MENU

terça-feira, 4 de março de 2014 - 18:43Antigos em geral, Gomes

LONG WAY HOME (3)

SÃO PAULO (agora começa) – E hoje Goiabinha viu o sol pela primeira vez em quase dois anos. Quis o destino que fosse numa Terça-feira Gorda, dia de alegrias, pois não?

Dia escolhido a dedo, diga-se. Cidade vazia, manhã de sol com nuvens, tempo agradável, zero de trânsito para percorrer alguns bons quilômetros até a morada do Twingo. Zero de estresse, porque eu tinha horário na TV. Então, cedinho lá fomos, eu e nosso líder Luis Finotti, o pai, eu no carro, ele na plataforma.

Desta vez não precisei de nenhum mapa para chegar. Quando faço um caminho uma vez, aqui ou em Cabul, não esqueço. Em meia hora estávamos na casa de Sol para levar adiante nosso ambicioso plano.

No sol, o Twingo da Sol está ainda mais bonito. OK, tem uma coisinha ou outra para fazer. OK, essa porta do passageiro talvez eu troque, mas não tem nada, nada que não seja possível fazer nesse carro que por três anos foi meu e por 17 foi da Sol. E que carrega em suas entranhas todas as histórias dela e minhas, muito mais dela, claro — 17 anos é uma vida inteira.

Notei uma certa tristeza no sorriso da Sol na despedida, mas isso passa. Já está prometida uma noitada de arromba quando Goiabinha ficar pronto, e o seu Luis já se escalou para ir junto. E quem trabalhar no carro daqui para a frente, idem. Incluindo o novo amigo Christian, presidente do Clube do Twingo, que está ajudando pacas.

Algumas coisinhas já foram compradas, como tampa do porta-malas, vidro traseiro (o carrinho foi atropelado por um ciclista doido), faróis e lanternas traseiras. A forração do banco do motorista está meio prejudicada, mas já temos fontes para arranjar uma nova. Atrás, os bancos estão impecáveis. É só lavar, assim como o carpete. Mecânica, só vendo. Mas é um carro simples de fazer, encontra-se tudo. Não teremos grandes dificuldades.

Agora vamos fazer um cronograma para que ele fique pronto em menos de dois meses, porque quero usar a data mágica de 26 de abril (vejam no manual) para a reestreia. Primeiro passo, verificar motor, suspensões, freios e parte elétrica. Segunda fase, rodas, pneus, funilaria e pintura. Terceira, tapeçaria e acabamentos. Quarta, sair andando por aí.

Aí embaixo estão algumas fotos do resgate de hoje. Incluindo os IPVAs de 1994, 1995 e 1996, cujas guias eu mesmo preenchi. Minha letra, 20 anos atrás! E a menina guardou tudo esse tempo todo… Como se vê, Goiabinha está de pé, muito de pé, porque foi criado com carinho e zelo pela Sol. Sendo assim, não podemos decepcioná-la.

E não iremos.

Para quem não está entendendo nada, e sempre tem quem acabou de chegar de Saturno, o início da história de Goiabinha, o Twingo da Sol, está aqui.

67 comentários

  1. MARIO FIELDS disse:

    Com certeza esse primeiro IPVA foi pago em URVs….

  2. Alex disse:

    Olá Flavio parabéns pelo reencontro, eu tenho um Twingo e sei bem o que esse carrinho significa pra quem tem… aliás trouxe da Europa pro meu aquele teto de lona panorâmico original – você deve ter visto vários por lá – e instalei por aqui, ficou uma beleza!!!! por favor me interessei pela questão do restauro do banco dianteiro, o do meu está gasto também por conta do atrito com o cinto, você se importaria em passar o contato da sua fonte? meu email está no cadastro. Agradeço desde já e grande Abraço !

  3. rogerio de carvalho disse:

    Flavio, tenho um carro que as polainas (o carro tem polaina então vc já viu que não é novo!!!) são de plastico e estão assim meio manchadas como os para-choques do Twingo.
    Se vc conseguir dar jeito nisso me passa a receita por favor.
    Desde já te agradeço.

  4. E porque nós, humildes leitores, não podemos participar da festa de reestreia? Posso fazer fotos bem bacanas… (de presente, é claro!)

  5. N I P O - L U S O disse:

    Agora só falta o GOL LS… Parabéns pelo Reencontro e Recompra do Seu Antigo Twingo… Os DKVs e o GERD Não Terão CIÚMES com a Volta do Amigo Mais Antigo???

  6. Czar disse:

    Ô sujeito sortudo!

    Achou o carro e conheceu a Sol. Que sorte!

    Ah! Já falei que é sortudo pra caramba?

    Pelamor…

  7. Fábio disse:

    Aí, Flavio Gomes… blz? Lembro de vc toda vez q assisto Overhaulin, na Discovery.

