MENU

quarta-feira, 14 de maio de 2014 - 17:19F-1

TESTEZZZZ (4)

SÃO PAULO (cada uma…) – Como chamaremos isso? Vuvuzela veloz? Bem, a maior atração do dia, aparentemente, não mudou muita coisa no barulho dos carros da F-1, que segue parecido com o de uma Towner com o escapamento furado. Foi Rosberguinho quem disse, não eu, ao Renan do Couto, que segue em Barcelona. E, na boa, desistam dessa coisa ridícula. Há limites.

vuvuzelamercedes

O segundo e último dia de testes da semana teve Maldonado na ponta, usando supermacios como fizera Chilton ontem. Nada a analisar, pois. Legal mesmo foi ver Susie Wolff completando 55 voltas com a Williams e Vettel tomando sol no pitlane. O relato do treino, feito pelo Renan, e as fotos do nosso catalão maluco Xavi Bonilla estão aqui.

59 comentários

  1. Williams F disse:

    Aqui no Paraná, chamam isso de “pinto-loco”. Quem nunca viu uma gaiola feita com chassi de fusca ou da velha “brasa”, motor vw ar “mexido” ou ap, e o grande pinto-loco espetado atraz. Ha ha ha, agora só falta o pessoal da F1 metê uns lamero e bota no barro… corre o interiorzao no meio dos canavial. Legal!

  2. Ron disse:

    Isso é ridículo!
    Do jeito que vai, o barulho da F1 no futuro será apenas o dos carros atravessando o ar à frente deles, dos pneus…

  3. Mauricio disse:

    Para ter barulho nessa geração de motor só se abrirem mão da eficiência do sistema, aumentando o consumo do motor e retirando um dos sistemas de regeneração. Na outra ponta teria de mudar a posição do turbo, reconfigurado todo o conjunto do escapamento. Resumo do estrago: muito barulho e adeus eficiência térmica e controle de consumo. As novas regras de nada serviriam. Voltariam os a meados da década de 80, finzinho da primeira era turbo da F1.

  4. troucha disse:

    Sugestão barata para a F1, já que esculhambou mesmo…

    Quando era moleque, a tchurma fazia uma engenhoca. Pegávamos uma lata de leite e fazíamos dois furos na parte de cima e um furo na parte de baixo, no meio. Na parte de cima colocávamos uma borracha que ia até o guidão, na parte de baixo um barbante que contornava o lado de fora do cubo, a lata ficava na diagonal mais ou menos na altura das pernas, quando andava fazia um uóóóóóóó´, barulho do car…
    Dez a zero no ronco da F1.

  5. Eduardo_SC disse:

    A falta de bom senso é a praga a ser combatida no século XXI. A própria palavra perdeu o sentido.

  6. Paulo Pinto disse:

    A Mercedes, que já é a dona do palco este ano, deu um jeitinho de aparecer um pouco mais. Os patrocinadores agradecem.

  7. carlos jose pimenta disse:

    Bizarro,

  8. JCPG disse:

    Pamoonha! Pamoonha! Pamoonha!

  9. Evandro disse:

    Mais respeito comas towners por favor, já vi uma com escape furado na rua e berra bem mais bonito……a F1 atual mais parece uma corrida de cortadores de grama…..só que o barulho é dos de fio…….

  10. Rafael Chinini disse:

    daqui uns 20 anos lembraremos disso:

    “uma vez, a F1 testou uma corneta pra aumentar o barulho”

    da pra vender pamonha com essa merda

  11. marcos disse:

    qualquer oficina de CG, titan por ai consegue mudar e aumentar o barulho de um 125… e os engenheiros de milhoes me vem como ideia dessas ?! melhor comprar um Coyote e colocar no lugar dessa ponteira ai !

  12. Acompanho a F-1, entendendo as corridas, há 20 anos ou 25 anos. Nestes anos, nunca vi a F-1 tão artificial como agora. Parece que é tudo de plástico, se é que me entendem. Essa vuvuzela é o cúmulo da artificialidade.

    Aos mais antigos: houve outra era assim? Acho difícil.

  13. Ulysses disse:

    Se ja não bastasse os carros estarem horriveis, principalmente o da Ferrari!

