TORCENDO E LEMBRANDO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014 - 2:47F-1

TORCENDO E LEMBRANDO

SÃO PAULO (tempo, tempo, tempo) – E quando a gente vai ver, é possível que muita gente que hoje acompanha o drama de Schumacher não tivesse nem nascido quando ele estreou na F-1, em 1991. Outros mal tinham saído das fraldas quando ganhou o primeiro dos sete títulos, em 1994, pela Benetton. Outros, ainda, eram pouco mais que bebês em 2000, quando tirou a Ferrari da fila. Pois enquanto a gente fica torcendo pela recuperação do alemão, é legal rever alguns dos melhores momentos da carreira do cara. O melhor de todos. Que amanhã, dia 3, completa 45 anos de idade na maior batalha de sua vida. Um cara que muita gente no Brasil insiste em demonizar, mas que além de encher os olhos de quem gosta de corrida, sempre se preocupou em fazer o bem com a grana que as pistas lhe deram.

207 comentários

  1. richar piva disse:

    o homem que mais doou para as vítimas do tsunami. U$10.000.000,00.
    Por ironia do destino é um doador de dinheiro para institutos do cérebro.
    Além de ter sido o maior e melhor piloto do mundo de todos os tempos.
    FG: concordamos em ser de esquerda e entendermos que o melhor é o schumacher

  2. Douglas Arruda disse:

    Esse vídeo é de uma sensibilidade incrível. Como no título do post, torcendo e lembrando…

  3. Luis Vieira disse:

    Sem esse de “mania de perseguição” pelo Brasil… Não é “demonizar” o cara, simplesmente se fala aqui no Brasil (assim como vc pode ver na imprensa mundial) que Schumi jogou sujo algumas vezes para ganhar. Isso é único? Ele foi o primeiro a fazer isso? Claro que não! Proust e Senna (só pra citar dois monstros sagrados) também já jogaram sujo para ganhar. E nesse em fato da “sujeira” faz dele uma má pessoa ou mal piloto. É um fato e proto, sem mimimi de perseguição

  4. Sergio disse:

    Gosto do cara e torço para que se recupere. Não o conheço mas me parece um cara bem “de boa” apesar da enormidade de tudo que conquistou. Não sei porque muitos não gostam dele aqui. Eu também gostava do Senna como piloto e um gosto não anula o outro, muito pelo contrário. Gosto de bons pilotos, com sangue nos olhos.

  5. Mauricio Camargo disse:

    Nestas horas não interessa saber quem foi o melhor ou o pior ou sei lá o que. O que interessa é que Schumacher é pai de família com dois filhos adolescentes. Força Schumacher.

  6. KOSHIIKENE disse:

    SIM, O MELHOR DE TODOS. NÃO APENAS POR SER HEPTA MAS POR ACEITAR O DESAFIO
    DE FAZER UM CARRO QUE NÃO GANHAVA NADA EM UM CARRO CAMPEÃO, NAQUELA ÉPOCA AYRTON E PROST PREFERIAM CORRER GANHANDO POUCO MAS COM UM CARRO DE PONTA.

  7. Cyro De Cicco disse:

    1,10 ou 1,11 minutos é o Senna filmando e o Schumacher joga champanhe? Pódio do GP da Australia de 1992.

  8. Luiz Mazzoni disse:

    Nao desgosto do Schumacher, ele eh realmente um excelente piloto, o que recinto foi o fato dele ganhar o campeonato de 1994 com um carro que foi comprovado ilegal (Briatore claro) e que custou a vida do Ayrton, que perseguia um carro fora do regulamento e que custou sua vida, tanto que o Schumacherdedicou o titulo ao Ayrton!
    Gracas ao estupido Frank Williams que nunca protestou apesar da insistencia do Ayrton em fae-lo.

    • Seinfeld disse:

      1 – Um carro ilegal de outra equipe “custou a vida” de Senna? ILEGAL deveria ser fazer um solda malfeita…

      2 – na corrida da morte de Senna, quem estava “perseguindo” na pista era o alemão. Ou você quis dizer no campeonato?

      3 – Schumacher não “dedicou” o título a Senna por correr com um carro “ilegal”. Foi por Senna ter morrido naquele ano. E NÃO FOI CULPA DA BENNETON, DO BRIATORE OU DO SCHUMACHER.

