DUCAROUGE, 73 | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 - 17:02F-1

DUCAROUGE, 73

SÃO PAULOMorreu terça-feira, aos 73 anos, Gérard Ducarouge, projetista francês que ficou mais conhecido no Brasil por ser engenheiro da Lotus quando Senna venceu seu primeiro GP, em 1985. Ainda na Lotus, Ducarouge trabalhou com Piquet em 1988. Nelson não falava mal dele publicamente, mas quando a gente desligava o gravador… Pelo simples fato de que o respeitava, apesar da bomba de carro que fez para aquela temporada.

O mestre Rodrigo Mattar escreveu um belo perfil do francês. Está aqui.

sennacomducaruge

9 comentários

  1. Jose disse:

    A Lotus fracassou por falta de dinheiro e de gestão de Peter Warr, ninguém deu certo lá na Lotus…Mansell, Senna e Piquet.
    Ducarouge não teve culpa e até hoje se arrepende de não ter ido com Senna para a rica McLaren, o convite foi feito pelo Ron Denis em 1987.

  2. São os dois lados da moeda: Ducarouge trabalhou na Lotus de forma satisfatória com o Senna entre 1985 e 1987, mas fracassou com Piquet em 1988. Ainda assim eu acho que o Piquet pelo menos venceria duas corridas em 1988 com a força do Motor Honda (o melhor na época) numa situação sem o domínio absoluto do McLaren – Honda. Vai com Deus, Ducarouge!

  3. Carlos Pimenta disse:

    Flávio, ele junto com o Roberto Divilla trabalharam no Copersucar ??

  4. perna quebrada disse:

    A luva encardida do Senna mostra bem a diferença a F1 de ontem e a asséptica de hoje.

  5. Geraldo disse:

    Existiu, na época, uma “teoria da conspiração”, de que Gerard Ducarouge teria recebido 2 milhões de obamas, para projetar aquela bomba da Lotus de 1988 (em 1988, era dinheiro pacas) … O Luiz Alberto Pandini (Panda), falou sobre essa teoria em seu site e, também mencionou uma vez, que tinha a informação (palpite, especulação ou qq coisa do gênero – dá-lhe “garganta profunda”), de quem havia pago para que o projeto fosse “torto” … mas que só citaria nomes, se as provas chegassem as suas mãos … o que, logicamente, não aconteceu …

    https://pandinigp.wordpress.com/2007/07/05/espionagens-e-sabotagens/

    http://www.gptotal.com.br/2005/Leitores/Pergunte/02Fevereiro.asp

    • Pablo disse:

      Li isto e fiquei chocado com o que o LAP disse…pelo que eu sei o Lotus 88 era exatamente o mesmo chassis de 1987 que por sua vez era o mesmo de 86/85/84 a diferença do 1988 seria o nariz mais estreito, o entre-eixo mais longo, o tanque menor e sem a suspensão ativa.
      O Ducarouge da a entender numa entrevista em 2012 ao jornalista francês Jean Paul, que houve problemas de relacionamento de Piquet com a equipe e que ele se negava a falar sobre aspectos técnicos e muitas vezes saia da reunião e ia dormir no motorhome.
      Nesta mesma entrevista ele da a entender que o Senna era muito mais rápido do que o Piquet.

  6. Emmanuel disse:

    Mas em uma entrevista para a revista Grid, Piquet o chamou de “francês enganador”.
    Aquelas Lotus de 1988 acabou com a equipe. Tão ruim que no ano seguinte perdeu o motor Honda, e passou a correr de Judd. Foi o início do fim da antiga Lotus.

  7. Paulo Emilio disse:

    Gerárd Ducarouge me lembra os sensacionais sport-protótipos da MATRA que ele desenhou no inicio dos anos 70 e que competiram e venceram várias provas , inclusive em LE MANS por 03 anos consecutivos ! Epoca de belíssimos carros, um som fantastico de seus motores V12 ! Que descanse em paz ao lado de Servoz Gavin, Cevert, Depallier e agora Jean Pierre Beltoise, um de seus principais pilotos e que também nos deixou recentemente! Por sua vez, porque os canalhas , especialmente em nosso país, não se vão com a mesma facilidade ?

  8. Ricardo Bigliazzi disse:

    Teve muitos méritos nas pistas, não necessariamente na .F-1, pena que não acertou com o carro do Piquet.

    Que a família fique bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>