  14. troucha disse:

    É a coisa mais bizarra que já vi.
    Li aqui, vários comentários que a gente ia acostumar com o barulho, que a mudança era em nome da tecnologia, etc etc.
    Aí o barulho é horrível, e os caras vão amplificar com uma corneta?
    Barulho ruim, tem que eliminar, não amplificar.
    Nem sempre mudanças são para melhor, lembro agora da reengenharia, o duro é assumir a cagada.
    Se liguem embalistas…
    abcs

  15. Alvir Luiz disse:

    A expressão “Circo da Fórmula 1″ se torna cada vez mais verdadeira…..

  16. OZZMAIR disse:

    NA BOA , A F1 DESSE ANO ESTÁ UMA GRANDE BOBAGEM.

  17. Flavio Bragatto disse:

    Mas é muito mais simples fazer um barulho parecido.

    Basta que coloquem na saída do escapamento, duas aletinhas de metal mole e fino para criar o efeito daquelas cornetinhas de festa de aniversário. O som gerado será muito mais próximo do som dos antigos V10, do que çapohaí.

    Não precisa me agradecer pela idéia, ok?

  18. Pablo disse:

    A Fórmula 1 sempre se gabou por ser uma espécie de laboratório tecnológico indústria automobilística, levando para os carros de rua muitas das inovações tecnológicas por ela testadas.
    Pois bem, agora resolveram expandir seus negócios para a aérea auditiva com esses amplificadores.
    Daqui a pouco veremos comerciais antes das corridas dizendo: “Fomula One Amplifiers, o melhor e mais versátil do mercado! Caso você não tenha um Fórmula V6 Turbo em sua garagem, pode usá-lo em seu aparelho de som para dar mais emoção as suas festinhas de faculdade, nas apresentações com sua banda em barzinhos ou até mesmo em protestos contra a Copa e aumento de tarifas. Amplifiers Formula One, o melhor do mercado.”
    Ridículo demais esse tal de Jean Todt…

  19. Gabriel 1 disse:

    Peraí… é campeonato de barulho ou de velocidade????
    Quem quer ouvir barulho que ligue o liquidificador, o aspirador de pó ou qualquer outro aparelho barulhento na hora da corrida.
    O que importa é a emoção da velocidade, das ultrapassagens, da largada.
    Aliás acho até que poderiam colocar uma trilha sonora de fundo, em vez de ficarmos ouvindo o ronco dos motores durante a corrida. (É capaz de dar até mais emoção)

  20. Fernando Monteiro disse:

    Se a Mercedes quiser, pode passar aqui na minha oficina que eu instalo um “KADRON” poderoso em cada F1 W05 Hybrid. Não sei se vai roncar mais alto, mas tenho certeza que vai ficar bonito, ao contrário desse treco ridículo aí. Rs.rs.rs.rs.rs.rs…..

  21. Luciano disse:

    A Mercedes esta procurando um jeito de piorar o carro, mas não tem jeito. O nasce certo não fica ruim. Já o Massa nasceu torto e nunca se “indireita”. Acho que da música.

  22. cedujor disse:

    Mas que troço ridículo!

  23. Otávio disse:

    Essa corneta só pode ser zoação da Mercedes… Não é possível que isso foi apresentado para ser levado a sério.

  24. perna quebrada disse:

    Pior que o buraco da Red Bull.. Mete logo um V-12 que tudo se resolve.

  25. Laercio disse:

    Essa vuvuzela ai é igual a tomar perfume pra ver se a M…a sai mais cheirosa…….mesmo cheirosa vai continuar sendo uma M…a.
    A F1 ta uma M…a.

  26. André disse:

    Sem dúvida se esses motores girassem mais o som seria mais agradável, mas não é só isso…
    Ta aí um 6 caneco (não é em V como os F1, mas existem muitos outros exemplos) girando “apenas” 8.000rpm com um som de botar o dos F1 de hoje no chinelo:
    https://www.youtube.com/watch?v=op-8VyptSlc

  27. Lançando a campanha #trocamassaporsusiewolffjá

  28. Avanti Alonso! disse:

    Até uma mulher tá andando na frente do Vettel. De williams… As Vetteletes piram!

    • John Player disse:

      Curioso é um Alonsista (e olha que acho Alonso, ao lado de Vettel e Hamilton, um dos 3 melhores, mais completos do grid) querer fazer piadinha com a situação do Vettel.

