MENU

sexta-feira, 18 de abril de 2014 - 20:34Futebol

CHUPEM

Como eu disse, podemos morrer. Mas morremos atirando. Cumprimos decisão da Justiça. A CBF, não. Que se virem agora.

lusaebrasil

61 comentários

  1. Guilherme Eichhorn disse:

    Gosto da Lusa, mas é uma bravata perigosa.
    Do jeito que está indo, não duvido que vire o América RJ, outro clube admirável, mas que depois da virada de mesa gigante em 1987, não jogou a segunda divisão, caiu para a terceira, e hoje não joga nem a quarta divisão.

  2. Ricardo Sarmento disse:

    Então temos uma CBF que se considera acima da lei? Que beleza!

    Não costumo desejar mal a ninguém, mas dessa vez, desde já desejo que o Brasil perca essa copa, seja um vexame. Porque se a seleção brasileira ganhar, de um dia para o outro vai ter um batalhão de oportunistas, manipuladores tentando convencer o Brasil e o mundo de que isso aqui é um paraíso, o lugar onde reina a felicidade. E enquanto isso a corrupção reinando, mandos e desmandos a bel-prazer na administração pública, e a CBF enfiando goela abaixo que o futebol é o melhor esporte do mundo e todos os outros devem ser esquecidos. Começando pelo automobilismo.

  3. Evandro disse:

    Não é verdade. De fato, o STJ determinou em fevereiro que as ações existentes até então seriam decididas pelo judiciário carioca. Mas isso não valia para processos futuros. Quando a CBF tentou que a medida valesse até para ações futuras, o STJ negou. Dito isso, a liminar da 3a Vara Cível é válida, sim, afinal, foi dada em 10 de abril, bem depois de determinação do superior tribunal.http://rodrigomattos.blogosfera.uol.com.br/2014/04/19/cbf-e-stjd-terao-de-distorcer-leis-e-regras-para-punir-lusa/

  4. Luís Carlos Gonçalves de Oliveira disse:

    Não é novidade que o futebol brasileiro é uma bagunça como o setor privado Tapuia, que a próxima copa do mundo será um dos piores negócios da CBF e que será paga com dinheiro público mas a Portuguesa fez uma das maiores cagadas de um clube na Série A ao escalar um jogador suspenso. Outros clubes fizeram o mesmo em outras ocasiões e os advogados da Lusa usam este fato como justificativa para rasgar o regulamento da competição e impedir o time de perder pontos que ganhou no campo. O Departamento Jurídico da Portuguesa está a cinco meses vendendo a imagem de time coitadinho que a CBF e o Fluminense destruíram quando a própria Portuguesa é a responsável por estar na Série B. A Lusa é um timinho sem vergonha administrado por picaretas, é a cara do atual futebol brasileiro.

  5. FTrack disse:

    Quanto ao jogo (e somente a ele), muito simples: Portuguesa se retirou de campo (não importa o motivo), W.O., 3 pontos para o Joinville, que permaneceu em campo pra jogar e não pode sair prejudicado por uma briga judicial com a qual não tem absolutamente nada a ver.

  6. Edson Jr disse:

    Só acho uma pena que tenha interesse de muita, muita, muita gente grande por trás. Viram a postura do JN ao ler o comunicado da CBF. Essa postura de “puxão de orelhas” da rede Globo irrita demais. Ela é a culpada de tudo isso. Se investigarem a fundo encontrarão muita sujeira.

  7. Geraldo disse:

    E aquela conversa que a Portuguesa vendeu a vaga pro Flamengo com a benção da cbf e da globo? Não desacredito. E a Portuguesa não ia jogar na segundona com o uniforme do Fluminense?

  8. Marcus disse:

    flamengo pagou a lusa para não cair. Que pena! A Lusa não tem força para essa briga e sumira do futebol. Que pena.

  9. Flávio, a foto é bonita! De quem é?

  10. Marcio Vieira disse:

    Está claro o erro da não publicação do julgado, que só foi realizada na segunda-feira após a rodada.
    Outro erro bizarro da CBF é ter no cadastro dois contratos do mesmo jogador com clubes diferentes (Caso Figueirense).
    Sinceramente, quem deve ser rebaixada é a CBF.

