JÁ ERA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015 - 1:12Indy, IRL, ChampCar...

JÁ ERA

SÃO PAULO (claro) – A IndyCar até que tentou, mandou gente para Goiânia, mas agora à noite cancelou definitivamente a etapa brasileira de seu campeonato, que estava prevista para 8 de março em Brasília. O novo governo do DF detectou, graças ao Ministério Público da União, um mar de irregularidades nos contratos envolvendo empresas estatais e promotor do evento, no caso a TV Bandeirantes.

Há multa prevista para o cancelamento. Mas o contrato que fala nessa multa foi assinado entre Bandeirantes e IndyCar, de acordo com parecer do MP. O DF não tem nada a ver com isso.

Vamos ver, agora, se será cobrada. Indy e Band são parceiros antigos. Terão de conversar. Mas sabe como é americano com dinheiro… Além do mais, a categoria já anda brava com a emissora desde o ano passado, quando a corrida do Anhembi também deixou de ser realizada.

29 comentários

  1. Marcelo disse:

    Já eram. A corrida e o autódromo.

  2. Pablo Vilarnovo disse:

    Talvez uma frase melhor que “Mas sabe como é americano com dinheiro… ” seria “Mas sabe como é americano com contratos…”

  3. Kaike disse:

    Um absurdo é termos um circuito muito bom em SP (Interlagos) e não poder utilizar pra outra categoria internacional de monopostos!

    • Robertom disse:

      O Bernie não deixa, tendo inclusive atuado decisivamente para inutilizar o anel externo na reforma de 1990, pois o Emerson então negociava para trazer uma prova da Indy (que estava em ótima fase) para correr no oval de 2 milhas de Interlagos.

  4. Rafael disse:

    E um dos termos mais falados na matéria do Jornal da Band ontem sobre isso foi “transparência”…

  5. Seinfeld disse:

    Essa emissora só é “boa” pra falar do curintians mesmo….

  6. Jader disse:

    Ontem, no Jornal da Band, a emissora fez longa matéria no sentido de mostrar que o contrato foi o mais transparente possível e, indiretamente, dizer que o MP não entende nada, que o cancelamento foi sacanagem. Bandeirantes pode falar o que quiser, mas até prova em contrário, o Ministério Público tem razão.

  7. antonio stricagnolo disse:

    Cada dia isso aqui fica mais parecido com um porto perdido no Atlantico dominado por piratas! É pra todo lado.

  8. Lucas S.A. disse:

    Se eu fosse esses caras, largava o Brasil e nunca mais voltava.

  9. Eraldo disse:

    Que falta faz o Luciano do Vale!
    Se fosse no tempo dele essa prova saia de qualquer jeito, o homem era bom temos que reconhecer. Ele conseguiu realizar uma prova na Marginal Tietê em pleno em dia útil.

  10. disse:

    Quando será exibido o capítulo da novela, da derrubada dos boxes com a licitação suspensa?

  11. powered disse:

    incompetência da rede bandeirantes e organização em brasilia. Complementando que a corrida já era cortada meio a jogos de futebol ou vts, que repasse a transmissão e direitos para outra tv, o brasil cada vez mais mostra sua corrupção e desorganização (veja rio 2016 , copa 2014, etc…)

    • Lucas S.A. disse:

      Incompetência de todo mundo, isso sim. Da Indy, também. O único que teve um mínimo de brio nessa história, por incrível que pareça, foi o novo GDF. Na boa, quando os políticos são os únicos certos na coisa toda, imagina o tamanho da merda…

  12. Fiquei sabendo que “já era” quando li ontem a noite o comunicado da Bandeirantes com as instruções sobre a devolução do dinheiro do ingresso. Fim, não vai ter corrida nenhuma.

  13. Fernando Pessoinha disse:

    Posso estar sendo precipatado, e provavelmetne estou sendo mesmo, mas torço que a IndyCar e a Rede Bandeirantes quebrem os pratos. É ridícula a cobertura dessa emissora, para dizer o mínimo, com a Indy. Sempre foi, na verdade. Talvez este episodio aí tenha sido a gota da água. Se alguém, Ministério Publico ou coisa que o valha, vier para cima dos americanos cobrando a fatura ( o autódromo Nelson Piquet foi demolido em boa parte, caso não saibam ) aí sim a coisa entre o “seu Saad” e a IndyCar vai para o brejo de vez. E não acho isso nem um pouco dificil, não. Quem poderia, então, transmitir a Indy no Brasil? Ora, ora. Fox Sports, é claro! Seria uma grande oportunidade para dois grandes amigos, Flavio Gomes e Willy Hermann, se reencontrarem.

  14. Ricardo Bigliazzi disse:

    Não menosprezem a inteligencia da Band. Ela é tudo, menos a “virgem do cabaré”.

    Parece que todo mundo quer isentar o pessoal do governo. Tem treta grossa nesse negócio, como sempre.

  15. Gui Orsi disse:

    Se fosse organizado pela RGT (Globo) eles dariam um jeito de ter a corrida. Certo?

  16. Felipe disse:

    Muito simples: Band paga a multa e repassa os custos pro RR Soares, que repassa pros fiéis.

  17. Fabio Amparo disse:

    É vergonhoso como as coisas simplesmente não acontecem no Brasil.

    Aqui deve ser um dos poucos lugares do mundo onde papel assinado não vale picas e onde punição para corruptos sequer existe. Nem vou entrar no mérito do mensalão do PT, o metrô de São Paulo e nada dessas falcatruas que vemos todos os dias.

    Depois o povo ainda se espanta do estrangeiro não querer investir dinheiro aqui…

    Abs,

  18. Daniel Massa disse:

    Uma pergunta besta. Não seria interessante pra Fox a Indy passar o contrato e de alguma maneira realizar essa prova no Brasil a partir do ano que vem? Não sei os interesses da Fox no Brasil, nem sei se ela tem esse “poder”, mas tá na hora da Indy procurar outro canal parceiro.

  19. Essa o Brasil merece, para ver se os envolvidos tiram alguma lição desse episódio vergonhoso. Indy por aqui? Duvido que aconteça de novo.

  20. Eduardo disse:

    Gomes, tem notícias do Bianchi?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>