MEU AMOR | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 30 de outubro de 2014 - 18:37Futebol

MEU AMOR

Meu amor,

Antes de mais nada, não fique assim. Essa tristeza toda não combina com a gente. Veja a gente na Kombi. OK, foi em 2011, um de nossos grandes anos. Tínhamos motivos para sorrir o tempo todo. Hoje não temos, mas e daí? Sorrisos vão e vêm. Fique tranquila. Tudo vai passar.

Eu poderia aqui listar dezenas de motivos que tiraram nosso sorriso do rosto. A trapalhada do fim do ano passado, que pode não ter sido uma trapalhada, mas algo bem pior. Alguém te vendeu, acho. E só a gente se deu mal. Porque se alguém te vendeu, outro alguém comprou. E ninguém descobriu ainda quem foi. Um dia isso virá à tona, pode ter certeza.

Mesmo assim, você tinha defesa. Afinal, foi vítima de uma trapalhada ou traição, OK, mas tínhamos o direito à informação, algo que os caras não fizeram — publicar a suspensão do moço, como manda uma lei federal. Tínhamos defesa, claro que tínhamos. Mas a impressão que tive é que quem te vendeu não quis te defender direito.

E esse quase assassinato não ficou por isso mesmo. Você reparou como tomo mundo ficou do seu lado? Viu quando fomos à Avenida Paulista gritar por justiça? As pessoas gostam de ti, menina.

Mas as pessoas esquecem tudo muito rápido, hoje em dia. E os dias foram passando, as semanas, os meses, e começaram a fazer tanta bobagem contigo… Uma atrás da outra, até que terça-feira o golpe final foi dado, e caímos.

Menina, a gente cai junto e a gente levanta junto. Acredite em mim.

Por isso, não vou ficar aqui escrevendo o que todo mundo já escreveu. A gente sabe por que tudo aconteceu, era uma quase morte anunciada. A gente sabe que quem deveria te salvar nada fez além de ficar chorando pelos cantos. A gente sabe que não investigaram. Ou, se investigaram, estão protegendo alguém. A gente sabe de tudo.

Em vez de falar de coisa ruim, prefiro te agradecer.

Te agradecer por 1973, por 1975, por 1980, por 1985, por 1996, por 1997, por 1998, por 1999, por 2007, por 2011, por 2013. Pelas manhãs, tardes e noites que passei com você, aqui, no interior, em cidades distantes deste Brasil que te adora, creia. Prefiro te agradecer pelas alegrias imensas, que se não foram tantas quanto as tristezas, te garanto, mocinha, foram muito maiores.

Fui e sou feliz quando te vejo na nossa casa querida, que andaram dizendo que vão derrubar e vender. Bobagem. Ninguém vai derrubar nada, nem vender nada.

Você vai continuar sendo o que sempre foi, o amor da minha vida, não importa onde e como.

Estão dizendo aí que você morreu para o futebol. Se isso realmente acontecer, tenho muita pena do futebol.

Um beijo, minha linda.

54 comentários

  1. Flavio, sou torcedor da Lusa desde que me lembro como gente, sou filho de portugueses, mas acredito que somos perseguidos devido ao nosso nome muito ligado a colonia portuguesa. No começo era contrário a troca de nome, hoje sou favorável, pois se não o fizermos acredito que o clube se extinguira, pois conheço muitos portugueses e descendentes que não torcem pela Lusa e sim para o São Paulo e Corinthians. Aliás os nossos dirigentes (todos portugueses) de 15 anos para cá estão fazendo um tremendo esforço para acabar com o clube e sinceramente quem tem dirigentes como estes não precisa de inimigos. O OTD que não era português tinha mais amor pela nossa Lusa e durante o seu mandato a Lusa era respeitada.

  2. Eduardo disse:

    Está tudo tão estranho que não consegui sequer ficar triste como em outras ocasiões. Era como se essa Lusa pós-STJD fosse um parente em estado terminal, cuja morte, por mais que doída, já estivesse sendo aguardada. Me recusei a ver os jogos, a ler as notícias, a falar sobre o assunto. Entrei num estado de completa negação. Cada qual com seu luto, afinal. E o meu foi assim. Aquele amontoado de pernas-de-pau anônimos, presididos por um quadrúpede de quem sequer entendo as entrevistas, não representa nossa grandeza. Não basta usar o manto e carregar a cruz de aviz no peito. Essa Lusa de 2014 parecia um cadáver insepulto, se arrastando pelo Canindé vestindo a roupa da outra Portuguesa. O que será de nós, não sei. Por um lado, me apego à ideia que temos DNA de time grande, que envergamos, mas jamais quebramos. Por outro, temo que estejamos a caminho da extinção e não nos cabe, com todo respeito aos queridos mooquenses, passar por um processo de “juventinização”. Prefiro ver a Lusa a morrer de pé que a sobreviver de joelhos.