    Agora, covardia são dos clubes paulistas, que sabem que é uma manobra política/comercial para não ter tanto prejuízo o Rio de Janeiro estar só com 2 clubes na 1a. divisão, e mesmo assim os clubes paulistas não fizeram porcaria nenhuma e, pior, foi apoiar outro filhote da ditadura Del Nero.

    Se existir algum clube sério, ele anunciaria que jogaria amistosos com a Portuguesa no dia da tabela do jogo do Fluminense, e assim o tal tricolor das laranjeiras seria campeão brasileiro por W.O.

    Portuguesa dá prejuízo para Globo, resumidamente, é essa o problema.

  11. Fernando disse:

    Essa historia de jogador irregular aos 35 minutos do segundo tempo, é que deveria ser investigada… Acho que venderam a Lusa.

  12. Eduardo-SC disse:

    Mais uma envolvendo o campo do JEC. Tem uma caveira de burro enterrada lá

  13. Jeff disse:

    A Lusa não se apequenou….parabéns à agremiação por este ato de coragem.

  14. perna quebrada disse:

    A Portuguesa nem deveria ter ido, mas saíram de campo com respaldo legal. Se o STJD resolver punir a Portuguesa vai criar outro problema jurídico que vai fazer a Portuguesa ganhar mais força nos tribunais fora da CBF/Rio de Janeiro. Ou seja, os campeonatos da Serie A e B não vão terminar esse ano.

  15. Joel LIma disse:

    O futebol brasileiro é o melhor espelho da zona que é a sociedade brasileira. As leis imitam um estilo kafkaniano – só que escrito por Paulo Coelho.

    Essa história com a Lusa é super esquisita. Tenho a seguinte teoria = que alguém do fluminense e do flamengo(que escalou um jogador irregular um dia antes do jogo da Lusa ) entrou em contato com alguém lá da Portuguesa pra deixar o jogador irregular ir pro jogo.

    Essas histórias de cartolagem só terão um fio quando os clubes virarem empresas, ter alguém que se responsabilizem por sua má gestão.

    A Lusa é um símbolo de como um clube que tem todos as condições de sempre se manter na condição de grande ( estádio próprio e uma torcida fiel ), mas não consegue devido aos incompetentes que lá mandam e desmandam ( e nem se renovam, os nomes são os mesmos).

    Acho que o torcedor da Lusa tá certo em comemorar cada vitória contra esse mostro que é a CBF, o maior chupim do universo. Mas o próximo passo seria esse torcedor, que realmente quer o bem do seu time, não quer fazer dele um meio para outro fim, se unirem e tentar transformar a Lusa em uma empresa. E, assim, o incompetente que prejudicá-la, teria que pagar o erro que fez.

  16. Mathias Aguiar disse:

    Ai ai, mas se você tem alguma influência junto aos conselheiros , e acho que tem, deveriam pegar o seujeito que não avisou e ….., o erro partiu da Portuguesa eu como a maioria, acho, queríamos o Nense na segundona.

  17. AS0505 disse:

    Sem entrar no mérito de ter ou nao ter razão, a Portuguesa e seus torcedores estao de parabéns por lutarem e nao se entregarem como gado caminhando para morte.

    #AbaixoCBF …

    Entao…

    Mas será que nao existe alguém que comande a Justiça no Brasil pra acabar essa lambança de uma vez por todas ? Senao altere-se a constituiçao para inclusao do quarto poder: Poder Executivo, Legislativo, Judiciário e STJD.

  18. Fernando Luiz Lopes disse:

    Que vergonha essa CBF.

    Poderíamos ter aqui uma NBA do futebol, mas olhem o tamanho da desorganização a que chegamos.

    Isso sem falar nos anos de assaltos do Sr. João Havelange e do Sr. Ricardo Teixeira, na farra dos estádios, etc

    Bonito para a cara da CBF o que aconteceu com a Portuguesa e com o Icasa.

    Verdadeira PALHAÇADA.

    Queria ver se no lugar da Portuguesa ou do Icasa fosse um Fluminense da vida…queria ver.

