MATUTANDO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 - 14:20#69, Automobilismo brasileiro, Classic Cup

MATUTANDO

louzao83corcelSÃO PAULO (é pra pensar…) – Pesquei a foto na página do irmãozão Sérgio Louzão no facebook. Acho que é ele no Corcel, nas 12 Horas de Goiânia de 1983. Aí fiquei pensando… Um Corcel II seria uma opção caso o Meianov requisite a aposentadoria? Esse carro aí tá bonito pacas. Se bem me lembro, Corcel II não chegou a usar motor AP nos anos de Autolatina. O que me levaria a optar pelos CHT. Teve CHT 1.8? Acho que não, quase certeza que não. Mas a Pampa, da família do Corcel II, chegou a usar motor AP no fim da vida, não?

Vou pedir ao Louzão para contar aqui como era esse carro. Estou pensando umas coisinhas…

ATUALIZANDO…

Só pra lembrar, fiz uma corrida de Corcel II em Londrina em 2008. Terminei em terceiro na geral, na segunda bateria, e em quarto na primeira. Mas era o Pacman, um monstrengo 2.0 com teto rebaixado. Gosto dele, mas se for partir para uma dessas, será algo menos violento, digamos. Sem teto rebaixado, pelo menos. Quem não lembra pode ver um pequeno vídeo daquela prova aqui. Na época, escrevi duas notinhas sobre a corrida: aqui e aqui.

139 comentários

  1. Sydnei Alves disse:

    Vai de Variant II moço!
    Suspensão dianteira do Passat e trazeira com eixos articulados = da Kombi.
    Mas pra que aposentar o meianov? Ele é o nonsense da categoria, o mau amado simpático.
    Se é pra botar AP, coloca no meianov, pq não?

  2. Sempre gostei muito da idéia de um Corcel II com um motor 2.3 OHC, fica mais legal que o AP, pelo menos é Ford com Ford, e esse motor tem capacidade para gerar muita potência.

  3. Arthur disse:

    Tem que ser uma Pampa! Vai ser muito legal ver algo inédito nas pistas!! Com AP então, nem se fala! Vai de Pampa, Flavio!

  4. Max disse:

    Flavio, dizem que o motor Renault 1.6 que equipou o corcel até 1983 dá para tirar um bom veneno.. A revista 4 rodas de época, mencionou em certa edição o quanto os preparadores tiravam do carro nas pistas.. Além do mais, na argentina até poucos anos atrás, havia Renault 1.6 com diferenciação apenas do cabeçote em alumínio e injeção eletrônica, o resto era o mesmo do Corcel… Pense nisso!!! rsrsrs… 1989 a família Del Rey começou à receber o motor 1.8 (autolatina), primeiro nos modelos top de linha, guia e XR-3, no caso do Escort.

  5. aldemir gouveia disse:

    Flavio,
    as ultimas Belinas que sairam de fabrica foram com motor AP1.8…então Corcel pode andar com motor AP1.8 sim.pq as Belinas foram derivadas dos “Corceis “..apoiado na troca…nada contra seu meianov Russo….abs

  6. sérgio castro disse:

    “Estou pensando umas coisinhas”. Não vai me dizer que vc vai transformar o belo e com muitas estórias pra contar, Corcel II do Doutor Marwin em carro de corrida!

  7. Gustavo disse:

    Se quiser um Ford com AP1.8, vai de Del Rey. Um 2 portas é praticamente um Corcel. Se quiser melhor comportamento dinâmico e mantendo a sugestão da foto, vai de Voyage quadrado.

  8. JOÃO PEDRO MARCHINA disse:

    Não caia no lugar comum, crie algo inédito (Passat, não)

  9. Glauco Matos disse:

    Olá Flavio.
    Me lembro bem dessa e de outras corridas 12 horas de Goiânia. Fui nessa aí, com 11 anos de idade, e me marcou, porque tive que lavar o Fusca do meu vizinho por 1 semana pra ele poder me levar. Acho que foi daí que surgiu minha paixão por esses danados. Hoje tenho 2.
    Ah! Lembra daquela Schnellaster aqui de Goiânia que eu estava olhando pra você? Ainda está lá sem mexer, cutuquei o cara, mas ele me disse que uma dia ainda vai restaurar a danada. Na próxima semana vou lá novamente e vou cutucar pra ver se ele vende.

  10. Ubaldir Jr. disse:

    Sim, teve Pampa AP 1.8. Andei demais nelas. O cara que era dono da empresa que eu trabalhava adorava. Comprava para uso próprio, andava um ano, comprava outra e mandava a antiga pra empresa. Era um bom carro, apesar de a Ford conseguir “amarrar” o desempenho do motor que andava pacas nos VW. Outro da Ford que teve os 1.8 da Volks, foi o Del Rey. O Corcel não chegou a ter motores AP. Saiu de linha em 1986, antes do acordo da Autolatina, que salvo engano, veio em 88. Aliás, triste foi o ano de 86, não? Saíram de linha Fusca e Corcel numa tacada só… uma lástima.