  3. Rafael Soares disse:

    Sabias palavras Flávio! Lamentável o que vem acontecendo a Portuguesa, venderam a alma para o diabo no final do ano passado. Hoje somos nós e toda historia por trás da cruz de avis que paga pelo ocorrido. Nunca desistimos e não será hoje que desistiremos dela. Passei tarde incriveis no Canindé, espero poder passar muitas mais agora com jogos da serie C e assim voltar a serie B e quem sabe um dia a A… https://imagizer.imageshack.us/v2/640x480q90/538/Ts7hND.jpg

  4. Marcelo Alvarenga disse:

    Pelo amor dos deuses do futebol, não acreditem no q a imprensa impõe. Quem cairia senão fosse a Portuguesa, seria o Flamengo, maoir torcida do país, Fluminense tem a décima e nem foi ele q entrou com o recurso !! Se algum fdp vendeu a Lusa foi p/ os urubus. Isto é mto claro !!!

  5. Ramon Gregório disse:

    Falaram o mesmo do meu América Mineiro quando caímos para o módulo II do Campeonato Estadual, ficamos sem disputar a série C naquele ano. Quase caímos para a quarta divisão em 2008, em 2009 ganhamos a série C, 2010 subimos para a série A, caímos estamos aí, a trancos e barrancos, o América Mineiro continua vivo e fazendo a nossa alegria.
    Dinheiro é muito bom, mas tem times que não precisam disso, tem coiorsas que são muito maiores que os cifrões.
    Força Lusa!

  6. Luiz Guimarães disse:

    Flavio, não tem nada a ver coma lusa, mas muito a ver com a kombi. Veja isto:http://www.hypeness.com.br/2013/02/a-familia-que-vive-em-uma-kombi-e-tem-o-mundo-como-quintal/

  7. cesar disse:

    Em alguns dos grandes momentos do video eu estava presente, como você eu fiz meu filho um luso e senti uma dor indescritível com tudo que fizeram com meu amor. Mas como dizia um revolucionário a que endurecer mas perder a ternura jamais. Existem grandes lusos que se afastaram devido a influência das pessoas que levaram a lusa a atual situação, espero que eles se levantem e reergam a nossa lusa.

  8. josé disse:

    2 (DOIS !!!!!) torcedores estavam assistindo no estádio a queda prá série C.
    Precisa dizer mais ?????

  9. ALLAN disse:

    Uma Pena!!!Pra mim será eternamente, o time do saudoso Denner.

  10. Luis Felipe disse:

    Flavio, Vc acha que se fosse ao contrario, ou seja , Fla caindo e Portuguesa ficando a decisao do Stjd seria a mesma?

  11. Gostei muito do texto, retrata bem o sentimento por um clube, ou seja UMA PAIXÃO. Eu digo a todos, que esse canalhas nos tiraram até a paixão que aprendemos a ter. Tenho um pouco mais de sua idade, e vivi tudo que vc escreveu. Agora não tenho mais minha paixão, isso me deixa muito, mais muito triste, porque nem assunto de futebol tenho mais. Abraços
    rubens alves cabral

  12. Banana Joe disse:

    Desde que a história da confusão referente ao ano passado foi divulgada desconfiei que atrás daquilo tinha alguma armação e com certeza muito $$$.
    Infelizmente, o difícil é provar.
    Pobre Lusa, um dos times mais simpáticos do mundo.
    O que acha da história de quererem vender o Canindé Flávio?

  13. Belo texto. Parabéns.

    Soluções para salva a Lusa existem. Vamos ver se os que comandam querem e saberão resolver o problema.

  14. Anselmo Coyote disse:

    O Flamengo cairia se fossem feitas vistas grossas para o Fluminense. Este timeco que foi à Justiça derrubar a Lusa. Sem entrar em detalhes (assunto desgastado) , seria patético imaginar que o Fluminense fez essa patacoada para livrar a cara do Flamengo. E tem mais; o Flamengo jogou regularmente em todo o campeonato.
    Abs.

  15. Marcio K disse:

    A Lusa não pode morrer.