  19. Paulo disse:

    Que vexame pro futebol brasileiro, ainda mais as vésperas da Copa. Não dava pra ter resolvido isso antes? A CBF não sabia que isso ia acontecer? Tomara que mele o campeonato e vire um caos, quem sabe assim as coisas mudam.

  20. Robertom disse:

    Achei simplesmente + uma cagada da diretoria da Portuguesa.
    A CBF vai alegar que a decisão da Justiça comum não tem validade, a Lusa perderá estes 3 pontos e mais alguns por ter abandonado o campo.
    Ficará bem mais complicado voltar para a 1ª divisão e a “máfia” vai em frente…

    • Anselmo Coyote disse:

      Agora ponha aí os números da próxima mega-sena.

      • Robertom disse:

        Infelizmente é muito, muito, muito mais difícil prever os nºs da Mega-Sena do que prever as atitudes da CBF, sempre baseadas na politicagem e no jogo de cartas marcadas.
        Uma dica : Neste sábado aposte na Lotomania de Páscoa, que está acumulada em aprox. 40 milhões, pois um cara do MS rapelou os 37,6 milhões da Mega na 4ª F.

      • Anselmo Coyote disse:

        Obrigado.

    • Thiago Gregorio disse:

      Na vdd a CBF não pode tirar esses pontos pelo simples fato de que a Portuguesa não saiu de campo por vontade própria, mas por decisão judicial, logo, ela não teria opção de ficar em campo, estaria descumprindo uma decisão judicial se fizesse isso. O que eles terão que fazer será:
      1 – Se cassarem a liminar, remarcar o jogo
      2 – Se não remarcarem, a Portuguesa pode processar a CBF pelo fato de estar sendo prejudicada por ela por um fato que foge do controle do clube, o que seria péssimo pra imagem já bem ruim da CBF
      3 – Se não cassarem, a CBF vai ter que:
      3.1 – Incluir a Lusa na primeira, e não rebaixar ngm, teríamos um brasileiro de 21 clubes, o que permitiria que qquer cidadão a processasse por não seguir o estatuto do torcedor.
      3.2 – Rebaixar o Flamengo inicialmente, que provavelmente entraria com um processo semelhante, o que faria com que posteriormente o Fluminense fosse rebaixado.

      O fato é que qualquer das opções que escolher, o fato de ter adotado posturas tão diferentes para defender o Fluminense ou a Lusa já prova o quanto a CBF é amadora, e coloca em risco todo o campeonato brasileiro desse ano

  21. Filipe disse:

    Sou joinvillense, terra do saudoso Maurício Gugelmin, e achei uma baita de uma sacanagem o que aconteceu… Se era para ser assim, a Lusa não deveria nem ter entrado em campo – foi uma falta de respeito para com os torcedores que pagaram para ver o jogo e acabaram por assistir mais um triste episódio do futebol brasileiro. Agora concordo que a maior culpada nesse rolo todo é a CBF. Os caras não se decidem, entra liminar no meio do jogo, nunca termina essa novela… Esse episódio, na verdade, só evidencia o atual momento político/econômico/social pelo qual este país está passando… Um total descaso para com a sociedade. O mesmo vale para o automobilismo, como vocês bem retratam. A várzea não é apenas “sobre rodas”. É sobre as chuteiras também e, principalmente, sobre a sociedade brasileira…

    • Flavio Gomes disse:

      A Portuguesa entrou em campo. Quem mandou sair foi a Justiça.

      • Anselmo Coyote disse:

        A Lusa fez o certo. Ainda que hipoteticamente dê errado depois, hoje ela agiu corretamente. A CBF agiu arrogantemente. Mas essa zona toda foi porque o advogado da Lusa, aquele do ano passado, entrou no esquema do Fluminense/STJD/CBF e sequer alertou a equipe que poderia em tese ser penalizada se pusesse aquele jogador em campo.

        Está óbvio que a Lusa agiu de boa fé e muito provavelmente sem saber ou tendo sido enrolada pelo seu advogado, mesmo porque o perna de pau jogou apenas 11 minutos.

        Lamentavelmente.

    • Chupi Alonso! disse:

      Maurício Gugelmim morreu?