    Vc curte? Manda o Goiabinha lá, ele vai virar uma bela goiabada.

  8. Maurício Filho disse:

    Hauahauaha, parabéns Flávio pelo resgate do carro, mas eu sabia que ao acessar os comentários eu iria encontrar a galera falando a Sol huahauaahau.
    Sim, o Goiabinha ficou em boas mãos – com todo respeito, Sol !
    Abração!

  9. Emil - JDO disse:

    Putz! O Flavio deu uma pegada segura na Sol… Menino besta, esse! Hehehehe

  10. Andersom Calder disse:

    Que curvas.

  11. Alberto disse:

    Você pode ficar até em pé dentro do carro.
    E a Sol é muito simpática.
    Parabéns pelo reencontro com o amigo.

  12. Pdr Rms disse:

    A Sol está de parabéns mesmo (e não me refiro apenas ao cuidado dela com o Goiabinha).

  13. Filipe Augustus disse:

    Flavio, essas rodas, foram você que colocou quando ele era seu, ou é autoria da Sol?

  14. Renato disse:

    E essa apertada na cintura da morena?

  15. Ed disse:

    Não sei por quê leio essas tua histórias.. . Agora estou eu aqui. Obcecado com a idéia de reencontrar meu primeiro carro, um Chevette SL 1983.

  16. RENE FERNANDES disse:

    Após uma profunda análise de uma mente perturbada, brilhante e modesta, descobri que essa história de amassado na traseira, pelo ciclista, não é de todo verdade. Vou explicar e sigam o meu raciocínio.
    1- A imagem IMG_3280 é a que o Camarada Gomov, mais feliz que pinto-no-lixo, comprime, de forma consistente e progressiva, o corpo da Sol contra a traseira do Goiabinha ( reparem que o braço direito, dela, não tem apoio e o cheio de dedos Gomov , com o pé esquerdo, hidraulicamente, ajuda na pressão )
    2- A imagem IMG_3297 é a que mostra a traseira amassada com realce ao contorno do amassado, acima do nome.do carro ( reparem e existe um hiato entre a primeira e a segunda foto, aqui relacionadas, de 17 fotogramas…)
    3- e por último a IMG_3301, que está fora da ordem dos fatos, aparece o Gomov, mais sorridente ainda e equilibrado na plataforma com metade do pé….Rapaz…..

  17. Rodrigo disse:

    Caramba, um pequenino Twingo encheu a prancha do caminhãozinho.. Cabe um Landau ali em cima??? rsrsrss

  18. RENE FERNANDES disse:

    Adoro essas histórias, são épicas. Determinadas pessoas tem esses estranhos , felizes e complexos eventos na vida. Você mesmo já falou que o inusitado é comum, em sua vida. Eu tenho o mesmo prazer de ser vítima(?) / protagonista de vários em minha vida. Partllhe a jornada!

  19. Eugenio Chiti disse:

    Sugestões:
    1) Não troque essa tampa traseira amassada. Foi ela que você e a Sol abriram e fecharam tantas vezes. Um bom martelinho de ouro deve deixá-la pelo menos 90% boa. Mantendo original aquela pintura que vocês lavaram e que você encerou algumas vezes (será que a Sol também encerou?). Aquela pintura cor de goiabinha, que foi feita na França especialmente pra você. O mesmo vale para aquele amassado no paralamas e demais partes da lataria.
    2) Não troque os parachoques, nem os pinte. Esses parachoques (assim como os faróis e a tal tampa) estão há vinte anos no lugar, pra quê mexer neles? Há um novo produto da Wurth que restaura plásticos e pelo que sei parece ser muito bom. Mesmo que não fique lindo, ainda será aquele parachoques que vocês lavaram, aquele parachoques que você encostou num outro carro numa manobra qualquer (Não, a Sol nunca encostou em carro nenhum, certo?). O traseiro deve ter a marca da batida da bicicleta, que mudou pra sempre a história do Goiabinha… Sim, eu sei, aquelas lanterninhas dianteiras Carello também ficam meio desbotadas com o tempo. Pois é, mas o carro tem o mesmo tempo que elas, então pra quê deixá-lo com cara de zero? Trocando peças, a gente troca também a história de um carro.

  20. Cleuber disse:

    E essa mãozinha ai na cintura kkkk mas parabéns viu Flávio.
    Abraço e ahhh seu blog é otimo!!

  21. João Sarto disse:

    Queria que fosse o Twingo da minha mulher, já perdi as contas das vezes que tentei me desfazer dele, mas ela sempre diz que acha ele simpático.

  22. Conde disse:

    Programasso para uma terça de carnaval . Estava em SP para levar minhas filhas ao teatro . O dia estava agradável mesmo . é um renascimento para o Monsieur Goiaba . E viva a Sol .

