LEGIÃO URBANA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 26 de julho de 2013 - 16:57Legião urbana

LEGIÃO URBANA

SÃO PAULO (estilo) – Esse TS tem algumas coisas de época que só quem é de época vai lembrar. Em tempos de carros pouco sofisticados feitos no Brasil, a molecada dava uma emperiquitada em Passats com acessórios banais, mas divertidos. As ponteiras dos para-choques, por exemplo, simulavam aqueles para-choques retráteis que absorviam melhor o impacto. Eram muito comuns em carros exportados para os EUA. Notem também a ponteira dupla do escapamento. A gente dizia que isso aí era de Mercedes. Rodas também eram importantes. De Porsche, BMW, ou Ferrari. No caso desse aí, de Ferrari, não? Ou de BMW?

A lanterna traseira também era cheia de chinfra, com um filete cromado dividindo-a em dois. Vidros verdes e, provavelmente, um Tojo e um TKR ou Pioneer lá dentro, talvez até com aqueles vidros elétricos que tinham seu mecanismo instalado numa caixinha nas laterais de portas, lembram?

Enfim, esse aí é um TS equipado tipicamente como se fazia no início dos anos 80. Fiquei com saudades, quando vi. Era sonho de consumo de quem não tinha ainda 18 anos. E quem já tinha e podia comprar estava no paraíso.

IMG_1802

63 comentários

  1. ATorres disse:

    Tive um TS 1980 completo. Esse da foto é um LS “montado”. É o que consta pela placa.

  2. Luciano disse:

    Esse Passat tem exato 46.700mil km eu comprei ele depois de 4 anos de espera, ainda tem os plásticos no banco traseiro, Luciano.

    • richard disse:

      tenho uma lenda 78.o carro é impecável, essa semana vou por pra andar depois de 3 anos no cavalete.infelismente esse trânsito louco e os vermes dos motoqueiros não deixam mais trafegar.esse é seu msm? blz.

  3. Roberto Antonio disse:

    O toca-fitas poderia ser um “Roadstar cara branca”. Lembram-se?

  4. Gustavo disse:

    Aprendi a dirigir em um Passat LS 1980 3 portas que tinha em casa. O carro tinha interior bege claro, com bancos de veludo, muito melhores que os tecidos de hoje. E o rádio era o original, com marca VW (uma tranqueira…). O único acessório que meu pai colocou foi o suporte da placa dianteira na lateral esquerda do para-choque (tipo Landau). Antes desse, meu pai teve um TS 1977 branco (4 faróis redondos, volante com raios furados) com TKR de gaveta no console. Depois dos Passats, partimos pros Santanas (que nada mais eram que Passats de 2.a geração). Saudades…

  5. Felipe Coelho disse:

    Flávio, vc esqueceu o “Roadstar” auto-reverse e daqueles bancos do Gol GTI, acho que eram Recaro. Teve uma série chamada de Pointer que era meu sonho, quatro faróis, lanternas fumê e vidros degradê!
    Esse era a Época que a VW fazia carros de acabamento bom, hoje com um mês de uso qq modelo VW parece uma escola de samba ambulante!!

  6. Luiz AG disse:

    Esse passat tá “do jeito”. Só as lanternas traseiras que eram do Passat a partir de 1983. Esse Passat tá com cara de 1981 ou 82. Notem os vidros verdes, na época conhecido como “Ray Ban” bem raro também.

  7. Mefistófeles disse:

    Eu tinha um TS 1981 verde, a Pirelli lançou o P6, um pneu revolucionário para a época, aro 14 com perfil lateral baixo, acho que de 60 por cento da largura da banda. As medidas eram 185mm, 60 R 14. Tinham as rodas Porsche com 6 furos de ventilação, a Metalúrgica Glicério lançou rodas Porsche de 5 furos de ventilação, que eram aro 14 com tala de 6 polegadas e diferentes das aros 13 que tinham o miolo para fora como nas aro 13 de ferrro originais, ela tinha o miolo reto e alinhado com o aro, eram lindas! Coloquei esse conjunto rodas/pneus na minha caranga favorita.