    • Ricardo disse:

      Você está falando como se a CBF fosse uma autoridade estatal tentando se resolver. Nesse caso essa associação privada é réu, sujeito à decisão do estado.

      A CBF não é Justiça. Os órgãos da Justiça quem tem é o Estado, com o Poder Judiciário, que está concedendo suas liminares para desfazer a lambança. Essa história de “Justiça Desportiva”, que tem que ser revista, é coisa de associação. É o equivalente à reunião de condomínio que tenta dizer o que um proprietário deve fazer com seu apartamento. Quando os associados exageram, o estado vem como o martelo da justiça, e dá na testa dos exagerados com suas liminares. Foi o que aconteceu.

      A CBF, ré, tomou uma liminar na testa, para parar de achar que é autoridade, e para começar a cumprir o Estatuto do Torcedor, que é Lei.

    • Eduardo-SC disse:

      Caramba Filipe, não sabia que o Gugelmin era de Joinville. Ou sou da geração errada (tenho 37) ou nunca valorizaram isto direito

  22. jose ricardo disse:

    Chupa CBF! Excelente Flavio! “Morreremos atirando”. Foda-se futebol de interesse e futebol de dinheiro. Prefiro morrer atirando do que ver o dinheiro fudendo com o futebol….
    Pouca gente vai concordar, mas acho que o ideal seria um fiasco da seleção na Copa. Talvez esse lixo de CBF fosse contestada…
    Sou Lusa enquanto viver e acho que devemos continuar atirando enquanto restar munição…

  23. pedro disse:

    Infelizmente, amigo Flavio, a Portuguesa errou muito feio nessa questão: a liminar devia ser encaminhada à CBF, não à Portuguesa, e a juíza que a emitiu agiu fora da sua zona de competência jurídica.

    Assim, a liminar não tem eficácia legal alguma.

    Posso te garantir, com mais de 25 anos de prática processual, que a Portuguesa perderá os 3 pontos por WO, fora outras punições via CONMEBOL e FIFA.

    Seria melhor disputar a série B, mas a Portuguesa agora será destruída por esse ato impensado.

    Triste.

    Abçs

    • Anselmo Coyote disse:

      Absolutamente. O juiz tem a obrigação de preservar a eficácia dos atos judiciais e a longa manus do Juiz é o Oficial de Justiça. O destinatário da decisão era a Portuguesa e ela foi encontrada para saber que não precisaria jogar a partida. O ato judicial foi cumprido à risca e produziu seus efeitos e eficácia. Tratando-se de decisão concedendo medida liminar inaudita altera parte ou não a CBF é intimada somente depois para a exclusão da Lusa da Série B e sua inclusão na Série A. A intenção era cientificação da Lusa de que ela não era obrigada a praticar o ato (jogar a partida).

      Sobre a competência é preciso primeiro determinar se ela já foi arguida, em que tempo e grau de jurisdição. E ainda se já foi decidida e se essa decisão está em grau de recurso. E se esse recurso foi recebido em ambos os efeitos ou se somente no efeito devolutivo.

      Depois, se não foi ainda arguida, é preciso saber se a competência em questão é absoluta (preliminar) ou relativa (exceção), pois no segundo caso há a sua prorrogação se não apresentada a exceção a tempo e modo legais.

      Repito: em caso de decisão concedendo liminar para a paralisação de um ato a longa manus do juiz é o Oficial de Justiça, que poderá usar de força policial eventualmente ele necessitar para cumprir o mandado.

      Por quê? Simples: porque o Estado-juiz não pode ficar na dependência da boa vontade da CBF para conferir eficácia a um ato judicial.

      Afirmar que essa ou qualquer liminar será cassada ou não é exercício de futurologia, data maxima venia.

      Abs.

    • Marcelo Uchôa disse:

      25 anos de prática e até hoje não aprendeu que quem deve ser intimado é o destinatário da decisão? Vix…

  24. Putcho de la Cara disse:

    Antes do #naovaitercopa, vai rolar um #naovaiterbrasileirao?

    Torço para que a Lusa consiga, de alguma forma, parar tudo, fazer uma greve geral no futebol e, sei lá, alguém tomar a CBF à força e enxotar esses pilantras que tomam conta de tudo.