    Mas ano que vem haverá o melhor duelo do mundo na Série C. Barcelona x Real Madrid o catso, Lusa x Xavante será o maior jogo da história.

  16. ALEX B. disse:

    A brava Lusa teve a coragem de encarar de frente aquela máfia “catrefada” da CBF, sozinha…e se não se cuidar, cai pra serie D.
    Mas como tudo na vida tem um lado bom, ano que vem teremos de volta o clássico na serie C, Lusa x Xavante!!! Se é que serve de algum consolo…

  17. Eduardo disse:

    Flavio, um grande amigo, também lusitano, sempre me perguntava por que eu não gostava da Portuguesa, e eu, corintiano, sempre dizia: porque ela é um adversário. Nunca tive compaixão, nem em 1996, ano daquele timaço da Portuguesa, mas sempre respeitei a Lusa como adversário à altura, adversária dolorida, como na semifinal em 1995, no Pacaembu, como no triste jogo de 1998.
    Como adversário, lamento muito o enfraquecimento de times como a Portuguesa, o Guarani, o XV e tantos outros. Acho um disparate Corinthians e Flamengo ganharem muito mais do que os outros, acho um absurdo que se meça o futebol pela audiência e entendo o porquê, mesmo a quase 100 km de Salvador, se odeiem tanto o Corinthians e o Flamengo, Porque a TV sufoca, porque os dirigentes são tão amadores quando querem pedir e tão profissionais quando querem ganhar dinheiro.
    A Portuguesa continua sendo um adversário à altura. Time, de veja só, Dener. Jamais me esquecerei dos risos que ele me fez dar na Copa São Paulo, quando a Portuguesa triturou o Grêmio na final.
    Meu respeito, sempre, a um grande adversário.

  18. Fernando Delucena disse:

    Dá pra sentir a emoção do texto aqui de Salvador! Na primeira vez que fui a São Paulo, não precisou andar muito para criar um grande afeto pela lusa e pelo Juventus, vendo tão fácil o carinho e a atenção que todo paulistano tem pelos dois. O futebol brasileiro sem a lusa seria como a fórmula 1 sem a Lotus ou a Brabham. O problema é que isso de fato aconteceu sem dificuldade. Esperamos muito que no futebol o caminho seja diferente!
    grande abraço!

  19. Luiz Salomão disse:

    Trânsito insurpotável até o Estádio; lotação máxima no estacionamento, sorte que tínhamos vaga cativa; mais de 10 mil pessoas pagantes … um estrondo a festa, uma mobilização frenética de torcedores, só com muito amor! Faremos isso muitas vezes…abs

  20. sandro disse:

    Na minha humilde opinião, acabou. Isso é fruto de uma Federação Paulista fraca e submissa que só pensa em si própria. Nos anos 70, 80 e 90 tínhamos um Interior fortíssimo, grandes clubes, jogar lá era sinônimo de suor. O Junior da Portuguesa era temido,,,,,,o Sr.Farah (ex-presidente) digam o que disserem fez um futebol no interior de dar gosto, vários clubes paulistas em todas as séries do futebol brasileiro, 2 caíam 2 subiam, 4,6 na segunda divisão, 6, 7 na primeira, era uma festa. Jogos dos grandes no interior eram sinônimos de estádios entupidos. Os tempos se passaram, o Juventus sumiu, XI de Jaú onde está? Novorizontino fechou, reabriu………São Bento, São José, Taubaté, Noroeste, Francana (lembram-se?) e o pior de todos Guarani da grande Campinas. é realmente uma pena, doí no coração ver isso tudo se diluindo. Os grandes iriam buscar novos jogadores no interior de São Paulo, e não só São Paulo como o Rio, Minas estavam sempre de olho. Acabou tudo e daí pra frente só vem o pior.

  21. Futebol de verdade.

    Enquanto isso, o Fluminense tá aí, devendo duas disputas de série B, invalidando todo o campeonato.

    Sou torcedor do Atlético – PR, e a torcida acaba sendo mais forte por mais capenga que seja o campeonato, mas confesso que não estava me importando caso caísse.

    A Lusa vai voltar, e pelos caminhos que conhece bem. Dentro de campo. É só um caminho mais longo pra continuar a escrever sua história.

  22. ANSELMO RIBEIRO disse:

    Sucinto, sensível e preciso! Concordo contigo Ipsis litteris.

