ONE QUESTION | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 9 de abril de 2013 - 13:43One question

ONE QUESTION

Será que o Ingo se lembra disso? F-2 no Estoril em 1977. Quem mandou foi o José Everson de Abreu. Notem o tamanho da reportagem no “JN”. Impossível, hoje. E, na boa, dava para editar…

21 comentários

  1. david honorio disse:

    engraçado que o Riccardo Patrese 15 anos depois em 1992 sofreu um acidente semelhante nesta pista desta vez com Gerhard Berger quando o italiano da Willams iria passar o companheiro do Senna da Mclaren e o carro decolou incrivelmente na reta por sorte o italiano sofreu ferimentos leves

  2. Fábio Sinegaglia disse:

    Pode ter certeza que o diretor geral da Globo a época era o Armando Nogueira, senão teriam cortado

  3. Renato de Mello Machado disse:

    teve uma fiscal de pista que tentou sozinho levantar o carro até a chegada dos demais ,e que quase conseguiu,esse foi mais um dos anjos da guarda.

  4. Rico-HP disse:

    Quem é o apresentador do jornal ?

  5. Everson Abreu disse:

    Essa curva foi rebatizada para ” Curva Hoffman “.

  6. gustavo giroti disse:

    po, não edita não, po!

    tempos mUdernos….afff

  7. Artur Bottura disse:

    Flavio,
    O Ingo postou esse video no facebook. perguntei a ele o que causou o capotamento, e a resposta, com a maior naturalidade:
    “Artur Bottura, o que causou a capotagem, foi que enrosquei rodas com o Ricardo Patrese, e ai meu carro decolou, deu mas 2 ou 3 capotadas no asfaldo e mais 2 ja no acostamento.”

    Tão natural quanto ralar a roda na guia…(risos)

  8. Ingo disse:

    Claro que me lembro. Recebi este link ontem pelo FB, e publiquei.
    O acidente aconteceu ha umas 2 ou 3 voltas do final, quando estava disputando com o Ricardo Patrese o 3º lugar. Tocamos rodas em uma curva, e eu sai capotando. Na imagem aparecem somente as ultimas 2 capotadas, mas capotei umas 2 ou 3 vezes no asfalto ainda.
    Na realidade tive muuuuuuuuuita sorte, porque em uma das viradas, o Santo Antonio foi ARRANCADO na base, ou seja, fiquei sem proteção nenhuma.
    O que me salvou, foi primeiro, meu anjo da guarda, e segundo, a roda/pneu traseiro do lado esquerdo do carro que serviu de apoio pro carro.
    Senti uma tremenda pressão na cabeça, conforme o carro parou de cabeça pra baixo, e imediatamente soltei o cinto de segurança, de forma que eu pudesse “escorregar” mais para dentro do cockpit.
    Por causa deste acidente, esta curva no Autodromo de Estoril ficou por muito tempo com o nome de, curva Hoffmann.

  9. Renan disse:

    Realmente perigoso… se repararem, o carro rodopiou de cabeça para baixo em cima dos pneus

  10. Alex disse:

    René Arnoux, Riccardo Patrese, Bruno Giacomelli, Eddie Cheever…nada mal.
    Outra coisa que chama a atenção é a total falta de segurança e de preparo do pessoal que veio socorrer o Ingo. Sem equipamento nenhum ( o carro poderia ter explodido na cara deles…) e virando o carro daquela forma ( imagine se o piloto tivesse uma lesão na coluna).

  11. Alexandre - BH disse:

    Nossa, durou quase o tempo de um documentário!

  12. Flávio e comentaristas,

    Chama a atenção o tempo (cerca 1 minuto e meio) dado as imagens e parte com o locutor calado… Impensável nós dias de sombrios de hoje, 430 tragédias por segundo com qualquer tipo de imagem. Tudo apressado, sem sal e sem nenhuma profundidade. Bad days.

    Abraços, Edson Z.

  13. Felipe S. disse:

    Acho que um acidente desses, por mais tempo que faça, não dá para esquecer não. Legal ver a turma que competia: René Arnoux, Bruno Giacomelli, Riccardo Patrese, Eddie Cheever…

  14. Mauro Kondo disse:

    Tempos nos quais o automobilismo tinha outro status na mídia tupiniquim.

    Fortinho o tio que desvirou sozinho o F2!

  15. Existia uma certa tara nessa época em mostrar as coisas em câmera lenta. Eu acho um barato… o mundo andava menos apressado. Acho que tô ficando velho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>