    • Mefistófeles disse:

      Mais uma coisa, essa ponteiras de parachoque sanfonadas, eram de plástico duro, qualquer encostada, trincavam, quebravam. As originais, eram de plástico flexível e nada acontecia em pequenos toques. O teto solar slide-away tinha vedação por vácuo, havia uma chave no painel que abria mangueira ligada no coletor de admissão, que enchia ou esvaziava a borracha que contornava o perímetro do teto para poder abrir, esvaziava, para fechar enchia, garantindo a vedação

  8. Saudade do meu laranja mecânica.
    Suspensão de corrida, motor 1.6 com 140 cvs….
    Deixou marcas.

  9. Michel disse:

    Meu pai teve um de 4 farois redondos,um surf 79 ambos bege e eu tive um 79 branco,79 bege e por ultimo um 80,eu amo passat,marcou minha vida,pretendo ter mais,de preferencia de farol redondo…

  10. Giovani Jardim disse:

    Flávio, como faço pra te mandar uma foto de um carro que eu flagrei?

  11. Flavioc Cateb disse:

    Tinha o teto solar Slide Way. A antena Truffy eletrônica (q subia assim q se ligava o radio), alem de colocar encostos de cabeça no banco traseiro. Tudo isso ao som dos twitters da Selenium e as caixas Bravox.

  12. Luciano Rizzi disse:

    Esse carro é a cara dos anos 80, apesar de ter sido lançado antes. Mas gostei também de relembrar a expressão “cheia de chinfra”.

  13. alexandre traple disse:

    Tive 2, acho que 79 e 80. Um champagne e outro verde musgo? Para mim o principal era um carburador Weber de corpo duplo. Um rádio Blaupunkt com OM, 31 e 49 m que pegava tudo. O volante era menor e tinha uns botões para a buzina. Bateu uma saudade…

  14. Valente disse:

    Já acertaram bastante aqui, e vou dar uns retoques, pois desses detalhes eu conheço quase tudo. As lanternas com o filete são do 83 em diante. Nessa época a lanterna era inteira vermelha, e o detalhe era importar a lanterna do Dasher americano, aonde a parte do pisca era âmbar (e não laranja).
    As rodas imitam as da BMW 2002, de 1974, com 5 janelas de ventilação. As da Ferrari Dino são parecidas mas tem 6 janelas.
    As ponteiras retráteis foram criadas pela Dacon, se inspirando nos Porsche 911. Depois apareceram mais imitações e a Volkswagen chegou a lançar uma edição especial do Passat com essas ponteiras de fábrica.
    Os vidros elétricos da “caixinha” eram da marca Unus. O maior problema deles era uma embreagem que dava defeito e o vidro não subia mais. Nessa caixinha tinha uma tampa removível e o kit incluía uma manivela para resolver o problema.
    Os suportes de placa vinham nas Mercedes e eram em aço inox (os originais, depois apareceram imitações).
    Para os mais abonados, ainda tinha o volante Moto-Lita inglês, buzinas Bosch de Mercedes, farois de milha Bosch (também da Mercedes), retrovisores elétricos da BMW 3.0CS (esses raros e caríssimos – a molecada roubava pois era fácil de tirar e daí instalava furando a base e passando um parafuso), luz de neblina do Porsche, antena elétrica Hirschmann, toca fitas Pioneer KP 500, Becker ou até o caríssimo Marantz CARK 427, teto solar de lona inglês, interior em couro, bancos de Porsche, etc, etc.
    Tem muita gente trazendo de isso de volta, montando carros equipados de época. Eu mesmo estou restaurando uma Caravan 250S 1980 com todos os acessórios corretos de época, e está divertido garimpar tudo e daí ir montando o quebra cabeça.

  15. Marcelo dos Anjos disse:

    Bonitão o Passat!

    Rodas Dragster… Inspiradas nas do BMW 2002, que por sua vez lembram muito as da Ferrari Dino. A única diferença é que as BMW têm 5 “furos” e as Dino têm 6…

  16. Paulo Perez disse:

    Eu tenho um Exatamente Igual. O meu é um Ts 1982 (ultimo ano do TS), na cor Preta também! Essa Lanterna é do 1983 a do 80~82 é exatamente igual a essa só que sem o friso cromado. Acredito que esse da foto é um 80 ou 81 já que ainda tem a orelhinha para abrir o Porta Mala!

  17. Janir disse:

    Prefiro os com faróis redondo, comprei uma buzina boch que imitava as da mercedes da época pra colocar no meu, e meu som que tenho até hoje, pois era de gaveta, um TC 26 da Sony, ainda tenho manual em japones. O radio ainda funciona.