      O prblema de alguns brasileiros e “não gostar do Schumacher” por viver “recentido” que alemão mostrava que superaria o brasileiro antes de sua morte e veio a superar COM LARGA DIFERENÇA nos anos seguintes em recordes e títulos.

      O menor “culpado” deste drama é o alemão.

      Algumas pessoas tem essa mania MEDÍOCRE de culpar sua infelicidade, frustração, pessoal, profissional e com a vida em geral com a felicidade e competência alheia.

      Esse é o povo que nasce aqui. Semi-analfabeto e não educado para PENSAR E SAIR DA MEDIOCRIDADE da inveja, ciúmes e recalques diversos.

      Do cidadão mais pobre ao mais rico, do fã de esporte ao político. Do mendigo ao empresário.

      Mais fácil culpar e punir quem tem $$$, sucesso e competência pra não viver na m…do que admitir a própria preguiça, menor capacidade profissional e/ou limitação intelectual.

  9. Antonio disse:

    O melhor de todos?! Mais que o Senna?

  10. Rafael Oliveira disse:

    A era Schumacher pra mim não foi das mais interessantes, salve as vezes que o Montoya dava um de louco ou quando o Raikkonen aparecia com carro forte, foi uma era super dominada por um dos maiores esportistas de todos os tempos, culpa dele? Sim, quem mandou ser um gênio na época em que os outros eram meros mortais. Como apaixonado por automobilismo, eu fiquei sim chocado com o acidente de Schumacher, foi mais ou menos o que eu senti quando vi Senna se esborrachando no muro da Tamburello, claro que por ser brasileiro e por ser tudo tão rápido foi mais cruel, mas o sentimento foi o mesmo, sentimento de que seria a última pessoa que vc imaginaria estar ferido, aquele alguém que parece um herói, imbatível, e que nunca vai se machucar, Schumacher é um desses, o que te põe na realidade de uma vida ser tão breve e frágil. Fica aqui um desabafo de uma pessoa que nem de longe foi fã incondicional de Schumacher, mas com certeza um respeito extremo por ter feito tanto pelo esporte e admiração pela obstinação e dedicação dele. Nos resta a rezar, e pedir para que o melhor seja feito por ele. independente de qualquer coisa que aconteça, que ele esteja em paz.

  11. Eduardo_SC disse:

    Bom, vi tudo isso. Vi o início de tudo. Em 91 quando estreou substituindo o Gachot. Quando entrou no lugar no Moreno na Benetton. Em 92 fiquei puto de como um fordeco v8 podia dar um pau no Honda v12 do Senna. As primeiras vitórias. Em 93 todas aquelas injustiças sobre motor Ford da Mclaren. E aquela sensação de júbilo do título em 94, que deveria ser nossa, mas nos foi “roubada” por dele. Tirando 98 e 99, foram longos e demorados anos acompanhando o monótono crescimento das estatísticas até que o Alonso as interrompeu em 2005. Mas passado tanto tempo, começam a sedimentar as coisas boas e hoje consigo entender que na verdade foi uma honra acompanhar estes capítulos da história da F1. Parece estranho, mas os feitos de um cidadão só ganham valor, quando ele não está mais para fazê-los prosseguir.

  12. Luis Felipe disse:

    Hoje é aniversário de Michael Schumacher, o maior recordista da história da F1 e internado em estado grave em um hospital da França, em Grenoble, onde luta, literalmente, pela vida. 45 anos de idade feitos exatamente hoje, 3 de janeiro. Schumacher não merecia o destino que teve. Ainda mais depois da matéria do Bild. O diário alemão afirma que Schumacher saiu da pista para ajudar uma criança. Uma criança. Ouviram, oh críticos(as) do piloto alemão? “Ah, o Schumacher foi se exibir e se f… Quá, quá, quá.” Puta que pariu. Segundo o ‘Bild’, a filha de um de seus amigos caiu na montanha e Schumacher saiu da pista demarcada para ajudá-la. Para ajudá-la. Apenas isso. Não para se exibir ou provar que era o fortão das pistas de esqui. Chorei na morte de Ayrton Senna. Neste ano, serão vinte anos, data redonda, da morte daquele que foi, para mim, o maior piloto de F1 de todos os tempos. Confesso não ter chorado quando soube do ocorrido com Schumacher não porque não mereça. Longe disso. Acontece que não tenho mais idade para chorar por nada neste mundo, repleto de tragédias todos os dias, e também porque, felizmente, Schumacher não morreu. Ainda. E torço muito, muito mesmo, para que saia desta enrascada o mais cedo possível. E, tão importante quanto, com o mínimo de sequelas. Lembram do caso do Herbert Viana, dos Paralamas? O sujeito caiu de um ultraleve, acho, ficou um tempão entre a vida e a morte, os neurologistas afirmavam, lembro bem, que caso sobrevivesse ficaria em estado vegetativo, na melhor das hipóteses. Hoje está aí, com sequelas claro, porque ninguém é super-homem o bastante para aguentar uma cacetada dessas e passar incólume, mas voltou aos palcos e tem sim uma vida normal. É o que espero para Schumacher. De coração. Feliz aniversário, Michael. De coração.

