VW, 60 | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sábado, 23 de março de 2013 - 20:18Fusca & cia.

VW, 60

SÃO PAULO (muitos parabéns) - O dia está corrido e confuso, mas não poderia deixar de registrar os 60 anos, hoje, do início das operações da VW no Brasil. No início, em 1953, os carros eram importados da Alemanha e montados aqui. Os primeiros nacionais de verdade foram as peruas DKW Universal, que saíram da fábrica da Vemag em novembro de 1956. A famosa fábrica da Volks em São Bernardo só começaria a funcionar em 1959.

Mas são 60 anos, data redondíssima que merece lembrança e gratidão de todos que, um dia, andaram num Fusca. Ou tiveram alguma coisa carregada numa Kombi. Ou seja, todo mundo.

Para festejar, uma modesta fotografia de um dos meus besourinhos.

cidinho

25 comentários

  1. Fernando disse:

    Flavio, só de curiosidade, quantos carros vc tem? Digo, quantos antigos?

  2. Lio Campos disse:

    Parabens pela lembrança do Aniversário da Volks, adimiro o povo germanico ( o maiis rico da comunidade Europeia) pela competencia, em fazer seus carros, os politicos pela HONESTIDADE com seu Povo em distribuiir os IMPOSTOS arrecadados, tive o prazer de ter sido convidado a poucos dias quando a Chanceller alemã Angela Merkel esteve viisitando a Fabrica da Volks na Anchieta, sem dar a minima para os nossos Politicos daqui municiipais,estaduais e federais, ter governates assim realmente É UMA VERGONHA ! ! !

  3. Roberto Antonio disse:

    Flavio, confesso que sou uma “anta” para detalhes técnicos de Fuscas. Sempre pensei que os 1300 só haviam saído com a tampa lisa, sem os filetes de saíde de ar, o que obviamente sua foto (e seu carro) desmentem. Vivendo e aprendendo.

  4. Roberto Antonio disse:

    Lindo Fusca. Curisidade: ano e nome da cor?

  5. ALEX B. disse:

    Choreeeeiiiiiii largado!!! Parabens Besouro!

  6. Janir disse:

    Lindo carro, em casa tinha um 1300 L vermelho alaranjado.

  7. Luiz Guimarães disse:

    Saindo da lavagem no posto da esquina. Lino carro.

  8. Fábio Eduardo disse:

    Carro lindo, quando era criança andei muito em um desses, bege, mas esse azul é minha cor preferida.

  9. Claudio L. Moraes disse:

    Sempre quis ter uma placa com as letras CLM, que são exatamente as iniciais do meu nome.

  10. Edson Del Rio Vieira disse:

    Seis décadas faturando horrores em cima do nosso povo e sequer um único museu a VW montou no Brasil. Agora ela fatura ainda mais alto vendendo partes de seu enorme terreno em São Bernardo. Construir um museu, como fez a TAM em São Carlos, seria dever moral da VW. Retribuir ao povo brasileiro o enorme lucro acumulado em seis décadas de faturamento seria o que esperar dessas empresas. Capitalismo selvagem, ganancia imensurável.

  11. Edson Del Rio Vieira disse:

    Desculpe-me Flavio, mas a expressão “os primeiros nacionais de verdade” esta mal colocada. Acredito que os “nacionais de verdade” somente se aplica se o capital, o projeto e a gerência da empresa também são brasileiros. Apenas o carro ser feito em território nacional é optar por uma fórmula ufanista dos anos da ditadura. Nenhuma das atuais empresas montadoras em operação no Brasil, nos dias atuais, são nacionais. Pode parecer que estou sendo muito rabugento, mas, apesar de mais de meia centena de empresas fabricando carros no Brasil, nenhuma delas pode ser chamada de uma “empresa nacional de verdade”. A situação é muito semelhante na F1, enquanto muitos ficam preocupados se temos apenas um único piloto com as cores do Brasil esquecemos completamente que aproxima-se a data que completaremos quatro décadas sem uma equipe nacional. Qual seria mais importante, alguns pilotos brasileiros de fórmula 1 campeões ou uma única equipe nacional? Apesar de longe os anos da ditadura, ainda somos ufanistas míopes. Até quando?

    • Acarloz disse:

      Até sempre.
      Esse é o mundo amigo.

    • Nelson disse:

      Equipe nacional, está brincando? Até a mercedes é quase toda inglesa. Para chegar a ter um projeto de chassis desta qualidade e tecnologia, levariamos uns 20 anos com bilhões jogados fora. Até os americanos correm com chassis europeus, e daí? e quer saber, que papo babaca de ufanismo da ditadura, nós eramos um celeiro de ótimos pilotos porque eram mesmo bons, nada ver com governo, agora a maioria é droga e tambem nada a ver com governo. Simples assim. São fases amigo. Ou épocas. Os italianos foram super feras e hoje? Foram bons por causa de Mussolini? Haja saco!!!!

  12. Fabio Amparo disse:

    Azul Pavão?

    Parabéns, belo carro!

  13. David Felipe disse:

    bela lembrança pelos 60 anos da vw, ontem estava perto da Alameda Santos quando vejo no meu retrovisor um TRABANT ! quando paro no farol vejo vc! nao reparou num fiat 500 buzinando ? rsss abraço.

  14. Paulo Carvalho disse:

    Tenho um Gol 2000/2001, 8v, que uso para o trabalho. Muito bom. Não dá trabalho é só dar a manutenção necessária. Mas acho que atualmente a marca, principalmente nos carros mais baratos, perdeu muita qualidade e, consequentemente espaço para outras montadoras. Outra coisa, Flávio, gostaria de voltar a segui-lo no twitter. Acho que pisei na bola com você (@zuluquebec), Me desculpa. Sou fã de automobilismo e sempre acompanho teu blog e de outros jornalistas tipo: Lito, Téo José, Sérgio Maurício, Rafael Pereira e outros. Um abraço. Espero que reveja sua posição e me desbloqueie. Obrigado.

  15. Daniel Bianchi disse:

    sem comentários, para o carro…

  16. Nilo disse:

    Ih, Flavio, publicou a placa do carro ….. agora seu cabelo vai cair e você vai ser inscrito automaticamente na telexfree…………….

  17. Conde disse:

    Parabéns , então . E que VW lindo , heim . Minha mãe teve um dessa cor 1300 L tb , Voltei no tempo , obrigado ,

  18. Marcio disse:

    Porra, que carro lindo!

Deixe uma resposta para Fabio Amparo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>