      Como disse FG, “há limites”.

    • Sebastian Vettel disse:

      Quando foi que o Alonso ganhou a ultima corrida mesmo?

      • Avanti Alonso! disse:

        Acho que tem um ano. Mas realmente é incomparável, dos três que o amigo fumante citou, Vettel é o único levando tempo do companheiro. Todo piloto leva um tempo pra pegar a mão de carro e equipe quando se muda de time. Foi assim com Massa na Williams, Hulk na Sauber, Perez na F.India, Kimi na Lotus e Ferrari, Koba na Caterham. O único piloto que teve que se “adaptar a sua própria equipe e mesmo carro” é o: Vettel… Foi mal, piada pronta. A RedBull já é o segundo melhor carro, longe do resto. Software, DRS, Downshift, Chassi novo, ta na hora de mostrar serviço e ficar na frente do companheiro, né tetra?

      • Paulo Pinto disse:

        A última vitória do “Octonso”, fez aniversário esta semana.

        E aí, “Vai Nandinho”, comprou presente?

      • Sebastian Vettel disse:

        AVANTI ALONSO!, de algumas coisas vc pode ter certeza, meu caro:

        1: Terminarei este campeonato a frente de Alonso.
        2: Ganharei ainda mais títulos, tenho tempo, uma equipe de ponta que me ama (bem diferente do espanhol, não?)
        3: Passarei para a historia do automobilismo como um dos grandes de verdade, naquela turminha casca grossa junto com Fangio, Prost, Schumacher e Senna. Meu nome não vai estar no mesmo rol dos apenas bons como Alan Jones, Mika Hakkinem, Damon Hill e Fernando Alonso.
        4: Apesar daquela cara de universitário que chega na aula fumado, Ricciardo é um bota do cacete!

      • Allez Alonso! disse:

        Uma Red bull na frente de uma Ferrari, não é novidade… É obrigação! Mas até agora quem vem em terceiro é o Alonso, né? Vettel depende de um carro muito bom pra ser campeão. E um companheiro muito ruim também. Vettel foi uma era que acabou, e não foi a Era Vettel, foi a Era Blow Diffuser by Newey. Eu previ isso no ano passado. Quem é bom se mantém no topo e, principalmente, bate seus companheiros de time. Quem era Ricciardo até esse ano?Agora ele virou bota, pois bateu o Vettel? Vergne então, que bateu Ricciardo deve ser um fenômeno, um Alien! Hahahahaha, cada uma…

    • Paulo Pinto disse:

      A Era Vettel acabou, Vicellez? Virou profeta?

  29. Leonardo disse:

    Esse caras surtaram mesmo com essa corneta ridícula…..estão perdidinhos.

  30. Jonny'O disse:

    Essa coisa mostra bem o nível das cabeças que capitaneia a F1 atual……….je ne comprends pas rien!

  31. mauro disse:

    Foi feito com lata de óleo de soja e “nas coxas” o cone da Mercedes….kkkkkk que coisa mais ridícula.

  32. gustavo maia disse:

    Costumava ir um sujeito no programa do Silvio Santos imitar som de motor com a boca. Taí uma solução melhor. Acha o cara e põe ele no microfone do galvão, fazendo vrum vrum vruuuuuuuuuuuuummmm

  33. José Brabham disse:

    Eu não acredito que vi isso…

  34. EduardoRS disse:

    Também vi a velha Lotus Turbo andando na pista, e realmente os V8 aspirados usados até o ano passado berravam muito mais alto, mais estridentes… o ronco dos anos 80 é mais abafado, mas faz o chão tremer. Pelo que o pessoal fala, os novos turbos não fazem isso. Eu particularmente prefiro o som do motor turbo, com o assobio da turbina e giro mais baixo. Sobre o volume, só ouvindo pessoalmente pra julgar mesmo.

  35. Seuboguinha disse:

    A Akrapovic vai cobrar royaltes pelo uso da megafone na F-1?