  13. Claudio Cassal disse:

    acho que esse foi o melhor texto que li sobre Schumacher, aproveitando que hoje é seu aniversário: https://www.facebook.com/GPTotal/posts/563261400426968

  14. Fowler T Braga Filho disse:

    Alguém teria uma lista das benemerências que o Rubens Barrichello fez ? De botar a mão no bolso mesmo, não a de ceder imagem.

  15. Robson disse:

    Ainda me lembro dos dias em que o segundo piloto da equipe Benetton começou a dar um trabalhão danado pro primeiro piloto o tricampeão Nelsão Piquet.

  16. Ronaldo disse:

    Nós e nossa mania de querer depreciar outros para dizer que nosso ídolo é o maior. Porque eu não posso dizer que para mim o Piquet foi o maior de todos os tempos? Para a maioria dos brasileiros foi o Senna. Para o mundo foi o Schummi. Não é preciso depreciar ninguém para justificar nossos gostos. Tem lugar para todo mundo. Schummi foi o maior . Senna foi o melhor. Prost foi perfeito. Piquet foi excepcional. Emerson foi incansável. E por aí vai. Não precisamos criar inimigos onde eles não existem.

    • RenatoS. disse:

      Ronaldo, sábias palavras. Além do que, cada piloto tem a seu favor pontos positivos que devem ser considerados numa análise.

      Alguns exemplos:

      Schumacher tem os números,

      Senna, uma luta acirrada na mesma equipe e sob as mesmas condições, contra um dos melhores pilotos da época.

      Piquet, uma luta contra a própria equipe.

      Lauda, um exemplo de força lutando contra o próprio infortúnio.

      E por ai vai. A lista é grande.

      Daí, que não cabe na minha opinião citar um como o maior. Mas, respeitar a todos, pois cada um destes caras teve o seu feito.

    • Fowler T Braga Filho disse:

      Desculpe mas Émerson ainda É incansável.

  17. Leonardo de Lara disse:

    Na boa. Não sei o que e mais fanático e bitolado. Os que transformam Senna em Deus ou os que fazem de tudo pra mostrar que o cara era criatura da globo. Rivais são assim. Um espelho do outro. Podem se abraçar que são iguaizinhos na atitude, somente tem a opinião oposta.

  18. Elio Jr disse:

    Ótimo vídeo, belíssima edição. Acho que não falta nenhum momento da carreira do Schumacher, seja dos bons e maus. Como acontece como qualquer pessoa e/ou esportista. Sobre a falação de quem foi/é o melhor para mim é regozijo pessoal e discursivo.

  19. Matteoni disse:

    Excelente reportagem do Grande Prêmio. Resume bem o piloto Schumacher. Não é preciso dizer mais nada.

    http://grandepremio.com.br/f1/noticias/schumacher-completa-45-anos-internado-em-estado-grave-apos-acidente-de-esqui-na-franca

  20. marcelopc disse:

    Se nao fosse por suas trapaças seria o melhor piloto de f1 de todo) os tempos.Mas esses fatos sempre deixaram seu carater e seu poder de ser o melhor de todosem xeque!

  21. Marcelo disse:

    Artista indiano Sudarshan Pattnaik trabalha em uma escultura de areia do ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher para desejar-lhe uma rápida recuperação, em Puri, no estado indiano oriental de Odisha.

    https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/p480x480/1501805_775930325757378_317368626_n.jpg

    LUTE SCHUMMY!!!

  22. Paulo Pinto disse:

    Feliz Aniversário, Michael Schumacher (já é dia 03 na França).
    A cada dia, uma vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>