  23. Gabriel Ponã disse:

    Flávio, acompanho seu blog e tenho pelo Fluminense o mesmo amor que você tem pela Lusa.
    Da mesma forma, tenho uma simpatia enorme pela Portuguesa e achei que foi muito triste essa queda para a série C, pra mim, por não aceitar o fato de estar na B. Mais ou menos como aconteceu com o Flu nos anos 90.
    Acredito que com seriedade vão sair dessa, e desejo que os culpados por toda essa patacoada no ano passado devem aparecer e pagar, porque essa história ficou muito mal contada.

  24. Ubaldir Jr. disse:

    Como bom torcedor do glorioso Atlético Clube Goianiense, sei bem o que significa torcer para o que se convencionou chamar em nosso país de “time pequeno”. Confesso que, não sei se por minha admiração pelo trabalho do Gomes, se por identificação com a condição de “clube pequeno” ou se por outro motivo qualquer. Só sei que me senti extremamente triste com esses rebaixamentos da Lusa. A sensação de injustiça… foi quase como se fosse comigo. Uma pena.
    Mas, um dia depois do outro. Logo a Lusa estará de novo em seu devido lugar.

  25. Alexandre Reis disse:

    Belo video, essas lembranças não tem preço mesmo. Coisa linda demais.

    E no final das contas, nós gostamos mesmo é dos nossos clubes e não de futebol.

    Eu acredito que com pessoas serias a Lusa retorna e se ajeita sim.

    Abs

  26. rogério disse:

    Fui censurado mais uma vez pelo Sr. Flávio Gomes que não publicou meu comentário

  27. Fred disse:

    É, Lusa…

    Não posso ser hipócrita: não me comovo muito com a dor de outros times e torcidas, sou centrado no meu, mas… Que voltem. Cem milhões de vezes melhor tê-la na série A do que conviver com Chapecoense, Figueirense e… Fluminense.

    A Portuguesa foi (é? será?) um rival combatente para o Cruzeiro. E vice-versa. Grandes jogos nos anos 90. Fiquei assustado com a decadência que ´presenciei no Canindé, ano passado, quando empatamos aí. Era junho ou julho, primeiro jogo do brasileiro após a Copa das Confederações, tinha uma festa, junina ou julina, no ginásio. Sábado, 18h30. Tinha mais torcedor (ou simpatizante ou sócio ou nem um nem outro) na festa do que no campo, onde a torcida do Cruzeiro foi maior. Foi bem melancólico.

  28. José Renato disse:

    Flávio
    Minha Total Solidariedade. Sou torcedor do Guarani F. C e sei bem o que vcs estão passando.
    Abraço

  29. Johann disse:

    Flavio você esqueceu de agradecer a portuguesa de 1991 do grande Dener..

  30. rodrigo disse:

    quem cairia se a lusa não escalasse o heverton ???

  31. Carlos Augusto R. Gomes disse:

    Flavio, sempre que você escreve sobre a Lusa eu me emociono.
    Parabéns pelos textos brilhantes e por transmitir esse sentimento de amor à Lusa para os seus filhos!
    Sou palmeirense, e sei o que é esse sobe e desce do futebol e da vida.
    Te vi um dia no Veloso mas fiquei com vergonha de te incomodar.
    Um grande abraço,
    Guto

  32. Roberto Ceconello disse:

    S E N S A C I O N A L !!!!

  33. Filipe disse:

    FG, o que acha da possibilidade de venderem o terreno do Canindé? Salvação dos cofres ou tiro no pé? Um abraço.

    • Filipe, também ouvi essa história da venda do terreno, assim como também ouvi que iriam procurar um parceiro para fazer uma Arena Multiuso, como o novo Estádio do Palmeiras.

      Trabalho com avaliação de imóveis já há algum tempo e sei que o terreno onde é o Canindé vale muito, bem localizado, porém há muita especulação no que ouço dizer de valores por aí, principalmente pela mudança de zoneamento na cidade, e não é tudo o que falam, no que se refere a valor de m².

      Eu sou palmeirense, mas gosto da Lusa. Se tivesse a oportunidade de opinar junto à diretoria rubro verde, recomendaria que não vendessem o terreno. Principalmente, porque se o terreno for vendido o dinheiro sumirá e a Lusa acabará de vez.

      Eu proporia um outro tipo de solução.

      Com o novo Palestra Itália (Allianz Parque), Arena Itaquera e provável reforma do Morumbi, a cidade não absorveria um novo Estádio Multiuso.