  23. Romeo Nogueira disse:

    Legal! Vai ter que ter uns “Long Way Home” da oficina, antes da reestreia! Tem que sair, também, um álbum com toda a frota! Creio que a galera, como eu, quer conhecer…

  24. Eitcha disse:

    Putz… Ainda era Banespa! E aquela moeda no ipva-94 era o Cruzeiro Real (CR$) ou ainda era o Cruzeiro (Cr$) do Collor? A URV já estava vigorando naquele mês?

    20 anos… tô ficando velho…

  25. Pelicioni disse:

    Bom mesmo foi o aperto na Sol.

  26. carlos lima disse:

    Flavio, caro escriba, sois um homem feliz porque sabes compartilhar tua história, tua vida. Teu leitor, comovido, agradece.

    Bravo!!!

  27. Daniel Cabron disse:

    Esse negócio de pegar amor por carro é meio doido! Eu tenho um amor por um gol 1000 quadrado 95\96 tá precisando de uns reparos mas tá andando pra todo canto, gastei na garagem talvez mais do que ele possa valer mas não poderia deixá-lo ao relento porque chegou um irmão mais novo. Como ele iria se sentir?! Tive que derrubar parede e tudo mas ele tá lá, ao lado do caçula da família. E sei que não se pode ter preferências por filhos porém meu coração bate mais forte pelo primogênito.

  28. cleber disse:

    Tá decidido: quando eu tiver minha editora ou quando for editor de uma, quero um livro seu com as histórias de seus carros

  29. Nasser disse:

    A ex-dona roubou a cena.

  30. Romeu Nardini disse:

    Mais uma etapa do resgate do Goiabinha. Agora vamos acompanhar o passo a passo até o final de Abril, quando ele será reintroduzido na sociedade.
    Com a ajuda do Finottão, vai ser fácil recuperar o que está estragado.

  31. Flávio chegou junto na Sol, hein… só na pegada! hehehe

  32. Junior Ribeiro disse:

    26 de abril, dia do meu aniversário!! Não muda nada, mas ta registrado!

  33. Cedujor disse:

    Bem mais legal que esse tal de Up!, que achei bem carinho…

  34. Patrick disse:

    Fugindo um pouco do assunto, aliás muito, você sabe por onde anda o inigulável Edgar de Melo Filho?
    https://www.youtube.com/watch?v=IA-IxVcqFxM

  35. André disse:

    R$480 de IPVA em 95? Caro hein?

    Legal a história, estou curioso para ver como vai ficar depois.

  36. solange fonseca disse:

    Nossa parece que já faz um tempão e não apenas algumas horas ! Relato breve mas totalmente fiel ao dia de hoje e vc Flavio Gomes tem razão … quando o Goiabinha ” viu” a luz do sol ficou ainda mais lindo e parecia sorrir .O resgate podia ter sido uma choradeira de minha parte mas se tornou até divertido com as brincadeiras e alto astral do Luis Finott ( diz que adorei conhecê-lo !) e formamos uma equipe na hora de tirar o bichinho da garagem ao comando dele ,não sei porque mas ele me lembrou o Mário Bros sem o modelito rsss. Despedida não é fácil , fiquei um pouco tristinha sim mas ao mesmo tempo feliz pelo destino dele e também por ter conhecido você que é um maluco por carros adorável .Obrigada pelo carinho dedicado a mim e ao meu …ops quer dizer SEU Goiabinha … melhor dizendo NOSSO porque sempre sentirei que ainda é um pouquinho meu também,ele tirou férias de mim rsss .Muito sucesso na reforma e ficarei ansiosa no aguardo de revê-lo .Forte abraço ! :-*

  37. Mario Buzian disse:

    Camarada,

    Achei muito interessante o detalhe da numeração de chassi, de centena extremamente baixa para o primeiro ano de fabricação !
    Esse Twingo ainda vai render MUITO !!!
    Merece todo o carinho e capricho do mundo, FG !
    Parabéns a ti pelo resgate e à Sol por mantê-lo vivo por 17 anos !!!
    Saudades do verdinho 1994 que foi da minha irmã (carinhosamente apelidado de “sapinho”)…

  38. Jeff disse:

    Com o devido respeito, a Sol poderia participar de um “Cars & Girls”, não acha? E com vosso Twingo.

  39. gnloch disse:

    Já que o grandepremio tem parceria com o flatout, este twingo poderia fazer parte da série project cars. Ou quem sabe o golzinho chaleira…

  40. Marcos Alvarenga disse:

    Essas rodas não são originais, não?

    Fu você quem colocou?

  41. Pinho - Bauru, SP disse:

    SENSACIONAL Flávio, nada menos do que isso… parabéns pelo “resgate”!

    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>