM! | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 - 18:44Arquitetura & urbanismo

LUTEM!

SÃO PAULO (atrocidade) – Há rumores em Berlim de que o prefeito quer derrubar a East Side Gallery, o pedaço do Muro de 1,3 km que é, ainda hoje, o segundo ponto turístico de maior afluência na cidade. Só perde para o Portão de Brandenburg. No lugar, pretende construir uns prédios de luxo, algo assim.

Os berlinenses já estão se mobilizando para evitar tal aberração. O prefeito está maluco. Gerd jamais perdoará ninguém se isso for feito.

tatoomuro

45 comentários

  1. Alexandre Santiago disse:

    Olha ai o Kassab fazendo escola

  2. Marcog disse:

    Ainda bem que mês que vem eu vou lá ver…

  3. Paulo Pinto disse:

    Acredito mais em uma jogada promocional:

    1. O prefeito deve estar um tanto quanto apagado.
    2. É mais foco e interesse no pedaço do Muro.
    3. Maior afluência de turistas, “antes que derrubem”.
    4. Colocar Berlim na berlinda, com essa notícia.
    5. E rir um bocado com os “Defensores do Muro”.

  4. neto disse:

    Do jeito que o mundo caminha, logo aparece alguém disposto a reconstruir o que já foi derrubado.

  5. Anselmo Coyote disse:

    A guerra contra a intolerância é a guerra contra o esquecimento. Apagar os vestígios que apontam para a história é abrir as portas para que tudo aconteça de novo.
    Abs.

  6. Mello disse:

    Estive lá no ano passado. Vi que os berlinenses aproveitam bastante a história da cidade dividida para gerar divisas: os tijolos na rua que marcam onde estava o muro são mais fotografados que o meridiano de Greenwich, o museu da DDR é ótimo e tem sempre turista no Checkpoint Charlie. De fato, eles estão ganhando dinheiro “em cima do muro”. O East Side Gallery fica à beira-rio, será realmente uma lástima se o derrubarem. Especialmente com tantos prédios abandonados na cidade.

  7. danilo natali disse:

    ola flavio…
    sou amigo do tranjan. com sei que adora ladas, conheco uma pessoa que tem um samara em otimo estado e quer vender. interessa? kkk

    abs

  8. hendrix disse:

    Karl Marx tinha razão, o capital (grandes corporações) estão dominando o mundo.
    vc tem q ver a “eme” q a democracia-exploratório-extrativista do PT-PMDB estão fazendo com o Rio de Janeiro. só pra lembrar o prefeito do Rio foi re-eleito com 62% dos votos dos cariocas (não o meu) lógico, com auxílio da rede bobo (eventos fifa oficial) e da milícia.

  9. Guilherme disse:

    O Kassab chegou a Berlim?

  10. Andre Decourt disse:

    Pelo visto Berlin tem o seu Eduardo Paes

  11. Marcos André - Rj disse:

    Cesar Maia e Eduardo paes fazendo escola…..

  12. Pedro Navalha disse:

    Não deveria ser demolido nunca, principalmente para que as pessoas nunca se esqueçam das cagadas que seus antepassados cometeram…

  13. Francisco Libânio disse:

    Kassab exportando imbecilidade. A Globalização chegou a um nível crítico.

  14. Thiago disse:

    Tanto lá como cá, estes prefeitos são loucos.

  15. gus disse:

    A sanha imobiliária não perdoa a história mesmo! Não passarão!

  16. Não acredito que isto venha a acontecer. Seria uma atitude de estupidez incalculável. De toda maneira, estaremos de olho.

    • Roberto Fróes disse:

      Estupidez incalculável? E por isso você não acredita? Você é brasileiro?
      Bem, estamos falando agora de Berlim, Alemanha, e não tenho conhecimento suficiente, ou qualquer vivência, para saber com alguma esperança de certeza.
      Mas aqui em terras brasiliensis…
      A especialidade de nossos políticos é justamente a estupidez!
      O que acha de acabar com o autódromo do Rio de Janeiro?
      Era um dos melhores do mundo!
      Aqui correram, com sucesso, a Formula 1, a Indy, a Moto Velocidade, falando apenas nas provas internacionais.
      Mesmo se o automobilismo brasileiro empacasse, na época desses eventos vinha gente e $ do mundo inteiro!
      ACABARAM COM O AUTÓDROMO!
      E vem aí uma olimpíada que leva o quê? 15 dias? E depois?
      E isso não é uma estupidez incalculável?
      Você se lembra do Palácio Monroe, demolido para que o metrô não precisasse fazer uma determinada curva? E o metrô acabou passando ao lado, por outros motivos?
      Não é uma estupidez incalculável?
      O Governo – em todos os níveis, federal, estadual, municipal, executivo, legislativo e judiciário – faz despesas de 2 a 3 vezes mais altas em todas as suas compras e despesas em geral, em nome da tal “transparência” que, da forma como é feita, é apenas mais uma imensa barreira burrocrática?
      E isso não é uma estupidez incalculável?
      Espero – para o bem deles – que lá seja diferente!

      • Rafael disse:

        Roberto, só uma retificação:

        O Monroe não foi demolido por causa do metrô. A engenharia do metrô, na época, fez diversas sondagens e alterou ligeiramente o traçado de modo a não afetar as fundações do Monroe. Algumas fotos de época demonstram isso claramente.

        Me lembro de uma entrevista com uma engenheira do Metrô em que ela afirma categoricamente: “todo o trabalho que tivemos para não afetar o Monroe foi jogado no lixo!”

        E o Metrô ainda ficou com a culpa – injusta.