      Procuraria um parceiro que quisesse fazer um Ginásio “Padrão FIFA”, ou seja, um ginásio parecido com aqueles tops da NBA. Não há na cidade um lugar dessa magnitude. O Ibirapuera está antigo e dificilmente vão fazer algo com ele, pois um retrofit sairia muito caro.

      Primeiro porque um ginásio seria mais fácil e rápido de construir, com um menor investimento e maior facilidade de encontrar parceiros.

      Segundo, porque qualquer jogo de vôlei, basquete ou futsal está lotando os ginásios do Brasil, ainda mais que estamos às vésperas de uma olimpíada. A NBA tem trazido jogos de pré-temporada para o Rio de Janeiro, porque não para SP também?

      Nisso, paralelamente eu deixaria o futebol profissional com um desses empresários de times itinerantes. Não vejo nada de humilhante nisso. Seria um remédio provisório.

      Com a conclusão do ginásio, criaria ou melhoraria o setor de esportes olímpicos da Portuguesa, procurando parceiros para montar times muito fortes de basquete, futebol de salão e vôlei.

      Dos esportes olímpicos e novo ginásio multiuso o capital voltaria a girar e, aos poucos, vai ressuscitando o futebol profissional.

      Quanto ao campo de futebol, se o projeto permitisse fazer um campo com arquibancada pequena ao lado do novo ginásio, o faria. Caso contrário, esqueça o campo e jogue no Pacaembu, que estará subutilizado.

      Agora, repito, se venderem o terreno pra fazer um novo estádio, esquece. Vai sumir o dinheiro e a Lusa acabará oficialmente. Fazendo um ginásio, a essência esportiva e o clube social continuariam no mesmo lugar.

      Talvez queiram vender o terreno porque aí o um ex-presidente, ou ex-conselheiro diga “Ah, estou em crédito de tanto, me devolve o meu com juros!” e assim por diante.

      Opções existem, vamos ver se os que tomam as decisões estão capazes de solucionar o problema.

  34. Conde disse:

    Muito bacana .Amor incondicional .

  35. Zé Pedro disse:

    Judiaram muito da gente Flavinho…
    Se houve paixão , não duvido , houve também muita incompetência nesta e em outras tantas gestões na Portuguesa.
    Espero que tenhamos gente determinada , competente , dedicada e capaz de resgatar nossa Lusa da situação em que hoje está.
    Acredito que a nossa história não acabou ; ela seguirá , enquanto as cores rubro verdes ainda nos tocarem o coração…

  36. enzo passafaro disse:

    Flavio, infelizmente caímos deitados, como escrevi em meu Face. Deitados pq confiamos demais em pessoas de menos. Deitados, pq eu como advogado, acreditei na lei e na justiça. Deitados pq a crônica anunciada tão antes não foi, em nenhum momento precedida de atitude por quem deveria fazê-la. Deitados pq sempre acreditamos que JAMAIS isso iria acontecer, pq somos grande demais até para nós mesmos. Mas, feliz ou infelizmente, vou sim procurar onde ela vai jogar nas segundas-feiras de 2015 e tentar sintonizar um rádio para ouvi-la. Deitados sim, pq, com certeza ainda vou desfilar com o manto sagrado vermelho e o outro branco todo sábado nas minhas partidas de futebol, mas com a certeza de que os “culpados” estarão com roupas de grife e despreocupados .
    Porém, caímos deitados sim, mas sem crises, sem delírios. Apenas indignação.

  37. luiz Evandro Aguia disse:

    Gostei da Kombi ..eu tbm tive uma em Salvador Ba nos anos 70 qdo trabalhei por la como engenheiro .A Luza do Pinga .Julinho nao morreu nao ..gosto da Portuguesa que é meu 2o time em SP depois do tricolor do Mirumbi
    ..os meninos estao grandes ultima vez que estive com eles foi na Pizza da Fasp em 2004 !!!! Abs

  38. Eduardo disse:

    A Justiça dos homens também estava
    “acertada” com os canalhas. Onde já se viu dizer que um torcedor não pode contestar uma ilegalidade baseado em, vejam só, no Estatuto do Torcedor.

  39. Anselmo Coyote disse:

    Muito bom o texto. Igualmente os dois vídeos. Nada como um dia após o outro e que a Lusa, mesmo injustiçada continue sendo apenas isso: a Lusa. É o bastante para quem a ama. Entender? Não é preciso, seu moço.
    Abs.
    PS. Sou flamenguista e também não entendo o que isso quer dizer. Graças a Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>