  36. Israel Cesar Ribeiro disse:

    Ao invés de liberarem mais testes para as equipes/fabricantes, ficam preocupados com coisas subjetivas como “ronco” de motor. Tenho muita saudade do ronco dos motores turbo dos anos 80 e dos motores v10 e v12 do inicio dos anos noventa até 2006; de lá pra cá, mais nada me encantou (em se tratando de barulho). Se derem mais liberdade para as equipes desenvolverem motores e sistema de escape, provavelmente logo veremos essas belezas roncarem igual ou parecido com aqueles dos anos 80, já que a configuração é bem parecida (v6 1,6 litro – antes eram v6 ou 4 em linha de 1,5 litro).

  37. Mario Mugiatti disse:

    Esta “solução” está garantida no o rol das mais ridículas esquisitices da história da F1. Os caminhoneiros inventaram isto há uns 85 anos atrás.

  38. RENE FERNANDES disse:

    Caracas! E não é que colocaram uma vuvuzela? É abusar do direito de ser ridículo!! Caso seja aprovada mais uma insanidade, os pilotos do fim do pelotão vão ficar bem zoados. Bota uma Tuba!!!!

  39. petrafan disse:

    realmente mudou o som dos motores, e se perdeu um pouco do charme.

    paciência. essa vuvuzela automotiva deve voltar para o lugar de onde veio.

    parece coisa de gente que compra Vectra Expression e coloca a “roda do Elegance”, só que a tal roda entre aspas tem aro 15 (o mesmo dos pneus de série do Expression) enquanto que a original do Elegance tem aro 16.

  40. Sil C San disse:

    Como se o barulho fosse o pior dos problemas. A F1 deixou de ser a principal categoria para se tornar um laboratório de uma busca alucinada pela aerodinâmica, recursos eletrônicos, elétricos e uma asinha móvel que ajuda na ultrapassagem. O piloto deixou de ser a peça fundamental, então faz logo o drone de F1 e pronto.

    • John Player disse:

      Na sua opinião, então qual é a “principal categoria” do automobilismo?

      A F-Indy americana ou a Stock Car???

      • luiz alberto disse:

        Por acaso você já ouviu falar em :
        W E C – World Endurance Championship.
        WTCC -World Touring Car Championship.
        W R C -World Rally Championship.
        E mais algumas outras categorias a gosto de cada um.Ha quem goste mais do “carro “e há quem goste mais ,do “homem” que dirige o carro,tudo é uma questão de opção pessoal.Cada um na sua,e ninguém tem nada com isso!

  41. Giuliano SPFC disse:

    Pela TV, tá muito baixo o som desses motores, como comprei meu ingresso hoje, em Novembro vou conferir de perto, nos anos anteriores em Interlagos, Bruno Senna pilotou uma Lotus Turbo do Ayrton e Piquet a sua Brabham BMW Turbo e o som não era igual a esses motores atuais, acho eu que esses motores elétricos que compõem a unidade de força é que estão fazendo toda diferença no som.

    • Luiz disse:

      Giuliano, já comentei sobre isso um tempo atrás. Os carros da F-Indy usam motores turbo há anos e tem barulho forte. Podem dizer que são 2.8 e os da F-1 1.6, porém quando era permitido o uso de turbos até 1988 os motores na maioria dos casos eram v6 1.5L e rugiam alto, o da BMW do piquet era 1.5L 4cilindros em linha e gritava. Acredito que o problema seja a posição de colocação das turbinas que alimentam os motores elétricos e o próprio turbo, como devem ser em sequência acabam abafando muito o barulho dos pistões.

      • Israel Cesar Ribeiro disse:

        Na verdade, o buraco é muito mais embaixo. Na antiga era turbo, cada empresa tinha seu sistema de coletor de escape próprio, normalmente formados pelos “tradicionais” emaranhados de tubos que levam as turbinas e depois longos coletores que levavam até a parte traseira do carro, gerando um ronco muito agradável. Já nos F1 atuais, o próprio sistema responsável por recuperar a energia térmica já abafa grande parte do ruido; Pra piorar, todos os sistemas de escape são padronizados e terminam em uma unica turbina de tamanho bem avantajado, essa por vez ligada a um curto cano de escape de grande diâmetro, gerando um barulho bem xoxo…

      • Avanti Alonso! disse:

        O problema é que limitaram o fluxo em 15 mil rpm, e todo mundo gira abaixo disso. Os carros não passam de 12mil rpm. Se deixassem os motores girarem mais, melhora o som.

  42. Paulo Z disse:

    Vergonha alheia!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>