NADA AINDA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014 - 18:55F-1

NADA AINDA

SÃO PAULO (saudades da “GE”) – Acho que já contei essa história antes. Eu trabalhava na “Folha”, era janeiro, nenhum campeonato tinha começado, não tínhamos notícia, enfim. Eu era pauteiro da editoria de Esportes. Minha rotina era chegar bem cedo, antes das 7h, quando fazíamos a primeira reunião. Batia o olho na concorrência direta (“Estadão”, “JB”, “JT” e “O Globo”) fazia a pauta, ia para a reunião com os outros pauteiros para “vender” nosso material do dia, então voltava para minha mesa, pegava um café com a tia do café cujo nome já não lembro, acendia um Lucky Strike e abria os jornais esportivos para ver o que eles estavam dando. Eram três, “A Gazeta Esportiva”, o “Jornal dos Sports”, do Rio, e meu querido e saudoso “Popular da Tarde”, o POP, onde comecei minha carreira — a propósito, fiquei lisonjeado ao descobrir este pequeno texto de 2010, onde meu nome é mencionado ao lado de gigantes como Antero Greco, Fiori Gigliotti, Mário Moraes, Pedro Luiz, Randal Juliano…

Esses jornais tinham de encher suas páginas, com notícia, ou não. Duas ou três para os chamados grandes da capital, um pouco menos para o Santos, menos ainda para a Lusa. Mas era muito bom ler os esportivos, com suas seções de esportes amadores, de futebol do interior, as colunas dos meus ídolos no jornalismo, o cheiro de papel, a tinta nos dedos. Em janeiro era duro arrumar informação para tanto espaço, mas para isso existiam os setoristas especializados em encher linguiça em tempos de escassez de notícias.

Aí pego a “Gazeta”, e na página 3 começava o noticiário do Palmeiras, com a enorme manchete, em maiúsculas: “NADA AINDA”.

E eram três páginas de “nada ainda”, ou seja, nada, absolutamente nada, uma aula de jornalismo, de talento, de picardia, encher três páginas de “nada ainda”, porque no dia anterior o Palmeiras não tinha contratado ninguém, não tinha vendido ninguém, talvez o novo técnico não tivesse sido escolhido, nem a tabela do campeonato tinha sido divulgada, enfim, não tinha acontecido nada, picas, e por isso a indiscutível honestidade da manchete que chamava para vários textos nas três páginas vindouras com nada, nada de notícia, zero de informação.

Conto tudo isso para dizer que hoje a cúpula da McLaren se reuniu em Woking para decidir quem vai correr ao lado de Alonso em 2015, mas não resolveu nada.

Nada ainda.

(Mas o Victor Martins acha que já está tudo decidido a favor de Magnussen. E informa que se isso acontecer, Button pega um avião para a Alemanha e assina com a Audi para o lugar de Kristensen. É bem provável.)

17 comentários

  1. Paulo Zocchi disse:

    A tia do café chamava dona Olinda.

  2. A Pereira disse:

    Eu acho que se a Mclaren quer terminar o próximo campeonato de construtores em terceiro (ou quem sabe segundo) para que o premio seja mais polpudo, já que eles vão gastar os tubos ano que vem, deveriam apostar no Button para somar mais pontos.

  3. Lourenço disse:

    Estão falando agora que será Alonso e Stoffel Vandoorne. Vão queimar Button e Magnussen de uma vez só.

  4. Sergio disse:

    Trabalhei na folha de 97 a 99, no banco de dados no 5 andar. Todo inicio de temporada vinha alguem de esportes pedir as 24 pastas no arquivo com recortes de cada piloto. Hoje tudo mudou no predio 425. Quem guarda recorte de jornal pra servir de fonte informacao com internet.

    Voltei pro predio trabalhando pra outra empresa. A tia do cafe ainda eh a mesma daquela epoca. Mas eu fico alegre que hoje nao se pode mais fumar no ambiente de trabalho

  5. Paulo Pinto disse:

    O que Button quer mais? Conseguiu ser campeão quando ninguém mais acreditava nele (e por uma equipe estreante). Pontuou em sete equipes diferentes. Venceu em três delas. Descolou um vice na Era Vettel (tal feito vale mais que um título, segundo o Vicellez).

    É pegar o boné e ir pra casa.

  6. Paulo disse:

    Se eu fosse o Button já tinha mandado o Ron Dennis tomar naquele lugar junto com o Malonso e tinha ido ser feliz na Audi.

    Mas o cara é um lorde.. fazer o quê

  7. Tássilo disse:

    Acho que Ron Dennis quer o Button mais está difícil pq tá tomando não de possiveis patrocinadores.

  8. Gustavo Oliveira disse:

    Sei não, mas o negócio todo da McLaren com o Alonso parece estar meio agitado. A posição firme do espanhol em disputar Spa e Le Mans e a negativa da equipe inglesa parecem ter levado a situação a um impasse considerável, dai a demora de se anunciar qualquer coisa, vai que se dispensa Button e o caldo de Alonso acaba entornando.

  9. Gustavo Oliveira disse:

    Button na Audi é uma excelente ideia.

  10. Flavio Bragatto disse:

    3 páginas de “Nada ainda”?
    Desculpe a franqueza, mas… eles não poderiam ter feito um resuminho dos motivos do “nada ainda”, numa tirinha de 5x5cm?
    As três páginas (menos os 5x5cm) poderiam estar preenchidas com outros esportes que, igualmente com o automobilismo, estão carecendo de “mídia”, como o Judô, Basquete, Volei (este, menos), Futsal, atletismo… que são modalidades que sempre brilham nos mundiais, mas que ninguém fala. Agora o MMA……………………
    Quanto à McLaren, eu acho que eles estão fazendo o Button pedir as contas, para não ter que pagar os 40% de multa do FGTS, que mata qualquer patrão.

  11. Marcos José disse:

    Também concordo com o Victor Martins, Magnussen formará a dupla com Alonso na McLaren; a permanência do Button seria uma surpresa.

  12. Roberto Borges disse:

    É, sobre o Palmeiras, o nada ainda vai bem!
    O Button junto com o Lucas na Audi, vai melhor ainda!
    Como dizem, há vida fora da F1, até o Rubinho descobriu, demorou, mas descobriu.

  13. Rafa disse:

    haha que sensacional! sera que se acha em algum acervo virtual esse jornal?

  14. luis disse:

    “NADA AINDA” deveria ser a resposta padrão pro Palmeirense do twitter perguntando do “Carlinhos e o Cavalieri assinaram o pré contrato” hahaha

    Tem algo mais nessa indecisão da McLaren – provavelmente a busca por patrocínio/dinheiro adicional vinculado a um piloto ou a outro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>