  18. Sergio Luiz Arduin disse:

    E as buzinas FIAM ?

  19. Warley Spardelino disse:

    Que maravilha, um Passatão alinhado, vida longa aos VW!

  20. Caca disse:

    O Giugiaro acertou muito no desenho do Passatão.

    Eu sonhava com o dia em que completaria 18 anos e ganharia um carro. Mas eu viajava mesmo era em como iria “equipá-lo”, como se dizia à época.

  21. Adriano disse:

    Esqueceu de mencionar o retrovisor do lado direito. Era colocado para equilíbrio estético. A funcionalidade vinha em 2o. lugar.

  22. As lanternas são dos 82/85 pelo frisinho cromado. As pré 77 não tinhas e as pós 85 tinham vários frisos pretos. As do período 77/82 eram vermelhas. Para ficar na chinfra só falta a moldura de inox da mercedes. Bons tempos, bons tempos mesmo !!!

  23. Walter Terra Campos ?POA disse:

    Eu tive um, ano 81 branco, com estas rodas (deve tê-las até hoje, tenho que procurar, toca fitas TKR cara preta e amplificador (não lembro a marca)

    O toca fitas foi roubado.

    Bom carro

  24. Paulo disse:

    Tinha um cara vendendo um igualzinho, 82 aqui em Osasco outro dia. Novo, por 10 mil. Quase dou meu Siena pro cara e vou de TS pra casa. Minha mulher ia me matar.

  25. Carlos Tavares disse:

    Carro lindo.

  26. Moy disse:

    Post nostálgico … nós pira!

  27. frank disse:

    Garoto que era me senti um rei, ganhei um passat dacon, vermelho, teto solar de vinil,som becker, rodas e muita gente babando, e eu babava mais ainda dentro,dançava na Banana Power, na Muleka ou na matine dos clubes.
    Mal imaginaria que hoje babaria de saudades, de um tempo inocente, com gente decente, onde viver era simples, maloqueiro era apenas o rapaz do final do bairro que tinha menos condicoes economicas, mas brincava com a gente , se divertia, jogava bola,menor de idade tinha medo do juizado em boates,a policia era respeitada,as pessoas se cumprimentavam.
    Fui a INTERLAGOS em 72 na montagem e nos boxes e na corrida,colecionei autoramas e até hoje os tenho. Grandes tempos, Grande Passat.
    pena que nao sei escrever bem para mostrar o que tudo isso representou para mim e acho que para alguns,
    cheers

  28. Batista Lara disse:

    Esse deve ser 82 ou 83. Meu pai teve um GLS 83, ainda não era o motor AP, Eu tive um Flash 87 1.8. E essas rodas mercedes ficavam muito bonitas. Só não curti a cor preta. O branco era lindo!

  29. alam disse:

    PASSAT, carro do tempo em que automoveis tinham personalidade! Hoje obviamente os carros sao melhores, um uno tem mais espaco que um antigo opalao, mas hoje em dia as pessoas nao se identificam mais com os carros, compram por impulso e trocam assim que podem!!!!!!

  30. Joao Pedro disse:

    Meu primeiro carro foi um Passat Surf 79… Verde escuro com os detalhes em preto, nao tinha nada cromado, nem o para-choque (ou seria parachoque? Ou paracchoque? Bem, nao importa…). Tenho saudades do carro, se pudesse, teria outro facinho…

  31. Esses vidros elétricos com uma caixinha na porta vc tirou do fundo do baú! Minha Caravan 76 tinha esse equipamento, que vivia queimando.

  32. Franco disse:

    Meu avô tinha um. Vendeu para um cara de São Paulo há uns 8 anos. Não deu tempo nem de fazer a transferência: foi só entrar na capital paulista que foi roubado. Não deve ter sobrado um parafuso.

  33. Jr. disse:

    Eu sou saudosista mesmo. Que saudades dessa época!

  34. Rodrigo Moraes disse:

    Tá bonitão mesmo o TS, mas sou louco pelo dos anos 70, com os quatro faróis redondos.

  35. Junior ribeiro disse:

    Esse tkr eu nao conheço, mas lembro que no carro do meu pai tinha um tojo, que quando eu mexia ele ficava louco e o radio era um Bosch com nome de cidade, acho que era São Francisco!!!

