INTERNADAS (11) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 22 de novembro de 2013 - 18:19F-1

INTERNADAS (11)

nadas2000SÃO PAULO (e já parou, claro) – A chuva atrapalhou bem, e ela é bem gozada em Interlagos. Espera dar a hora do treino para começar. Exatamente a hora, e desaba. E quando o treino acaba, vai embora.

Pobres pilotos e equipes, que assim ficaram debaixo d’água por 90 minutos na segunda sessão de hoje, que teve, na primeira meia hora, pouquíssima coisa acontecendo na pista. E pobres dos torcedores, também, que ficaram um bom tempo vendo o asfalto molhar. Sorte dos vendedores de capas. Esses se saem bem no fim de semana da corrida.

Paciência, faz parte.

Os tempos foram piores que os da manhã, porque a pista estava realmente encharcada. Rosberg virou 1min27s306 e de novo foi o mais rápido, mas 3s pior do que no primeiro treino. Vettel saiu no fim e ficou em segundo, a 0s225. Webber terminou em terceiro. Está tudo no Grande Prêmio.

Vettel foi o único que usou slicks em algum momento no dia, pela manhã. Foi e voltou. Depois tentou o pneu-protótipo de 2014 e idem: foi e voltou. Não havia a menor condição. Apesar da chuva forte, no final do segundo treino a pilotaiada já estava de intermediários. Gutierros foi o único que ficou até o fim com os de chuva forte. Como ninguém sabe o que será de amanhã e domingo, a maioria achou prudente guardar pneus de chuva, ambos os dois tipos, para uma eventualidade na corrida e na classificação. Eventualidade que parece bem provável, diga-se.

Como curiosidade, eis os dados piréllicos divulgados no final da sexta-feira: 4 km percorridos com o pneu-protótipo de pau para 2014; 8 km com o pneu duro escolhido para a corrida (Vettel completou os 12 km com ambos); 2.533 km percorridos com intermediários; e 550, com “full wet”, para tufões e tornados.

A chuva em Interlagos deixa todo mundo meio pirado, porque a pista nunca é igual em duas voltas seguidas. Quem anda aqui sabe, e a maioria dessa turma já andou e sabe também. Por isso que acontecem surpresas como a pole de Heisenberg em 2010 naquele carro que tinha ums detalhes azuis. E por isso o Hamilton passou o Glock naquela zona das últimas voltas em 2008.

Falando no alemão, ele foi bem de novo hoje, oitavo de tarde. Interessante, a Sauber. Eu diria que foi a única equipe que na segunda metade da temporada se esforçou para melhorar. Nas últimas sete corridas, fez 46 pontos. A McLaren, por exemplo, marcou 37 nessas mesmas sete provas. Desses 46 pontos sauberianos, 40 foram de Hülkenberg. Não é fraco, o alemão. E isso todos sabem.

Previsão para amanhã? Tempo instável. Domingo? Tempo instável. Segunda? Provavelmente sol, calor e nenhuma chance de chuva. Não adianta a F-1 querer enganar o tempo em São Paulo. A cidade é mais esperta e sempre sabe o que fazer para salvar o GP.

É o que faz de Interlagos uma delícia. Se há alguma chance de alguém brecar Vettel nesta reta final de caça aos recordes, é aqui. Com água, claro. No seco, não teria nem graça.

Rosberguinho na chuva: gosta de uma água, foi o mais rápido nos treinos do dia em Interlaken.

8 comentários

  1. ms disse:

    Flávio, falou besteira…..como na chuva pode aumentar as chances dos demais pilotos se foi debaixo de chuva, com uma Toro Rosso, que o talento de Vettel se mostrou ao mundo…. e olha que hoje ele tem uma Red Bull, afiadíssima, bem melhor que aquela Toro Rosso…..resumo da opera: faça chuva, faça sol, os adversários de Vettel nunca terão vida fácil pela frente….

  2. Eduardo_SC disse:

    Tinha capa de chuva por 110 Dilmas no guichê da Mclaren. E compravam

  3. Ferdinandes disse:

    Mas vamos ao que interessa: nenhum comentario sobre os tubos de pitot na red bull, nada sobre as reclamacoes sobre ondulacoes na pista… Mas sabemos sobre o macacao do zacarias!

  4. Ferdinandes disse:

    Alguem pode explicar qual graca tem ver treino livre ao vivo? Se o sujeito nunca foi, beleza, ouvir o ronco dos motores, cheiro de borracha e gasolina, etc. Mas se eh veterano… Ta louco! Programinha besta.

  5. Seinfeld disse:

    Mantenho meu prognóstico.

    Aposto em pódio do Hulkenberg.

    (As outras duas posições do pódio entre Vettel, Hamilton e Rosberg)

    Massa não chega entre os 3 primeiros. (barbada como apostar em Vettel e/ou Webber no pódio)

    E se estiver chovendo, Grosjean pereba vai fazer mais uma de suas “ogrices” e não termina a corrida. Lambança na largada ou nas primeiras voltas. Se largar do meio do pelotão pra trás então…

  6. Daniel Cabron disse:

    Assistiu Breaking Bad foi?

  7. Jorgionardi disse:

    se não estou enganado, há uns anos atrás decidiram mudar a data da corrida de interlagos para o final do ano justamente para escapar dos aguaceiros de verão em março.

    • caco disse:

      A mudança não foi por causa da chuva. Foi a pedido da prefeitura (gestão Martha Suplicy). O orçamento municipal é votado em março e só tinha uma ou duas semanas para fazer as obras e reformas para o GP do respectivo ano. Com a mudança passou a ter oito meses para fazer as reformas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>