    Embora eu ache mais fácil que, jogo após jogo, a Portuguesa saia de campo por conta de uma liminar e, de w.o. em w.o., acabe sendo rebaixada para a série C. Seria o cúmulo do absurdo, mas aqui na Bananolândia tudo pode acontecer.

  25. Na semana passada, a CBF conseguiu uma liminar favorável a ela que lhe permite realizar as Séries A e B do Campeonato Brasileiro exatamente da forma com que as tabelas foram elaboradas: com Flamengo e Fluminense na elite do futebol nacional, e sem a Portuguesa. A decisão foi proferida pelo juiz Mario Olinto Filho, na 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca.

    - Defiro a liminar para garantir o direito da autora em realizar os campeonatos das Séries A e B nos termos das tabelas já publicadas pela requerente, em estrita observância das R. decisão proferida pelo STJD.

    Acontece que, ontem um torcedor da Portuguesa entrou com uma liminar, garantindo tutela antecipada, determinando que fossem devolvidos os quatro pontos perdidos pela Lusa na Série A do ano passado pela escalação irregular do meia Héverton, na última rodada, contra o Grêmio. Isso livraria a equipe do rebaixamento que foi determinado em julgamento no STJD, em dezembro.

    A CBF informou que a liminar obtida por um torcedor da Lusa, na 3ª Vara Cível do Foro Regional da Penha, não tem validade jurídica, pois o juízo competente pertence à 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, que proferiu a decisão contrária.

    Assim, a confederação classificou a retirada de campo do clube paulista como abandono de jogo e que o time será julgado por W.O. pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Além disso, afirma que os responsáveis pela paralisação do duelo terão que reparar danos causados.

    http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-b/noticia/2014/04/cbf-diz-que-liminar-nao-e-valida-e-que-lusa-vai-ser-julgada-por-wo-no-stjd.html

    Tenho um palpite que, amanhã, acordaremos com a notícia de que o Brasileirão vai parar.

  26. gustavo maia disse:

    A TV Justiça já lançou um pay-per-view para acompanharmos os melhores lances (jurídicos) do campeonato brasileiro. As TVs do Poder Legislativo também se movimentam para mostrar a politicagem. Afinal, bola rolando parece que vai ser pouco.

  27. Rodrigo Canda disse:

    Enquanto a geração Veja fica descendo o cacete em Dilma, PT e etc em redes sociais, a CBF e a FIFA fazem o que bem entender em nosso futebol e legislação, qualquer Juiz normal concede liminar a favor da LUSA. O clubes deveriam se unir agora e derrubar esses malfeitores da CBF, GREVE GERAL NO FUTEBOL BRASILEIRO!

  28. Luis Filipe disse:

    vai Portuguesa ! Vai, não para de lutar !

  29. Alexandre Alpendre disse:

    Chupem é o melhor titulo!!!! Assim defini tambem a situação prum amigo ainda agora, chupem Globo e CBF!

  30. Rodrigo Alves disse:

    O torcedor do Joinville não merecia tal descaso…

  31. Rafael Chinini disse:

    MUITO FODA!! apoiando total a portuguesa!
    belo país da Copa!

  32. Jackson Nobre disse:

    Estou muito feliz, parabéns ao torcedor que entru com a ação

  33. Ricardo Sarmento disse:

    Desde o julgamento no STJD que tive nojo das manobras da CBF para conseguir o que queria. Na justiça comum só piorou a situação. Creio que a temporada da Portuguesa já foi muito prejudicada por essa confusão toda, muitos jogadores do time titular saíram do time por conta desse impasse.

    Sei lá, acho que deveria ser assegurada a vaga da Lusa na série A do ano que vem, e ela jogar a série B esse ano, com 3 vagas + a Portuguesa para o acesso de 2015. Porque jogar a série A com todos esse problemas, ia ser complicado.

    Mas isso é só um palpite despretensioso.

  34. Ferdinandes disse:

    Rumo a desfiliacao. Mas acho que nao perdererao grande coisa. Quem sabe eh o efeito Bosman para os clubes?

  35. andre macieira disse:

    Dá pra alguém explicar o que aconteceu?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>