  36. João disse:

    Tava aqui lembrando do meu Opalão 75 branco neve, vidros verdes, rebaixadão com rodas gauchas aro 13 e um Tojo + Tkr cara preta na execução do som …

  37. Sergio Balbino disse:

    Coisa mais linda deste mundo!

  38. eraldo.a disse:

    Esqueceu de mencionar o toca fita de gaveta, isso mesmo, TOCA FICA CASSETE DE GAVETA. Fazia “presença” nas festas quem chegava carregando um na mão.

    • Ferdinandes disse:

      Combinava com a trava, que não tirávamos do carro mas fazia presença no chão do carro hahaha

    • Moy disse:

      kkkkkkkkkk super bem lembrado!
      Eu tinha um na minha Marajó!
      E a viagem era explicar como aquilo funciovana, sem precisar plugar nenhum fio no carro. As boyzinhas piravam :)
      Boa época!
      Éramos felizes e não sabíamos.

    • Vander disse:

      Eraldo

      Grande lembrança. Essa história de chegar em festas, lanchonetes e no cinena com um toca-fitas na mão era bárbaro. Eu fazia isso com um “rodstar” paraguaio.
      Bons tempos de tardes de sábados com os amigos lavando as carangas – fuscas, fiat 147, brasílias e gravando músicas dos LPs nas modernas K7s.

  39. Fernando Monteiro disse:

    Que saudades daqueles tempo, não tinha internet mas as pessoas se comunicavam mais, celular era coisa de ficção científica. A moda era ter um aparelho system modular Gradiente, Akai, Sansui ou os famosos 3×1 da época como Sharp, Natio carro seria um toca fitas CCE ou TKR e amplificador equalizador Tojo e alto falantes Arlen com seu famoso caramujo. A banda de FM ditava a moda e trazia o que realmente tinha de melhor na música pop com a Rádio Cidade do RJ que inaugurava o novo jeito. ” ZYD 462 Rádio Cidade FM Stero 102,9 no seu dial Rio de Janeiro, daqui a pouquinho tem Sérgio Luis com sucesso da cidade, as mais pedidas de hoje, e agora Hollywood trazendo mais um sucesso até você: Rocky Burnette – Tired Of Toein’ The Line, – Cidade oooooiiii!!! ” Sei que temos a tendência de glamourizar o passado, mas essa época era muito boa. Me lembro que quando John Lennon morreu, no dia seguinte um camarada parou o passat, com este da foto aí do blog, no jardim de alá e colocou uma fita com as múiscas do Double Fantasy e começou a juntar um monte de gente, pessoas cantando, algumas chorando. Foi realmente uma época incrível…

    • Moy disse:

      Tiro meu chapéu e aplaudo vc!
      Conheci muita banda boa na época da Manchete FM, aqui em Recife.
      Uma vez tava na aula e passou um carro tocando um baita solo de guitarra. Corri atrás e perguntei quem era. O cara não sabia, mas disse que tava ouvindo na Manchete FM. Liguei na rádio e depois de muita insistência, fiquei sabendo que era um tal de Joe Satriani. Perdi várias fichas no orelhão esperando.
      Hj em dia iria no Google. facinho … facinho …

  40. sandro disse:

    E quem não podia ter um TS se virava em equipar outro pra deixar parecido. Demorei mas consegui comprar o volante do TS pra por no meu VILLAGE, putz era com dois L’s será?

  41. Gabriel Prado disse:

    Ainda é. Estou juntando para comprar o meu primeiro carro e não me importaria se ele fosse mais velho que eu. Mas será que eles aguentam o uso diário ou é melhor respeitar a idade?

  42. Minoru disse:

    Quando moleque achava muito legal essas rodas com calotas (raramente visto naqueles tempos, imagine hoje!) e um logo do Dasher substituindo o do Passat…

    Agora essas rodas para mim sempre foram de BMW ( http://www.e90post.com/forums/attachment.php?attachmentid=52054&stc=1&d=1166711170 ) ainda que muito parecidas com as usadas pela Dino, só mudando a quantidade de “janelas”.

  43. Paulo F. disse:

    Para quem não tinha tanta grana que desse para pagar um TS, havia o Surf. Rodei muito com um desse.

  44. Rafael Ribeiro disse:

    Tinha também aqueles suportes de placas em alumínio, no formato europeu, que era mais longo e estreito do que no Brasil. E se o Passat não fosse TS, instalar um volante esportivo era “de lei”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>