        No mais, sem nada a acrescentar.

      • Henrique Ferreira disse:

        Oi Roberto. Sim, sou Brasileiro. Moro no exterior há 3 anos. Eu não acreditava mesmo, por se tratar de um monumento tão importante, mas aconteceu:

        http://www.guardian.co.uk/world/2013/mar/01/berlin-wall-protests

        Sim, é uma estupidez incalculável. Quanto à maior parte do que você falou, me desculpe, não entendi o que o meu comentário tem a ver com isso. Nada disso minimiza qualquer coisa que aconteça no Brasil.

  17. Peter Losch disse:

    Me perdi. O Gerd está no Brasil?

  18. Julio disse:

    Há dois anos, em Berlim, ouvi uma frase supostamente do prefeito: “nós somos pobres mas somos sexies”. Que puta cidade incrível. Os cafés em todos os cantos, as pessoas curtindos as ruas e as calçadas repletas. Todo mundo de bike, velhos e crianças.
    Uma nostalgia deliciosa no Mitte e em Kreuzberg. Um povo comprometdo com a sua história e ao mesmo tempo com um frescor das artes e da vegetação lindamente mal aparada. THE Place to be.
    Não deve ser verdade…

  19. robertao disse:

    e por aqui, vão foder a Marina da Gloria com algum tipo de bronha megalomaníaca do Eike.
    O diabo é abrir essa excessão. Daqui a pouco vai ter MacDonald’s no lugar do coreto do Aterro do Flamengo. Esse tambem é um bom motivo de luta.

  20. Wellington Cunha disse:

    So ein mist! Achei que prefeitos especuladores imobiliários fossem exclusividade de São Paulo (leia-se Kassab). Mas os berlinenses não deixarão que uma atrocidade desta seja cometida. Ich bin ein berliner!!!!!

  21. rodrigo disse:

    Eu quero que Berlim se arrombe!!! Minha esposa quebrou a perna lá em 2012. Fomos em 2 médicos e fomos pessimamente tratados. Fomos em um hospital pequeno e um hospital grande, referência da cidade. Ela rompeu 3 ligamentos do pé e quebrou um pequeno osso. Os médicos de lá só fizeram raio-x e não viram os ligamentos rompidos (porque ligamento obviamente não sai em raio-x). Detalhe, no hospital grande, o médico ficava em uma sala e quem atendia a gente era uma estudante. Eu fazia uma pergunta e a estudante ia tirar dúvidas com o médico. Não vimos nem a cara do médico.

    No primeiro hospital, nem remédio para dor eles passaram. Por sorte eu tinha levado do Brasil. No segundo hospital, a estudante ficou abismada pelo fato do primeiro médico não ter passado nenhum remédio. Então eles passaram remédio para 3 dias apenas. Briguei na farmácia e consegui comprar remédio para mais dias. Chegando no Brasil em 2 minutos os médicos já haviam percebido os ligamentos rompidos e que era caso de cirurgia. Como não havia mais tempo para tal, minha esposa teve que fazer 3 meses de fisioterapia e mesmo assim ainda não pode correr.

    Por essas e outras eu quero que a Alemanha se exploda.

  22. Luciano disse:

    É uma memória que tem de ser preservada, assim como os campos de concentração, para que tais erros nunca voltem a ser cometidos e repetidos pela humanidade… É isso que o mencionado prefeito tem que fazer…

  23. Fred disse:

    Imbecilidade contemporânea sem tamanho, caso o façam. Caminhar junto ao muro perdendo o olhar, caçando um ou outro detalhe, é uma experiência definitiva.

  24. Marco disse:

    Fui pra lá uma vez. Pretendo voltar este ano. Tirei uma foto “malandrona” com o carro que aluguei em frente ao muro. Muito bacana.

    Berlim é sensacional. Cidade mais legal que já estive.

  25. Roberto Fróes disse:

    É uma merda! Cesar Malas, Kassabs, Eduardos Paes, TUDO A LESMA LERDA, como costumo dizer!
    Aqui dispensaram o autódromo – no mundo inteiro tem ter autódromos à altura da F1, da Indy, da Moto velocidade, e aqui dispensam;
    E essa agora em Berlim.
    Aqui no Rio, sabe-se a razão: Condomínios de luxo e $ no bolso. Lá também?

  26. samuel.aju disse:

    Esse cara deve ter trocado figurinhas com o prefeito do Rio….

  27. Marcelo disse:

    No momento o “meu” Brasil esta LUTANDO pra salvar o Haiti(esta lotado de haitianos no Acre), não temos como ajudar a desesperada Berlim! Alemão ajuda alemão, brasileiro ajuda haitiano, lembre-se disso Gomes!

    Michael “mito-vivo” Schumacher tem moral pra impedir essa atrocidade em Berlim, basta avisar ele…

    Até o piloto sensação-do-momento Sebastian Vettel tem moral pra isso, mas tem que avisar ele…

  28. Neto Brucutu disse:

    F.G., boa noite !

    Pensei que ser cretino, fosse só característica dos nossos políticos, e do Comitê Olímpico Brasileiro…..

    Um abraço a todos !

  29. Marcelo disse:

    Gerd, mas qual deles?

    Gerd Paul von Below
    Gerd Albrecht
    Gerd Arntz
    Gerd Binnig
    Gerd Bornheim
    Gerd Burgmann
    Gerd Kanter
    Gerd Million
    Gerd Müller
    Gerd Von Rundstedt
    Gerd Wenzel
    Gerd Wessig

  30. Nenê disse:

    Nem fodendo! Fora que quero ir lá mais umas 50 vezes!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>