    • Jr. disse:

      Do Fusca eu lamento, mas do Corcel? A reestilização que a Ford fez no Corcel, na minha opinião,”matou” o carro. Prefiro mil vezes a frente antiga do Corcel II que aquela frente “sem sal” do “novo”. Já tenho meu Voyage 85, ainda vou ter um Corcel II.

  11. Batista Lara disse:

    Deu saudade do Corcel II GT e Hobby…. Aquela pintura preta estilo saia blusa, faróis de milha, roda preta com sobre aros, para brisa degradeé, painel e manete do câmbio esportivos, vidros verdes….. Que saudade dos anos 80! Flávio dou total apoio…. Põe um Corcel II GT nas pistas…. Para nooooosssa alegriaaa !!!

  12. Rui P. Piva disse:

    Flavio, nao sei se Corcel não usou mas tive uma Pampa com o AP 1.8. Abraço.

  13. Rui P. Piva disse:

    Flavio, nao sei se não o Corcel não usou, mas tive uma Pampa com o motor AP 1.8. Abraço.

  14. Rafael Linhares disse:

    FG,
    teve Del Rey e Belina com motor AP! Facil de fazer um corcelzinho forte!

  15. Edgard disse:

    E porque não um Passatão?

  16. Acarloz disse:

    Eu montaria um Del Rey duas portas com motor AP, além de ter usado essa mecânica, a carroceria parece um pouco mais equilibrada que a do Corce lI.

  17. Estevão disse:

    CHT só 1.6. Tivemos uma Belina II 1979 com esse motor.
    Saudades do Belinão.
    Abs.

  18. Giancarlo disse:

    No intimo de Flavio, teremos uma nova queda do muro de Berlim.

  19. Alfredo disse:

    Acho o Monza Hatch um carro lindo, vermelhinho… se eu tivesse dinheiro e habilidade essa seria minha escolha…

  20. Luciano disse:

    Usa um Corcel 2 e pinta como o original GT 1980. Teto e capo pretos. O carro ē lindo. Carburado, corpo duplo.

  21. Talles Almeida disse:

    Corre de Vemaguet!!!

  22. Fabio Pedroso disse:

    Poderia ser uma belina como opcao ficaria legal, se nao me engano tinha 1.8 e 4×4 igual a pampa.

  23. Paulo "McCoy" Lava disse:

    Salvo engano, não vi nenhum comentário sobre a citada corrida. Então, ‘let’s go’: a prova ’12 Horas de Goiãnia’, além de ser a quarta edição da conhecida prova de endurance realizada na região Centro Oeste, teve validade pela terceira etapa do I Campeonato Brasileiro de Marcas de Pilotos. foi realizada no dia 31 de Julho de 1983 e teve como vencedores os gaúchos Paulo Hoerlle (ainda em atividade, diga-se de passagem), Antonio Miguel Fornari – o sobrenome não deixa dúvida: é filho do Breno Fornari, tricampeão Mil Milhas Brasileiras – e Carlos Alberto Petry. A trinca, ao volante de um Fiat 147, fez uma corrida ‘cabeça’. Mas, registre-se, a dupla retratada na foto acima – Olicio Santos e Victor Steyer, respectivamente, campeão e vice do Torneio Corcel II 1982 –, liderou dois terços da prova, seguidos de perto pela trinca que revezou-se ao volante do 147. A vitória de Steyer-Santos não se concretizou devido a problemas de freio. Por sinal, a partir daquela prova, a Ford Brasil tomou a iniciativa de equipar os veículos Corcel e Belina com freios ventilados (= e depois dizem que as corridas não auxiliam no desenvolvimento de peças para carros usados no dia a dia). Outra ressalva digna de nota: a ’12 Horas Goiania 1983’ foi a ultima corrida do modelo Corcel no ‘nacional de marcas’. A partir da etapa seguinte, ‘1000 Km de Brasilia’, a Ford disponibilizou para as equipes que corriam de Corcel, o modelo Escort.
    Esta foi minha contribuição. Espero que alguém de Goiania e/ou algum piloto que participou daquela prova venha até aqui relatar memórias.
    See ya,

    Paulo McCoy Lava
    Jornalista & Pesquisador de Automobilismo

    PS: Ao contrário da matriz em Detroit, a filial brasileira não tem ‘link’ sobre seu envolvimento com competições no Brazil, muito menos, com resultados de corridas nas quais participou – ou certames que promoveu. Mas… oh, wait: esqueci que os gestores atuais possuem outras preocupações.

  24. greyhound disse:

    Houve um Torneio Corcel II – monomarca – sensacional. Os botas eram : Ernesto Zogbi, Olício dos Santos (?), Aloysio Andrade , acho.
    Eram divisão 1, com motor CHT.
    Um Corcel II, com motor AP, parece legal e mais competitivo.

  25. Fernando Calefi disse:

    Monta um Rauzito com cht 1.6, coloca os cabeçotes com carbura e tudo do escort xr3 1.6 se não me engano era o fórmula!!! Vai fazer sucesso na pista!!!! Pense que o carbura tem em cada borboleta 32mm……

  26. Fernando Calefi disse:

    Monta um Rauzito com cht 1.6, coloca os cabeçotes com carbura e tudo do escort xr3 fórmula!!! Vai fazer sucesso na pista!!!! Pense que o carbura tem em cada borboleta 32mm……

  27. Thiago Azevedo disse:

    Um Corcelão é legal, embora ache que o Meianov tenha muita lenha pra queimar!

    A corrida com o Pacman foi muito boa, andava pacas o bichão!

  28. Nelson disse:

    Gostei muito do video, deve ter sido uma prova gostosa, mas, gostei mesmo foi de sua entrevista com o Juca. Em que ano foi?

  29. Roberto Fróes disse:

    Tinha Pampa e Belina com motor AP, acho que também Del Rey. Corcel eu não sei.
    Quer conselho, com motor AP? Passat, Gol ou Voyage.
    Passat, tive 5, sendo 2 TS 77, 1 LS 78, 1 GLS 84 (acho) e 1 Pointer 88.
    O melhor carro do mundo, depois do DKW – afinal, é descendente direto. Que me perdoe o Lada. (E o Samara?)

    • Robertom disse:

      Concordo 100%.
      O último Corcel foi o mod. 86, portanto não foram fabricados com motor EA827 (AP).
      Em 88 foram lançados o Del Rey, Scala e Pampa com AP 1.8, muito motor para pouco carro, um “Frankenstein” ( A Pampa até que ficou razoável, pois rolava menos e era mais estruturada ) Se puderem, vejam o Coletor de Escape saindo para frente e dando a volta na longarina.
      Nenhum carro desta família seria realmente competitivo, mas garantiria a exclusividade para seu piloto.

  30. Sanzio disse:

    Tive um Corcel II L, 83. O motor não é lá tão fraco assim, não! O câmbio de 4 marchas sim, é um enrosco. Um de 5 seria mais interessante.
    O principal problema do meu era a ventoinha ligada direto na correia do alternador. O carro vivia frio e isso tirava bastante do rendimento do motor. Quando a água esgotava por causa do radiador furado e o motor fervia, andava feito um demônio!
    Isso sem contar que na época o óleo top dos tops era o Valvoline 20w50 Competição. Óleo 20w50 e graxa, dá na mesma! Imagina esse CHT rodando com um 10w30 sintético da vida, deve ficar bem mais solto e potente!
    Acho que um CHT álcool, com câmbio 5 marchas e fazendo umas “piorias” na refrigeração, dá pra brincar legal! :-D

  31. Belina Corcel I com motor AP.
    Se é pra ser diferente, e como outro dia você defendeu a entrada de “peruas” no grid…
    Vou torcer para que abrace essa receita.
    Boa sorte!

  32. samuel.aju disse:

    A idéia do Meianov, e a materialização dela me parece insuperável. Ainda mais trazida por um cara que tem um olhar todo especial para o leste europeu. Mas corcel II tem seus encantos, representou uma grande inovação estética em relação ao primeiro. Desconheço a versão dos motores. Só sei que um dia admirei muito a Belina II LDO.

  33. jefferson lauda disse:

    eu nunca vi uma corrida dessas mas fico pensando como um fusca pode competir de igual com um passat se a mecanica e diferente???

  34. willian disse:

    Curiosidade: alguém usa Chevette na Classic?

  35. claudio augusto disse:

    nossa não consigo imaginar o que torce mais numa curva um corce II ou o copersucar f6A

  36. Ferdinandes disse:

    Flavio, como faço para participar na Classic? Com quem eu falo? Me manda um contato?

    Abs

  37. Sandro disse:

    Flavio, monta um corcel II com motor AP mesmo, sempre tive vontade de fazer um coisa dessa, acho o corcel um carro legal e ficaria muito bom com motor AP, eu tive uma Belina Del rey com motor 1.8, e andava pacas, enfim aposenta o 69 e arruma logo um corcel…

  38. Maurício disse:

    Se podem mexer ou trocar o motor, pegue um corcel antigo, mais charmoso que o quadradão do II e coloque um motor AP 2.0 nele igual ao do PacMan. Um carro que ficaria show pra correr é o VW Pointer, já pensou? Já fugindo dos refrigerados à água, TL, Brasilia, Variant, XEF, X12 (fechado, daqueles que a PM do litoral usava) seria legal também. (E se quiser, todos podem ter o AP atrás (os Gurgel seriam ótimos para colocar o radiador na frente).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>